Arquivo da tag: secretária

Em parceria com a Popular Ótica, Cristina de Chagas leva caravana de serviços ao distrito de Roma

A ex-vereadora, Cristina de Chagas, em parceria com a Popular Ótica, levou ao Distrito de Roma, em Bananeiras, mais um projeto que beneficiou os moradores da localidade. Uma caravana de serviços que deu assistência aos mais carentes.

A ação, totalmente de graça, levou o oftalmologista Flávio Carvalho e sua equipe até o Distrito de Roma, onde várias pessoas foram atendidas. Foram oferecidos serviços como identificação de catarata, pressão do olho, limpeza e manutenção de óculos, exame normal de vista, entre outros.

“Ficamos muito felizes em sempre procurar atender a todos que precisam. da melhor maneira. Agradeço de coração a todos que participaram dessa ação, que se torna, a partir de agora, uma caravana de ação. Nossos próximos locais serão os distritos de Cajazeiras e Alagamar,” destacou Cristina de Chagas, ex-vereadora e atual secretária executiva da Mulher de Bananeiras.

Redação FN

 

 

Secretaria realiza mapeamento dos tipos de vírus da dengue na PB

Com a chegada do verão, aumentam os casos das arboviroses transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti e uma das maiores preocupações da saúde pública está relacionada ao vírus da dengue. Nesta segunda-feira (27), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) publica uma nota direcionada aos 223 municípios para reforçar a necessidade de seguir os protocolos de diagnóstico e notificação do tipo de vírus, em caso de quadro de dengue. A medida, que tem o apoio do Ministério Público da Paraíba (MPPB), visa reforçar o mapeamento viral e nortear ações de combate à doença no Estado.

No início deste ano, o Ministério da Saúde emitiu um alerta de que 11 estados podem sofrer um surto de dengue no primeiro trimestre e a Paraíba está entre eles. A importância da confirmação laboratorial da doença é o principal ponto de recomendação aos profissionais de saúde, sendo complementar a prova do laço, a qual evidencia as manchas avermermelhadas na pele, características do vírus. No caso da dengue, a SES reforça que sejam realizados os exames padrão: isolamento viral (NS1), sorologia para dengue e hemograma.

A importância em saber o tipo de vírus que circula no Estado está diretamente ligada aos efeitos da doença na população. “A resposta do organismo é diferente para cada tipo de dengue, a pessoa pode ser infectada com dois ou mais tipos de vírus, em ocasiões diferentes, e apresentar um quadro com sintomas mais agravados em cada uma delas, daí a importância de saber o vírus que está circulando”, enfatiza a gerente da Vigilância em Saúde da SES, Talita Tavares.

O exame para isolar o tipo do vírus da dengue precisa ser feito até o quinto dia após o paciente apresentar os sintomas. Depois deste período, o vírus não estará mais na corrente sanguínea e o resultado do exame será apenas positivado para dengue. A chefe do setor de virologia e imunologia do Lacen, Dalane Loudal, reforça que a coleta de sangue para isolamento é um procedimento padrão em quadros de dengue. “Nós temos um manual de procedimento e capacitações contínuas em relação aos procedimentos da dengue a nota vem para reforçar a necessidade dos exames serem encaminhado para o Lacen”, explica Dalane.

Ainda de acordo coma chefe da virologia e imunologia do Lacen, o exame para isolar o vírus da dengue é de alta complexidade e precisa de um acondicionamento especial até chegar ao Lacen e para ser encaminhado o laboratório de referência (Fiocruz em Pernambuco). “A estimativa é de que até o final do mês estaremos fazendo tudo aqui na Paraíba, o que dará mais celeridade às notificações”, finaliza a representante do Lacen – PB.

A Vigilância em Saúde recomenda aos usuários do SUS que busquem o serviço de saúde ainda no início dos sintomas sugestivos para a dengue, ou de outras arboviroses, para que a testagem seja feita ainda com o vírus circulando no organismo (antes do quinto dia de viremia). O início precoce do tratamento evita o agravamento da doença.

PB Agora

 

 

Paraíba reduz em mais de 60% o número de ataques a bancos em 2019, diz secretaria

O número de assaltos a bancos foi reduzido em cerca de 60,52% na Paraíba, em um ano. Dados do Anuário da Segurança Pública, divulgados pela Secretaria de Estado e da Defesa Social, apontam que em 2018 foram registrados 76 casos. Já em 2019, 30 casos foram notificados.

