Arquivo da tag: secretário

Secretário confirma: sem recursos, UFCG vai parar

Recentemente o reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Vicemário Simões, falou que o prazo máximo previsto para que a instituição funcione é o mês de setembro. O motivo da paralisação das atividades seria o contingenciamento de recursos feito pelo governo federal.

Em entrevista concedida à Rádio Correio FM, o professor e secretário de planejamento da UFCG, Camilo Farias, contou que se não houver a reposição dos R$ 27 milhões, que equivalem, segundo ele, a 30% da verba da instituição, as atividades realmente vão ser interrompidas.

O professor falou também que essa porcentagem é utilizada em atividades de capital e custeio da universidade, que são, respectivamente, os recursos aplicados no patrimônio como obras, mobiliário, livros e computadores; e os recursos que impactam os serviços de conservação como limpeza, vigilância patrimonial, além de água e energia.

O secretário explicou que todas essas atividades serão afetadas, mas que os chamados recursos obrigatórios, como auxílio-alimentação, auxílio-moradia, auxílio-transporte não serão atingidos. Por fim, ele contou também que o objetivo agora é mobilizar os parlamentares para que o governo federal reveja a decisão.

“Conseguimos uma reunião junto ao ministro, com os reitores das universidades e com os parlamentares, a bancada paraibana inteira. Infelizmente nem todos puderam comparecer, mas a reunião foi capitaneada pelos parlamentares. Nessa reunião, infelizmente, a gente não teve uma sinalização que esse desbloqueio aconteceria o mais rápido possível”,finalizou.

 

paraibadebate

 

 

Paraíba assume estatística dos oito mortos pela Polícia de Pernambuco, diz secretário

Em apenas um dia, a morte de oito suspeitos de assalto, em confronto com a Polícia Militar de Pernambuco em Barra de São Miguel, cidade paraibana a 175 km de João Pessoa, correspondeu a 25% do total das mortes causadas pelas polícias da Paraíba em 2018. A estatística da operação contra a quadrilha de assalto a bancos e lotéricas caiu na conta das forças de segurança da Paraíba, explica o secretário de Estado da Segurança e Defesa Social (Seds), Jean Francisco Nunes.

Embora o assalto e o confronto inicial, deixando um PM de Pernambuco morto e outro ferido, tenha ocorrido em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste pernambucano, e a troca de tiros tenha sido entre os policiais pernambucanos e os suspeitos, segundo Jean Francisco Nunes, a responsabilização pelas mortes é paraibana.

De acordo com o 24ª Batalhão da Polícia Militar de Santa Cruz do Capibaribe (PE), os suspeitos na morte do policial, que estavam foragidos desde a manhã da segunda-feira (1º), estavam escondidos em um matagal. Os criminosos foram localizados pela polícia por volta das 8h30 desta terça-feira.

Segundo a PM, o grupo estava escondido em um matagal entre as cidades de Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio, ambas na Paraíba. Ao chegarem no local, a polícia teria sido recebida a tiros. Foi quando houve o confronto que terminou nas mortes dos suspeitos.

Viatura foi atingida por vários disparos de arma de fogo — Foto: WhatsApp/Reprodução

Viatura foi atingida por vários disparos de arma de fogo — Foto: WhatsApp/Reprodução

O secretário comentou que, por terem ocorrido em solo paraibano, cabe às autoridades do estado investigarem as circunstâncias, abrindo inquéritos sobre as mortes, assim como contabilizar para o balanço anual de Crimes Letais Violentos Intencionais (CVLI). As mortes são categorizadas como em decorrência de intervenção policial da Paraíba, para fins estatísticos.

“Pela metodologia que temos aqui, esse confronto contabiliza para nosso estado, ocorreu em território paraibano, mesmo sendo confronto de polícia de outro estado. Porque o que a gente contabiliza é morte em território paraibano, é uma metodologia rígida. Poderíamos colocar para o estado vizinho, mas aqui nós seguimos à risca”, comentou.

Em 2018, as polícias da Paraíba mataram 33 pessoas, um crescimento pequeno em relação às 30 mortes por mãos policiais em 2017 e 22 mortes do mesmo tipo em 2016. Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, entre 2014 e 2017, o crescimento de mortes por intervenção policial na Paraíba cresceu 27,8%.

As circunstâncias das mortes dos suspeitos estão sendo apuradas em inquéritos pela Polícia Civil da Paraíba. “Na terça-feira foram feitas várias perícias no local das mortes, no cenário, o que é normal, porque toda cena temos que fazer a perícia, exames. Foi aberto o procedimento na Paraíba, assim como em Pernambuco. Essa apuração vai para o judiciário, seguir o trâmite normal”, comentou o secretário de segurança.

