Arquivo da tag: Sons

Festival Sons e Sabores do Brejo chega a cidade de Remígio neste final de semana

 

Evento terá apresentações culturais e feirinha gastronômica com apresentação de nove novos pratos de empreendimentos locais

sonsA cidade de Remígio, a 150km de João Pessoa, irá sediar, neste final de semana, a terceira etapa do Festival Sons e Sabores do Brejo Paraibano. O festival vem movimentando seis cidades da região, que estão apresentando a turistas e moradores as potencialidades da gastronomia e da cultura local. Após Remígio, o evento acontece nas cidades de Bananeiras, Solânea e Areia, até o dia 3 de dezembro, sempre aos finais de semana. As duas primeiras etapas aconteceram em Pilões e Alagoa Grande. Shows musicais, oficinas gastronômicas, apresentação de novos pratos e oficinas para crianças são as principais atrações do evento que está em sua terceira edição.

A programação em Remígio terá início às 19h da sexta-feira (13), com apresentação do Quarteto de Trombonistas da UFPB e da Banda Bill Billy de Solânea. A feirinha gastronômica, que irá oferecer pratos diferenciados de nove empreendimentos da cidade, terá início às 18h e se estende até às 22h. A ideia é oferecer novos sabores, em porções reduzidas para degustação, ao preço de R$5,00. A feirinha acontece novamente no sábado (14), no mesmo horário.

Os pratos oferecidos pelos empreendimentos de Remígio, na feirinha gastronômica, serão: Favada do Eliezer (caldo de fava nativa com crocante de charque), Galinha dos Macerados (galinha de capoeira flambada com licor de ervas, acompanhada de capitão de arroz mole e farofa de jerimum), Pãezinhos do Mundo do Conhecimento (pães doces numéricos), Panquecas Fit (panquecas de massa de cenoura com recheio de creme de frango com molho branco light), Sopa dos Amigos (sopa de charque cremosa), Bacalhau do Traçaí (suflê de bacalhau na casquinha, com mini salada), Duo da Manhã (pé de moleque com pamonha de milho verde), Pasteizinhos Arretado de Bom (mini pasteis de carne de sol e queijo coalho) e Caldo das Margaridas (caldo cremoso de macaxeira com charque).

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

No sábado, a partir das 18h, começarão as apresentações culturais: ABC do Forró, Grupo de Dança Luar da Minha Terra, Frente Trovadora de Alagoa Grande e Rejane Ribeiro de Areia. Neste dia, também serão oferecidas duas oficinas gastronômicas, a partir das 14h: Manipulação de Alimentos e Receitas Criativas. Também às 14h, começa a programação infantil, uma das novidades do festival este ano. Serão oferecidas oficina de massinha comestível, oficina de flauta com cano do PVC e contação de história.

“Além de mostramos as potencialidades da região, estamos capacitando e incentivando a inovação nos empresários locais. Isso é muito positivo para que a região esteja estruturada para receber bem os turistas”, disse a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim. O Festival é uma realização do Sebrae Paraíba em parceria com a PEC Eventos e conta com o apoio da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Faculdade Internacional da Paraíba (FPB), Mundo do Conhecimento (Remígio) e prefeituras municipais.

Festival Sons e Sabores do Brejo

Remígio – 13 e 14 novembro

Bananeiras – 20 e 21 novembro

Solânea – 27 e 28 novembro

Areia – 4 e 5 dezembro

UNIDADE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING
SEBRAE PARAÍBA

Solânea abre Festival Sons e Sabores do Brejo; Evento valoriza cultura e gastronomia da região

Evento acontecerá em quatro cidades e começa nesta sexta-feira (21), em Solânea

festivalA partir desta sexta-feira (21) e até o dia 14 de dezembro, o Brejo paraibano será movimentado com a realização do Festival Sons e Sabores 2014. A segunda edição do evento, que teve início ano passado, valoriza a cultura, turismo, as raízes regionais e gastronomia dos municípios da região. Este ano, o festival vai acontecer nas cidades de Solânea (21 a 23 de novembro), Areia (28 a 29 de novembro), Alagoa Grande (5 a 7 de dezembro) e Pilões (12 a 14 de dezembro).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Cada cidade terá uma programação específica, valorizando os “sons e sabores” da localidade. “O Festival faz parte de uma estratégia de criar um calendário de eventos anual para o Brejo, atraindo visitantes e valorizando as potencialidades da região”, afirmou a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim. De acordo com a presidente do Fórum do Turismo do Brejo Paraibano, Fernanda Mello, o grande objetivo do festival é promover a implantação de um roteiro turístico que una a gastronomia e a música. “Vamos promover descobertas do que temos de melhor nesses municípios”, completou Fernanda.

