Arquivo da tag: terá

Horário de verão terá uma semana a mais e menos economia de energia

  (Foto: Raquel Morais/G1)
(Foto: Raquel Morais/G1)

O secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner, informou nesta terça-feira (14) que o país deve economizar R$ 278 milhões com a implantação da 39ª edição do horário de verão, a partir do dia 19. Moradores do Distrito Federal e de dez estados deverão permanecer com os relógios adiantados em uma hora até o dia 22 de fevereiro.

A medida vai valer por 126 dias – cinco a mais do que a média dos últimos 15 anos, afirmou, e uma semana a mais do que a última edição do horário de verão, que foi do dia 20 de outubro a 16 de fevereiro. A prorrogação ocorreu para evitar que o fim da medida acontecesse no carnaval.

Na última edição, a economia de energia foi de R$ 405 milhões. O motivo da queda na economia é que há uma demanda maior de geração de energia, já que choveu menos, afirmou o secretário. Ainda assim, ele diz que a medida vale a pena.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Entre os benefícios apontados pelo ministério está a redução na sobrecarga das linhas de tensão e transformadores. “Além desses ganhos do sistema elétrico, tem-se ganhos de lazer e de turismo, já que as pessoas deixam seus trabalhos mais cedo e podem desfrutar desse período do dia com luz solar”, disse o secretário.

Os estados em que o horário de verão vai vigorar são Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

Economia – Ainda segundo o secretário, a expectativa é reduzir em 0,4% o consumo de água nos reservatórios dos estados do Sudeste e do Centro-Oeste, e 1,1%, nos do Sul. Grüdtner afirmou também que a medida vai evitar um gasto de cerca de R$ 4,5 bilhões com a construção de termelétricas no período.

Para o período 2014/2015 espera-se uma redução de 1.970 megawatts de demanda (consumo na hora de ponta de carga) no subsistema Sudeste/Centro-Oeste e em 625 megawatts no subsistema Sul. Essa economia equivale a pouco menos que o dobro da carga da cidade de Brasília no horário de pico à noite. No caso do Sul, a redução esperada equivale a aproximadamente 75% do consumo de Curitiba, também no horário de pico noturno.

O horário de verão foi aplicado no Brasil pela primeira vez no verão de 1931/1932. O objetivo é estimular o uso racional e adequado da energia elétrica. Consequentemente, segundo o ministério, há aumento da segurança do sistema elétrico e maior flexibilidade operacional para a realização de manutenções, além de redução da pressão sobre o meio ambiente e nas tarifas cobradas pelo serviço.

G1

Sisutec do meio do ano terá 289 mil vagas para cursos técnicos gratuitos

sisutcO Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta sexta-feira (18) que o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) oferecerá 289.341 vagas para cursos técnicos gratuitos em instituições públicas e privadas no segundo processo seletivo de 2014.

As inscrições para o sistema de seleção poderão ser feitas a partir desta segunda-feira (21) pelo site www.sisutec.mec.gov.br. O prazo termina às 23h59 do dia 25 de julho. O edital que regulamenta a seleção foi publicado no “Diário Oficial da União” desta sexta.

O ministro da Educação, Henrique Paim, afirmou, em entrevista coletiva, que apenas os estudantes que fizeram o Enem 2013 e tiveram nota superior a zero na redação poderão participar do Sisutec. “O aluno terá a complementação de curso profissional, o que permite que ele receba um certificado adicional após o ensino médio. E o Brasil precisa muito desses profissionais em todos os setores. Precisamos valorizar os cursos técnicos nesse país”, declarou o ministro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O total de vagas ofertadas na segunda edição de 2014 é 20% maior ao montante anunciado na segunda edição de 2013. Do total, 247.888 vagas são em instituições privadas (IES e escolas técnicas); 10.457 em escolhas públicas (institutos federais, escolas técnicas vinculadas às universidades federais e escolas estaduais e municipais) e 30.996 no Sistema S (Senai e Senac).

O MEC ainda informou que 85% das vagas do Sisutec são destinadas a candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada na condição de bolsistas.

