Arquivo da tag: socos

Filho de vereador é filmado espancando jovem de 18 anos com socos e joelhadas

homem-agride-mulherUma jovem de 18 anos foi agredida com tapas, socos e joelhadas pelo ex-companheiro em Álvaro de Carvalho (SP), e câmeras de segurança de um bar registraram a ação. De acordo com a polícia, o caso foi registrado na semana passada, mas as imagens foram divulgadas apenas nesta segunda-feira (31).

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima estava em um bar com uma amiga quando foi agredida com socos, chutes e joelhadas por Kelvin Luiz Assis Soares, de 24 anos, com quem tem uma filha de 3 anos e de quem estaria se separando.

Segundo a polícia, o agressor, que é filho de um dos vereadores da cidade, será indiciado por lesão corporal, mas não foi preso porque não houve flagrante. A Polícia Civil informou ainda que mais de 10 boletins de ocorrência já foram registrados contra o suspeito por tentativa de homicídio, lesão corporal grave e desacato. Ele deve depor ainda esta semana, de acordo com a polícia. O G1 e a TV TEM tentaram contato com o suspeito, mas ele não foi localizado.

Ainda segundo o BO, a separação teria motivado a agressão. A vítima fez o exame de corpo de delito e está sob medida protetiva.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Candidato a prefeito agride equipe de TV com socos

carlos-iaveO prefeito do município de Redenção (PA), Carlos Iavé (PMDB), que tenta a reeleição, agrediu uma equipe de filmagem que gravava uma entrevista para o programa eleitoral de um opositor, o candidato Mario Moreira (PSDB). O momento foi registrado pelo celular de um dos agredidos.

De acordo com o boletim de ocorrência, a equipe de jornalistas gravava uma entrevista com uma senhora, quando foi abordada pelo atual prefeito, acompanhado por mais duas pessoas. Carlos Iavé perguntou à entrevistada se ela estava sendo coagida a falar mal dele. Ela respondeu que não e que apenas estava justificando por que votaria no candidato tucano, que também já tinha comandado a Prefeitura da cidade. A confusão começou quando um dos membros da equipe disse que “estava exercendo o direito de liberdade de imprensa”, o que enfureceu o prefeito — que então partiu para cima dos jornalistas, com socos e chutes.

Carlos Iavé, que era vice-prefeito, assumiu a Prefeitura da cidade em dezembro do ano passado por conta da morte do prefeito Vanderlei Coimbra em um acidente de trânsito.

Veja vídeo

Veja

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Homem é morto a socos, ponta pés e pauladas pelo próprio sobrinho, na PB

serra redondaUm homem foi preso em flagrante, nessa sexta-feira (12), suspeito de assassinar a pauladas, socos e ponta pés o próprio tio. O crime ocorreu no sítio Tigre, que fica no município de Serra Redonda, no Agreste paraibano, a 113 km de João Pessoa.

Segundo a polícia, o suspeito foi preso quando ainda estava espancando a vítima. Socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, o homem não resistiu aos ferimentos e morreu.

Preso, o suspeito foi encaminhado até a delegacia, prestou depoimento e foi autuado por homicídio. A polícia não informou quais as motivações para o assassinato.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Mãe se recusa a dar dinheiro e é agredida por chutes e socos pelo próprio filho

sireneUm homem foi preso na manhã desta terça-feira (17) no município de Sousa, Sertão paraibano e distante 433 km de João Pessoa, suspeito de agredir a própria mãe com socos e chutes por ela ter negado dar dinheiro para ele ir ao carnaval de Cajazeiras. Esse é o segundo caso de agressão de filhos contra mães em menos de três dias na Paraíba.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, que estava drogado, teria chegado em casa na manhã desta terça e pedido dinheiro a sua mãe para viajar e brincar o carnaval em Cajazeiras. A vítima se negou a dar o dinheiro e foi atingida por chutes e socos.

Ainda segundo a polícia, os vizinhos teriam ligado para a PM solicitando socorro. Ao chegar no local, os policiais encontraram o suspeito dentro de casa quebrando objetos doméstico. Ele foi detido e levado para a Delegacia da Polícia Civil.

Na delegacia, a mãe do suspeito alegou que o filho era usuário de drogas e sempre que se drogava chegava em casa agressivo. O homem foi autuado em flagrante pela Lei Maria da Penha e se encontra na delegacia a disposição da Justiça.

 

portalcorreio

Socos marcam sessão do Congresso sobre manobra fiscal

confusaocngressoApesar de ter negociado liberação de recursos e montado uma força-tarefa para garantir apoio dos aliados, o governo sofreu nesta terça-feira uma nova derrota na tentativa de aprovar a manobra fiscal para fechar as contas deste ano. O motivo: o plenário do Congresso se transformou num ringue.