Apesar disso, Jean Francisco Nunes garante que a operação integrada entre os dois estados foi exitosa, pois, embora tenham gerado oito mortes, tirou de circulação uma quadrilha ligada a crimes como assaltos, latrocínios e homicídios.

“Esse grupo iria continuar a agir na Paraíba, poderia tirar as vidas de outras pessoas, como tirou a vida de um policial e deixou outro ferido. Quanto mais a gente conseguir tirar de circulação prendendo essas pessoas, melhor. Se partirem para o confronto, a polícia não vai recuar”, comentou.

O secretário avaliou que o trabalho para seguir reduzindo o número de crimes com mortes violentas vai continuar sendo feito com rigor, mas garantiu que não há uma preocupação em orientar os policiais paraibanos a recuar em confronto por conta das estatísticas.

“Se esses números tiverem que crescer, que eles cresçam, porque é decorrência normal das abordagens policiais e operações, não é o que temos buscado, confronto com morte, mas não temos recuado, nem vamos recuar. A medida quem vai dar é a operação”, analisou.

Excessos após mortes

Os corpos dos seis homens e das duas mulheres suspeitos de integrarem a quadrilha de assalto a bancos e da morte um policial militar de Pernambuco, foram expostos em vídeos e fotos nas redes sociais e aplicativos de mensagens.

Jean Francisco Nunes explicou que o conteúdo foi feito por moradores da localidade que, como grande parte da sociedade brasileira, está indignada com os crimes patrimoniais. Os registros foram feitos quando, os policiais de Pernambuco levavam os corpos dos suspeitos para Santa Cruz do Capibaribe como forma de prestar socorro.

Investigações na Paraíba

A quadrilha morta no confronto era suspeita de assaltos em cidades de Pernambuco próximas à divisa com a Paraíba e, de acordo com levantamento feito pelas autoridades de segurança paraibanas, planejavam assaltos em cidades do interior do estado. Jean Francisco Nunes comentou que as investigações são agora para identificar ramificações no estado e se a quadrilha cometeu crimes na Paraíba.

“Temos informações de assaltos em lotéricas de Queimadas e Princesa Isabel. Registros de crimes semelhantes aos que eram cometidos pela quadrilha em cidades próximas à divisa com Pernambuco, por isso iremos investigar a participação dessa quadrilha no nosso estado”, comentou Jean Nunes.

O secretário explicou ainda que por conta da organização das quadrilhas de ataque a instituições bancárias, as secretarias de segurança dos estados vizinhos à Paraíba trabalham em uma força tarefa conjunta. O operação que culminou com a morte dos suspeitos em Barra de São Miguel é resultado do trabalho integrado.

G1

 

Prefeito de Solânea participa de reunião com Secretário Estadual e agiliza aquisição de equipamentos para abertura do matadouro

Secretário Estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Estado, afirma compromisso com abertura do matadouro

O Prefeito de Solânea, Kayser Rocha, e o Deputado Estadual, Ricardo Barbosa, participaram de reunião com Secretário de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Estado Deusdete Queiroga, nessa quarta-feira (03) pela manhã, para viabilizar a  aquisição de equipamentos com o objetivo de abertura do Matadouro Público Regional de Solânea.

“Participamos dessa reunião para efetivamente agilizar a aquisição dos equipamentos e posterior funcionamento do matadouro regional. O prédio já está pronto e o Estado tem demonstrado total interesse em resolver. O Deputado Ricardo Barbosa também tem se empenhado diuturnamente para resolvermos essa questão”, contou o prefeito Kayser, logo após a reunião. Ele esclareceu também que já vem acompanhando e realizando reuniões com técnicos em relação à estruturação dos equipamentos. “Estamos nessa luta junto com a população de Solânea há meses, o Governador já demonstrou interesse para obtenção dos equipamentos durante o Orçamento Participativo. Essa é uma necessidade apontada por todos, e já temos o compromisso do Secretário como um procedimento prioritário que dará máxima agilidade”, enfatizou Kayser.

Prefeituras irão gerenciar o funcionamento

Durante o Orçamento Participativo em Solânea, que aconteceu no último mês de  abril, foi assinado um termo de compromisso entre os prefeitos das cidades de Solânea, Bananeiras, Arara, Borborema, Casserengue e Damião que firmaram acordo para o gerenciamento do Matadouro Público Regional de Solânea.

 Assessoria de Comunicação

 

Solânea recebe carro fumacê e secretário alerta para cuidados durante a pulverização 

Agentes em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde estão no município de Solânea para atuarem com o carro fumacê – veículo que faz a aplicação espacial do inseticida capaz de matar o mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue, zika e chikungunia.

Os agentes vão realizar a ação na sexta-feira (24) fazendo a pulverização na cidade e o secretário de Saúde Municipal, João Rocha, fez um alerta sobre os cuidados que a população deve ter durante esse trabalho.

