Arquivo da tag: sede

Criminosos explodem banco no Cariri paraibano

Fotos: Milton Didi

A cidade de São Sebastião do Umbuzeiro, no Agreste paraibano, a 319 km de João Pessoa, foi a primeira de 2018 a ser alvo de bandidos especializados em ataques a instituições financeiras. Na madrugada desta quinta-feira (4), cerca de cinco homens fortemente armados invadiram a agência de um banco particular e explodiram caixas eletrônicos.

Segundo a Polícia Militar em Monteiro, não foi confirmado se os assaltantes conseguiram ter acesso ao dinheiro armazenado nos equipamentos. A estrutura do prédio ficou bastante danificada por conta da explosão. Durante a ação criminosa, que durou cerca de 40 minutos, os bandidos ainda cercaram a sede da PM na cidade. Os militares que estavam no plantão não reagiram à abordagem e ficaram acuados no prédio.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, na fuga, os bandidos ainda dispararam vários tiros, mas ninguém se feriu. Buscas foram realizadas na região e, até a publicação desta matéria, nenhum suspeito tinha sido localizado. As rondas devem continuar ao longo do dia.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

O grande salto tecnológico que pode acabar com a sede no mundo

Foto:Getty Quase 2 bilhões de pessoas viverão com escassez de água na próxima década, segundo a ONU
Foto:Getty
Quase 2 bilhões de pessoas viverão com escassez de água na próxima década, segundo a ONU

Em tempos de escassez de água em diversos Estados do Brasil, a solução para o problema poderia ser óbvia: aproveitar a abundância da água do mar para o uso comum por meio da dessalinização.

Os oceanos cobrem mais de 70% da superfície da Terra e contêm 97% da água do planeta.

Mas a energia necessária para esse processo era muito custosa e, com isso, inviabilizava o uso da água do mar para esses fins.

Recentemente, porém, graças às novas tecnologias, os custos foram reduzidos à metade e enormes usinas de dessalinização estão sendo abertas ao redor do mundo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Usinas

A maior usina dessalinizadora do planeta está em Tel Aviv (Israel) e já está sendo ampliada para alcançar seus limites máximos de produção.

Isso significa 624 milhões de litros diários de água potável. E ela pode vender mil litros (que é o consumo semanal médio de uma pessoa) por US$ 0,70 (cerca de R$ 2,71).

Outra usina de dessalinização, que fica em Ras al-Khair, na Arábia Saudita, alcançará sua produção plena em dezembro.

Image copyrightPOYVRY
Image captionA usina que será a maior do mundo, na Arábia Saudita, poderia produzir 1 bilhão de litros por dia

Instalada no leste da Península Arábica, ela será maior do que a de Israel e abastecerá Riad – cuja população está crescendo rapidamente – com 1 bilhão de litros por dia.

Uma usina de energia elétrica vinculada a ela pode produzir até 2,4 milhões de watts de eletricidade.

Da mesma forma, será instalada em San Diego a maior usina dessalinizadora dos Estados Unidos, que estará operando a partir de novembro.

No Rio de Janeiro, o governador Luiz Fernando Pezão disse no início deste ano que está analisando a possibilidade de construir uma usina dessalinizadora para abastecer até 1 milhão de pessoas no Estado.

Em São Paulo, após o agravamento da crise hídrica recente, o governador Geraldo Alckmin chegou a dizer que houve um estudo sobre o uso da dessalinização como fonte alternativa de água potável, mas que o custo inviabilizaria o processo.

A técnica já é usada na região semiárida do Brasil e em outros 150 países.

Tecnologia

O método tradicional de transformar água do mar em água potável é aquecê-la e depois recolher a água evaporada como um destilado puro.

Isso demanda uma grande quantidade de energia, mas torna-se algo factível se combinado com usinas industriais que produzem calor em seu funcionamento normal.

As novas dessalinizadoras da Arábia Saudita estão sendo construídas juntamente com usinas de energia exatamente por esse motivo.

Essa osmose reversa utiliza menos energia e deu uma nova oportunidade a uma tecnologia que existe desde os anos 1960.

