Arquivo da tag: terreno

Prefeito Kayser Rocha envia à Câmara projeto de cessão de terreno público para implantação da “Fazenda Esperança” em Solânea

Vereadores votam Projeto de Lei amanhã (19) em sessão da Câmara. PL tem o objetivo de ceder terreno à Diocese de Guarabira, que irá instalar a “Fazenda Esperança”.

Será votado amanhã (19) na Câmara Municipal de Solânea Projeto de Lei enviado pelo Prefeito Kayser Rocha para cessão de terreno público à Diocese de Guarabira com o objetivo de implantação da “Fazenda da Esperança”.

O local de tratamento e recuperação de dependentes químicos será instalado no município para atender a população de Solânea e região. O projeto de implantação da “Fazenda Esperança” foi apresentado ao gestor pela Diocese de Guarabira na pessoa do Bispo Dom Aldemiro Sena. “Abraçamos essa excelente iniciativa da Diocese em instalar a “Fazenda Esperança” aqui em Solânea e acreditamos que a ideia será bem recebida pelos vereadores”, defendeu o prefeito, reforçando a importância para os solanenses e moradores de cidades circunvizinhas de um local como esse, que será instrumento de transformação de vidas e desenvolvimento social.

 

Assessoria de Comunicação

 

 

Adolescente é estuprada em terreno baldio após tentativa de assalto, em CG

Uma adolescente de 17 anos foi vítima de estupro na noite desta quarta-feira (21), no bairro do Presidente Médici, em Campina Grande, após tentativa de assalto.

De acordo com relato da vítima à Polícia Civil, um homem em uma moto a teria abordado e anunciado um assalto. Após abordar a vítima, ele obrigou a adolescente subir no veículo e a levou para um terreno baldio para cometer o ato.

Ainda segundo o relato da vítima à Polícia Civil, ela estava caminhando em direção a casa de uma amiga, por volta das 22h, quando foi abordada pelo suspeito.

Ele chegou a pedir o celular dela, mas como ela não estava com o aparelho, o homem a puxou e a colocou em cima do tanque da moto. O caso foi registrado na Central de Polícia Civil de Campina Grande e está sendo investigado. Até o início da manhã desta quinta-feira (22), ninguém foi preso.

pbagora

 

 

Prefeitura de Casserengue entrega escritura de terreno para construção do Colégio Estadual

Nessa terça-feira (30) a prefeitura municipal de Casserengue deu mais um grande passo para a construção do tão sonhado Colégio Estadual de Ensino Médio do nosso município.

A prefeitura de Casserengue, representada pelo secretário chefe de gabinete Daniel Inaimo entregou o documento de escritura do terreno onde será construído o Colégio Estadual de Ensino Médio no município. O documento foi entregue diretamente ao secretário adjunto da educação, ciência e tecnologia da Paraíba (Prof. Cláudio Furtado), o terreno tem uma área de 8 mil metros quadrados, o processo de construção segue aguardando a análise da SUPLAN (Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado).

Após o processo de análise do terreno pela SUPLAN, a prefeitura municipal faz o processo de desvinculação da área, em seguida encaminha um projeto de lei para câmara dos vereadores, para que os vereadores possam aprovar, sendo assim, autorizando a doação deste terreno por parte da prefeitura municipal.

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASSERENGUE

 

 

Empresa que recebeu mais de R$ 12 milhões da prefeitura de Campina Grande tem endereço em terreno baldio

Uma das empresas investigadas na Operação Famintos, que apura desvios de recursos da merenda escolar em Campina Grande, está registrada em um endereço onde existe apenas um terreno baldio. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a Delmira Feliciano Gomes ME recebeu, de 2013 a 2019, mais de R$ 12 milhões da prefeitura da cidade.

O endereço registrado é rua Doutor Antônio Bezerra Camboim, número 802, bairro Nova Brasília. Ao invés de uma empresa, existe um terreno rodeado de casas simples, lama e matagal. O registro foi feita por uma equipe do Jornal da Paraíba.

Segundo o MPF, a empresa Delmira Feliciano Gomes ME, na qual a proprietária tem o mesmo nome, venceu 18 licitações para fornecimento de merenda escolar no município, porém um homem identificado como Frederico de Brito Lira que comandava de fato a empresa. A investigação também afirma que o empreendimento não tinha funcionários.