“Pedimos gentilmente que não se exponham ao veneno. Bem como não deixar crianças e animais por perto no momento da pulverização”, explicou.

João Rocha lembrou, ainda, que a luta contra o mosquito transmissor dessas doenças deve ser de todos, autoridades e cidadãos. “Lembrando que a pulverização só serve para o mosquito em fase de voo. As larvas não são atingidas pelo veneno. Cabendo a cada um de nós fazer a nossa parte”, finalizou.

 

 

Redação FN

 

 

Secretário de Segurança da PB defende mais rigor na emissão de CNHs

Presente ao lançamento do Movimento ‘Maio Amarelo’, aberto na Paraíba, na manhã desta quinta-feira (02), pelo governador João Azevêdo e pelo superintendente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), o secretário da Segurança e da Defesa Social Jean Nunes classificou como uma epidemia os acidentes no trânsito, envolvendo, principalmente, motocicletas e defendeu um maior rigor na emissão das Carteiras de Habilitação.

“O país todo enfrenta uma verdadeira epidemia de acidentes de trânsito, em especial de motocicletas, e isso deve ser combatido com mais rigor”, defendeu.

Para o secretário, é necessário o envolvimento sistemático de todos em busca de um trânsito mais seguro.

“Temos que ter Estado, municípios e cidadãos envolvidos, ações educativas que têm que iniciar desde o período da formação escolar, além de rigidez na emissão de carteiras nacionais de habilitação (CNH), reorganização da mobilidade urbana, enfim uma série de ações que podem e devem ser desencadeadas”, disse.

Para ele, uma maior fiscalização poderia ser uma das alternativas a serem colocadas em prática.

“Deve-se disciplinar melhor esse enfrentamento a essa epidemia”, arrematou.

 

PB Agora

 

 

Bolsonaro desautoriza secretário da Receita e diz que não haverá novo imposto para igrejas

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para desautorizar o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra,sobre a criação de um novo imposto “contra as igrejas”, em um vídeo publicado nesta segunda-feira.

Em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo”, Cintra afirmou que a Contribuição Previdenciária (CP), um tributo que incidiria sobre todas as transações financeiras, bancárias ou não, com alíquota de 0,9% e rateado entre as duas pontas da operação (quem paga e quem recebe), seria paga até por fiéis  que contribuírem com o dízimo.

– Fui surpreendido nesta manhã por uma declaração do nosso secretário da Receita de que seria criado um novo imposto para Receita. Eu quero me dirigir a todos vocês dizendo que essa informação não procede – declarou Bolsonaro no início da gravação.

– No nosso governo nenhum novo imposto será criado, em especial contra as igrejas, que além de ter um excelente trabalho social prestado a toda comunidade reclamam eles, em parte com razão no meu entendimento, que é uma bitributação nesta área.  Então, bem claro, não haverá um novo imposto para as igrejas – completou o presidente.

Na entrevista, Cintra reconheceu que a medida seria polêmica, mas explicou que “todo mundo” vai pagar o imposto, da igreja à economia informal e contrabando.

A criação da CP integra a proposta de reforma tributária que está sendo elaborada pelo secretário e tem como objetivo substituir a contribuição sobre os salários. Segundo Cinta, “vai ser pecado tributar salário no Brasil”.

Durante a campanha, a bancada evangélica no Congresso declarou apoio a Bolsonaro. Uma iniciativa que atingisse as igrejas provocaria atritos com uma das principais bases do presidente.

Essa não é a primeira vez que Bolsonaro desautoriza informações de integrantes de sua equipe. Em novembro do ano passado, antes de tomar posse, ele negou a intenção de recriar a CPMF para custear a Previdência.   Durante a campanha, a menção à volta da contribuição já havia gerado uma crise entre o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, e o então candidato Bolsonaro.

O Globo 

Foto: Dida Sampaio/Estadão

 

 

Infraero explica motivo de secretário paraibano usar carros da empresa

Em nota emitida nesta sexta-feira (26), a Infraero deu explicações em relação a um vídeo que circula pelas redes sociais mostrando um secretário da Paraíba utilizando um dos veículos da empresa para se transportar. Confira texto na íntegra:

Com relação ao vídeo em questão, a Infraero esclarece que recebeu solicitação da Administração do Hangar do Estado da Paraíba para realizar o deslocamento do secretário Adjunto de Planejamento do Estado da Paraíba, Sr. Fábio Maia, do Pátio de Aviação Regular para o Hangar do Estado. Por motivo de segurança operacional, o deslocamento do secretário foi realizado por meio de veículo da Infraero.

Atenciosamente

 

assessoria

 

 

Tião Gomes pede construção de escola em Casserengue durante reunião com secretário de Educação do Estado

O deputado estadual Tião Gomes (Avante) se reuniu com o secretário de Educação do Estado, Aléssio Trindade, para discutir investimentos e instalação de equipamentos educacionais para o município de Casserengue, no Brejo paraibano. O encontro ocorreu nesta quarta-feira (24), em João Pessoa.

