Arquivo da tag: Taxista

Taxista evita batida frontal com caminhão, mas veículo capota com cinco pessoas entre Cuitegi e Alagoinha, na PB-075

Cinco pessoas sofreram um capotamento na manhã desta quinta-feira (5), na rodovia que liga os municípios de Cuitegi e Alagoinha, na PB-075. O acidente aconteceu próximo a um engenho, por volta das 08h40.

Segundo informações, o taxista Manoel Pereira, de 62 anos, de Alagoinha (PB), saiu ileso do acidente e alegou que precisou realizar uma manobra arriscada para não colidir frontalmente com um caminhão que vinha em sua direção. O carro saiu da pista e capotou três vezes.

No alternativo estavam os passageiros Tiago, de 23 anos, Antônio, de 86 anos, Leandro da Silva, de 24 anos e Rita de Cássia, de 21 anos. Eles vinham de Guarabira com destino a Alagoinha.

Tiago e Antônio ficaram presos nas ferragens. Leandro sofreu uma forte pancada na cabeça. Manoel e Rita saíram ilesos do acidente.

Equipes do Corpo de Bombeiros de Guarabira foram acionadas. Os feridos foram encaminhados para o Hospital Regional. Apesar do susto, nenhuma vítima está em situação grave.

Até o momento, o motorista do caminhão não foi identificado.

 

Foto: Reprodução/Cristiano Alves

Fonte: blogdopedrojunior com informações de Cristiano Alves

 

 

‘Expectativa é que assassino seja levado a juri’, revela advogado de taxista morto no Bessa

O corretor de imóveis Gustavo Teixeira Correa, após a audiência de instrução que será realizada na próxima terça-feira (25) no Fórum Criminal de João Pessoa, deve ser pronunciado, ou seja, levado a júri. Essa é a expectativa dos advogados de acusação.

“Para que o tribunal do júri possa condená-lo em uma pena equivalente ao hediondo crime cometido de forma vil e covarde, permanecendo preso até o deslindo final do processo, visto que sua periculosidade é incontroversa pela conduta perpetrada em desfavor da vítima”, afirmou Getúlio Souza, assistente de acusação.

Gustavo é acusado de assassinar a tiros o taxista Paulo Damião no Bessa na tarde do último dia 15 de fevereiro. A categoria está organizando um protesto no fórum pedindo justiça.

Por se tratar de crime hediondo capitulado no art. 121, parágrafo 2•, incisos II (motivo fútil) e IV (V – à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido) do código penal, a pena do acusado é de 12 a 30 anos.

Relembre

Câmeras de segurança registraram toda a ação e mostram quando Gustavo passava pela rua no bando do carona de um motorista por aplicativo. A vítima está manobrando na frente de um supermercado e obriga o carro em que o corretor estava a parar, o que faz o criminoso se irritar, sair do veículo e efetuar vários disparos contra o taxista, que morreu na hora. Após o crime, ele foi andando até a sua casa, que fica a alguns metros do local.

Gustavo tinha posse de armas, mas não tinha porte, portanto não poderia andar armado e teria ingerido bebida alcoólica. Ele tinha o costume de posar ao lado de diversos armamentos nas suas redes sociais e frequentava estandes de tiros, por isso não há como provar que as armas usadas nas fotos eram dele.

Yves Feitosa

 

 

Acusado de matar taxista tem registro do Cresci/PB cancelado

O corretor de imóveis Gustavo Teixeira Correa teve sua inscrição no Creci-PB cancelada e terá sua carteira profissional apreendida, pelo cometimento de falta grave, ou seja, porte ilegal de arma e homicídio duplamente qualificado praticado contra o taxista Paulo Damião, fato ocorrido por volta das 17h30 do dia 15 de fevereiro, em frente ao Supermercado Bemais, no bairro do Bessa.

Em representação instaurada pelo Órgão, o conselheiro-relator Glauco Morais fundamentou seu voto – acolhido à unanimidade em sessão plenária ocorrida ontem – na não apresentação de defesa por parte de Gustavo, bem como nos meios de prova carreados aos autos, que indicam a autoria do fato criminoso e a consequente infringência de vários preceitos legais, éticos e morais.