Durante o evento, serão promovidas atividades culturais, criação de pratos nos bares e restaurantes, além de oficinas de arte e shows regionais. O chef Adilson Santana, consultor do Festival, já está catalogando os pratos e dando as devidas orientações para a criação de novos sabores nos municípios participantes. O festival é realizado pelo Fórum do Turismo do Brejo Paraibano, com apoio do Sebrae Paraíba.


SEBRAE PARAÍBA

Remígio recebe Festival Sons e Sabores do Brejo

Evento inicia nesta sexta-feira (6) e prossegue até domingo (8), com vasta programação cultural e gastronômica

 

sonsA Cidade de Remígio recebe, neste final de semana, o Festival Sons e Sabores do Brejo. A partir desta sexta-feira (6) e até domingo (8), serão promovidas diversas apresentações artísticas e culturais, festival gastronômico e musical, além de trilha de bike. O Festival é uma proposta inovadora de implantação de roteiros turísticos em oito cidades do Brejo paraibano. As ações já aconteceram em Bananeiras, Alagoa Grande, Areia, Guarabira, Solânea e Serraria. A última atividade do Festival será em Pilões, entre os dias 13 e 15 de dezembro.

 

A abertura do Festival em Remígio começa nesta sexta-feira (6), às 19h, na Lagoa do Park, com apresentações culturais dos grupos de Flautas do Serviço Municipal de Assistência Social e de Moenda de Tradições Folclóricas. A partir das 20h, tem início o Festival da Música Popular “Altierres Esteve” e o Festival Gastronômico.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No sábado, as atividades começam cedo, logo às 7h, com o “Degustação e Café – Delícias da Panificação”, que conta com a participação das panificadoras Imperial, Panificadora Nossa Senhora da Penha e Renascer. Às 7h30, está marcado o Eco Bike, que será um passeio de bicicleta até a Comunidade Camará. Já às 10h, no Sítio Camará, o Forró Pé de Serra “Dudu Fujão”, anima a programação dos “Sabores da Agricultura Familiar do Brejo Paraibano”.

 

No período da tarde, das 14h às 16h, acontece o Festival Gastronômico. A noite do Festival dos Sons e Sabores de Remígio será recheada de atrações. Às 19h, no Espaço Duda Festas, Rômulo Voz e Violão canta música ao vivo. Já a partir das 21h, a Lagoa do Park vai receber os shows culturais do grupo Choro.com, As Severinas e Nonatos.

 

No domingo pela manhã, o programa do Festival segue com o “Picado Cultural”, que vai mostrar os Sons e Sabores da Feira Livre de Remígio. À tarde, a partir das 15h, acontece o Chá da Tarde de Ervas Agroecológicas, Rodadas de Conversas, Receitas e Poesias no Espaço Gastronômico, localizado na Lagoa Park, que será animado ao som do Grupo de Violino da Associação Farol Remigense.

 

A programação completa do Festival em Remígio pode ser acessada no endereço http://www.sebraepb.com.br/temp/portal/ss_remigio.html. O Festival Sons e Sabores do Brejo é uma parceria do Sebrae Paraíba, Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Fórum de Turismo do Brejo paraibano e prefeituras municipais.

