Arquivo da tag: termina

Prazo para renegociar dívidas do Fies termina nesta segunda

O prazo para renegociação de dívidas com Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) termina nesta segunda-feira (29). A vantagem é que os valores podem ser parcelados por, no mínimo, 48 meses. Antes de abril, quando foi aberto o período para renegociação, só era possível o pagamento à vista.

Para pedir a renegociação, os estudantes precisam: ter firmado o contrato com o Fies até o segundo semestre de 2017; estar com as parcelas atrasadas em, no mínimo, 90 dias; e ter contratos em fase de amortização. Além disso, os contratos não podem ser objeto de ação judicial. A depender do tipo contrato, a renegociação também poderá ser feita pelo prazo de amortização.

De acordo com o Ministério da Educação, mais de 500 mil alunos estão com os contratos de financiamento na fase de amortização e com atraso no pagamento das prestações. O saldo devedor total alcança o valor de R$ 11,2 bilhões.

Para regularizar a situação, os interessados devem procurar a instituição bancária onde o contrato foi assinado. O valor da parcela resultante da renegociação não pode ser inferior a R$ 200. Há ainda a parcela de entrada. O estudante deve pagar ou 10% da dívida consolidada vencida, ou R$ 1.000.

 

Agência Brasil

 

 

Termina nesta sexta prazo para trabalhador sacar abono salarial

Termina nesta sexta-feira (28), o prazo para os trabalhadores sacarem o abono salarial relativo ao ano-base 2018, mas na Paraíba, até o dia 17 de junho (levantamento mais recente) um grupo de quase 20 mil pessoas ainda não havia retirado os valores a que têm direito. Isso significa que ainda havia mais de R$ 75 milhões de recursos do abono salarial disponíveis e que ainda não foram sacados.

De acordo com a Caixa, os benefícios, que totalizam R$ 16,9 bilhões, foram liberados de forma escalonada para 22,5 milhões de beneficiários, conforme o mês de nascimento, e agora estão disponíveis para os nascidos em qualquer mês. Até maio, o banco pagou R$ 15,6 bilhões a 20,6 milhões trabalhadores.

O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão, pelo telefone: 0800 726 0207.

Pode a sacar o abono o trabalhador inscrito no PIS ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

“Os titulares de conta individual na Caixa com cadastro atualizado e movimentação na conta, podem ter recebido crédito automático antecipado. Quem possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou ir aos terminais de autoatendimento da Caixa para receber o abono”, informou o banco..

Segundo a Caixa, caso o beneficiário não tenha o Cartão do Cidadão ou não tenha recebido automaticamente em conta, ele pode retirar o valor em qualquer agência da Caixa, apresentando o documento oficial de identificação.

O trabalhador em empresa pública, com inscrição no Pasep, recebe o pagamento do abono pelo Banco do Brasil.

Público-alvo 

Tem direito ao abono salarial calendário 2018/2019 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2018 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Além disso, é importante que os dados do trabalhador tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Os valores são proporcionais ao tempo trabalhado formalmente no ano-base. Quem esteve empregado por todo o ano recebe o equivalente a um salário mínimo (R$ 998); quem trabalhou por apenas 30 dias pode sacar o valor mínimo, que é de R$ 84 – o equivalente a 1/12 do salário mínimo.

 

portalcorreio

 

 

Termina nesta sexta prazo para produtor rural declarar ITR

Encerra nesta sexta-feira (28) o prazo para que produtores rurais façam a declaração do Imposto Territorial Rural. O ITR deve ser entregue à Receita Federal e quem perde o prazo para regularização fica sujeito ao pagamento de multa.

De acordo com a instrução normativa da Receita RFB nº 1820/2018, são obrigados a declarar pessoa física ou jurídica proprietária, titular do domínio útil ou possuidora a qualquer título. Também se enquadram na exigência os condôminos ou compossuidores, quando a área tem mais de um proprietário, por exemplo.

O Programa Gerador da Declaração (Programa ITR2018) está disponível no site www.receita.fazenda.gov.br. O produtor também pode procurar a Faepa para fazer a declaração, ou para mais orientações, pelo telefone 3048-6050.

Assessoria para o FN

Termina prazo para pedir isenção da taxa do Enem

Termina neste domingo (15) o prazo para os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pedirem a isenção da taxa de inscrição da prova. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam a isenção da taxa neste ano.

Em 2018, o Enem completa 20 anos e pela primeira vez o pedido de isenção da taxa é feito antes do período de inscrição. Também pela primeira vez, os candidatos que tiveram a isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para ter a gratuidade novamente.