Frieza e inimaginável violência

“O representado, segundo consta dos autos processuais, das matérias jornalísticas e dos vídeos amplamente divulgados na rede mundial de computadores e colacionados aos autos, agiu de forma fria e com emprego de inimaginável violência, ao ceifar, com dois tiros à queima roupa, a vida do taxista, trabalhador e pai de família Paulo Damião dos Santos”, destacou o conselheiro-relator.

Ele acrescentou que o lamentável e desproporcional ato criminoso constituiu uma agressão à vítima e seus familiares, mas também suficiente para alcançar a repulsa e a indignação da sociedade, em especial da categoria profissional ordeira, composta pelos corretores de imóveis.

E lembrou que a incumbência de julgar um colega de profissão não se reveste de satisfação por quem tem o dever de fazê-lo, mas como uma missão que deve ser encarada da forma mais séria e calcada possível, bem como nas leis e no livre e razoável convencimento.

À revelia

Apesar de exauridos todos os meios de notificação, inclusive com publicação de edital e ampla publicidade da sessão plenária ocorrida ontem, Gustavo Correia não se fez representado por advogado para fazer sustentação oral durante o julgamento do referido processo administrativo. Ainda assim, em respeito ao princípio universal da ampla defesa e do contraditório, o Creci-PB nomeou um defensor dativo para o representado.

O denunciado será notificado da decisão, que cabe recurso ao Conselho Federal de Corretores de Imóveis, tanto na forma voluntária, quanto uma remessa ex-oficio.

Caso de Campina Grande

Na mesma sessão, ontem, o Creci-PB instaurou um processo administrativo disciplinar contra o corretor de imóveis Roberto Vicente Correia, acusado de na tarde do último dia 31 de maio, ter assassinado o radialista Joacir Filho em um restaurante na cidade de Campina Grande.

O processo tem um prazo de 90 (noventa) dias para ser concluído, quando será julgado pela Comissão de Ética e Fiscalização Profissional (Cefisp) e Turma de Julgamento, que ao final – disponibilizado o princípio universal da ampla defesa e do contraditório – decidirá pela aplicação de sanção que pode ir de uma advertência ao cancelamento da inscrição junto ao Orgão. Nesse período, seu registro profissional também poderá ser suspenso.

 

As informações são do portal Paralamentopb.

 

 

Testemunha dá detalhes do caso onde suposto taxista atropelou e atirou contra ciclistas

videoUma testemunha, que preferiu não se identificar, contou como aconteceu o caso do taxista que atropelou e atirou contra ciclistas, em Manaíra, no último domingo  (11). De acordo com ele, que é morador da região, não há a possibilidade de ter ocorrido uma tentativa de homicídio, uma vez que os ciclistas esperaram a chegada da polícia e se identificaram.


Yves Feitosa

Suposto taxista atropela ciclistas e, irritado, atira em bicicleta no meio da rua; assista

videoUm suposto taxista atropelou três ciclistas por volta das 20h da noite deste domingo (11) no bairro de Manaíra, em João Pessoa.

Irritado com a reclamação dos ciclistas, o acusado saiu do veículo e atirou a esmo na direção de uma das bicicletas que estava no chão. Ele ainda recolhe os três veículos e os amontoa antes de ir embora.

O presidente do Sindicato dos Taxistas em João Pessoa, Adalto Braz, afirmou que não viu o vídeo, mas que ao questionar os taxistas de João Pessoa,todos negaram.

paraiba.com.br

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Taxista é levado em porta-malas após assalto em Campina Grande

sireneUm taxista de 36 anos foi colocado no porta-malas do próprio carro após ser assaltado em Campina Grande. O caso foi registrado pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) na madrugada desta sexta-feira (9). A vítima contou que ouviu ameaças de morte, mas conseguiu fugir do veículo.

Ronivaldo Alves relatou que estava em um ponto de táxi próximo ao Terminal de Integração no Centro quando quatro homens solicitaram uma corrida. “Eles queria ir até uma rua no bairro do Alto Branco. Eu dei meu preço e, após discutirem entre si, aceitaram. Não desconfiei de nada”, disse ele.

Ainda de acordo com a vítima, o grupo anunciou o assalto quando estava chegando no destino final. Usando uma arma, um dos homens agrediu o taxista com coronhadas enquanto os outros tomavam o dinheiro da vítima. Logo em seguida, o colocaram no porta-malas e seguiram pela rua.