A pessoa Delmira Feliciano Gomes nunca existiu. Foram criados documentos fictícios para abertura do negócio, que movimentou R$ 18 milhões entre 2013 a 2016. Há registros no Tribunal de Contas do Estado (TCE) nos quais essa empresa venceu licitações também em outros municípios.

“Ocorre que, durante a presente investigação foi descoberto que a Delmira Feliciano Gomes ME é “empresa de fachada” e que a concorrência das licitações que ela venceu foi fraudada, além de que grande parte do volume do dinheiro que recebeu foi proveniente de serviços não prestados”, diz a procuradora Acácia Soares Peixoto Suassuna no pedido de prisão dos investigados.

O advogado do empresário Frederico de Brito Lira, Rodrigo Celino, disse que a defesa não teve acesso à totalidade das investigações. “No momento oportuno nós vamos nos manifestar. Eu acredito plenamente na inocência do nosso constituinte”, frisou. Frederico Lira está preso temporariamente por decisão da Justiça Federal.

Em nota na semana passada, a prefeitura de Campina Grande afirmou que vai colaborar com as investigações e negou conhecimento das fraudes.

Operação Famintos

A Operação Famintos foi desencadeada no dia 24 de julho em Campina Grande e outras cidades da Paraíba. Polícia Federal, Ministério Público Federal e Controladoria-Geral da União investigam um suposto esquema de desvios de recursos federais do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), geridos pela Prefeitura de Campina Grande. O prejuízo ultrapassa R$ 2,3 milhões.

Ao todo, 14 mandados de prisão temporária foram expedidos e 13 foram cumpridos. Uma pessoa segue foragida. Entre os presos está a ex-secretária de Educação de Campina Grande, Iolanda Barbosa, que já foi exonerada do cargo. Servidores e empresários também estão detidos. A prisão temporária de parte deles foi prorrogada.

 Foto: João Paulo Medeiros/ Jornal da Paraíba

G1

 

Homem é esfaqueado pelo irmão em briga por terreno no Litoral Norte

Uma briga entre irmãos por um terreno resultou com um deles esfaqueado no município Jacaraú, no Litoral Norte paraibano. A vítima foi levada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

De acordo com a polícia, o pai de ambos deixou o terreno como herança. No entanto, de acordo com familiares, o agressor já havia recebido a parte que lhe cabia por direito, mas teria ficado insatisfeito e passou a exigir mais dinheiro.

Na discussão, ao tentar defender a mãe, a vítima foi atingida por uma facada no pescoço. O homem de 29 anos foi socorrido para o Trauma de João Pessoa. Ele passou por procedimentos médicos e recebeu alta.

O agressor foi preso em flagrante e levado à delegacia.

 

PB Agora

 

 

Mulher é encontrada morta em terreno baldio na PB e pai diz que já esperava

(Foto: Walter Paparazzo / G1)

Uma jovem de 19 anos foi encontrada morta em um terreno baldio no bairro Tibirí II, em Santa Rita, na grande João Pessoa, na manhã desta segunda-feira (1º). Segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que a vítima tenha sido estrangulada e arrastada para o local. O pai da jovem conta que ela era usuária de drogas e que há mais de 10 anos a família lutava para tentar tirar ela do vício. O corpo foi encontrado por vizinhos.

“Eu sei que ela era envolvida com drogas e com coisas erradas. Era o dia e a noite com pessoas desconhecidas e aconteceu da gente encontrar ela morta agora de manhã. Os vizinhos encontraram e me ligaram. Conselho não faltou. Foram mais de 10 anos que a gente vinha lutando, mas não teve jeito. O jeito foi esse aí (a morte)”, disse o pai da vítima, Messias da Silva.

De acordo com a Polícia Civil a autoria do crime ainda é desconhecida. O pai também disse que já esperava que isso fosse acontecer um dia. “A suspeita é de que ela foi esganada com um fio. A gente já vinha esperando, mas é triste. A gente é pai e sabe que dói, mas é a realidade. É o dia-a-dia”, disse ele.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Cartilhas escolares do governo federal são descartadas em terreno baldio, em João Pessoa

Portal Correio Material didático foi achado por moradores
Portal Correio
Material didático foi achado por moradores

Dezenas de cartilhas escolares foram encontradas descartadas em um terreno baldio, na manhã desta quarta-feira (15). O material didático foi localizado em uma das ruas do bairro Alto do Mateus, Zona Oeste de João Pessoa.