Basicamente, o sistema consiste em empurrar a água salgada através de uma membrana de polímero que contém furos minúsculos, do tamanho de um quinto de nanômetro.

Esses orifícios são suficientemente pequenos para bloquear as moléculas de sal e suficientemente grandes para permitir a passagem das moléculas de água.

“Esta membrana remove completamente os sais minerais da água”, explica o professor Nidal Hilal, da Universidade de Swansea, no Reino Unido.

Dessalinização

Mas essas membranas poderiam entupir facilmente, o que prejudicaria muito o desempenho do processo.

Agora, porém, existe uma tecnologia mais avançada de materiais e técnicas de tratamento prévio que fazem com que essas membranas funcionem com maior eficiência por mais tempo.

E em Israel, os designers de Sorek conseguiram poupar energia usando vasos de pressão com o dobro do tamanho.

Image copyrightGETTY
Image captionMais de dois quintos de 800 milhões de pessoas da África vivem em regiões de “estresse hídrico”

Tecnologia alternativa

A osmose direta é uma forma alternativa de eliminar sal da água do mar, segundo o professor Nick Hankins, engenheiro químico da Universidade de Oxford.

Em vez de empurrar a água através da membrana, uma solução concentrada é utilizada para extrair o sal.

Depois, essa solução é eliminada restando apenas a água pura. “É possível separar a água do sal usando bem pouca energia”, assegura o professor.

Outro método possível é a chamada dessalinização capacitiva que, basicamente, significaria ter um ímã para atrair o sal.

“Deveríamos ser capazes de dessalinizar a água usando algo entre a metade e a quinta parte da energia usada para a osmose reversa”, diz Michael Stadermann, do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, da Califórnia.

Essa técnica ainda está em fase de testes.

E o sal que sobra?

Um problema gerado pela dessalinização da água do mar é justamente o que fazer com o sal que sobra.

A água no Golfo Pérsico historicamente tem 35 mil partículas de sal por milhão (ppm). Mas segundo o Ministério do Meio Ambiente e da Água, algumas áreas próximas às usinas chegam a ter 50 mil ppm.

“É preciso garantir que a água muito salgada seja deslocada para um local suficientemente longe do mar para que não haja recirculação dessa água, porque, se isso acontecer, ela voltará ainda mais salgada”, disse Floris van Straaten, da empresa de engenharia suíça Pöyry, que supervisiona a construção do projeto Ras al-Khair.

Image copyrightThinkstock
Image captionOs oceanos ocupam 70% da Terra e contêm 97% da água do planeta

“Nossa usina está sendo instalada ao lado de uma usina de energia que usa a água do mar para refrigeração”, diz Jessica Jones, da Poseidon Water, empresa que está construindo a usina de Carlsbad na Califórnia.

“Nosso descarregamento é misturado, mas, no momento em que ele entra no oceano, o sal já está dispersado.”

Nos Estados Unidos, porém, grupos ecologistas têm lutado nos tribunais contra a construção de novas usinas de dessalinização, dizendo que as consequências da reintrodução da salmoura no mar ainda não foram estudadas o suficiente.

“E quando a água está sendo extraída do oceano, ela traz peixes e outros organismos. Isso tem um impacto ambiental e econômico”, explica Wenonah Hauter, diretor da Food And Water Watch em Washington.

Preço da água

A dessalinização pode se tornar cada vez mais barata, ainda que ela seja muito cara para os países pobres – dos quais muitos sofrem com escassez de água.

Mais de dois quintos da população de 800 milhões do continente africano vivem em regiões de “estresse hídrico”, o que significa viver com o fornecimento de menos de 1.700 metros cúbicos de água por pessoa.

A ONU prevê que, em 10 anos, quase 2 bilhões de pessoas viverão em regiões com escassez de água, vivendo com menos de mil metros cúbicos de água cada uma.

Tudo o que essas regiões mais precisam é de um dispositivo de dessalinização que possa abastecer cada 100 ou 200 pessoas.