 

 

Assessoria Sebrae

Areia recebe Festival dos Sons e Sabores

sonsAtividades culturais, exposições, trilhas, oficinas e Festival Gastronômico estão na programação da cidade neste final de semana O Festival dos Sons e Sabores do Brejo chega neste final de semana a cidade de Areia. Durante três dias, estão programadas diversas atividades culturais e gastronômicas, além de oficinas. O evento tem como objetivo incrementar a cadeira produtiva do turismo de oito cidades da região, além de proporcionar aos visitantes experiências significativas na gastronomia e cultural local. O roteiro começa nesta sexta-feira (8), às 18h, com Festival Gastronômico que vai reunir cinco restaurantes e lanchonetes da cidade (Pousada Vila Real, Binnos Lanches e Pizzaria, Cafeteria Perrazo, JC Hot Dog, Bistrô do Brejo e Confraria da Cachaça). Em seguida, tem início as apresentações culturais. No Solar José Rufino, às 19h30, haverá a apresentação da Filarmônica Abdon Felinto Milanez e a exposição permanente “Arte e Memória”. Já no Coreto da Praça Central, acontecerá o show do grupo Samba no Estilo. A partir das 21h, a Confraria da Cachaça recebe “Fumaça – Voz e Violão” e o Bistrô Brejo apresenta “Rafaela – Voz e Violão”. No sábado, o festival recomeça com uma Trilha e Piquenique na Mata Pau de Ferro, às 9h. À tarde, a partir das 14h, serão realizadas três oficinas gastronômicas no restaurante do Hotel Triunfo: Wrapps com a Fina Fatia, Pastéis com a Pastelaria da Ione e Coxinhas com Empório da Cozinha. Por volta das 16h, tem início o Festival Gastronômico no Restaurante Vó Maria, Casa do Doce, Sabor da Terra, O Barretão, Saborear Drinks e Massa, Restaurante Azul e Moendas Beer. À noite, às 19h30, a companhia de teatro Art’culados em Cena apresenta a peça “Lendas do Cabedelo”. Em seguida, a partir das 20h30, o grupo Os Boêmios canta MPB no Coreto da Praça Central. As atividades da noite são encerradas com as apresentações musicais no O Barretão (Forró Mania), Moendas Beer (Kelson Kiss Voz e Violão), Saborear Drinks e Massa (Fernanda Lima e Banda) e na Pousada Vila Real (Fumaça Voz e Violão). Na manhã do domingo (10), entre as 9h e 11h, serrão realizadas visitas ao Engenho Triunfo, Casa do Doce, Museu da Rapadura e Museu da Cidade. O Festival Sons e Sabores de Areia encerra as atividades com a Contação de histórias com elementos sonoros da Companhia FascinArt, de Solânea (PB), no Coreto da Praça Central, às 10h30. O Festival Sons e Sabores do Brejo é uma parceria do Sebrae Paraíba, Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Fórum de Turismo do Brejo paraibano e prefeituras municipais. O evento ainda será realizado em Guarabira (15 a 17 de novembro), Solânea (22 a 24 de novembro), Serraria (29 de novembro a 01 de dezembro), Remígio (06 a 08 de dezembro) e Pilões (13 a 15 de dezembro). Sabores – A Tilápia Indígena é um dos pratos que será apresentado em Areia. É o filé de Tilápia em musseline de banana da terra, com arroz de castanha e coentro, do restaurante Bambu Brasil, da Pousada Vila Real, do centro da cidade. O roteiro segue para o Sítio Casa do Doce, onde Esther Vilar expõe e fabrica mais de 70 tipos de doces típicos do Brejo. O Trio Nordestino pode ser um petisco da tarde. Cubos de carne de sol, com queijo de coalho e macaxeira frita, com um leve toque de mel de engenho. O prato pode ser degustado no Moendas Beer, no Centro. Ao todo, a cidade vai oferecer 14 pratos no Festival Gastronômico.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Os festivais gastronômicos são excelentes estratégias de mercado para o incremento da atividade turística de uma localidade, pois, contribuem para a divulgação do destino turístico e da cultura local, através dos grupos culturais de dança, folclore, a musicalidade e o artesanato”, explicou a gestora do projeto de Turismo do Sebrae, Regina Amorim.

Roteiro – Há no Festival uma visita e trilha com piquenique musical, na mata do Pau Ferro. A comunidade tem um interessante restaurante, chamado Vó Maria, onde há o delicioso pé de moleque, um bolo doce da região, assado na palha de bananeira. A mata é uma das poucas restantes no Brasil de altitude, conforme os guias da comunidade. O roteiro é de três dias para dar tempo de ver todas as riquezas da cidade. Há ainda visitas ao engenho e às oficinas gastronômicas, onde os moradores participam aprendendo uma atividade que gere renda e ocupação. O visitante degusta os resultados.


