Arquivo da tag: SBT

Raul Gil comenta ‘saída’ do SBT e apoio para continuar na emissora: “Obrigado”

Raul-GilRaul Gil comentou no início da edição do programa deste sábado (18) sobre as notícias da sua saída da emissora. O apresentador esclareceu que as informações eram verdadeiras, mas permaneceu no SBT por causa de pedidos da equipe e, principalmente, da família.

“Vocês sabem que muitas fofocas saíram, mas eram verdadeiras. Eu estava saindo do SBT. Eu até falava ‘estou na minha última temporada’, como dizia Jô Soares. Mas, na verdade, o Raul Gil continua no SBT. Renovação de contrato”, disse.

O apresentador agradeceu o apoio para permanecer na emissora. “Eu quero agradecer os diretores do SBT que forçaram praticamente: ‘Raul Gil você não vai embora’ […] E a minha família. A minha família foi a que mais falou”, desabafou, agradecendo Silvio Santos e toda família Abravanel.

observatoriodatelevisao

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Record, SBT e RedeTV! preparam corte de sinal e armam guerra contra a TV paga

silvio e edirA briga entre a Sky e a Fox foi só um aperitivo do que executivos de três das maiores redes do país preveem para os próximos meses. Unidas na Simba, uma empresa criada no ano passado após aprovação do Cade, Record, SBT e RedeTV! planejam começar a cortar seus sinais das operadoras de TV por assinatura em abril, após o apagão analógico em São Paulo, maior mercado do país. Advogados de ambas as partes já se preparam para uma guerra que deve terminar nos tribunais.

Nesta semana, a Simba começou a enviar às operadoras uma proposta comercial. No documento, informa que, com o fim da TV analógica, a legislação permitirá às redes abertas cobrarem pelos seus sinais digitais e que, por isso, já quer abrir negociações em nome de Record, SBT e RedeTV!.

Juntas, as três redes detêm 19,7% da audiência de todos os canais, entre abertos e pagos, no cabo e no satélite, de acordo com dados de dezembro. Mais relevantes do que elas, só a Globo (30,7%). Os canais da Fox, que geraram centenas de ameaças de cancelamento de assinatura à Sky na semana passada, tiveram 3,43% da audiência da TV por assinatura em dezembro.

As emissoras de TV já sabem que as operadoras irão recusar qualquer negociação para pagar pelos sinais abertos, que são gratuitos. As operadoras estão dispostas a pagar para ver o que acontecerá, uma vez que estar na casa do assinante de TV por assinatura, quase 30% da população do país (e justamente a mais rica e educada), também é importante para as redes abertas, que vivem de publicidade.

Todas as operadoras, das gigantes Net e Sky às nanicas, foram contra a aprovação da Simba, joint venture das três redes, durante processo no Cade (Conselho Administrativo de Direito Econômico), no ano passado. Seus argumentos vão do caráter gratuito da TV aberta, que são concessões públicas, ao desequilíbrio econômico e ameaça à concorrência.

As emissoras abertas também estão dispostas a pagar para ver se as operadoras resistem à perda de clientes, que exigirão seus sinais. Elas se sentiram fortalecidas com a posição da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) de que, para compensar a saída da Fox, a Sky deveria oferecer novos canais similares ou reduzir o preço da mensalidade paga pelo assinante.

Executivos da Record, SBT e RedeTV! dão como certo que não haverá acordo com as operadoras e que, em abril, suas frequências serão cortadas em São Paulo, onde opera a Net, a maior do país. A Net, uma das maiores opositoras da aprovação da Simba no Cade, já sinalizou que não aceita pagar pelos sinais abertos.

O corte na TV paga ocorrerá assim que o sinal de TV analógico, cuja distribuição é obrigatória e gratuita no cabo, for desligado na Grande São Paulo, o que está previsto para 29 de março. Depois virão Goiânia (31 de maio) e as regiões metropolitanas de Recife, Salvador, Fortaleza e Belo Horizonte (26 de julho). Em um primeiro momento, o corte de sinal será apenas na Grande São Paulo.

Os dirigentes das TVs abertas têm um “padrinho” muito forte: o bispo Edir Macedo. O dono da Record, segundo altas fontes, está convencido de que é justo as operadoras pagarem por seus sinais de alta definição, uma vez que já remuneram a Globo, e de que essa receita é relevante _as redes estimam que podem faturar de R$ 360 milhões a R$ 1 bilhão por ano.
noticiasdatv

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Vice-líder, Ratinho está batendo um bolão na programação do SBT

imagem: Fabio Braga/Folhapress
imagem: Fabio Braga/Folhapress

O SBT pode se queixar de tudo, menos dos resultados de audiência que o Ratinho continua apresentando, ao longo do ano, nas exibições do programa ao vivo, ou em inícios de temporada, caso dos dias atuais, com as suas edições gravadas.