A dessalinização capacitiva é uma solução em potencial, da mesma forma que a dessalinização com energia solar, cujos custos já reduziram o triplo em 15 anos.

Assim, enquanto a dessalinização já avançou enormemente nos países ricos, também é necessário que chegue às regiões pobres, que são as que mais sofrem com a falta de água.

BBC Brasil

Justiça hipoteca sede da Petrobras para evitar calote bilionário da estatal

Para Ministério Público, ex-diretor da estatal favoreceu a Odebrecht em contrato milionário (Ricardo Moraes/Reuters)
Para Ministério Público, ex-diretor da estatal favoreceu a Odebrecht em contrato milionário (Ricardo Moraes/Reuters)

Está na hora de convocar um padre para benzer – ou exorcizar – a Petrobras. É uma bruxaria atrás da outra. Não bastasse o impacto da operação Lava Jato nas finanças da empresa, entre outros tantos problemas que vêm a público dia sim, outro também, a Petrobras teve sua sede hipotecada pela Justiça do Rio de Janeiro, em decisão tomada nesta quinta-feira (12). A hipoteca serve como forma de garantir o pagamento de uma dívida de R$ 935 milhões, causada por “conduta predatória” da estatal. Os oito mil funcionários da empresa, que estão sem norte, podem ficar sem teto. A estatal, naturalmente, pode e ainda vai recorrer da decisão.

O edifício hipotecado é a tradicional sede da estatal, localizada na Avenida Chile, no centro do Rio. Chamado de Edise, uma abreviação de Edifício Sede, o prédio inaugurado em 1974 foi construído por uma antiga parceira da Petrobras, a Odebrecht – agora investigada na Lava Jato. A sede que conta com 26 andares e jardins suspensos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A derrota judicial é mais um capítulo da disputa que a Petrobras trava com a Refinaria Manguinhos, localizada no Rio de Janeiro. A refinaria cobra da Petrobras danos materiais pela política de preços da estatal.

A crise enfrentada pela Petrobras foi um dos argumentos utilizados pela juíza Kátia Torres, da 25ª Vara Cível do Rio de Janeiro, para determinar a hipoteca da sede da estatal. Na prática, a hipoteca significa que, em caso de calote, a sede poderia ser usada para o pagamento. “Além do julgado envolver expressiva condenação de valor líquido, os problemas financeiros enfrentados pela ré são públicos e notórios, impondo-se a adoção da medida constritiva com vistas à efetividade do processo”, diz a decisão da juíza.

A hipoteca judiciária é um desdobramento de outra decisão judicial, também da 25ª Vara Cível do Rio de Janeiro, tomada em novembro do ano passado. Na decisão inicial, a juíza Simone Chevrand determinou o pagamento de R$ 935 milhões à Refinaria Manguinhos, por danos materiais. “Além de ser fato notório que há controle de inflação pelo governo federal através da política de preços de combustíveis, tal grande ingerência à qual o réu está submetido é admitida pelo mesmo em sua contestação e o leva a praticar, sim, preços que inviabilizam a concorrência”, escreveu a juíza.

De acordo com a sentença, ficou comprovado o dano causado pela Petrobras. “É bem verdade que não cabe ao Judiciário, no âmbito do processo judicial, realizar discurso político partidário. O que lhe cabe é constatar que se o réu – movido por injunções políticas governamentais -, em sua atividade empresarial ocasiona danos a terceiros, deve indenizá-los. E por isto se adiantou que a solução da questão passa, na realidade, por aplicação de regra elementar de responsabilidade civil. Como demonstrado, a conduta predatória ocorreu e o dano restou comprovado”.

Procurada, a Petrobras não se pronunciou até o momento.

 G1

Lewandowski quer CNJ em nova sede para integrar servidores e reduzir custos

Roberto Stuckert Filho/PR
Roberto Stuckert Filho/PR

Na reabertura dos trabalhos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), após o recesso do Judiciário, o presidente do colegiado e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, determinou a formação de uma comissão para tratar da nova sede do órgão. Atualmente, a maior parte da estrutura do conselho funciona em um prédio da década de 1970, localizado na Asa Norte, em Brasília.