Principais cursos
Haverá vagas para o Sisutec em todos os estados brasileiros, sendo que a maior parte está concentrada em São Paulo (79.274 vagas), em Minas Gerais (40.112) e no Rio Grande do Sul (20.527).

Os principais cursos técnicos ofertados nesta edição, segundo informou o MEC, são técnico em logística (40.712 vagas), em segurança do trabalho (29.397), em enfermagem (25.557), em informática (21.819) e em edificações (9.171).

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 29 de julho e da segunda chamada no em 5 de agosto. O início das aulas ocorre entre os dias 18 de agosto e 15 de setembro.

Veja os cursos oferecidos no Sisutec do meio do ano:
Técnico em logística
Técnico em segurança do trabalho
Técnico em enfermagem
Técnico em informática
Técnico em edificações
Técnico em radiologia
Técnico em eletrotécnica
Técnico em redes de computadores
Técnico em massoterapia
Técnico em meio ambiente
Técnico em mecânica
Técnico em informática para internet
Técnico em gerência de saúde
Técnico em computação gráfica
Técnico em estética
Técnico em programação de jogos digitais
Técnico em farmácia
Técnico em análises clínicas
Técnico em eletrônica
Técnico em cuidados de idosos
Técnico em química
Técnico em manutenção e suporte em informática
Técnico em desenho de construção civil
Técnico em nutrição e dietética

Sobre o sistema
O Sisutec reúne vagas para cursos de ensino técnico tanto na rede pública quanto na privada. No caso da rede particular, se contemplado, o aluno terá bolsa de estudo. A seleção é feita a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013. Para concorrer, o aluno não pode ter tirado zero na redação.

Entre as vagas oferecidas nesta seleção, 85% serão destinadas para estudantes que, independentemente de renda per capita familiar, tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas, na condição de bolsista integral.

Além disso, metade dessas vagas serão reservadas para alunos com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. Mas, para ocupar uma dessas vagas, não é permitido que o aluno continue matriculado em outro curso técnico de nível médio ou superior, ou curso de graduação, em instituições públicas ou privadas como bolsista.

O Sisutec tem um modelo parecido ao do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), usado pelo MEC para selecionar alunos para vagas em cursos de graduação. Pela internet, os estudantes que fizeram o Enem usam seus dados do exame (número de inscrição e senha) para se inscreverem no sistema. Lá, poderão escolher até duas opções de cursos, dentro das modalidades de concorrência (ampla concorrência ou pelas cotas).

G1

 

Brasil terá duas mudanças para jogo contra Holanda; vale o terceiro lugar

selecaoApós a derrota por 7 a 1 contra a Alemanha, Luiz Felipe Scolari vai promover alterações na equipe que enfrenta a Holanda neste sábado, em Brasília, na disputa pelo 3º lugar da Copa do Mundo. Mesmo sem confirmar os nomes, o treinador disse que vai mudar dois jogadores em relação ao time que começou o jogo da semifinal.

“Vou mexer em uma ou duas posições porque existem jogadores que podem dar sequência e jogaram pouco ou não jogaram ainda. Vou fazer duas alterações em relação ao time que começou contra a Alemanha”, disse em entrevista coletiva, concedida no estádio Mané Garrincha, nesta sexta-feira.

De acordo com o treinador, uma das alterações será feita porque ele precisa de reforço em um setor do campo. Além disso, o técnico disse que se trata de um atleta com “bom comportamento” no grupo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Uma que eu devo fazer é porque eu entendo que a colocação de um jogador em um setor pode ser importante amanhã. E vou fazê-la também por gostar do comportamento do jogador, mas pela necessidade de contar com ele. Eu não vou colocar jogadores que eu não tenho certeza de que vão preencher aquilo necessário para ganhar o jogo”, completou.

Com base nas palavras do técnico, uma das mudanças pode ser no setor esquerdo da equipe. Uma alternativa é a entrada do lateral Maxwell, que ainda não jogou e teoricamente defende melhor do que o titular Marcelo. Outra é a entrada de um volante para fechar especificamente o lado esquerdo. Caso o critério de quem atuou pouco também conte no meio, Hernanes foi o atleta menos esteve em campo entre os convocados para a função.