Redação com Assessoria

Festival Sons e Sabores do Brejo atrai turistas com união de arte e gastronomia

Bananeiras abriu o festival com oficinas, shows, exposição de artes plásticas e trilhas ecológicas

 

festivalO que você acha da ideia de passar o final de semana numa cidade do interior experimentando pratos da culinária local? E entre a degustação de uma iguaria e outra, conhecer os pontos turísticos e a cultura do lugar? Se achou a proposta irresistível, apronte a mala e escolha um dos próximos municípios que irão sediar o Festival Sons e Sabores do Brejo, que começou no último final de semana e vai até o dia 15 de dezembro.

O festival, que reúne turismo, arte e gastronomia, é uma parceria do Sebrae Paraíba, Empresa Paraíba de Turismo (PBTur), Fórum de Turismo do Brejo paraibano e prefeituras municipais. A primeira parada foi o município de Bananeiras, que abriu o festival no último dia 18, com oficinas, exposição de artes plásticas, trilhas ecológicas e shows de música, dança e teatro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Durante o festival gastronômico em Bananeiras foram apresentados 12 pratos criados pelos chefs dos empreendimentos locais. E na cidade, o que não falta é lugar para comer bem. O turista encontra restaurantes sofisticados (como o Terraço Lisboa e o Sabor da Terra do Hotel Serra Golfe), tapiocarias, cafés, lanchonetes, choperias e pizzarias. Mas não é apenas o sabor das comidas que atrai a atenção dos visitantes. A decoração e o atendimento também fazem a diferença.

O jornalista Rogério Almeida, presidente da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet-PB), liderou um grupo de jornalistas que foi até Bananeiras conferir o festival. Ele conta que gostou do que viu. “Eu imaginava que as atividades se concentravam num único local e ao chegar aqui me surpreendi quando vi que o evento envolve toda a cidade. Esse casamento da arte com a gastronomia deu muito certo. Espero que o festival permaneça no calendário do turismo paraibano”, disse.

Regina Amorim, gestora de turismo do Sebrae Paraíba, lembra que os festivais gastronômicos são excelentes ferramentas para o incremento da atividade turística. “Eventos como esse contribuem para a divulgação do destino turístico e da cultura local. O nosso objetivo é atrair turistas e transformar viagens em experiências significativas, levando o turista a experimentar sensações diferentes”, disse.

Douglas Lucena, prefeito de Bananeiras, disse que o Sebrae tem sido um parceiro valioso para o desenvolvimento turístico do município. “Procuramos criar eventos que agreguem valor aos nossos produtos, além de consolidar os que já existem. O Sebrae está sempre presente nesses momentos e esse festival é mais uma excelente proposta porque fortalece a região do brejo como destino turístico”, disse.

Compartilhando experiências – Um dos momentos mais esperados do festival são as oficinas mão na massa, nas quais empresários de sucesso contam as suas experiências e montam os pratos para que os convidados possam experimentar. A ideia é incentivar aqueles que querem se tornar empreendedores. 

Na plateia lotada, mulheres e homens com sonhos em comum ouviram atentamente a história do chef José Miguel, proprietário da Arte da Pizza, que fica nos Bancários, em João Pessoa. “Aos 17 anos fui para o Rio de Janeiro. Comecei lavando pratos numa pizzaria e depois fui promovido a pizzaiolo. Também passei um tempo em Brasília e depois de 15 anos trabalhando para os outros, decidi que era hora de voltar à minha terra e abrir minha própria pizzaria”, conta Miguel. O negócio, que começou em 2008 com apenas três funcionários, hoje tem 30 e um crescimento médio de 50% ao ano. Com um sorriso de satisfação, Miguel conta o segredo de tanto sucesso: “Trabalhamos com amor para oferecer um produto de qualidade”, ensina.