Setores do conselho também estão instalados em espaços cedidos pelo STF, Tribunal Superior do Trabalho, Superior Tribunal de Justiça e pela Empresa Brasil de Comunicação.

De acordo com a assessoria do CNJ, em dias de chuva, o prédio da 514 Norte enfrenta constantes problemas de energia e goteiras. Ao determinar a criação da comissão, Lewandowisk argumentou que a dispersão do órgão em vários locais prejudica a integração dos servidores e das áreas, aumenta o custo de manutenção e dificulta o acesso do público às atividades do CNJ.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A comissão será formada por 11 membros, entre conselheiros e representantes da diretoria-geral do CNJ, e terá 30 dias para apresentar propostas ao plenário do conselho, que deliberará sobre o tema. As propostas poderão variar desde o aluguel de uma sede provisória até a construção de um espaço próprio.

Agência Brasil

Sede da Ciretran é reinaugurada em Solânea; reforma custou quase R$ 70 mil

 

Foto: Cristiano Ricelli
Foto: Cristiano Ricelli

O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito – Detran, entregou nesta sexta-feira (24), as obras de reforma e manutenção da sede da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Solânea. O Detran investiu R$ 69.921,83 na reforma e compra de móveis para a 14ª Ciretran.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Os serviços fazem parte de um investimento total de R$ 824.783,00 em 18 Ciretrans e nos postos de trânsito das cidades de Araçagi e São João do Cariri. Só em mobiliário, o Detran investiu R$ 642.083,60. São móveis de escritório como cadeiras, mesas, armários e gaveteiros que serão distribuídos por várias unidades do Detran padronizando os postos e Ciretrans.

 

Foto: Cristiano Ricelli
Foto: Cristiano Ricelli

Além da reforma, para todas as unidades do Detran também foram adquiridos móveis e equipamentos que vão oferecer mais conforto aos servidores e usuários e maior agilidade e segurança na prestação dos serviços.

 

Para a modernização e agilização dos serviços, também estão sendo substituídas todas as impressoras em funcionamento no Detran. Estão sendo instaladas 181 impressoras a laser, sendo 100 multifuncionais (scanner, fax e copiadora). Além de 50 impressoras do tipo matricial utilizada na emissão do CRV (certificado de registro de veículo).

 

Segundo o superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, todos estes investimentos seguem um planejamento do Governo do Estado para obras e aquisição de móveis e equipamentos visando dotar as unidades lotadas no interior do Estado do mesmo conforto oferecido na sede do Detran e nas unidades da capital.

 

 

Redação/Focando a Notícia

Operário morre na Arena Pantanal, sede da Copa do Mundo em Cuiabá

arena-pantanalMorreu nesta quinta-feira (8) um operário que trabalhava na Arena Pantanal, estádio que sediará jogos da Copa do Mundo de 2014 em Cuiabá. Mohamed Ali Maciel Afonso, 32, foi vítima de uma descarga elétrica, recebeu atendimento no local e não resistiu. Uma equipe de perícia técnica está avaliando o local do acidente no momento, e a construção foi interrompida apenas na área.

A 35 dias do início da Copa do Mundo, a Arena Pantanal tem 98% de conclusão. Mohamed Ali Maciel Afonso era funcionário da Etel, empresa que faz parte do consórcio responsável por telecomunicações no estádio, e trabalhava com acabamento na parte elétrica do aparato. Ele sofreu a descarga quando instalava uma luminária no corredor de acesso aos camarotes do setor leste.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O acidente aconteceu por volta de 11h desta quinta-feira. O Samu e o Corpo de Bombeiros foram acionados, chegaram em poucos minutos e tentaram reanimar o operário. Mohamed Ali Maciel Afonso chegou a voltar a ter batimentos, mas não ficou estável. O óbito foi decretado às 11h40.

A repercussão que a morte ainda dependem do resultado da perícia. Faltam 3 mil cadeiras e uma série de ajustes de pequeno porte para a conclusão do estádio – a parte elétrica, por exemplo.