Se a solicitação de isenção for negada, ainda é possível recorrer da decisão, na Página do Participante, entre os dias 23 e 29 de abril. A aprovação da isenção da taxa de inscrição não significa que o participante já está inscrito no Enem 2018. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano, pelo site do Enem.

Quem tem direito à isenção

– Quem está cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública

– Quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública, ou como bolsista integral na rede privada, e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio

– Quem declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)

– Quem fez o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado, que tenha atingido a nota mínima.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Justiça determina retorno de Gustavo Santos para presidência da Câmara de Santa Rita

Gustavo Santos foi citado para apresentar sua defesa e tem um prazo de dez dias para se pronunciar (Foto: Reprodução)

A Justiça determinou o retorno do presidente da Câmara de Vereadores de Santa Rita ao cargo por meio de uma liminar concedida na última terça-feira (10). Gustavo Santos havia sido afastado do cargo no dia 3 de abril para que denúncias contra sua gestão fossem apuradas em uma comissão instalada na Câmara.

Os próprios vereadores decidiram afastar Gustavo Santos por 14 votos a 3. Com a decisão em plenário, foi instalada uma comissão processante e as investigações começaram no processo que poderia cassar seu mandato.

De acordo com Anésio Miranda, presidente da comissão processante instalada, “a 5ª Vara Mista da Comarca de Santa Rita concedeu a liminar com a condição do presidente não interferir no trabalho da comissão processante”. Gustavo Santos foi citado para apresentar sua defesa e tem um prazo de dez dias para se pronunciar.

Após todo o trâmite previsto na comissão processante, deve ser elaborado um relatório sobre o caso para votação no plenário. A Câmara apura denúncias de descumprimento da tramitação de projetos e leis, além de gratificação indevida.

De acordo com a denúncia, Gustavo Santos teria atrasado por até seis meses a tramitação de projetos de lei que não tinham sua aprovação política. Ele ainda teria recebido R$ 5 mil referente a uma gratificação indevida.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

13º salário: Termina nesta quarta-feira prazo para pagamento da 2ª parcela

Termina nesta quarta-feira (20) o prazo para o pagamento do 13º salário de 2017. Segundo o Ministério do Trabalho, mais de 83 milhões de brasileiros devem receber o 13º salário neste ano, o que irá injetar mais de R$ 200 bilhões na economia. Os dados incluem os empregados com carteira assinada e os aposentados e pensionistas, que também têm direito ao benefício.

O prazo de pagamento para a primeira parcela do benefício para os trabalhadores com carteira assinada terminou no dia 30 de novembro. Já os aposentados e pensionistas em todo o país começaram a receber a antecipação da primeira parcela do 13º salário no dia 25 de agosto.

Cada trabalhador assalariado deverá receber, em média, R$ 2.758,70 até dezembro, enquanto o valor médio a ser pago a aposentados e pensionistas é de R$ 1.923,14.

Dinheiro da 2ª parte do 13º deve ser depositado até o dia 20 (Foto: ´Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas)

Dinheiro da 2ª parte do 13º deve ser depositado até o dia 20 (Foto: ´Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas)

Planos para o benefício

Pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) aponta que a grande maioria das pessoas que irão receber o 13º diz que pretende usar o recurso para pagar dívidas que já possuem. Outros afirmam que vão usar o dinheiro para despesas de início de ano, compras ou investimentos.

O levantamento mostra ainda que, entre as pessoas que vão usar o dinheiro para pagar dívidas, em mais de 90% dos casos a pendência é de cartão de crédito ou de cheque especial.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Termina nesta terça prazo para pagar IPVA de veículos com placa zero na PB

Outra medida para desburocratizar será a implantação, em breve, das provas teóricas on-line, estendida a todos os postos e Ciretrans do Estado (Foto: Walla Santos)

Nesta terça-feira (31) encerra o prazo para que proprietários de veículos com final zero efetuem o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com desconto de 10% e sem multas ou juros por atraso. Quem optar por parcelar em três vezes, o vencimento da primeira parcela também é no dia 31 de outubro.

A placa final zero é a última do novo calendário do IPVA. Além do parcelamento em três vezes e o pagamento à vista com desconto de 10%, o proprietário tem ainda a opção de pagar totalmente o IPVA em 31 de dezembro, também com 10% de desconto.

A segunda parcela de quem tem o veículo com placa final 9 também vence na terça-feira, assim como a terceira e última parcela para quem parcelou o IPVA dos veículos com placa final 8.

