Arquivo da tag: Sikêra Jr.

‘Não quero mais viver’, lembra Sikêra Jr. do tempo que sofreu com a Covid-19

No programa ‘Mega Senha’, que vai ao ar neste sábado (4), o apresentador Sikêra Júnior, em tom bem humorado, afirmou, durante a gravação, que chegou a pedir para morrer quando tinha sido infectado com a Covid-19 e já estava apresentando os sintomas da doença.

“Estava andando com um cilindro de oxigênio. No 14º dia eu pedi para morrer, arranquei tudo que estava comigo e disse: ‘Não quero mais viver’”, revelou o comunicador, durante a gravação do programa.

Na ocasião, o apresentado do programa “Alerta Nacional”, da Rede TV! fez um alerta sobre a necessidade e importância de se fazer a higiene diária e para que as pessoas sigam as normas de saúde para evitar o contágio e propagação do coronavírus.

“Tome banho, viu. Só álcool em gel não resolve, não. Use sabonetizinho, depila direitinho, só o álcool não é limpeza”, alertou.

 

paraiba.com.br

 

 

‘Peguei coronavírus dentro de casa’, conta Sikêra Jr. em participação ao vivo no ‘Alerta Nacional’

O apresentador Sikêra Jr. confirmou, em participação ao vivo no ‘Alerta Nacional’ nesta quarta-feira (29), que seu exame deu positivo para o novo coronavírus.

Ele contou que foi contaminado mesmo sem ignorar o isolamento social.

“A enfermeira que estava cuidado da minha esposa aqui estava com COVID, ela que passo pra nós. Aí tudo mundo pegou! O que vou fazer agora? O que deu devo fazer? Não tem pra onde correr, peguei dentro de casa!”, contou Sikêra Jr.

Sikêra Jr. desmentiu os rumores de que estaria com os dois pulmões comprometidos.

Na semana passada, ele passou mal e foi substituído na apresentação do Alerta Nacional, da RedeTV!. Na ocasião, ele fez um primeiro teste de covid-19 e obteve resultado negativo. Nesta quarta, ele apresentou o resultado da contraprova.

Sikêra Jr. pediu que o brasileiro “não subestime o coronavírus, como eu fiz, é mais sério do que eu imaginava”.

“É uma surpresa, né? A gente acha que só pega fogo na casa do vizinho, né? E a vida me deu essa lição. A gente não acredita enquanto não acontece com a gente, né? A gente não acredita. Enquanto acontece com o nosso vizinho, normal. Mas quando acontece conosco, a história é outra. E é isso. Estou aqui, apesar de tanta especulação”, disse ele, em entrevista ao “Alerta Nacional”.

“Agora estou bem, estou bem acompanhado. Estou tomando a medicação, seguindo à risca o que eles me orientaram. Pedi a Deus que eu passe por essa. É um vírus longo, a ciência está brigando para conseguir uma fórmula nova”, concluiu.

 

clickpb