Também na tarde desta quinta, a Etel fará um pronunciamento oficial sobre a morte do operário.

“Como aconteceu agora, estamos priorizando os procedimentos de atendimento à família. As atividades estão paralisadas, mas ainda não temos informações ou prazos”, disse um funcionário da Secopa-MT.

Até 14h30, o corpo do operário ainda estava no estádio. A família já foi avisada, e a Secopa disse que ele usava todo o equipamento de proteção necessário.

O operário de Cuiabá é o nono a morrer em obras de estádios para a Copa do Mundo de 2014.

Em 11 de junho de 2012, o ajudante de carpinteiro José Afonso de Oliveira Rodrigues, 21 anos, caiu de uma laje no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Em 27 de novembro de 2013, dois trabalhadores morreram após a queda do guindaste que levantava uma peça da cobertura do estádio corintiano: o operador Fábio Luiz Pereira, de 42 anos, e o montador Ronaldo Oliveira dos Santos, de 44.

O primeiro óbito em Manaus aconteceu em 28 de março de 2013, quando o corpo do pedreiro Raimundo Nonato Lima Costa, de 49 anos, foi encontrado por trabalhadores do turno noturno da obra. Segundo testemunhas, Costa caiu enquanto caminhava sobre uma viga a 4 metros de altura.

Outros dois acidentes aconteceram no Amazonas em 14 de dezembro. Marcleudo de Melo Ferreira, 22 anos, que trabalhava na instalação dos refletores do estádio no turno da madrugada também sofreu uma queda e morreu. Horas depois, o operário José Antônio da Silva Nascimento, de 49 anos, que trabalhava no serviço de limpeza e terraplanagem, teve um infarto enquanto trabalhava.

A lista de mortes em obras da Copa ainda tem Antônio José Pita Martins, que trabalhava na desmontagem de um guindaste em terreno vizinho à Arena da Amazônia, e Fabio Hamilton Cruz, que caiu enquanto montava plataformas na estrutura móvel do Itaquerão.

 

Guilherme Costa e Vinicius Segalla

Série de reportagens alerta à exploração sexual de crianças e adolescentes nas cidades-sede da Copa de 2014

Uma série de reportagens investigativas pautada inicialmente como ‘A Infância sem Copa’, ganhou no site da Gazeta do Povo, periódico da cidade de Curitiba (PR), uma galeria de fotos, vídeos e infográficos. As matérias se referem ao momento em que o Brasil espera um grande movimento financeiro durante a Copa do Mundo de 2014 e, antes disso, com as obras de infraestrutura nas 12 cidades-sedes.

A série revela uma ameaça por trás de tanta euforia: a concentração de operários nas obras, a grande movimentação de pessoas nos jogos e a circulação de dinheiro representam um risco maior às crianças em situação de vulnerabilidade social.

Clique aquipara ver a série ‘Um país a mercê do turismo predatório’, que descreve a estrutura da exploração sexual infanto-juvenil nas cidades-sede da Copa.

O Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo é uma realização da ANDI – Comunicação e Direitos e Childhood Brasil (Instituto WCF).

Fonte: ANDI

Começa na sede da CNBB, em Brasília, o Encontro dos Novos Bispos


novosbispos2012

 

Começou na tarde dessa segunda-feira, 13 e segue até sexta-feira, 17 de agosto, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília, o 23º Encontro dos Novos Bispos. O evento é organizado pela Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada e conta com participação de 13 bispos nomeados desde agosto de 2011 a julho deste ano.

Os novos bispos foram recebidos pelo presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, dom Pedro Brito, arcebispo de Palmas (TO) e pelo assessor da mesma Comissão, padre Deusmar Jesus da Silva. Após as primeiras apresentações, o secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, recebeu os bispos e levantou as perspectivas da Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE).

A programação conta ainda com palestras do ecônomo da CNBB, Francisco Julho de Souza, do subsecretário adjunto de pastoral, padre Francisco de Assis Wloch e uma visita a Nunciatura Apostólica.