Na ocasião, participaram da reunião o prefeito de Casserengue, Genival Bento da Silva, o Dinda, a vereadora Suenia Rosa e o filho do ex-prefeito Toinho de Neixa, Leandro de Toinho.

Tião Gomes explicou que a reunião foi bastante positiva e o secretário solícito para atender aos pleitos e as reivindicações apresentados pelo parlamentar e os políticos do município. Entre os pedidos está a construção de uma escola.

“Uma das nossas lutas é a construção do colégio estadual para Casserengue. Já estamos empenhados há um tempo para levar essa unidade de ensino para o município, que é um sonho antigo dos estudantes. É hora de somarmos forças com o prefeito Dinda e buscarmos junto ao governador João Azevedo uma obra de tamanha importância para nossa região”, explicou o deputado.

No projeto do Colégio Estadual há uma quadra coberta e um auditório numa área urbana doada pela atual administração municipal.

 

portaldolitoralpb

 

 

João nomeia Hervázio secretário de Esportes e Jutay pode voltar à ALPB

A esperada nomeação do deputado Hervázio Bezerra (PSB) para o secretariado do governador João Azevêdo foi publicada no Diário Oficial do Estado do último sábado (30), mas só foi disponibilizada nesta terça-feira (2). O parlamentar foi escolhido para assumir a Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer.

Apesar de a articulação pretender contemplar o ex-deputado Lindolfo Pires (Podemos), que ficou na 2ª suplência da coligação, com a convocação de Hervázio, quem deve assumir a Assembleia é o suplente Jutay Meneses (PRB).

No início da legislatura, o socialista perdeu a disputa pela presidência da Assembleia para o deputado Adriano Galdino, também do PSB. À época, Hervázio era tido como o ‘preferido’ do Palácio da Redenção para o posto.

Após o revés, Hervázio deu sinais de que poderia se afastar para tentar retribuir o gesto do colega Lindolfo, que também já havia se licenciado na legislatura passada para lhe contemplar.

Nas eleições de 2018, Hervázio obteve 31.288 votos, e garantiu a eleição para o seu primeiro mandato. Ele já havia exercido o cargo em outras oportunidades após assumir como suplente.

 

portalcorreio

 

 

Secretário anuncia melhorias na iluminação pública de Solânea

 Em entrevista para Rádio Correio da Serra, Secretário de infraesrtutura de Solânea falou sobre investimentos em iluminação pública e ações da pasta.


Cerca de 80% da iluminação pública, na área urbana de Solânea, já foi trocada por lâmpadas de led. Essa mudança, segundo o Secretário de Infraestrutura do município, Marcus Cordeiro, é uma das prioridades do prefeito Kayser Rocha e acarreta em economia de energia para o município, mais qualidade nos serviços prestados à população e agilidade na manutenção do sistema.

Em entrevista hoje (20/03) pela manhã, Marcus falou sobre o trabalho da secretaria e enfatizou as ações nas áreas de iluminação, limpeza urbana, transporte e obras do município. Durante a entrevista, o secretário explicou à população como funciona o trabalho da secretaria e chamou a atenção em relação às notificações feitas aos proprietários das residências, que deixam escoar na via urbana seu esgoto de cozinha e banheiro. “A prefeitura vai e notifica esses moradores. São dados 60 dias para que façam as alterações quanto ao escoamento das suas águas servidas”, contou. Ele disse que além do mal cheiro e sujeira essas águas nas vias urbanas trazem outros constrangimentos para a população como o desgaste do calçamento e que busca a resolução caso a caso.

Investimentos em iluminação beneficiam comunidades

Para o prefeito Kayser Rocha, a meta é que toda a zona urbana seja atendida até o fim deste ano com as trocas de lâmpadas. “É nosso compromisso deixar 100% da área urbana ainda este ano iluminada com lâmpadas Led e seguir com o trabalho para zona rural”, enfatizou.

Sobre iluminação pública, Marcus informou que duas mil lâmpadas comuns já foram trocadas por Led, o que gera em média, uma economia de 40% no consumo de energia. “A lâmpada de Led custa quatro vezes mais do que a comum, mas com planejamento já sentimos essas mudanças nas comunidades, onde diminuíram os problemas de iluminação”. Entre os locais que já foram beneficiados estão os dois lados do entorno do Binário, os Conjuntos Epifânio Plácido, Santa Mônica e Padre Leonardo, Loteamento Jardins, Distrito de Santa Fé e Ruas Padre Pinto, Belízio Pessoa, Cinco de Agosto, João Lali, Jatobá entre outras. Além das comunidades Bela Vista e Baixio.

Ascom-PMS