Arquivo da tag: Tempo

Veja previsão do tempo na PB e clima para o fim de semana, 18 e 19 de maio

A previsão do tempo na Paraíba para este sábado (18) tem variação da temperatura de 21ºC no Brejo e Cariri até a máxima de 34 ºC no Sertão. No Litoral, as temperaturas oscilam entre 23°C e 30°C. No Agreste, por sua vez, a variação é de 22°C até 30°C.

Segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), no decorrer do dia, o tempo deve permanecer com nebulosidade varável com possibilidade de ocorrência de chuvas localizadas nas regiões do Sertão e Alto Sertão.

No Cariri, Sertão e Alto Sertão o céu fica parcialmente nublado, podendo ocorrer chuvas localizadas. Já no Litoral, as chuvas devem ser passageiras e pontuas. No Agrete e no Brejo a previsão é de céu parcialmente nublado a claro.

Em João Pessoa, a previsão para o sábado e o domingo é de sol e aumento de nuvens de manhã. Podem ocorrer pancadas de chuva à tarde e à noite. A temperatura para o fim de semana vai variar entre 24°C e 32°C.

Em Campina Grande, a previsão para o sábado e o domingo também é de sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. A temperatura para o fim de semana vai variar entre 20°C e 30°C.

As previsões do tempo e clima são feitas pela Agência Executiva de Gestão de Águas da Paraíba (Aesa) e pelo Climatempo.

G1

 

Aumenta número de alunos do ensino médio em tempo integral

O número de alunos matriculados no ensino médio integral em todo o país aumentou 1,5 ponto percentual entre 2016 e 2017. Dados do Censo Escolar 2017 divulgados hoje (31) pelo Ministério da Educação (MEC) apontam que 7,9% dos estudantes frequentaram essa modalidade de ensino no ano passado, contra 6,4% no ano anterior.

Ampliar o tempo de permanência do aluno nas escolas é um dos objetivos do da chamada reforma do ensino médio, sancionada pelo presidente Michel Temer em fevereiro do ano passado. No último dia 17, o governo anunciou a liberação de R$ 406 milhões para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. O recurso será destinado às 27 unidades da federação ao longo de 2018.

“[O ensino médio] continua sendo o maior desafio da educação brasileira”, disse a ministra interina da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro, ao destacar que a Base Nacional Comum do ensino médio será encaminhada ao Conselho Nacional de Educação em março. “A reforma do ensino médio tem por objetivo torná-lo mais atrativo e mais alinhado com o ensino médio do mundo inteiro”, completou.

Queda nas matrículas

Os dados do Censo Escolar, divulgados nesta quarta-feira, mostram ainda que, dos 48,6 milhões de matrículas feitas no ano passado em escolas de todo o país, 7,9 milhões foram no ensino médio, contra 8,1 milhões na mesma modalidade em 2016.

De acordo com o MEC, a tendência de queda observada nos últimos anos deve-se tanto a uma redução da entrada proveniente do ensino fundamental (a matrícula do 9º ano caiu 14,2% de 2013 a 2017) quanto à melhoria no fluxo no ensino médio (a taxa de aprovação do ensino médio subiu 2,8 pontos percentuais de 2013 a 2017).

Na avaliação da ministra interina, o ensino médio aparece como uma espécie de grande gargalo da educação básica brasileira. “Por isso, a prioridade da agenda do governo foi uma série de ações, como a base comum curricular, que vai melhorar esse quadro. Essas políticas apresentarão resultado mais para a frente, mas são fundamentais para que o aluno não desista do ensino médio”, concluiu.

 Agência Brasil

Governo anuncia R$ 406 milhões para escolas em tempo integral

O presidente Michel Temer e o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciaram hoje (17) a liberação de R$ 406 milhões para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. O recurso será destinado às 27 unidades da federação ao longo de 2018.

Do total liberado, cerca de R$ 173 milhões serão destinados para investimentos e R$ 233 milhões para custeio. De acordo com o Ministério da Educação, a liberação vai ampliar de 516 para 967 o número de escolas financiadas, o que representa um aumento de 87% de escolas atendidas em todo o país. Com a liberação de recursos de hoje, os valores totais destinados ao programa vão superar os R$ 700 milhões.