Este encontro foi criado no Brasil em 1989 para que os novos bispos pudessem entender sua nova função dentro da Igreja. Depois, tanto o Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) quanto o Vaticano seguiram o exemplo do Brasil e desenvolveram um evento semelhante.

Segundo o arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno, após a criação do encontro dos novos bispos pelo Vaticano, onde bispos do mundo inteiro participam, o CELAM então deixou de ministrar, priorizando o da Santa Sé.

Fonte: cnbb
Focando a Notícia

Discursos emocionantes marcam inauguração da primeira Sede do PSB Mulher no interior da PB


FIZERAM HISTÓRIA: Socialistas posaram para foto após discursarem para uma Sede lotada na noite desta quarta-feira, 30, em Taperoá. Da esquerda para a direita: Maria Sileide, Edvangia Maciel, Fátima Moreira (PTN), Valquíria Alencar, Thayse Vilar, Zezinho do Botafogo e Socorro Farias

Já escurecia em Taperoá (PB) na quarta-feira, 30, quando a cidade começou a escrever mais um capítulo da sua história com a criação do espaço exclusivo para o público feminino, a Sede do PSB Mulher, a primeira do interior do Estado. A outra está localizada na capital João Pessoa.

Inúmeras taperoaenses escutaram atentas aos discursos emocionantes da presidente municipal do Partido Socialista Brasileiro, Socorro Farias, da secretária estadual da legenda, Valquíria Alencar, das pré-candidatas socialistas Maria Sileide, Thayse Vilar e Edvangia Maciel Alves, do vereador da cidade de João Pessoa, José Freire da Costa, o popular Zezinho do Botafogo.
A primeira a discorrer sobre os valores da mulher, que se acentuam cada vez mais em todos os setores da sociedade, foi Socorro Farias. A presidente socialista antes de comentar sobre a importância da Sede para as taperoaenses elencou, entre várias, cinco expressões femininas, e a que merece principal destaque do grupo é a que viveu há mais de dois mil anos, o que demonstra o quanto Socorro é católica e devota, claro, a mãe de Jesus Cristo, um dos maiores exemplos de força da humanidade. A mais atual, Margarida Maria Alves, que morreu por causa da sua luta em defesa de trabalhadores rurais, também foi citada pela socialista.
Em seguida, a valorização da mulher continuou através da fala da secretária estadual do PSB, Valquíria Alencar, que não se intimidou em alegar que a cidade precisa ser conduzida por uma Taperoaense. “Nada melhor do que uma mulher na administração pública”, defendeu Valquíria, que acrescentou ainda, que as mulheres entendem muito bem de administrar e aprendem logo cedo com as tarefas domésticas, desde fazer a limpeza até usar o dinheiro de maneira mais consciente.
A vereadora Maria Sileide endossou as afirmações da colega de partido e ao citar ex-primeiras damas, como Maria Tomás de Lima (Mariquinha), esposa do falecido ex-prefeito de Taperoá, Geraldo Noé, mostrou o papel que estas senhoras tiveram no cenário político do município. Sileide, numa retórica cada mais vez primorosa, fez questão de dizer que a Sede é um lugar de respeito, de dignidade e de amor, e que vai servir para tratar de interesses de todas.
Outra socialista que caprichou no discurso foi Edvangia Maciel Alves quando decidiu traçar o perfil das mudanças significativas que estão acontecendo em todo o mundo. Vanja, como é mais conhecida, ressaltou que o tempo de submissão a que as mulheres eram submetidas vai ficando passado, e o que antes parecia praticamente impossível, hoje as decisões de um país, por exemplo, são tomadas por uma companheira.
Sempre coerente em suas posturas, a advogada Thayse Vilar, que chegou acompanhada da prestigiada jornalista Maria Helena Rangel, mais um orgulho taperoaense, mencionou o quanto estava feliz com a abertura do espaço dedicado exclusivamente para as mulheres e do quanto estas tem um desempenho importante na sociedade, mesmo antes de isso ser reconhecido. Thayse se referiu à atuação feminina nas deliberações que executam todos os dias no gerenciamento do lar o que permite experiência suficiente para ocupar qualquer atividade nos diversos setores de trabalho.
Para finalizar a cerimônia de inauguração, foi dada a palavra para o vereador de João Pessoa, Zezinho do Botafogo, que emocionou a plateia ao falar a difícil história de vida da mãe, Maria Lindacy.
Zezinho não conseguiu se conter e o seu choro foi acompanhado por quase todos os presentes ao contar corajosamente para gente que até então não sabia quem ele era, das dificuldades enfrentadas por sua família, como o dia que Maria Lindacy teve que fugir após ficar grávida do patrão, fato bastante repelido pela sociedade de 50 anos atrás.
Nascido no sítio Jatobá da Serra, zona rural de Taperoá, o parlamentar disse que ocorreram mais situações ruins, como ter sido rejeitado pelo pai, deixado pela mãe, que não tinha condições de criá-lo, na cidade de Patos onde foi forçado a trabalhar com cerca de 10 anos de idade, mas para Zezinho certamente o pior foi ver uma de suas irmãs morrer de fome.
A inauguração da Sede PSB Mulher de Taperoá foi encerrada sob forte emoção, com muito valor à mulher, e com a promessa de Zezinho de que vai apoiar o projeto de que melhor para Taperoá é ter uma administradora fiel, ética e compromissada com os crescimentos material e intelectual do município, pois para o legislador pessoense é preciso a abertura da atuação do público feminino e que vai ser fortificada de mãos dadas com homens que respeitam e que dignificam mães, esposas, filhas, irmãs, enfim, a todas as taperoaenses.