A sessão foi marcada pela violência da Polícia Legislativa contra manifestantes que ocupavam as galerias do plenário e parlamentares da oposição que saíram em sua defesa.

A confusão começou logo no início dos trabalhos, quando a oposição tentava liberar o acesso dos mais de 200 manifestantes que pediam para acompanhar a votação. Foi autorizada a entrada de 50 pessoas na parte superior do plenário.

Em meio à ofensiva da oposição para adiar a análise do projeto de lei que permite ao governo descumprir a meta de economia para pagamento de juros da dívida pública em 2014, o chamado superavit primário, parlamentares da base aliada começaram a reclamar do protesto que contava com gritos de “fora PT”, “o PT roubou” e “vá para Cuba”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A temperatura aumentou quando a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) disse que a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que discursava na tribuna, foi chamada de “vagabunda”. O presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu suspender a sessão para a retirada dos manifestantes.

Um grupo de 15 deputados da oposição decidiu impedir a saída e foram para as galerias fazer um cordão de isolamento. Mesmo assim, a Polícia Legislativa partiu para cima, com empurrões e truculência. Uma senhora de 79 anos, Ruth Gomes de Sá, ligada ao PSDB, levou uma gravata de um segurança.

Um agente chegou a atingir o professor de história Alexandre Seltz com uma taser –arma que dispara cargas elétricas. Ele desmaiou por alguns segundos e foi carregado por parlamentares. No tumulto, o deputado Mendonça Filho (DEM-PE) chegou a rolar nas escadas.

Ao longo de mais de uma hora, os manifestantes gritavam “fora Renan” e “o Congresso é um curral”, além de ataques ao governo. Ele se identificaram como integrantes do “Movimento Brasil Livre e Democracia Já”, com caravanas de São Paulo, Pernambuco, Distrito Federal, entre outros. Eles reconheceram que foram mobilizados por parlamentares oposicionistas.

A confusão se estendeu ao plenário, de onde boa parte dos congressistas assistia à confusão, quando o deputado Felipe Maia (DEM-RN) foi “peitado” pelo colega Assis Melo (PCdoB-RS), que defendia a senadora Vanessa Grazziotin. Aos gritos, o deputado Amauri Teixeira (PT-BA) chegou a chamar o colega Domingos Sávio (PSDB – MG) de “seu merda”.

Com o impasse, Renan encerrou a sessão e convocou uma nova votação para esta quarta-feira. O novo adiamento colocou o governo em situação de alerta. Os trabalhos do Congresso se encerram em 20 dias.

Antes de analisar a manobra fiscal, deputados e senadores terão que deliberar sobre vetos presidenciais. O comando da Casa decidiu que, antes do projeto que libera o governo de cumprir a meta de superavit, terão que ser contabilizados os votos dos vetos. A oposição vai tentar usar manobras regimentais para prolongar essas votações.

O presidente do Senado disse que a oposição instrumentalizou os manifestantes. “Esse é um caso único na história do Congresso Nacional, com 26 pessoas, presumivelmente assalariadas, obstruindo os trabalhos da Casa. 26 pessoas instrumentalizadas, provocando o Congresso, tumultuando, não dá para trabalhar e conduzir uma sessão desta forma”, afirmou o peemedebista.

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), rebateu o presidente do Senado. “Isso é uma bobagem, é mais um equívoco. A população brasileira acordou. As pessoas estão participando do que está acontecendo no Brasil. E algumas querem vir [ao Congresso]. Nós vamos fechar as galerias?”, questionou.

A oposição anunciou nesta terça-feira que irá ao STF (Supremo Tribunal Federal) para suspender o decreto no qual o governo promete a liberação de R$ 444 milhões para verbas de congressistas para seus redutos eleitorais, caso a manobra seja aprovada.

Folha de S.Paulo

Doméstica é espancada a socos e pontapés pelo marido na frente dos filhos

Aguinaldo Mota
Aguinaldo Mota

A doméstica Maria Nazaré Vicente da Silva, 37 anos, foi espancada a socos e pontapés pelo marido identificado como Alcimar Dutra, 39 anos, conhecido como “Galego do Coco”, na tarde deste domingo (30), no bairro Cruz das Armas, em João Pessoa. O acusado está preso.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava em casa quando foi agredida pelo marido que apresentava sinais de embriaguez. A mulher passou mal e desmaiou devido o espancamento.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ela foi socorrida por uma unidade do Samu para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ao ver o desespero dos filhos, Alcimar Dutra tentou se livrar do flagrante se escondendo na casa de uma amigo, mas foi preso por policiais militar da Unidade de Polícia Solidária ( UPS) do Varadouro.