No treinamento desta sexta-feira, Felipão trabalhou com equipes diferentes, o que deu origem aos boatos de que ele poderia sacar o centroavante Fred. No entanto, o técnico despistou sobre a saída do jogador do Fluminense e apenas confirmou a utilização do lateral esquedo Marcelo para simular os ataques de Arjen Robben, principal nome da Holanda.

“Não teve titular e nem reserva. Se contamos com titulares, eram os que estavam treinando defensivamente. Fiz 6 contra 5, 7contra 6, 8 contra 7, inventei o Marcelo como ponta direita, que tem o pé esquerdo, para evitar o melhor jogador do Mundial, que é o Robben”, afirmou.

180 Graus

 

Dilma terá o dobro do tempo de TV de Aécio e Campos juntos

A coligação de partidos que apoia a candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) nas eleições presidenciais deste ano terá 11 minutos e 48 segundos em cada bloco de 25 minutos da propaganda eleitoral de rádio e televisão ao dia. O tempo é quase três vezes maior que o reservado à coligação de partidos do candidato Aécio Neves (PSDB), que terá direito a 4 minutos e 31 segundos.

Terceiro colocado nas últimas pesquisas de intenção de votos, o candidato do PSB, Eduardo Campos, se apresentará com 1 minuto e 49 segundos. Os tempos foram estabelecidos em minuta de resolução que ainda terá que ser aprovada pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Campos.

O Globo

Candidato da oposição terá mais tempo de TV na Paraíba, segundo colunista

candidato-de-oposicao-tera-mais-tempo-de-tv-na-paraiba-segundo-O colunista da revista Época, Felipe Patury, destacou nesta quarta-feira (09) que a Paraíba é o único estado em que um candidato de oposição disporá de mais tempo de programa eleitoral na televisão do que o candidato à reeleição.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), segundo a coluna, formou a coligação com direito a maior espaço no programa eleitoral: 8 minutos. O colunista afirmou que em segundo lugar, aparece o senador Vital do Rêgo (PMDB), e apenas em terceiro lugar, o candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB).

A veiculação da propaganda eleitoral gratuita inicia-se em 19 de agosto e termina em 2 de outubro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

tempo tv

 

 

 

Sisu do meio do ano terá mais de 51 mil vagas; inscrições começam na segunda

sisuO Sisu (Sistema de Seleção Unificada) do segundo semestre de 2014 irá ofertar 51.412 vagas, 29% a mais do que no mesmo período do ano passado. Serão ofertados 1.447 cursos. Participam do sistema 67 instituições: 38 universidades (estaduais e federais), 26 institutos federais, 2 Cefets e 1 centro universitário.

Do total de vagas, 28.802 (56%) serão disponibilizadas na ampla concorrência, 21.142 (41%) fazem parte do sistema de cotas e 1.468 (3%) serão ofertadas em ações afirmativas próprias. Os dados foram apresentados em coletiva de imprensa realizada pelo MEC (Ministério da Educação) nesta sexta-feira (30).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

UFF (Universidade Federal Fluminense), UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) são as instituições com maior número de vagas. Os cursos com maior quantidade de vagas são pedagogia, administração e ciências biológicas. Confira aqui a lista com os dez cursos e as dez instituições que oferecem mais vagas.

As instituições e as vagas disponibilizadas podem ser consultadas no site www.sisu.mec.gov.br. Os cadastros serão realizados entre 2 e 4 de junho. O sistema ficará aberto até as 23h59 no último dia de inscrição.

Podem participar Sisu os candidatos que fizeram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2013 e que tenham obtido nota acima de zero na redação. Segundo o MEC (Ministério da Educação), algumas instituições adotam notas mínimas para inscrição em determinados cursos. “Neste caso, no momento da inscrição, se a nota do candidato não for suficiente para concorrer ao curso, o sistema emitirá uma mensagem com esta informação”, informou o órgão em nota.

O estudante poderá concorrer a até duas opções de curso e, ao longo do período de inscrição, pode alterar essas opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada. Os candidatos que não forem convocados nas duas chamadas poderão integrar a lista de espera.