ASCOM -Jandro Gomes para o Focando a Notícia

Inaugurada sede da Associação dos Moradores da Comunidade de Nicolândia, em Massaranduba

Foi inaugurada neste final de semana a sede da Associação dos Moradores da Comunidade de Nicolândia, localizada na zona rural do município de Massaranduba (PB), que fica a 21 km de Campina Grande. A solenidade de inauguração contou com a presença de autoridades locais e moradores da comunidade, que agora passam a contar com um espaço para eventos sociais e culturais, além de reuniões para discutir assuntos de interesse dos quase 300 moradores que residem no local.

A solenidade foi presidida pelo vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Massaranduba, José Aderaldo, um dos que colaboraram para que a associação tivesse sede própria, que parabenizou os moradores da comunidade pela importante conquista. Em seguida, o diretor social da Associação dos Moradores, Sebastião Bezerra, Micoco, exibiu um vídeo mostrando em fotos a história da construção da sede da associação, feita com a participação dos moradores de Nicolândia.

Emocionado, Micoco relembrou quando, durante a construção, vândalos chegaram a destruir o trabalho e o esforço da comunidade. Por tudo que eles tinham enfrentado, ele falou da felicidade que estava sentindo naquele momento, ao participar da inauguração daquela sede, que tinha sido construída com tanta luta. Ele disse que agora, com a sede pronta, pretende oferecer cursos para os moradores de Nicolândia.

A vereadora Eusa Rodrigues ressaltou a luta de Micoco, a quem ela chamou de grande amigo e guerreiro, e que, junto com os demais moradores da comunidade, trabalhou para que eles tivessem uma sede. “Ele é uma pessoa que quer o desenvolvimento da sua comunidade, de forma organizada, e que luta pelos interesses dos moradores”, disse ela, acrescentando que aquela sede era um motivo de orgulho para todos os moradores.

Também participaram da solenidade de inauguração da Associação dos Moradores da Comunidade de Nicolândia, cujo lema é “A serviço de todos”, os suplentes de vereadores Maurício Ribeiro e Elias Angelino, além de Edvaldo Caiçara. Todos eles destacaram a história de luta daquela associação.

O presidente da associação, Zé de Felinto, declarou oficialmente a sede como inaugurada e pediu o apoio dos moradores da comunidade. Após a solenidade, aconteceu uma apresentação da seresteira Lúcia Lemos

Karina Araújo para o Focando a Notícia