Segundo o Ministério da Educação, em 2017 foram apoiadas pelo programa 516 escolas com 148.760 mil matrículas. Para este ano, serão 967 escolas, com 284.728 matrículas. A meta do programa é alcançar a marca de 500 mil matrículas.

Na cerimônia do anúncio da liberação dos recursos, o presidente Michel Temer destacou a importância do ensino em tempo integral para alçar o Brasil ao século 21, seguindo o exemplo de países desenvolvidos que adotam esse modelo. Ele também rassaltou a função social do tempo integral. “Em um país carente como o nosso, muitas vezes se os mais pobres permanecem em tempo integral recebem um auxílio social, como a alimentação, muito eficiente”, disse.

O ministro Mendonça Filho citou as vantagens do ensino em tempo integral. “[As escolas em tempo integral] transformam fortemente a realidade em termos de taxa de evasão, abandono escolar e ao mesmo tempo consagra uma melhora na qualidade, que é um dos objetivos mais importantes pra que a gente mude a realidade educacional do país”, disse.

Adesão

Para aderir ao programa, as secretarias de Educação estaduais e do Distrito Federal devem apresentar um plano de implementação com itens como número mínimo de 60 matrículas em tempo integral por ano escolar e carga horária de nove horas diárias.

Precisam ainda oferecer infraestrutura mínima como biblioteca ou sala de leitura, salas de aula, quadra esportiva e vestiários com metragem mínima definida, além de cozinha e refeitório. Os recursos liberados pelo ministério podem ser investidos na melhoria dessa infraestrutura.

Programa

O Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral foi lançado no âmbito das ações da reforma do ensino médio, em setembro de 2016, e tem o objetivo de financiar as redes estaduais de ensino na implantação do ensino integral. A proposta segue iniciativas bem-sucedidas de implantação do ensino integral em alguns estados, como Pernambuco, e atende aos objetivos do Plano Nacional de Educação (PNE).

Uma das metas do PNE é oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% dos alunos da educação básica.

Por Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cruzeiro acorda no 2º tempo, vira em dois minutos e deixa Ponte perto do Z4

O fato de Mano Menezes não estar no banco de reservas do Cruzeiro neste sábado poderia indicar uma falta de interesse da Raposa na partida contra a Ponte Preta no Mineirão. Mesmo assim, o clube celeste conquistou uma virada por 2 a 1 contra a Macaca, anotando seus dois tentos em dois minutos do segundo tempo.

A partida com mando cruzeirense foi antecipada da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro por conta da montagem do palco para uma apresentação de Paul McCartney no Mineirão. No banco de reservas, Sidnei Lobo comandou a equipe, já que Mano Menezes está em São Paulo para um tratamento de pele.

Com a vaga na Libertadores já assegurada pelo título da Copa do Brasil, o Cruzeiro se mostrou pouco interessado na partida no primeiro tempo. Assim, sofreu um gol da Ponte Preta logo aos 11 minutos de jogo, quando Diogo Barbosa recuou errado para Rafael, Lucca se aproveitou e foi derrubado pelo goleiro. A arbitragem anotou o pênalti e, na cobrança, Danilo Barcelos bateu no ângulo e inaugurou o marcador.

Na marca de 30 minutos da primeira etapa, a Raposa acumulava quase 75% de posse de bola, mas não tinha nenhuma finalização. Os primeiros chutes vieram apenas aos 42 e 45 minutos, com Hudson e Henrique arriscando finalizações de fora da área. A Ponte, por sua vez, se limitou a esperar pelos contra-ataques, mas deu trabalho para Rafael apenas em uma oportunidade.

Cruzeiro acorda no segundo tempo

© Fornecido por Fundação Cásper Líbero Se foram apenas duas finalizações dos mandantes na etapa inicial, o time celeste arriscou 15 chutes no segundo tempo. Criando muitas oportunidades pelo lado direito, onde a Ponte Preta tentava impedir os ataques celestes com o zagueiro Yago improvisado na função, o Cruzeiro empilhou oportunidades e foi outra equipe nos 45 minutos finais.