A empresária Ana Paula Borges também tem muita história para contar. Há dez anos, abriu a Fina Fatia, na Capital, um empreendimento ousado que reúne, num único local, sanduicheria, cafeteria, tapiocaria e confeitaria. O cardápio é variado, mas um dos pratos mais procurados é o wrap (fatia de pão-folha recheada com banana e canela), criação da casa, mostrado durante a oficina. O prato foi o campeão do Festival Brasil Sabor 2013 na categoria fast food. Ana Paula, que antes de abrir a casa de lanches fast food, tinha uma pequena fábrica de sanduíches naturais, falou da parceria com o Sebrae. “Contamos com o apoio do Sebrae desde o planejamento para abrir a empresa até a capacitação dos funcionários. O Sebrae é um parceiro fundamental para qualquer empresa que deseja atingir a excelência”, disse.

A outra empresa que participou das oficinas está no mercado há menos de um mês. A Empório da Coxinha, que fica no bairro Jaguaribe, em João Pessoa, faz sucesso porque oferece coxinhas com recheios variados e combinações ousadas, feitas com massas leves. “Oitenta por cento da nossa massa é feita com macaxeira ou batata inglesa, o que deixa a coxinha leve e mais saborosa”, conta o empresário Daniel Falcão, que toca o negócio ao lado da mulher Larissa. Durante a oficina, os participantes provaram a coxinha de cartola (com recheio de banana e canela), criada durante o evento.

Informais – Os empreendedores informais também têm vez no festival. Na feirinha gastronômica, instalada em praça pública, eles comercializam os seus produtos enquanto os turistas assistem às apresentações de música, dança e teatro. Há dez anos, o casal Paulo e Mirian Marques ganha a vida vendendo biscoitos e doces caseiros, produzidos sem qualquer tipo de conservante. “Comecei vendendo de porta em porta os biscoitos que a minha mulher fazia. Depois larguei o emprego e decidi me dedicar somente ao nosso negócio. Os turistas são os nossos principais clientes. Os nossos biscoitos já foram parar até no exterior”, conta Paulo.

Próximos destinos – O Festival Sons e Sabores do Brejo continua nos seguintes municípios: Alagoa Grande (25 a 27 de outubro), Areia (08 a 10 de novembro), Guarabira (15 a 17 de novembro), Solânea (22 a 24 de novembro), Serraria (29 de novembro a 01 de dezembro), Remígio (06 a 08 de dezembro) e Pilões (13 a 15 de dezembro).

 

 

Assessoria de Imprensa SEBRAE PB

População prestigia Festival dos Sons e Sabores na cidade de Bananeiras

gegeA população da cidade de Bananeiras, no Brejo da Paraíba, participou ativamente das atividades que integram a programação do I Festival dos Sons e Sabores. O evento terminou neste domingo (20), com diversas atividades culturais e gastronômicas.

A abertura do festival aconteceu na sexta-feira (18), com as apresentações Grupo Moenda (Areia) e o Musical de MPB dos Boemios (Bananeiras). O prefeito Douglas Lucena esteve presente na abertura e visitou todos os estabelecimentos participantes do evento. “Bananeiras está respirando o melhor da cultura e da gastronomia brejeira durante estes três dias de festa. Escolhemos alguns dos músicos mais populares da nossa região para se apresentar nos restaurantes que participam do festival. Visitei cada um dos estabelecimentos e fiquei extremamente satisfeito com a interação entre música e gastronomia, que é a proposta do evento”, explicou o prefeito de Bananeiras.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na sexta-feira o Festival Gastronômico e Música ao Vivo, que acontece nos restaurantes, foi realizado no Terraço Lisboa (Rogério Voz e Violão), Esquina de Casa – Café e Choperia (Gegê Bismarck) e Espeto’s Bar (Douglas Gomes e Banda). “Estou alegre com a participação dinâmica dos moradores da cidade em todas as atividades que integram a programação do festival. As oficinas registraram turmas com todas as vagas preenchidas. Esperamos que o sucesso do evento em Bananeiras se estenda para as demais cidades brejeiras que serão sede para o festival”, esclareceu Mirian Trindade, secretária de Cultura e Turismo de Bananeiras.

Festival-dos-Sons-e-Sabores_2

Festival-dos-Sons-e-Sabores_3

No sábado (19), o público participou de oficinas de música e gastronomia. Houve ainda uma caminhada ecológica e diversas atrações culturais, como por exemplo, o Teatro na Praça, com o espetáculo Casamento de Branco, da Cia de Teatro Flor do Cedro, e o Festival Gastronômico nos Empreendimentos de Alimentação.