Ainda em 2019, foram registrados seis furtos com uso de explosivos e quatro roubos. A quantidade é aproximadamente 72% menor do que a notificada em 2018, com o registro de 58 casos.

O percentual também é menor do que o apresentado em 2017, com 81 casos de furtos com explosões, cerca de 80% de casos a mais se comparados com a taxa do ano passado. Também foram registrados 10 furtos com arrombamentos e quatro roubos em 2019.

Conforme o relatório, em cinco anos, a redução foi de aproximadamente 68% de ataques a bancos. Em 2014, foram registrados 94 casos. Deles, 52 foram de furtos com explosões, 28 de furtos com arrombamentos e 14 de roubos.

O ano com o maior índice de notificações foi 2016, com 120 registros. Deles, 89 foram de furtos com explosões, 28 de furtos com arrombamentos e três de roubos.

G1

 

Bolsonaro decide demitir Roberto Alvim da Secretaria de Cultura

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o secretário de Cultura, Roberto Alvim, após a polêmica referências ao nazismo em vídeo divulgado nas redes sociais. Segundo o Estado apurou com auxiliares próximos de Bolsonaro, a situação de Alvim ficou “insustentável”. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, já foi comunicado da decisão. O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Ramos, avisou os líderes do Congresso que o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros deve anunciar a demissão do secretário. Após a repercussão do vídeo, políticos e famosos se pronunciaram sobre o assunto. “O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, afirmou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ).

“Eles nem se escondem mais”, escreveu o músico Marcelo D2. “Ao empregar parte de texto de Goebbels e ópera de Wagner, fundo musical preferido de Hitler,para noticiar seus planos para a cultura brasileira, Roberto Alvim, Secretário de Cultura ,escancara de vez a face Neonazista e criminosa deste DESgoverno de @jairbolsonaro ! Inaceitável!”, comentou a deputada federal Erika Kokay (PT-DF).

Isto É

 

 

Cristina Carvalho, ex-vereadora e atual secretária Executiva da Mulher de Bananeiras faz balanço de 2019

No último dia 31 de dezembro de 2019 a ex-vereadora e secretária Executiva da Mulher de Bananeiras, Cristina Carvalho, mais conhecida por Cristina de Chagas, fez um balanço das suas prestações de serviços à comunidade.

Cristina lembrou algumas das atividades realizadas no ano. “Fazendo uma reflexão do ano de 2019, vejo que alcançamos o coração de muitas pessoas por meio de projetos no qual tivemos a satisfação de desenvolver, a exemplo da realização da festa do Dia das Crianças, distribuição de cestas básicas as famílias mais carentes, ações de apoio que acontecem quase que diariamente quando somos procurada pelas famílias bananeirenses e outras ações praticadas também pela nossa família”, comentou Cristina.

Ela ainda falou da iniciativa do Projeto do Sopão iniciado na comunidade de Roma de Baixo. “No último dia do ano também iniciamos o “Projeto do Sopão em Roma de Baixo”, onde beneficiará mais de 50 famílias carentes. De forma que nosso trabalho tem chegado às mais diversas localidades como: Distrito de Roma, Sítio Cajazeiras, Salto do Bode e Roma de Baixo. Temos a certeza que proporcionamos alegrias e um sentimento de união imensurável. Então só temos que agradecer a Deus por poder ajudar as pessoas e pelo carinho recebido quando visitamos as comunidades em nosso município’, complementou Cristina.

Redação FN

 

 

João Azevêdo anuncia que Secretaria da Saúde vai encerrar todos os contratos com Organizações Sociais

O governador João Azevêdo concedeu entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (23) no Palácio da Redenção, em João Pessoa, após os recentes desdobramentos da Operação Calvário. Na oportunidade, ele anunciou que a Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba irá encerrar todos os contratos com Organizações Sociais até o mês de fevereiro, de acordo com cronograma já feito.

Já no próximo dia 28 de fevereiro deverá ser encerrado o contrato com o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. A Secretaria de Saúde deverá assumir a gestão do hospital.

A expectativa do governador é que a Assembleia Legislativa da Paraíba aprove até fevereiro a criação da PB Saúde. Assim que os deputados aprovarem a criação da empresa, ela deverá gerir as unidades de saúde no Estado.