Assim, o inevitável empate veio aos 28 minutos, com Thiago Neves. Judson entrou na área e chutou cruzado, mas a zaga afastou. Alisson pegou a sobra e bateu para defesa de Aranha, mas em novo rebote, Thiago Neves tocou de cabeça para as redes.

Dois minutos depois, a virada fez explodir a torcida no Mineirão. Após cobrança de escanteio de Thiago Neves, Manoel subiu sozinho no meio da área e tocou de cabeça, no canto esquerdo de Aranha.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 2 X 1 PONTE PRETA

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 7 de outubro de 2017, domingo

Hora: 16h00 (de Brasília)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (CBF-PR)Assistentes: Victor Hugo Imazo dos Santos CBF-PR) e Rafael Trombeta (CBF-PR)

Público:

Renda:

Cartões amarelos: Rafael, Diogo Barbosa, Hudson, Thiago Neves e Rafinha (CRUZEIRO)

Cartão vermelho: Elton (segundo amarelo)

GOLS

CRUZEIRO:

Thiago Neves, aos 28, e Manoel, aos 30 minutos da etapa finalPONTE PRETA: Danilo Barcelos, aos 12 minutos do primeiro tempo

Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Digão, Manoel e Diogo Barbosa; Hudson e Henrique; Rafinha (Élber), Thiago Neves, Alisson (Lucas Romero); Rafael Sobis (Rafel Marques)

Técnico: Sidnei Lobo

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Artur (Yago); Elton, Jean Patrick (Fernando Bob) e Wendel (Jorge Mendoza); Danilo Barcelos; Emerson Sheik e Lucca

Técnico: Eduardo Baptista

Gazeta Esportiva

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Em um primeiro tempo maluco, Bahia goleia o Atlético-PR

Com direito a um primeiro tempo maluco, o Bahia goleou o Atlético-PR por 6 a 2 na tarde deste domingo, na Arena Fonte Nova, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O destaque ficou por conta do primeiro tempo, que teve sete gols. Até os 39 minutos, o placar era de 2 a 1 para o Furacão, mas acabou a etapa inicial 5 a 2 para o Bahia (quatro gols em sete minutos).

Atlético-PR jogou com um time alternativo e acabou goleado na Arena Fonte Nova (Foto: Divulgação/ Bahia)
Atlético-PR jogou com um time alternativo e acabou goleado na Arena Fonte Nova (Foto: Divulgação/ Bahia)

Foto: LANCE!

Nos minutos iniciais, o Atlético-PR iniciou trocando a bola, mas não conseguia criar. Já o Bahia arriscava mais. Aos quatro, o volante Juninho bateu da entrada da área, mas a bola foi pela linha de fundo. Aos dez, o ataque baiano fez boa jogada, mas na hora da finalização de Régis o zagueiro José Ivaldo conseguiu evitar a finalização.

Mas na primeira vez em que conseguiu concluir a jogada ao gol, o Atlético-PR foi fatal. Após boa jogada, Sidcley cruzou para Guilherme, que da entrada da área dominou e bateu com categoria para abrir o placar na Arena Fonte Nova.

Com o 1 a 0 no placar, o Atlético-PR até trocou alguns passes no primeiro momento, mas na sequência acabou dando a bola ao Bahia e se fechou, tentando buscar um contra-ataque. O contragolpe não foi encaixado e, assim, a equipe baiana encurralou o Furacão. Zé Rafael e Eduardo assustaram o goleiro Weverton, mas o gol de empate ocorreu aos 33, com o zagueiro Tiago, de cabeça, após cobrança de escanteio.

Devido ao gol de empate, o Atlético-PR voltou a procurar o ataque. O zagueiro Marcão teve duas oportunidades. A primeira ele parou no goleiro Jean, que defendeu uma cabeceada dele. Mas aos 37 ele não desperdiçou e recolocou o Atlético-PR em vantagem. 2 a 1.

Mas a partir daí o que se viu foi um desastre do sistema defensivo do Atlético-PR, sofrendo quatro gols em sete minutos. Aos 39, Zé Rafael empatou. Aos 41, Régis virou. Aos 43, Edigar Junio ampliou. E aos 46, novamente Régis. 5 a 2 Bahia.