A primeira chamada será divulgada no dia 6 de junho e a matrícula deve ser realizada entre os dias 9 e 13 do mesmo mês. A segunda chamada será publicada em 24 de junho, quando também será aberto o prazo para inscrição na lista de espera.

uol

TSE decide que PB terá 30 deputados estaduais e 10 federais em 2015

tseO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta terça-feira (27) derrubar o Projeto de Decreto Legislativo 1.361/13, aprovado pela Câmara dos Deputados em novembro do ano passado, que anulou a resolução do tribunal sobre o número de deputados de cada estado para as eleições de outubro. Com a decisão, fica mantida a mudança na representação de 13 estados. assim, a Paraíba deverá ter 30 deputados estaduais e 10 federais em 2015.

Por unanimidade, os ministros entenderam que as mudanças deveriam ter sido aprovadas por meio de lei complementar e não por decreto legislativo. Conforme decisão original do TSE, definida em abril do ano passado, perderão uma cadeira: Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Duas cadeiras: Paraíba e Piauí. Ganharão uma cadeira: Amazonas e Santa Catarina. Duas cadeiras: Ceará e Minas Gerais. O maior ganhador de cadeiras na Câmara é o Pará, que terá mais quatro deputados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Durante o julgamento, o presidente do TSE, Dias Toffoli, afirmou que a Câmara não poderia suspender os efeitos da regra do TSE alegando invasão da competência legislativa. “Somente uma nova lei complementar ou decisão jurisdicional que declarasse inconstitucional esse dispositivo poderia subtrair do TSE a competência que o Congresso lhe deu”, afirmou.

A nova composição das bancadas foi definida de acordo com o Censo de 2010. Os cálculos levam em conta a população do estado e a quantidade mínima (8) e máxima (70) de parlamentares permitidos por lei para uma unidade da federação, além do quesito da proporcionalidade exigido pela Constituição.

A decisão do tribunal foi tomada com base no questionamento apresentado pela Assembleia Legislativa do Amazonas. A casa alegou que a representação populacional do estado na Câmara já não condizia com a realidade, pois tinha como referência um censo defasado. Sustentou, ainda, que estados com menor população, como Alagoas e Piauí, tinham mais representatividade na Câmara: com nove e dez deputados federais, contra oito do Amazonas.

A mudança na composição das bancadas, definida em processo administrativo, é contestada no Supremo Tribunal Federal (STF) por cinco ações de inconstitucionalidade impetradas pelos estados de Pernambuco, do Espírito Santo, Piauí e pela Assembleia Legislativa e o governo da Paraíba.

Agência Brasil

Paraíba terá banco de DNA; Lei prevê mapeamento de DNA de criminosos no País

PB vai ser o 1º estado do Brasil a ter o banco
PB vai ser o 1º estado do Brasil a ter o banco

A Paraíba pode ser o primeiro Estado do Brasil a implantar um banco de dados com informações genéticas de criminosos. O cruzamento destas informações com o DNA coletado nas vítimas pode ajudar a desvendar crimes até hoje sem suspeito, como o caso da estudante Rebeca Cristina Alves Simões, morta em 2011.

A previsão do Instituto de Polícia Científica (IPC) da Paraíba é que as atividades sejam iniciadas em junho. Para isso, a Vara de Execuções Penais da Capital deve divulgar a portaria ainda este mês.

O banco de dados vai funcionar no Laboratório de DNA do IPC, em João Pessoa, e será alimentado com material genético bucal de cerca de 3 mil apenados já condenados por crimes hediondos – homicídio, estupro e sequestro seguido de morte. A meta é tornar possível a identificação, principalmente, de acusados de estupros. Em 2013, foram registrados 172 crimes sexuais na Paraíba.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Humberto Pontes, diretor-geral do IPC, garantiu que, embora a lei que estabelece a implantação do banco seja de 2012, sancionada pela presidente Dilma Rousseff, nenhum Estado iniciou a execução. “A Paraíba pode ser o primeiro Estado a contar com este mecanismo”. Ele relatou que semana passada houve uma reunião com o juiz das Execuções Penais, Carlos Neves, para discutir o assunto. A Lei 12.654/2012 determina que os condenados por crimes hediondos sejam submetidos à coleta de material para que seja traçado o perfil genético.