Fato que, nesses tempos de agora, chama ainda mais atenção, devido à forte queda do número de aparelhos ligados durante as férias e também por causa do calor. Ainda assim, mesmo com tais fatores jogando contra, em várias ocasiões ele tem chegado à marca de 12 pontos. Grandeza.

Ratinho, como o próprio Silvio Santos, para usar um exemplo da mesma casa, é mais um desses casos que consegue fazer sucesso na televisão como ele mesmo. O “Programa do Ratinho”, se é que existe um programa, como bastante, começa e termina com a figura dele.

Além disso, no confronto com a Xuxa, ano passado, ele ganhou simplesmente todos os duelos, ocupando a vice-liderança.

Manuela Scarpa/Brazil News
Simone e Simariaimagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Fala sozinho
A crise, ao que parece, passa longe do mercado musical, ou pelo menos de alguns dos seus poucos setores. Só em microfones, para usar em seus shows, a dupla Simone e Simaria gastou R$ 260 mil. Aliás, um equipamento que para o Wesley Safadão não é nenhuma novidade. Ele já usa há algum tempo.

Procura-se
A direção da Record – Rio de Janeiro continua em busca de um local para instalar a base móvel do seu jornalismo.

É a prioridade número um do setor, antes mesmo de se pensar em maior participação nos informativos da rede. A distância da redação e estúdios em Vargem Grande é vista como principal empecilho para a execução de um melhor trabalho.

RSVP
Band já está com a sua lista de convidados vips para o camarote em Salvador praticamente pronta. Algo mais restrito aos anunciantes e grandes agências de propaganda.

O convite inclui, entre outros lazeres e formas de conforto, transportes aéreo e terrestre, além de hospedagem no Othon de Ondina.

Inventando moda
Silvio Santos, já de algum tempo, deixou de usar o microfone pregado na gravata. Uma mania que vinha desde os tempos de TV Paulista, que ele sempre apresentou certa resistência em largar.  Agora, como próximo desafio, algumas pessoas próximas a ele querem fazê-lo se apresentar sem a gravata.

Bichos
O Animal Planet estreia neste sábado, às 18h50, a série “Emergência Pet”, em 16 episódios, que segue a rotina de uma emergência hospitalar veterinária, especializada em cães e gatos, que assim como um hospital para humanos, realiza cirurgias, primeiros socorros e consultas.

Coproduzida por Discovery Networks e Mixer, tem roteiro de Márcio Tadeu e direção-geral de Rodrigo Astiz.

Tirando onda
José Luiz Datena, depois de deixar a barba crescer durante suas férias em Florianópolis, apareceu esses dias a bordo de um cavanhaque no “Brasil Urgente”.

Mas trata-se de um cavanhaque com prazo de validade. Ele vai começar a desaparecer aos poucos, já a partir deste final de semana.

Série olímpica
Depois de “Um Sonho de Ouro”, a Globo estreia neste domingo, no “Esporte Espetacular” a série “Dia Dourado”, que vai contar como foi o dia dos atletas brasileiros que subiram no lugar mais alto do pódio nos Jogos Olímpicos do Rio.

Da hora em que acordaram até o momento em que ouviram o hino nacional com a medalha no peito. O primeiro episódio é com o Bruninho, levantador do time de vôlei.

Desaparecido
Personagem do Otávio Augusto, o político César Venturini, com participação esvaziada nos últimos capítulos, continua em “A Lei do Amor”. A afirmação é da diretora Denise Saraceni.

Só um toque
É preciso, antes de tudo, que Maria Adelaide Amaral, Vincent Villari e o agora consultor Ricardo Linhares, se convençam que “A Lei do Amor” tem uma trama estabelecida. E boa. Reparos, invariavelmente, são necessários e rotineiros em qualquer novela. O que não pode, com ela em curso, é querer inventar uma outra novela, como tem acontecido.

Raquel Cunha/Divulgação/TV Globo
Laila (Laila Garin) recebe Jorginho (Marcello Antony) em “Rock Story”imagem: Raquel Cunha/Divulgação/TV Globo

Antony de volta
Marcello Antony começou a gravar participação em “Rock Story”.