Embora tenha adotado uma postura mais cautelosa no segundo tempo, o Bahia teve uma boa oportunidade logo aos 20 segundos, quando Zé Rafael bateu forte da entrada da área e assustou o goleiro Weverton.

Já o Atlético-PR novamente ficou com a bola, mas não conseguiu criar boas chances. A melhor ocorreu aos 19, quando Jonathan cruzou da direita e Douglas Coutinho cabeceou pela linha de fundo.

Se o time paranaense não assustava, o Bahia, quando ia para a frente, levava muito perigo. O volante Edson teve duas grandes chances. Aos 25, ele exigiu boa defesa do goleiro Weverton. E no minuto seguinte ele não perdoou e anotou o sexto gol do Bahia. 6 a 2.

Para deixar ainda mais dramática a situação do Atlético-PR, o zagueiro Marcão foi expulso de campo aos 29 minutos, por receber o segundo cartão amarelo. Mas como o Bahia estava satisfeito com o resultado o fator de ter um homem a mais não teve tanto efeito em busca de chances de gol. Na única criada, Maikon Leite bateu na saída de Weverton, mas o zagueiro José Ivaldo tirou a bola em cima da linha.

Assim, o placar foi mesmo de 6 a 2 para o Bahia. Na quarta-feira, o time baiano tem a final da Copa do Nordeste, contra o Sport. Já o Atlético-PR enfrenta a Universidad Catolica, na última rodada do Grupo 4 da Libertadores da América.

Lance Net

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Gol aos 54 do 2º tempo dá vitória épica ao Verdão contra o Peñarol

 (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
(Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)

Teve virada, teve pênalti perdido por Borja, teve expulsão de Dudu, teve confusão, teve gol aos 54 minutos do segundo tempo… Só não teve tapa na cara. O Palmeiras fez 3 a 2 no Peñarol e saiu do Allianz Parque com uma vitória épica. Willian, Dudu e Fabiano, nos acréscimos, fizeram para o Verdão.

O resultado coloca a equipe de Eduardo Baptista na liderança do grupo, com sete pontos. O Jorge Wilstermann está em segundo, com seis, e o Peñarol ficou para trás, com três.

O primeiro tempo saiu melhor do que a encomenda para o Peñarol. Uma das missões dos uruguaios era levar Felipe Melo ao descontrole, estratégia que eles provavelmente adotariam mesmo que a frase sobre o tapa na cara nunca tivesse existido. Aos poucos, eles perceberam que Dudu também seria um bom alvo para provocações e passaram a importunar o camisa 7.

Dudu respondia com lindos dribles, mas na maioria das vezes não encontrava ninguém vestido de verde por perto para dar sequência. Felipe Melo, entre uma encarada e outra, acumulava desarmes e levantava a arquibancada. Ironicamente, os torcedores vibraram com o chutão que o volante deu para a linha de fundo aos 30 minutos. Não sabiam que era isso que o Peñarol estava esperando. Júnior Arias, com um tiro de cabeça, abriu o placar após a cobrança.

Mas bastaram cinco minutos do segundo tempo para a preocupação virar euforia. O Verdão voltou com a mesma formação, mas ganhando as divididas, chegando ao fundo pelos dois lados, asfixiando o rival. Dinamite pura. Borja parou em Guruceaga antes do minuto um, Willian empatou no lance seguinte e Dudu extravasou toda sua ira após presente de Guerra, pouco depois.

O jogo poderia ficar tranquilo logo aos dez minutos, mas Borja chutou longe o pênalti sofrido por Dudu. O colombiano ainda perderia mais uma chance antes de ser substituído por Michel Bastos, aos 23. Com cartão amarelo, Felipe Melo também saiu, para a entrada de Thiago Santos. Foi justamente aplaudido.

A vitória estava se oferecendo ao Palmeiras, que não agarrava. Aos 29, o goleiro Guruceaga impediu o gol de Michel Bastos e o lateral Hernández, em cima da linha, deixou o grito de gol entalado na garganta de Tchê Tchê. Vacilos imperdoáveis diante de oponente tão tradicional.