Ele apontou ainda que a proposta de acabar com os contratos com as Organizações Sociais “tem como objetivo resolver dois problemas, a questão das OS’s e a questão dos codificados”.

A coletiva de imprensa convocada pelo governador João Azevêdo aconteceu na manhã desta segunda-feira para enfatizar as ações que vêm sendo tomadas desde o início das investigações da Operação Calvário, sobre irregularidades na gestão da saúde na Paraíba. Todos os secretários de Estado acompanharam o governador durante a coletiva, no Palácio da Redenção.

 

clickpb

 

 

Secretária Maryjanne Macedo fala sobre Saúde e Assistência Social em Bananeiras

A Secretária de Saúde e Desenvolvimento Social do município de Bananeiras, Maryjanne Macedo, esteve nesta quinta-feira (12), concedendo entrevista aos radialistas Eraldo Luís e Júnior Campos na Rádio Integração.

Na oportunidade, fez um balanço geral sobre as pastas de Saúde e Desenvolvimento Social, falando sobre os avanços de 2019, apesar de um período de crise financeira e ressaltou que, com mais de 20 mil atendimentos realizados em 2019, o Hospital Municipal Clóvis Bezerra Cavalcanti tem sido atuante na saúde da população.

A Secretária também falou sobre a Policlínica do município de Bananeiras com 14 especialidades médicas que, realizou cerca de 3.500 atendimentos até o mês de novembro. Além de 9 unidades de saúde com equipe completa disponibilizadas a população, com a oferta de saúde básica e bucal também no período noturno.

Até o momento, 40 mil exames laboratoriais realizados em 2019, após a descentralização dos serviços, através do projeto Laboratório sobre rodas. Ambulâncias, veículos, Nas Farmácias básicas, mais de 42 mil dispensações de medicamentos até o mês de outubro, um aumento de 33,22% quanto ao ano anterior.

Em entrevista, a Secretária de Saúde mencionou os novos desafios devido as modificações exigidas pelo Ministério da Saúde para 2020 sobre custeio e financiamento da atenção básica, além do projeto de novas especialidades no prédio da UPA.

A respeito da pasta de Desenvolvimento Social, Maryjanne parabenizou o Prefeito Douglas Lucena, por priorizar a assistência social e manter os serviços do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos com recursos próprios, após a falta de repasses do Governo Federal.

Finalizando a entrevista, a Secretária pontuou as ações do Centro de Referência a Assistência Social (CRAS), que realizou 5000 atendimentos este ano, ofertando cursos para gestantes e beneficiárias do Programa Bolsa Família; o ACESSUAS que forneceu oficinas de qualificação ao trabalho, sempre pontuando uma das bases da gestão, a qualificação da população e o CREAS que realiza uma ação de extrema importância no município.

São diversas ações que priorizam um melhor atendimento e suporte para a população, descentralizando serviços, buscando oportunizar a todos e facilitar o acesso. Que em 2020 estejamos juntos, trabalhando ainda mais por Bananeiras, por uma sociedade mais justa e igualitária, disse a Secretária Maryjanne Macedo.

Ascom – PMB

 

Cachoeira do Roncador, em Bananeiras, seca e secretária pede socorro às autoridades

A secretária do Meio Ambiente de Bananeiras, no Brejo paraibano, Késsia Melo, fez um alerta e um pedido de socorro às autoridades do setor. A Cachoeira do Roncador, famosa pelas suas belezas, secou numa prova concreta da degradação do meio ambiente provocada pelo mau uso humano e pela falta de ações educativas e preventivas mais contundentes.

“Hoje estive na Cachoeira do Roncador e a cena é de tristeza e lamento”, desabafou Késsia Melo acrescentando: Os órgãos ambientais aparecem, mas para multar. Para fazer prevenção, plano de desenvolvimento com os proprietários inseridos na Unidade de Conservação [UC] não aparecem. O Roncador pede socorro”, clama a secretária.

Conforme explicou Késsia em suas redes sociais, a Área de Proteção Ambiental (APA) do Roncador foi criada por Decreto Estadual n° 27.204, 06/06/2006. O local possui uma área de 6.133.00 hectares abrangendo os municípios de Bananeiras, Borborema e Pirpirituba.