As obras da artista plástica Jô Cortez, da Galeria Louro e Canela, estão expostas ao público no Hotel Serra Golfe das 19h às 21h.

Neste domingo (20), a programação começou a partir das 8h, com a trilha de bike. Às 10h teve Teatro na Praça, com o espetáculo Casamento de Branco, da Cia de Teatro Flor do Cedro. O Festival Gastronômico nos Empreendimentos de Alimentação começou às 12h, no Recanto do Churrasco (Detona Samba), e Pesque Pague Jardim (Douglas Gomes e Banda).

O 1º Festival dos Sons e Sabores aconteceu de 18 de outubro a 15 de dezembro. Em Bananeiras (de 18 a 20 de outubro), Alagoa Grande (25 a 27 de outubro), Areia (08 a 10 de novembro), Guarabira (15 a 17 de novembro), Solânea (22 a 24 de novembro), Serraria (29 de novembro a 1ª de dezembro), Remígio (06 a 08 de dezembro) e Pilões (13 a 15 de dezembro). No fim de semana do Dia de Finados (2 de novembro) haverá uma pausa no evento que retorna no fim de semana seguinte.  O projeto é uma parceria entre as prefeituras do Brejo, Sebrae-PB, Fórum de Turismo do Brejo, Governo da Paraíba, PB Tur e iniciativa privada.

Mais Festival

A implantação de um roteiro turístico em oito municípios do Brejo paraibano, unindo a gastronomia e a música em várias formas e estilos é a proposta do festival. Um dos objetivos é atrair os turistas e transformar as viagens em experiências significativas, levando-os a experimentar sensações diferentes, vendo, sentindo, provando e aprendendo a gastronomia e a música.

“Existe a possibilidade de novos empreendimentos surgirem na região após as oficinas. As aulas podem gerar interesse em pessoas dispostas em investir na cidade”, esclareceu Regina Amorim, gestora do Sebrae-PB, sobre a importância do festival para economia local.

Bananeiras Online com Assessoria

Areia sedia Festival Sons e Sabores do Brejo

festivalPatrimônio Histórico Nacional, o município de Areia foi um dos oito escolhidos pelo Sebrae para sediar uma das etapas do Festival Sons e Sabores, que vai de 18 de outubro a 15 de dezembro de 2013.

A etapa que será realizada em Areia acontece de 08 a 10 de novembro e deve atrair turistas de todos os locais do país que terão a oportunidade de conhecer a culinária do município, além da música regional.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Nesta sexta-feira (11), representantes da Secretaria de Turismo e Eventos da gestão municipal, do Fórum de Turismo do Brejo e empresários se reuniram com a diretora do Sebrae, Regina Amorim, para definir os detalhes da realização do Festival na cidade.

Segundo o secretário adjunto de Turismo e Eventos, Cláudio Gomes, mais uma vez a cidade de Areia abrirá as portas para receber os turistas, dessa vez, através de uma parceria com o Sebrae, com empresários e com o Governo do Estado.

“Será um festival que fomentará o turismo local com a geração de emprego e renda, dessa vez enfatizando o turismo gastronômico, destacando a culinária da cidade e a legítima música regional”, destacou.

Assim como no Festival de Artes, a gestão municipal disponibilizará o município para que o Sebrae realize a etapa do Festival Sons e Sabores.

“Esse é um evento que a gestão municipal entra como parceira, cedendo à cidade, sua cultura e seu patrimônio cultural para que o Sebrae, juntamente com os demais organizadores do evento, possam elevar o nome de Areia não só regionalmente, mas também nacionalmente com o turismo gastronômico e cultural”, enfatizou.

O FESTIVAL

O Festival “Sons e Sabores do Brejo” é um roteiro cultural integrado, com duração de oito finais de semana em oito municípios, a saber: Bananeiras, Alagoa Grande, Areia, Guarabira, Solânea, Serraria, Remígio e Pilões e tem o objetivo de atrair turistas e transformar viagens em experiências significativas, levando o turista a experimentar sensações diferentes, vendo, sentindo, provando e aprendendo a gastronomia e a música em várias formas e estilos.


PB Agora