“Precisamos da autorização do juiz, mas já estamos trabalhando na implantação, preparados para começar a alimentar o banco. Para isso, temos o laboratório de DNA onde já contamos com um banco de casos de local de crime. Este novo é dos já condenados”, esclareceu. O IPC também já possui o software que será utilizado.

 

Por Jornal Correio da Paraíba/ Lucilene Meireles

Dia sem imposto terá gasolina, pizza e almoço com desconto em 11 Estados

imposto_de_rendaComerciantes de 11 Estados vão vender, nesta sexta-feira (23), uma série de produtos e serviços com desconto. A ação faz parte do “Dia de Respeito ao Contribuinte e da Liberdade de Impostos”, coordenado pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje).

Entre os produtos com preços mais baixos, estão gasolina e pneus. Vários restaurantes também prometem dar desconto no almoço, e uma pizzaria também vai participar do evento.

Os 11 Estados participantes são: Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Haverá venda de gasolina sem imposto em um posto de gasolina de Porto Velho (RO). A pizza sairá mais barata em um estabelecimento de Porto Alegre (RS) e o almoço estará mais em conta em diversos restaurantes de Goiânia (GO).

Exposição e coleta de assinaturas

Além da venda com desconto, haverá também, em alguns locais, a exposição de produtos com valores sem e com impostos.

O objetivo da ação, segundo a Conaje, é conscientizar a população sobre a alta carga tributária que incide em produtos e serviços no Brasil.

Durante as ações, haverá a coleta de assinaturas para o Movimento Brasil Eficiente (MBE), que propõe a simplificação fiscal por meio da redução do número de impostos.

Ações feitas pelo comércio para marcar o Dia sem Imposto
  • Amazonas

    Manaus (23/5) – Às 9h30, lançamento do Impostômetro na Faculdade Maurício de Nassau (av. Djalma Batista). A partir das 12h, venda de pneus e revisão automotiva sem impostos na Espantalho Pneu da Djalma Batista. A revisão completa sairá de R$ 200 por R$ 100; o pneu Aro 14 Road Stone 185-60 sairá de R$ 220 por R$ 150, e o Aro 13 Radial 175-13 de R$ 150 por R$ 110 (até o fim dos estoques).

  • Bahia

    Salvador (23/5) – Desconto nas empresas Contribute (contabilidade e assessoria tributária), Barthô Temakeria (temaki de salmão), Burger King (lanche whopper), Ondina Pneus (serviços automotivos), ACT Investimentos (curso de educação financeira), Gráfica DPI (comunicação visual), Curso Espanõl (cursos de espanhol), Utopia Resto-Bar (todo o cardápio) e PrevLife (serviços odontológicos).

  • Ceará

    Fortaleza (23/5) – Esclarecimentos sobre o peso dos tributos nas mensalidades escolares, na Faculdade Mauricio de Nassau (av. Aguanambi, 251, Fátima), das 7h às 10h.

  • Goiás

    Goiânia (23/5) – Refeições sem impostos: Cateretê (almoço executivo por R$ 15,90), das 11h às 15h; Café Nice (picanha Guadalajara por R$ 46,20), das 11h às 14h; Celsin e Cia (Brasileirinho por R$ 32,93) e Panelinha Grill (Panelinha Mista por R$ 30,48), a partir das 17h; Dali Bar e Taberna (Espaguetti a Dalí por R$ 44,88), a partir das 18h; Cerrado (Parmegiana do Hexa por R$ 26,73), das 19h às 23h.

  • Maranhão

    São Luís (23/5) – Campanha de coleta de assinaturas para o MBE no Shopping Rio Anil (av. São Luís Rei da França). Sorteio de descontos na matrícula de escola de graduação e pós-graduação da Faculdade e Escola Santa Fé. Imperatriz (23/5) – Ações nas redes sociais para alertar sobre a alta carga tributária brasileira.

  • Pará

    Belém (23/5) – Tuareg Motos vai oferecer descontos na venda de produtos e serviços, além de distribuir anfletos em vários locais da cidade (locais não informados).