O taxista disse ainda que ouvia os assaltantes discutindo se o matariam ou não. “Eu me desesperei e pensei que era ‘agora ou nunca’. Consegui abrir o porta-malas por dentro. No carro existe um dispositivo que dá pra destravar por dentro. Eu pulei e pedi ajuda”, afirmou.

Ronivaldo teve que ser levado para o Hospital de Emergência e Trauma da cidade, onde recebeu atendimentos e alta médica. A Polícia Militar informou que fez buscas na região, mas até o início da manhã nenhum suspeito foi preso e nem o carro foi encontrado.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Taxista filma casal fazendo sexo em meio a crianças em praça pública

videoNunca a frase “Vão para um quarto!” fez tanto sentido. Um taxista chileno flagrou, no meio de uma praça, um casal fazendo sexo. Revoltado, resolveu registrar o momento em vídeo.

“Que porcaria está acontecendo aqui? Não estão vendo que existem crianças do lado de vocês”, gritou o taxista. Após isso, o casal reagiu apenas afirmando que “o taxista estava sendo inconveniente”.

Diante da resposta completamente surreal, o taxista respondeu que “não parecia” que ele era o inconveniente ali. O casal, então, sem resposta, ficou sem jeito e teve que parar de fazer sexo. Melhor para as crianças que brincavam na pracinha.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Assista ao vídeo:

Yahoo

Taxista se nega a fazer corrida e é espancado por turista na orla da Capital

Divulgação
Divulgação

Um taxista de 56 anos foi espancado na noite dessa segunda-feira (2), no bairro de Manaíra, após se negar a fazer uma corrida com um grupo de turistas de Brasília.

De acordo com a polícia, o taxista se recusou a atender os turistas após perceber que eles vestiam roupas de banho e estavam molhados. Irritado com a recusa, o turista, que tem 22 anos e trabalha como auxiliar administrativo, iniciou uma discussão com o taxista. Depois de insultar o taxista, o jovem partiu para a agressão física.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A vítima foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena com suspeitas de duas fraturas no rosto. Além disso, ele sofreu um corte na testa. O agressor foi preso e autuado por agressão física grave. Ele se encontra na carceragem do 1º Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp).

Conforme boletim médico divulgado pelo Trauma na manhã desta terça-feira (3), o taxista permanece internado e seu quadro clínico é regular.

 

Portal Correio

2h de medo: Taxista pega corrida e acaba sendo vítima de assalto seguido de seqüestro em João Pessoa

taxiO taxista Alan Ramos, 39 anos, passou por maus momentos ao ser vítima de um assalto seguido de sequestro. O fato aconteceu no tarde desta terça-feira (25) em JoãoPessoa.

De acordo com a polícia, o taxista foi solicitado para pegar um casal no bairro de Manaíra e levá-los até a Praia de Jacumã, no Litoral Sul do Estado.

Sem desconfiar de nada, o taxista pegou a corrida, mas quando trafegava pela Via Litorânea, ele foi surpreendido pelo casal. A mulher sacou de uma faca e o homem, uma pistola e anunciaram o assalto.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Poucos minutos depois o casal obrigou o taxista a parar o veículo nas imediações do Centro de Convenções onde outro carro os esperava. Alan Ramos foi trancado na mala do veículo e os bandidos fugiram levando o som do automóvel e o rádio de comunicação.

O taxista conseguiu sair da mala do carro e pediu ajuda aos vigilantes do Centro de Convenções que ligaram a polícia. Uma viatura foi acionada e iniciou as investigações e buscas, mas até agora os bandidos não foram localizados.

Paulo Cosme / Jota Ferreira

 

Polícia de Sapé recupera carro de taxista alternativo de Guarabira roubado em Sobrado

A Polícia Militar de Sapé recuperou um carro e uma moto roubados, no município de Sobrado. Segundo informações Do serviço de inteligência da PM, dois elementos armados tomaram por assalto o veiculo Gol, prata, pertencente ao taxista alternativo José.

A vítima faz a linha Guarabira/João Pessoa, e mora na rua Ana Bulhões, bairro da Primavera, Guarabira. José foi assaltado na PB-073, e teve o carro levado pela dupla de criminosos.

Graças a um trabalho rápido feito pela polícia, após perseguição o carro foi deixado pelos elementos que tentaram fugir em uma motocicleta que na mesma ação da polícia foi recuperada. A ação de polícia em perseguição aos assaltantes se deu na zona rural de Sobrado, por volta das 17:30h.

portalmidia