Vizinhos do casal informaram que o acusado espanca a esposa sempre que ingere bebidas alcoólicas. A Polícia Militar está a procura de Alcimar Dutra. O hospital ainda não informou o estado de saúde da mulher.

Acusado preso na casa de amigosFoto: Acusado preso na casa de amigos
Créditos: Aguinaldo Mota

 

 

Por Hyldo Pereira

Menina morta a socos por amante da mãe deixou carta para a assassina

Bilhete que jovem fez pedindo desculpas para a mãe (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

A menina de 13 anos morta a socos por uma boxeadora, namorada da própria mãe, deixou duas mensagens em um caderno escolar poucos dias antes de morrer em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Uma das cartas seria entregue para Ana Luiza Ferreira, mãe da vítima, e a outra para Elizabeth Fernandes dos Santos, suspeita de ser a assassina. Segundo o delegado responsável pelo caso, as cartas foram anexadas ao processo e provam que a garota não tinha um bom relacionamento com a família.

Ana Beatriz de Souza foi morta no último dia 15 de julho, dentro da própria casa, no Jardim Anhanguera. Além da mãe, que já está presa, Elizabeth e José Bento de Souza, ex-marido de Ana Luiza, também são suspeitos de participar do crime e estão foragidos. O corpo da menina foi encontrado na Rodovia Anchieta com várias fraturas e ferimentos pelo corpo, além de sinais de esganadura.

A jovem escreveu dois bilhetes em cadernos escolares, que foram encontrados na mochila deixada ao lado do corpo da menina. Em uma das cartas, que seria entregue para a mãe, Ana Beatriz de Souza afirma, entre outras coisas, que se sente uma intrusa na família. Já na outra, que seria entregue para Elizabeth, a criança afirma gostar muito da namorada da mãe. Para o delegado responsável pelo caso, Luiz Evandro Medeiros, as cartas serão fundamentais para o desfecho da história. “Os bilhetes vão mostrar para o juíz e para o promotor que a garota estava tentando se reconciliar com a mãe e com a futura assassina. Mandei juntar os documentos ao processo, porque fica claro que a garota estava pedindo desculpas por algum desentendimento”, explica.

Adolescente assassinada em Praia Grande, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Jovem foi assassinada pela amante da mãe
(Foto: Reprodução/TV Tribuna)

Ex-marido
Segundo o delegado, quatro investigadores foram até o bairro Jardim Real, em Praia Grande, para apurar a denúncia anônima de que o pai adotivo de Ana Beatriz esteve no local. A polícia confirmou que o suspeito de participação no crime esteve no bairro até a última terça-feira (7), mas depois disso desapareceu.

Para Luiz Evandro, as denúncias são positivas para o andamento do caso. “Isso é altamente positivo e estamos verificando todas as denúncias”. O delegado disse ainda que conta com a ajuda de outras delegacias para a solução do caso.

Leia os bilhetes na íntegra

“Mãe, não sou uma boa filha, mas não estou fazendo essa carta para que você chore ou fique com pena, só quero que saiba que eu te amo muito. Mesmo não acreditando. Sou sua filha, mas às vezes sinto como se fosse uma intrusa nessa família. Mesmo assim te amo e gosto muito de você, da Beth e do Luiz. Desculpa por ser assim tão desobediente, é meu jeito”.

“Beth, sei que tenho te tratado muito mal, mas quero que saiba que não é porque não gosto de você, mas sinto que às vezes sou intrusa. Fico muito sozinha e estressada. Mas eu gosto muito de você e sei que sente saudade das suas filhas”.

Jovem escreveu bilhete pedindo desculpas para a amante da mãe (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Jovem também escreveu bilhete pedindo desculpas para a amante da mãe (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

G1

Menino de 13 anos agride pai e mãe a socos e pontapés

Informações dão conta que o garoto de iniciais “F.R.S”, teria chegado em casa e de forma propositada quebrou as portas de casa e, em seguida partiu para as agressões físicas contra os pais, agredindo-as com socos e pontapés.

LUIS GOMES (RN) – Por volta das 21h30min do domingo (22/04), um menino de apenas 13 anos de idade foi detido e conduzido a Delegacia, depois de agredir fisicamente seus próprios pais em Luis Gomes/RN.

Informações dão conta que o garoto de iniciais “F.R.S”, teria chegado em casa e de forma propositada quebrou as portas de casa e, em seguida partiu para as agressões físicas contra os pais, agredindo-as com socos e pontapés.

Os familiares acionaram a PM e, quando estes chegaram ao local, o adolescente teria reagido, sendo preciso a utilização da força física para mobilizar e conduzir a Delegacia de Polícia.

A violência é sem soma de dúvida um mal que assola toda sociedade, nem no próprio seio familiar as pessoas conseguem viver em paz!

Blog do Sargento Andrade

Focando a Notícia