Gastón Rodríguez aproveitou nova pane do Verdão na bola parada para empatar no momento seguinte. Saiu apontando para o número 5 que indica o número de conquistas do Peñarol nesta competição.

Willian, aos 32, driblou o goleiro e chutou na trave. Inacreditável. Eduardo ainda apostou suas fichas em Keno, mas tirou Guerra, que vinha bem. Parecia que o gol salvador não viria desta vez, ainda mais quando Dudu perdeu a cabeça de vez, aplaudiu o árbitro após levar amarelo e acabou expulso. A confusão entre os jogadores era a deixa para o fim do jogo, mas o predestinado Fabiano, o mesmo que marcou o gol do título brasileiro, surgiu na área no apagar das luzes para definir o triunfo.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 2 PEÑAROL-URU
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data-Hora: 12/4/2017 – 21h45
Árbitro: Roddy Zambrano Olmedo (EQU)
Auxiliares: Luis Vera (EQU) e Juan Macías (EQU)
Público/renda: 38.483 pagantes/R$ 2.582.842,67
Cartões amarelos: Mina e Felipe Melo (PAL), Ramón Arias, Gastón Rodríguez, Cristian Rodríguez, Petryk, Pereira e Affonso (PEN)
Cartões vermelhos: Dudu, aos 48’/2º (2º Amarelo)
Gols: Ramón Arias (31’/1ºT) (0-1), Willian (1’/2ºT) (1-1), Dudu (5’/2ºT) (2-1), Gastón Fernández (30’/2ºT) (2-2), Fabiano (54’/2ºT) (3-2)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo (Thiago Santos, aos 24’/2ºT), Willian, Tchê Tchê, Guerra (Keno, aos 36’/2ºT) e Dudu; Borja (Michel Bastos, aos 22’/2ºT). Técnico: Eduardo Baptista.

PEÑAROL-URU: Guruceaga: Petryk, Quintana, Ramón Arias e Lucas Hernández; Nández, Novick (Gastón Rodríguez, aos 13’/2ºT), Pereira e Cristian Rodríguez; Junior Arias (Ángel Rodríguez, aos 37’/2ºT) e Affonso (Perg, aos 43’/2ºT). Técnico: Leonardo Ramos

LANCE!

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Os benefícios de dedicar mais tempo para os filhos

Dedicar um tempo adequado para os filhos se tornou uma grande luta para os pais nos dias de hoje. Eles passam o dia no trabalho, e quando chegam em casa têm que se dividir com os afazeres do lar, o descanso, as mídias sociais e as crianças, essas cada vez ganhando menos horas de atenção dos seus responsáveis. Uma pesquisa realizada em Israel, pelo professor Amos Rolider, aponta que os pais dedicam apenas 14 minutos e meio por dia a suas crianças no país, uma queda alarmante se comparada há 20 anos, em que disponibilizavam duas horas por dia.

Os dados são preocupantes, já que os pais deveriam desempenhar uma das tarefas mais elementares do homem na terra, que é cuidar de seus descendentes e passar valores para eles. Afinal de contas, de todos os seres vivos, o homem é o que mais depende do seus ancestrais. O rabino Samy Pinto, responsável pela Sinagoga Ohel Yaacov, compartilha um pouco da sabedoria milenar judaica e destaca os benefícios de disponibilizar um grande período de tempo para as crianças e adolescentes, e também as consequências de ser ausente na vida deles.

dedicar mais tempo às crianças - Foto: kisss / pixabay.com

Gere amor e seja um modelo

Não se encontra entre os seres vivos relações tão fortes entre pais e filhos, marido e mulher, irmãos e, até mesmo, relação com os avós, como nos seres humanos. Diferente dos outros seres, em que seus filhotes criam independência muito mais rápido, o homem tem uma dependência maior de seus progenitores. E a dedicação de tempo dos pais para com a criança gera um fenômeno muito interessante: o amor. “A dependência gera o amor. Aquele que doa produz amor, e aquele que recebe produz admiração. Vê naquele que doa modelo educativo”, comenta Samy.

