Arquivo da tag: temporárias

Bispo de Guarabira designa “mudanças temporárias” em Paróquias

A Diocese de Guarabira, na pessoa do bispo diocesano Dom Aldemiro Sena dos Santos, comunicou no domingo (02), na solenidade da Ascensão do Senhor, algumas “mudanças emergenciais e temporárias” de padres, a fim de manter a dinâmica das ações evangelizadoras no âmbito de algumas Paróquias.

Para tanto, o padre Everson Danilo Vasconcelos Santos, administrador da Paróquia Santíssima Trindade de Guarabira, será substituído pelo padre Adauto Tavares Gomes – acumulando com as atividades da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe de Guarabira. O padre Adauto será auxiliados pelos padres da Forania de Guarabira.

O padre Marcos Antônio Paulino dos Santos, administrador da Paróquia São Sebastião de Lagoa de Dentro, se afastará para cuidar de sua saúde. Ele será substituído pelo padre Severino Marques de Farias – acumulando com a administração da Paróquia Nosso Senhor do Bom Fim de Serra da Raiz. O padre Silva, como é conhecido, será auxiliado pelo padre Roberivaldo Antonio da Silva da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Sertãozinho.

Dom Aldemiro esclareceu que as presentes mudanças têm caráter temporário.

Pascom – Pastoral da Comunicação

 

 

IBGE oferece 688 vagas temporárias na Paraíba com salários de até R$ 4 mil

(Foto: Divulgação/IBGE/Arquivo)
(Foto: Divulgação/IBGE/Arquivo)

Para realizar o Censo Agropecuário a partir de 1º de outubro deste ano, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou edital com 688 vagas temporárias para realização do censo na Paraíba. Há vagas para nível médio e superior com salários de R$ 1,6 mil a R$ 4 mil. A prova está prevista para 2 de julho.

O primeiro edital com uma parte das vagas foi lançado na segunda-feira (10) e o próximo vai ser lançado no dia 20 de abril, uma quinta-feira. A inscrições para o primeiro processo seletivo simplificado – o que já está liberado – são feitas pelo site da Fundação Getúlio Vargas e são para as vagas de Analista Censitário (nível superior) e Agente Censitário (médio), o prazo final é 9 de maio.

A taxa de inscrição varia de R$ 41 a R$ 78. Os selecionados vão ter carga horária semanal de 40 horas, o salário de acordo com a função, auxílio-alimentação, férias e 13° salário. Os serviços prestados para o IBGE terão duração entre sete e 13 meses, de acordo com o cargo, podendo ser prorrogado por igual período de acordo com a demanada do serviço e disponibilidade de orçamento.

Para a função de Analista Censitário (nível superior), a duração do contrato é de 13 meses; enquanto para Agente Censitário Administrativo (nível médio) é de dez meses. O contrato de Agente Censitário Regional (médio) está previsto para nove meses e sete meses para o de Agente Censitário de Informática (médio).

Censo Agropecuário

Os contratados temporários vão fazer parte do 10º Censo Agropecuário do IBGE. A previsão é de as atividades começarem em 1º de outubro de 2017. Ao longo de cinco meses, os recenseadores vão visitar mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país.

O trabalho é de levantar informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos e a agricultura familiar, entre outros temas. Os resultados do Censo Agro 2017 devem começar a ser divulgados pelo IBGE em 2018.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

IBGE abre 1,4 mil vagas temporárias para o Censo Agropecuário 2016

IBGEO Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu nesta terça-feira (26) as inscrições do processo seletivo simplificado com 1,4 mil vagas temporárias para o Censo Agropecuário 2016. As inscrições estarão abertas até 22 de fevereiro pelo site da Fundação Cesgranrio, organizadora. A realização das provas está prevista para o dia 22 de maio e a divulgação do resultado final para 14 de julho.

Do total de vagas, 223 são para Analista Censitário e 700 para Agente Censitário Administrativo, distribuídas nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal; e 486 vagas para Agente Censitário Regional, em 459 municípios de 24 estados. Para todas as funções, há vagas reservadas a pessoas com deficiência e pessoas negras ou pardas.

Os candidatos às vagas de Analista Censitário devem ter nível superior e para os cargos de Agente Censitário Administrativo e Agente Censitário Regional é necessário o Ensino Médio completo.

A previsão de duração do contrato é até 31 meses para o Analista Censitário com salário de R$ 7.166; de 22 meses para o Agente Censitário Administrativo, com remuneração de R$ 1.560; e 16 meses para o Agente Censitário Regional, que receberá R$ 3 mil. O contrato inclui ainda auxílio-alimentação e auxílio-transporte, assim como férias e 13º salário proporcionais.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O contratado será avaliado mensalmente nos primeiros três meses e nos últimos três meses de trabalho. As renovações e rescisões dos contratos serão condicionadas ao cronograma da coleta de dados e aos resultados da avaliação de desempenho do contratado.

O edital do processo seletivo, publicado no dia 21 de janeiro no Diário Oficial da União , também pode ser consultado no portal do IBGE .

O valor da inscrição é R$ 120,00 para a função de Analista Censitário; R$ 35,00 para a função de Agente Censitário Administrativo e R$ 50,00 para a função de Agente Censitário Regional.

Agência Brasil