“De acordo com o SNUC [Sistema Nacional de Unidades de Conservação] as UC devem ter seu plano de manejo e seu conselho gestor, coisas inexistentes em uma APA de mais de 13 anos de existência. Existe um total abandono do estado às unidades de conservação e à população inseridas nelas, motivo que tem degradado esse ambiente de Mata Atlântica de altitude e prejudicado o turismo e, consequentemente, a economia local”, desabafou a secretária.

Redação FN

 

 

Secretaria de Estado da Fazenda apreende produtos irregulares durante fiscalização, em Guarabira

Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) intensificou as fiscalizações nas cinco gerências regionais do Estado com a “Operação Fim de Ano”. Nos últimos dois meses do ano, as movimentações de transportes de cargas crescem devido às festas de Natal e do Ano Novo. A operação visa coibir a circulação de mercadoria com documentação fiscal irregular sem o devido recolhimento do ICMS.
A 2ª Gerência Regional da Sefaz, com sede em Guarabira, realizou uma série de autuações, incluindo cargas de feijão, cachaça, peças de motos, material de construção, brinquedos, bijuterias, confecções, colchões, dentre outros produtos apreendidos. Essas mercadorias com irregularidade fiscal renderam em tributo e multa mais de R$ 200 mil aos cofres do Estado.
Fiscalização ostensiva no Brejo – O gerente da 2ª Gerência Regional da Sefaz, Anivaldo Azevedo Filho, revelou que a operação tem realizado “fiscalização ostensiva” em diversos locais do Brejo paraibano.
“Devido ao aumento do consumo pela proximidade das festas fim de ano, a operação objetiva coibir as principais irregularidades como, por exemplo, mercadoria sem documento fiscal, fraudes, NF-e inidônea, mercadorias destinadas a empresas não cadastradas. A operação acontece em toda a Região, com ênfase nas principais rodovias de circulação de mercadorias (PB 073, BR 104, PB 057), incluindo as ações de fiscalização do setor de mercadoria em trânsito. Essas ações fiscais se baseiam na intensificação do Comando Fiscal, que realiza blitz em pontos estratégicos da Região com ações continuadas que objetivam dar prosseguimento iniciadas no Trânsito”, apontou.
Fiscalização será ainda mais eficiente – Segundo Anivaldo Azevedo, “a operação teve como objetivo também iniciar a aplicação de novas metodologias que serão implementadas no próximo ano pela Gerência Executiva em conjunto com a Gerência Operacional de Mercadorias em Trânsito nas Cinco Gerências Regionais, tendo como foco o maior monitoramento das rodovias com apoio da tecnologia da informação”, adiantou.

 

Fonte: Wscom

 

 

Sobe para 44 o número de casos de sarampo confirmados na Paraíba, diz secretaria

Subiu para 44 o número de casos de sarampo confirmados na Paraíba até esta sexta-feira (29), de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Dezesseis casos foram confirmados em João Pessoa, cinco em Sousa, três em Campina Grande, três em Bayeux, três em Santa Rita, dois em Santa Cecília, dois em Barra de São Miguel, dois em São Miguel de Taipu, um em Imaculada, um em Cabedelo, um no Congo, um em Guarabira, um em Lagoa Seca, um em Bananeiras, um no Conde e um em Santa Cruz. Até o dia 18 de novembro, o número de casos confirmados era 40.

Ao todo, 321 casos já foram notificados, com o descarte de 172 casos. Outros 105 casos seguem em investigação. De acordo com a SES, 56,9% dos casos confirmados correspondem a contaminação de crianças menores de 5 anos, com 14 casos, e adultos jovens de 20 a 29 anos, faixa etária com 11 casos registrados.

Ainda conforme a secretaria, no dia 30 de novembro deve ocorrer o “dia D” de vacinação para o público-alvo. A vacina contra o sarampo está disponível gratuitamente na rede pública de saúde.

Vacina está disponível em USFs

Em João Pessoa, de acordo com a prefeitura, a vacina está disponível em todas as Unidades de Saúde da Família (USF), Policlínicas Municipais e no Centro Municipal de Imunizações, localizado no bairro da Torre, de segunda à sexta-feira.

Já em Campina Grande, 15 unidades de saúde funcionam durante o horário do almoço para oferecer o serviço de vacinação. O objetivo da ação é atender as pessoas que trabalham em horário comercial e não têm tempo para tomar a vacina.

G1