Ele interpreta Jorginho, o músico com quem Laila (Laila Garin) fugiu para o Japão e abandonou Gordo (Herson Capri). Jorginho está de passagem pelo Brasil e procura Laila, tentando se reaproximar da ex.

Bate – Rebate

• A já conhecida “Roda de Samba” do “SPTV 1ª edição” na Globo começa neste sábado, com a apresentação dos enredos de Tom Maior e Mancha Verde…
• …Anuncia-se, ainda, para o dia 12, a estreia da série “Vanguarda e Tradição” no “Bom Dia São Paulo” e no “SP2”, além de mais espaço para os blocos de rua durante a cobertura do carnaval.
• O “Balanço Geral DF”, da Record, atingiu ontem 10 pontos de média e 14 de pico, além de ficar 46 minutos na liderança e abrir 4 pontos de vantagem ante a Globo…
• … Foi o melhor desempenho desde a estreia do Marcão, em setembro.
• TV Cultura apresenta com exclusividade, neste sábado às 21h30, o Concerto de Ano Novo da Filarmônica de Viena.
• O SBT Interior tem agora Fernando Verdasca cuidando da sua parte de imprensa…
• … Profissional experiente, ele tem realizado um trabalho dos mais efetivos na divulgação das programações regionais…
• … Uma tarefa que nem sempre recebeu atenção por parte das emissoras. Merece destaque.
• Na parte que diz respeito à sua direção, a Bandeirantes está às moscas…
• … Com o número um, Johnny Saad, em férias, todos os demais diretores também deram uma alça em suas atividades nessas primeiras semanas do ano…
• … Acredita-se que, a partir da próxima segunda-feira, todos deverão retornar aos seus postos.
• O jornalismo da Globo e Globo News, com o decorrer dos tempos, irá ampliar seus laços de atividades…
• … Haverá um estreitamento ainda maior nas relações de trabalho, que hoje já é dos mais significativos.
• Se já não bastasse tudo que vem acontecendo e sendo alterado, “A Lei do Amor” terá duas mortes nos próximos capítulos…
• …No caso, dos personagens de Regiane Alves e Tarcísio Meira.

*Colaboração de José Carlos Nery

tvefamosos

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

SBT fecha como vice-líder nacional de ibope pelo 11º mês consecutivo

silvio-santosDados exclusivos de audiência mostram que a emissora de Silvio Santos fechou outubro com 5,5 pontos de média, em segundo lugar isolado na Painel Nacional de Televisão. Foi o 11º mês consecutivo em que o SBT manteve o posto.

O PNT abrange as 15 principais regiões metropolitanas do país. A medição da Kantar Ibope, obtida pela coluna, contempla as 24 horas do dia.

Ainda que apenas nas casas decimais, o SBT deixou a Record em terceiro lugar (5,2 pontos). Ou seja, o SBT marcou cerca de 6% a mais que a rival no período. Curiosamente, uma das maiores audiências da emissora é justamente a do programa de seu dono, Silvio Santos, quase sempre registrando dois dígitos de ibope.

Na liderança segue imbatível a Globo, com 12,8 pontos.

A Band veio em quarto lugar, com apenas 1,4 ponto. E a RedeTV! em quinto, com 0,4 ponto.

Cada ponto no PNT equivale a cerca de 240 mil domicílios sintonizados, tendo cada domicílio uma média (estimada com base em dados do IBGE) de 3,3 habitantes.

Com uma programação baseada em novelas ou reprises de novelas à tarde, e produções muito mais baratas que as da Record, o SBT é a segunda emissora aberta mais vista no Brasil desde dezembro do ano passado.

twitter – @feltrinoficial

tvefamosos

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jornalista especula mudança de Sheherazade do SBT para Record

SheherazadeO jornalista Jeff Benício, do Portal Terra, escreveu, neste domingo (26), em sua coluna ‘Sala de TV’, que a jornalista paraibana Rachel Sheherazade pode mudar de emissora após descontentamento no SBT.

Sheherazade, que já tinha sido censurada nos seus comentários no  jornalismo da emissora também teria sido proibida de fazer caretas ao apresentar o ‘SBT Brasil’.

A emissora  interessada diretamente no  passe da paraibana seria a Rede Record, visando ter em seus quadros jornalísticos uma âncora midiáticas como Sheherazade.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Revoltada, Sheherazade começa a projetar sua saída do SBT

Rachel Sheherazade está tomada pela fúria. Divina ou não. A apresentadora rejeita a proibição de fazer expressões faciais no SBT Brasil. Sente-se censurada pela direção de jornalismo da emissora.