Leitores do Portal Correio enviaram fotos e vídeo que mostram o descaso com a educação pública. O material, parte dele ainda embalado, é fornecido pelo Ministério da Educação dentro do programa Mobilização Social pela Educação.

A cartilha ‘Acompanhem a vida escolar dos seus filhos é o principal instrumento de apoio ao trabalho dos mobilizadores na conscientização da comunidade sobre a importância da interação família-escola. O material traz dicas e orientações para o cuidado com a educação dos filhos em casa e na escola.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A Secretaria de Educação de João Pessoa informou que repudia qualquer desperdício de material escolar e esclareceu que as cartilhas não são usadas na rede municipal de ensino. O Ministério Público da Paraíba, através do Centro de Apoio às Promotorias da Educação, garantiu que vai abrir investigação para apurar o fato assim que soube do caso.

O Ministério da Educação (MEC) disse que abriu investigação para apurar o crime. Uma nota deverá ser enviada anunciando providências que serão adotadas.

Por Hyldo Pereira

 

Corpo é encontrado em terreno próximo a cidade de Arara

corpoNa manhã desta segunda-feira de carnaval dia 16, foi encontrado em um terreno vizinho a cidade de Arara o corpo de um jovem. As primeiras informações o rapaz foi morto a facadas e seu copo já estava bastante inchado.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo pessoas que estavam no local o rapaz era chamado de Denis e tinha como apelido “Vei do Sebo”, mais não ouve confirmação da policia no local.

Fonte: Redação/Portal Arara
Foto : Paulo Silva

Zenóbio diz que organizadores de invasão de terreno da prefeitura são assessores de Raniery e do governador

Zenóbio_entrevistaO prefeito de Guarabira Zenóbio Toscano, que até então não havia se pronunciado sobre a invasão do terreno do estado, por vereadores de sua base e funcionários da administração municipal, quebrou o silêncio na tarde desta sexta-feira (7) e se pronunciou sobre o assunto. Durante entrevista  na sua emissora de rádio, a Constelação FM, ele disse que a invasão do terreno de propriedade da prefeitura local, onde será construído um parque de eventos, e consequentemente será realizada a Festa da Luz do próximo ano (2015), foi organizada por assessores do deputado Raniery Paulino e do governador Ricardo Coutinho.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os terrenos; um no bairro do Nordeste e outro no Parque de Exposição Animal municipal, estão tomados por dezenas de pessoas.

Zenóbio considera o ato extremamente partidário e oportunista por parte de tais assessores, que na visão dele, só estão se aproveitando das pessoas que realmente necessitam de casa e se deixaram ser manipuladas na ocasião.

O fato é que ambas as invasões; seja do terreno da prefeitura ou do estado, foram organizadas por assessores dos dois lados; tanto de Zenóbio quanto do governo. A opinião publica vem observando com certas desconfianças esses movimentos.

A justiça ja se manifestou sobre o assunto e deu ganho de causa ao Estado. A reintegração de posse será dada nas próximas horas, os invasores deverão ser forçados a deixarem o local. Do mesmo modo com o terreno da prefeitura. O prefeito disse que já tomou as providências na justiça, pedindo a reintegração de posse.

“A oposição não quer o progresso de Guarabira”. disse ZT.

Quanto ao organizador da invasão do terreno da prefeitura, Zenóbio disse: “É um preguiçoso que está à frente disso”.

portalmidia

Nova invasão de terreno em Guarabira. Desta vez o imóvel pertence a prefeitura

Mais uma invasão de terreno público, aconteceu na cidade de Guarabira, na manhã desta sexta-feira (7). O terreno é onde está o antigo Parque de Exposição Animal, do município, na saída para Pirpirituba. Neste local a prefeitura pretende fazer um parque de eventos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dezenas de pessoas sem residência própria estão no terreno e dispostas a construir suas moradias. A invasão está sando organizada pelo Gilberto, popularmente conhecido como “Biqueira”, morador do Bairro do Rosário. Ele disse durante entrevista, que já tem a sua casa, apenas quer ajudar as pessoas que ainda sofrem com o problema do aluguel.

Um trator da prefeitura chegou ao local, segundo populares, a mando do secretário de Meio Ambiente, Alcides Camilo, para invadir o terreno e afugentar o povo. A PM impediu que o veiculo entrasse no local. As pessoas também foram para frente do trator para que o mesmo não fosse adiante. A polícia tenta controlar a situação para não deixar nenhum confronto físico acontecer.

portalmidia com imagens e informações de Ebert Henrique