Essa admiração, consequência do amor criado, fará com que a criança ou o adolescente veja nos pais um modelo significativo a seguir, ele vai poder andar, transformar e melhorar o mundo, porque a dependência gerou nele um ser amado, pronto para atuar na sociedade. “Essa pesquisa dos 14 minutos e meio nos dá um alerta, a falta de tempo para com os filhos fará com que eles saiam desta relação muito desequipados, inseguros e suscetíveis a uma série de influências não desejáveis dentro da sociedade”, comenta.

Seja um porto seguro e não um fornecedor de presentes

Hoje em dia, uma característica muito presente nos lares é que pai e mãe trabalham fora, isso faz com que exista um cansaço dentro do lar. Os pais já chegam exaustos em suas casas, trazendo menos tempo de convivência, e menor disposição física e emocional para tratar os filhos. Em muitos casos, essa ausência causa nos pais o sentimento de culpa, que, para compensar, acabam retirando limites e criando uma situação de presentes e de mimo para que as crianças apreciem eles. “Sem limites e com excesso de presentes, nós criamos, ao invés de filhos, príncipes e princesas tiranos. Porque eles nos exigem cada vez mais, não no aspecto intelectual e emocional, mas sim no aspecto material”, adverte.

Outra consequência negativa, da tentativa de compensar a ausência, é a crise de autoridade dos pais, tornando as crianças e adolescentes mais agressivos. “Um bom tempo dedicado aos nossos filhos fará com que eles nos vejam, na concepção original do modelo educativo, como um porto seguro para ajudá-los a alçarem voos”, completa.

Desligue a TV e o Smartphone

Não é somente o fato de que pai e a mãe trabalham fora e chegam cansados em casa que diminui a disposição deles de se dedicarem aos seus filhos. Recentemente, os aparelhos eletrônicos ganharam grande espaço na vida das pessoas, e o uso inadequado e exagerado deles vem substituindo o tempo precioso para se estar com as crianças. De acordo com o rabino Samy, cada vez mais, as horas que poderiam ser usadas para estreitar um bom relacionamento com os filhos, estão sendo usadas para sites de relacionamentos, e outras atrações eletrônicas disponíveis no mundo da Internet.

Para a sabedoria milenar judaica, o melhor educador de um ser humano é o seu pai e a sua mãe. Eles são insubstituíveis e intransferíveis, não se pode passar está missão para qualquer outro. São eles que têm todas as condições de trabalhar como modelos, com tempo, para entregar ao mundo homens e mulheres que poderão fazer a diferença na sociedade.

 

guiadobebe

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

TCE: 50% dos prefeitos ainda não se cadastrou para acompanhamento da gestão em tempo real

tceNo terceiro dia de cadastramento dos prefeitos ao sistema eletrônico do Tribunal de Contas da Paraíba – que deverá ocorrer até esta sexta-feira (06), mais de 50% dos executivos do Estado já atualizaram os dados cadastrais de seus respectivos municípios. Na manhã desta quinta-feira (05), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, esteve no TCE para assinar o protocolo e formalizar sua senha de acesso ao Tramita – Portal do Gestor, oportunidade em que foi recebido pelos conselheiros Arthur Cunha Lima (presidente), André Carlo Torres Pontes (vice-presidente) e Arnóbio Alves Viana.

O conselheiro André Carlo, no exercício da Presidência, em virtude das férias regulamentares de Arthur Cunha Lima, destacou a iniciativa do TCE, quando iniciou no primeiro dia útil de 2017, as atividades para cadastrar e recadastrar todos os gestores públicos do Estado, iniciando assim uma nova etapa no acompanhamento da gestão, que passará a ser permanente e em tempo real com os atos das administrações públicas.

Ele reiterou o esforço da prefeitura de João Pessoa para se amoldar às ações que têm sido implementadas pelo Tribunal de Contas para modernizar o acompanhamento da gestão e desburocratizar os procedimentos, que passam a ser feitos por meio do sistema on line, em tempo real. O conselheiro lembrou a performance da Capital no item transparência pública, tendo figurado em primeiro lugar na última avaliação, que foi realizada em novembro de 2016.