O caso eclodiu na quinta-feira (23), quando ela bufou e fez cara de enojada após a exibição de matéria sobre adolescentes que praticam sexo, engravidam e contraem doenças sexuais durante bailes funk.

Sheherazade foi convocada para uma reunião de emergência com o diretor de jornalismo do SBT, Marcelo Parada. Ele determinou o fim das ‘caretas’ de desaprovação na bancada.

A apresentadora saiu da sala inconformada. Na redação, chegou a dizer que estava sendo vítima de censura interna. O clima entre a jornalista e a equipe do SBT Brasil atingiu alto nível de tensão.

Rachel teria insinuado que poderia se queixar da nova proibição diretamente com o responsável por sua contratação, Silvio Santos, dono do canal.

Foi ele quem a trouxe da TV Tambaú, afiliada do SBT na Paraíba. Sheherazade estreou no SBT em maio de 2011. Desde então protagonizou várias polêmicas suscitadas por seus comentários diante das câmeras.

A maior delas aconteceu em fevereiro do ano passado, quando a âncora defendeu a ação de pessoas que prenderam um assaltante menor de idade a um poste, no centro do Rio. Classificou o ato de “legítima defesa coletiva”.

O comentário gerou protestos de entidades, políticos e uma ação do Ministério Público Federal contra o SBT. A repercussão negativa fez a direção da emissora suspender o espaço para opiniões pessoais no telejornal.

Evangélica e com ideologias de direita, Rachel Sheherazade não esconde as influências da religião e de seu pensamento político na atividade como jornalista, seja no SBT, na Rádio Jovem Pan, em seu blog ou nas redes sociais.

Esse posicionamento cristão e anti-esquerda (ela participou com o marido e os filhos dos protestos contra o governo e a corrupção, em março), a fazem ter muitos admiradores — e quantidade proporcional de desafetos e haters.

No ano passado, o contrato de Sheherazade com o SBT foi renovado até 2018. Houve a promessa de um programa solo, no qual ela teria 100% de liberdade para expor opiniões. O projeto não saiu do papel.

O evidente descontentamento da apresentadora com o canal de Silvio Santos projeta uma possível troca de emissora. Isso quase aconteceu em 2014, quando a Band se mostrou interessada em tê-la como estrela de telejornal ou programa de entrevistas.

O blog apurou que diretores da cúpula da Record aprovariam sua contratação. Em um momento de ascensão de audiência, o jornalismo da emissora de Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, não tem nenhum âncora tão midiático como Sheherazade.

MaisPB

Silvio Santos proíbe Sheherazade de voltar a fazer comentários no SBT

rachel-e-silvioSilvio Santos interviu diretamente nos rumos que a carreira de Rachel Sheherazade poderá tomar nos próximos meses. Isso porque o dono do SBT vetou qualquer possibilidade de a apresentadora do “SBT Brasil” voltar a fazer comentários polêmicos – proibidos desde abril deste ano. A profissional teria procurado o Homem do Baú no último dia 28, no salão do cabeleireiro Jassa, em São Paulo, para pedir que voltasse a fazer seus comentários, já que o período da Copa do Mundo e das eleições havia chegado ao fim. Foi aí que Rachel recebeu a resposta negativa do apresentador seguida de sua justificativa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo o comunicador, a alta cúpula da emissora da Anhanguera teria optado por tais mudanças para não se desgastar com a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, reeleita, em outubro. “Se o Aécio [Neves] tivesse vencido, tudo bem. Mas como a Dilma ganhou, é melhor você continuar calada”, respondeu Silvio Santos, segundo uma fonte do “Notícias da TV”.

Há quem diga também que a jornalista não terá um programa de debates, como foi comentado na mídia desde o mês de maio. Vale lembrar que Sheherazade foi foi processada pelo Ministério Público depois de dizer que achava “compreensível” a ação de um grupo de “justiceiros”, no início do ano. Além disso, o SBT não gostou nada do comportamento da apresentadora durante o período de eleições. Nas redes sociais, ela fez campanha abertamente para Aécio Neves e chegou a ser agressiva com Dilma. Relembre, nas próximas páginas, as polêmicas envolvendo Rachel Sheherazade!