  • Rio Grande do Sul

    Porto Alegre (23/5) – Venda de pizza sem impostos na Pizza do Pão, das 11h às 17h (rua Irmão José Otao, 588, Independência).

  • Rondônia

    Porto Velho (23/5) – Venda de gasolina sem tributos no Posto Grupo Rovema, das 10h às 12h (av. Governador Jorge Teixeira, 786, Nova Porto Velho). Exposição de produtos com e sem o valor de tributos no Porto Velho Shopping, das 10h às 22h (av. Rio Madeira, 3.288, Agenor de Carvalho).

  • Santa Catarina

    São Lourenço do Oeste (23/5) – Coleta de assinaturas (local não informado). Blumenau (23/5) – Corte do “bolo tributário” na Igreja Matriz (centro), às 11h30. Caçador (23/5) – Coleta de assinaturas no Largo Caçanjurê.

  • Sergipe

    Aracaju (23/5) – Palestra “Uma análise crítica acerca do sistema tributário brasileiro” na Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (Campus Santo Antônio), às 19h. Entrada gratuita.

  • Tocantins

    Palmas (23/5) – Happy hour sem impostos, com itens do cardápio sendo comercializados com desconto de 32%. A ação ocorrerá das 18h às 20h nos estabelecimentos Restaurante Mumbuca, Expresso Sushi Jardins, Mercatto, Cantina Boa Massa, Street Grill, Adelaide Bistrô, Panificadora Colombo e Pôr do Sol 2.

Uol

Polícia terá efetivo reduzido na PB em dia de mobilização, dizem sindicatos

policia-civilOs sindicatos da Polícia Civil e da Polívia Federal na Paraíba informaram nesta terça-feira (20) que vão ter o efetivo reduzido nesta quarta-feira (21) em apoio à mobilização nacional das polícias. O Sindicato dos Servidores da Polícia Civil da Paraíba (SSPC-PB) informou que o efetivo será reduzido durante todo o dia enquanto que o Sindicato dos Policiais Federais da Paraíba (Sinpef-PB) explicou que a redução só vai acontecer das 9h ao meio-dia.

O presidente do SSPC-PB, Erivaldo Henrique de Sousa, afirmou que as delegacias do estado permanecerão abertas, mas só vão registrar casos de flagrantes.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
As investigações policiais em andamento serão paralisadas na quarta-feira. Essa informação diverge, no entanto, da que foi dada pelo presidente da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (Aspol-PB), Sandro Bezerra, que afirmou que os policiais civis da Paraíba não teriam suas atribuições afetadas na quarta. De acordo com o presidente do SSPC-PB, a Aspol-PB não tem autonomia para negar adesão à manifestação nacional.

saiba mais

  • Policiais civis de 5 estados decidem fazer paralisação na quarta-feira
  • Sindicato da PF prevê paralisação, e diz que serviço essencial será mantido

Por meio da rede social Twitter, a Secretaria de Segurança da Paraíba informou que “não haverá nenhuma paralisação das policias da Paraíba”. O presidente da Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraíba (Adepdel), Cláudio Lameirão, também informou que o funcionamento das delegacias no estado não será afetado.

Polícia Federal
De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Policiais Federais da Paraíba (Sinpef-PB), José Tércio Fagundes, das 9h até o meio-dia da quarta-feira haverá uma mobilização em frente a sede da Polícia Federal na Paraíba, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. No local, será realizada uma assembleia para votar a proposta de reajuste salarial da categoria feita pelo Ministério do Planejamento. Durante a assembleia, o efetivo será reduzido, mas o atendimento ao público será mantido.

Outras polícias
O Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais da Paraíba (Sinprf-PB) informou que o patrulhamento das rodovias federais da Paraíba permanecerá inalterado na quarta-feira. As atribuições da Polícia Militar da Paraíba também devem seguir normalmente, de acordo com a assessoria da instituição.

As federações e confederações das Polícias Civil, Federal e Rodoviária Federal realizarão uma caminhada em Brasília na quarta-feira (21). A marcha é uma forma de protestar contra o modelo de Segurança Pública implantado no Brasil e para cobrar melhorias no setor.

 

Do G1 PB