Já o prefeito Luciano Cartaxo enfatizou sua preocupação em manter um relacionamento de proximidade com o órgão fiscalizador, permitindo assim realizar uma gestão transparente e em consonância com as recomendações da Corte de Contas. Para ele, o processo de acompanhamento in loco é necessário e possibilita ao gestor acertos em suas ações e evita problemas no futuro, ou seja, as dúvidas de ordem financeira são equacionadas em tempo real.

A movimentação no plenário ministro João Agripino, na sede da Corte de Contas, foi intensa na manhã desta quinta-feira. Os prefeitos paraibanos, eleitos e reeleitos, foram convocados pelo TCE para realizar a atualização cadastral no período entre 03 e 06 de janeiro, inclusive, vários deles se manifestaram positivamente em relação às ações do TCE. “Essa é uma providência que já vem sendo perseguida pelo Tribunal ao longo das gestões e faz parte do Plano Estratégico para os próximos oito anos,” frisou o conselheiro André Carlo, ao reiterar a celeridade nas análises das prestações de contas.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

MEC oficializa a implantação de tempo integral no Colégio SHL de Cacimba de Dentro

colegio-shlO MEC (Ministério da Educação) publicou na última sexta-feira (23), a lista de unidades escolares aprovadas para o Programa de Escolas em Tempo Integral. Na Paraíba, apenas 28 instituições foram deferidas após análise dos projetos apresentados. Confira a lista completa clicando aqui: programa-de-escolas-em-tempo-integral-no-brasil-2017

A Escola Estadual Senador Humberto Lucena, de Cacimba de Dentro, é uma das que foram contempladas pelo programa, passando a funcionar em tempo integral a partir de 2017. Para auxiliar no processo de implantação, o Governo Federal repassará 230 milhões de reais para os estados no início do próximo ano.

A intenção é equipar as escolas com laboratórios, refeitórios, salas temáticas, vestiários, além de inovar na proposta pedagógica, fazendo com que os alunos possam definir, na parte diversificada, o que desejam aprender, a partir da percepção que eles têm sobre o seu futuro profissional.

A Secretaria de Educação do Estado da Paraíba já reuniu parte dos pais de alunos do Colégio SHL para apresentar as mudanças na instituição, garantindo que os investimentos em infraestrutura já serão iniciados em janeiro, a fim de que, no início das aulas, o alunado já possa contar com uma escola que oferte um ensino de melhor qualidade, tenha uma estrutura melhor e atenda às expectativas da comunidade.

As escolas em tempo integral funcionarão das 7h30min da manhã às 17h00min, com intervalos para lanche às 9 da manhã e às 15 horas, além de almoço e descanso ao meio dia. O Governo do Estado da Paraíba já garantiu que haverá transporte para todos os alunos residentes na zona rural. Além dos alunos, os funcionários das escolas, incluindo equipe de apoio, professores e diretores, permanecerão na escola durante todo o dia, de segunda a sexta-feira.

Portal Opinião

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Ficar muito tempo na tela prejudica estudos

crianca-no-pcUm estudo feito pela Academia Americana de Pediatria, mostrou que crianças que passam muito tempo vendo TV, jogando vídeo games e usando outros eletrônicos, como celulares, tablets e computadores, prejudicam o desempenho escolar.

De acordo com os pesquisadores, quanto maior o tempo gasto pelas crianças, maiores são as chances de ela não fazer sua lição de casa.

Os números se mostram ainda mais preocupantes conforme o tempo na frente da tela aumenta. Com quatro a seis horas diárias “conectados”, os estudantes passam a não entregar suas lições em 49% dos casos; já com seis a oito horas, a taxa sobe para enormes 63%.

Vale notar que o tempo excessivo gasto com eletrônicos pelas crianças não teve efeitos colaterais apenas nisso. Também foi notada influência negativa em fatores extremamente importantes, como interesse em se sair bem na escola, terminar tarefas, aprender coisas novas ou mesmo se manter calmo diante de desafios.

Todas as informações, apontaram os mesmos resultados, independente de idade, sexo ou família dos 64 mil entrevistados, cujas idades vão dos 6 aos 17 anos.

Fonte: Mega Curioso

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 


INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627