Já os proprietários de placa 7 que optaram por pagar a integralidade do IPVA com 90 dias após a data do vencimento sem desconto, a data limite é também dia 31 de outubro.

As emissões dos boletos do IPVA somente são impressas nos portais da Secretaria de Estado da Receita (SER) ou do Detran-PB. Para imprimir, o contribuinte vai precisar digitar apenas os números da placa do veículo e do Renavam impressos no documento Certificado de Registro de Veículo (CRV).

O boleto do IPVA pode ser emitido nas repartições fiscais ou então nas unidades do Detran-PB do Estado. Além dos guichês das agências do Banco do Brasil (BB), associados e dos caixas de autoatendimento, os contribuintes poderão ainda pagar no mobile banking – aplicativo disponível pelo BB para aparelhos móveis como smartphones.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Termina nesta quinta prazo de inscrição no Sisu; veja como fazer

Termina nesta quinta-feira (1º) o prazo de inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A inscrição pode ser feita pela internet, no site do programa. Para se inscrever, o candidato precisa apenas do número de inscrição e senha cadastrados no Exame do Ensino Médio (Enem) de 2016.

Até a tarde dessa quarta-feira (31), o Sisu registrou 748.185 inscritos, de acordo com balanço do Ministério da Educação (MEC).

Também nesta quinta-feira os estudantes têm acesso ao último cálculo da nota de corte. Ao longo do período de inscrição, uma vez por dia, o MEC divulgou a nota de corte de cada curso, de acordo com as inscrições feitas até aquele o momento, e a classificação parcial do candidato na opção de curso escolhida.

Na hora da inscrição, os candidatos podem escolher até dois cursos por ordem de preferência. Até o fim do período de inscrição, o estudante poderá alterar a opção de curso. Também deve definir se deseja concorrer a vagas de ampla concorrência, ou pelo sistema de cotas destinadas a estudantes de escolas públicas, ou a vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições.

O Sisu oferece vagas no ensino superior público com base na nota do Enem. Ao todo, serão ofertadas 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições de ensino, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

Nesse processo, valerá a nota do Enem 2016. Para participar, os candidatos não podem ter tirado 0 na redação do Enem. Além disso, algumas instituições estabelecem notas mínimas para ingresso em determinados cursos. No ano passado, mais de 6 milhões fizeram o Enem.

O Sisu terá uma única chamada, e a divulgação do resultado está prevista para o dia 5 de junho. Também nessa data será aberta a lista de espera, que permanecerá disponível até 19 de junho. As matrículas serão do dia 9 ao dia 13 de junho, e a convocação da lista de espera será feita a partir do dia 26 de junho.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Campanha de vacinação contra gripe termina na sexta-feira

(Foto: Divulgação / Ascom PMP Petrópolis)

Esta é a última semana da campanha de vacinação contra a gripe, a vacina está disponível nos postos de saúde a próxima sexta-feira (26) para o público-alvo da campanha. Um balanço do Ministério da Saúde, mostra que somente 28,7 milhões de pessoas foram vacinadas, apenas 53% do público-alvo.

De acordo com o ministério, é fundamental que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas durante o inverno, quando os diversos vírus da influenza começam a circular com maior intensidade. A vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). O público-alvo é formado por 54,2 milhões de pessoas consideradas mais vulneráveis para complicações da doença. A meta do governo é vacinar 90% desse grupo até o dia 26 de maio.

Desde o dia 17 de abril, a dose está disponível nos postos de vacinação para crianças de 6 meses a menores de 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além de professores da rede pública e particular.

Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e com deficiências específicas devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.

Mesmo as pessoas vacinadas devem procurar o médico ao apresentar os sintomas da gripe: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. O agravamento do quadro de gripe pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Arbitragem rouba a cena, e Flamengo x Vasco termina empatado

Índio quis o apito. Índio usou mal o apito, e o clássico entre Flamengo e Vasco, ao fim das contas, ficou marcado pelo equívoco de arbitragem. No Mané Garrincha, um 2 a 2 amargo para os rubro-negros, que venciam até os minutos finais, mas viram Luiz Antonio Silva Santos assinalar um pênalti inexistente, convertido por Nenê, selando a igualdade. E olha que antes o Fla tinha virado o placar após a expulsão de Luis Fabiano.

Flamengo x Vasco
Flamengo x Vasco

Foto: Fotos: Gilvan de Souza / Flamengo / LANCE!

O placar ficou distorcido, mas menos mal para o Fla que a vida está praticamente resolvida na Taça Rio. O placar deixou o Rubro-Negro com 10 pontos, ainda na liderança do Grupo B. Já o Cruz-Maltino chegou a seis pontos no Grupo C. Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira. O Vasco, por sua vez, recebe o Boavista, em São Januário.

O Flamengo foi o mais afetado pelos desfalques da data Fifa, sem Guerrero, Trauco e Diego. Somando-se ao fato de ter a tranquilidade de estar garantido nas semifinais, e com vantagem do empate, o Rubro-Negro cometeu muitos erros no primeiro tempo, tanto na parte defensiva quanto na articulação de ataque. Mancuello, por exemplo, não se encontrou na função de 10 e tomou decisões erradas.

Mas os equívocos do Flamengo não são dignos de apagar os méritos vascaínos. O Gigante da Colina entrou mais ligado, mais elétrico. Não por acaso que o placar foi aberto por Yago Pikachu. Mais uma vez atuando como ponta, em uma carta que Milton Mendes tirou da manga, ele entrou como um raio entre Rafael Vaz e Renê para abrir o placar. Tudo isso após uma falha de Rever, que, pressionado por Luis Fabiano, cedeu a posse de bola ao rival.

O Vasco teve as rédeas do jogo até a segunda interrupção do primeiro tempo. Isso mesmo. Após a parada técnica, teve a “parada elétrica”: um apagão de nove minutos no Mané Garrincha, que serviu – além para a festa de luzes da torcida – para que o Flamengo respirasse e corrigisse alguns erros, passando a pressionar o Vasco. O lance mais claro de gol foi no último minuto do primeiro tempo, que culminou com uma furada de Leandro Damião.

O nível de eletricidade do jogo subiu de vez no segundo tempo. Saiu faísca no embate entre Luis Fabiano e o árbitro Luiz Antonio Silva Santos, o Índio. O Fabuloso ficou insatisfeito ao levar amarelo por uma falta em Márcio Araújo, foi “pagar geral” cara a cara com o dono do apito e encostou na barriga do Índio. O árbitro fez o movimento como tivesse sido desequilibrado e logo sacou o cartão vermelho do bolso. Fabuloso rumo ao chuveiro, sem antes acusar o árbitro de um monte de coisa e aplaudir ironicamente.

A desvantagem numérica vascaína e o desequilíbrio emocional pela expulsão foi o que o Flamengo precisou para virar o jogo. Primeiro, Willian Arão fez de cabeça, aproveitando cobrança de escanteio. Depois, Berrío marcou o segundo com um chute – até defensável – de fora da área.

Com a vantagem no placar, o Flamengo soube fazer a poeira baixar por alguns minutos, mas o Vasco foi para cima. O Cruz-Maltino chegou a acertar uma bola no travessão, com Douglas, deixando Muralha inerte. E aí veio o lance capital: Nenê cruzou e a bola bateu na barriga do lateral Renê. A arbitragem assinalou penalidade máxima, convertida, após muita reclamação, pelo próprio camisa 10. Empate com selo de um equívoco do apito.

FLAMENGO 2 X 2 VASCO
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data/Hora: 26/3/2017, às 18h30
Árbitro: Luiz Antonio Silva Santos
Assistentes: Daniel do Espírito Santo e Diego Luiz Barcelos
Cartões amarelos: Everton, Willian Arão (FLA); Jean, Jordi, Luis Fabiano, Jomar, Douglas (VAS)
Cartão vermelho: Luis Fabiano (VAS)
Público/Renda: 28.071 pagantes / R$ 1.279.720
Gols: Yago Pikachu, 15’/1ºT (0-1); Willian Arão, 14’/2ºT (1-1); Berrío, 19’/2ºT (2-1); Nenê, 49’/2ºT (2-2)

FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Réver (Léo Duarte, 24’/2ºT), Rafael Vaz e Renê; Márcio Araujo, Willian Arão e Mancuello (Lucas Paquetá, 32’/2ºT); Berrío (Marcelo Cirino, 40’/2ºT), Everton e Leandro Damião. Técnico: Zé Ricardo

VASCO: Jordi, Gilberto, Jomar, Rafael Marques e Henrique; Jean, Douglas, Andrezinho (Escudero, 25’/2ºT), Yago Pikachu (Manga Escobar, 17’/2ºT) e Nenê; Luís Fabiano. Técnico: Milton Mendes.

Terra

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br