 

portalmidia

Record cai com Copa do Mundo e já vê vice-liderança ameaçada pelo SBT

recordCada vez mais distante do “caminho da liderança”, a Record fechou o mês de junho empatada com o SBT na vice-liderança do Ibope da Grande São Paulo. Foi a emissora mais prejudicada pela Copa do Mundo (ou pelo boicote à televisão defendido pelo bispo Edir Macedo) e perdeu audiência em todas as faixas horárias. Durante os jogos do Brasil, chegou a ficar muito próximo do traço.

Na média das 24 horas, a queda da Record foi de 9%. A emissora oscilou de 5,3 pontos em maio para 4,8, segundo dados consolidados do Ibope. É o pior desempenho desde fevereiro, quando registrou 4,7. Com a queda, a Record empatou com o SBT, que também teve média de 4,8 em junho e caiu 6% em relação ao mês anterior.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Impulsionada pela Copa do Mundo, Globo e Band dispararam. A primeira saltou de 10,8 pontos em maio para 12,1 em junho, elevação de 12% na média das 24h. Na Band, o aumento foi de 14%. Subiu de 2,1 para 2,4. Durante os jogos do Brasil, a Record já amargou o oitavo lugar no Ibope, atrás da inexpressiva TV Brasil, do governo.

A Record caiu em todas as faixas. Entre 6h e 12h, caiu 9% (de 4,7 a 4,3) e perdeu a vice-liderança isolada que mantinha há dois meses. À tarde, entre 12h e 18h, Record e SBT têm a menor diferença desde março: 5,8 a 5,1 da rede de Silvio Santos. A Globo foi a que mais cresceu, 27%, graças aos jogos da Copa do Mundo.

Na faixa noturna, a distância da Record para o SBT é a menor em um ano. No último mês, o placar foi 7,9 a 7,4. A vantagem da rede de Edir Macedo chegou a ser três vezes maior em março (7,9 a 6,4).

Nesse período, a Record reformulou o horário nobre e estreou a novela Vitória e quatro programas: Repórter Record Investigação, Aprendiz Celebridades, Me Leva Contigo e Programa da Sabrina. Todos perderam audiência desde a estreia. A queda chega a 40%.

180 Graus

Crise nos telejornais: cai Ibope da Globo, SBT e Band; veja os números

pesquisaOs telejornais estão em crise. É o que diz o Ibope, que nunca antes, como agora, havia apresentado índices de queda generalizada em praticamente dos os principais veículos das maiores emissoras de televisão do País. Perderam pontos o Jornal Nacional, da Rede Globo, o Jornal do SBT e o Jornal da Band. Apenas o Jornal da Record se livrou da queda.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O caso que mais chama atenção, pelo tamanho do tombo, é o noticioso chefiado e apresentado por William Bonner. Confirmando a perda continuada de audiência verificada nos últimos cinco anos, o JN experimentou que, este ano, queda de 12% no Ibope, descendo aos 25,4 pontos. De janeiro a abril, o principal informativo da emissora dos três irmãos Marinho registrou média de 29 pontos. Trata-se de um declínio espetacular, uma vez que, no final da década de 1990, o JN ainda podia exibir, orgulhoso, quase 50 pontos na audiência brasileira no horário das 20h00. Esse passado glorioso, definitivamente, ficou para trás.

O Jornal do SBT, que tinha até pouco tem atrás em sua bancada a polêmica Rachel Sheherazade, não seu deu bem no Ibope com as incitações à violência promovidas pela âncora. Antes com média de 4,7 pontos de audiência, o jornal tem, agora, segundo o Ibope, 4 pontos, o que representa uma queda de 4% desde janeiro.

Na Grande São Paulo, o desastre na audiência do JN foi ainda mais forte. Nessa região central o Ibope do veículo global caiu nada menos que 9% no primeiro quadrimestre do ano, em comparação com o mesmo período de 2013. A média de janeiro a abril decresceu de 26 pontos para 23, 7.

O tombo foi maior no Jornal da Band. Na comparação dos primeiros quatro meses de 2014 com o mesmo período do ano anterior, o veículo ancorado pelo jornalista Ricardo Boechat experimentou redução de 14% em seu público, chegado agora a 2,9 pontos de média, contra 3,4 pontos no primeiro quadrimestre de 2013.

A exceção que confirma a regra de perda de audiência dos jornais das emissoras de tevê é o Jornal da Record, que no mesmo período analisado passou de 5,5 pontos para 6,3 pontos. O Cidade Alerta, comandando pelo jornalista Marcelo Resende, com notícias exclusivamente do campo policial, subiu de 5,9 pontos para 7,1 pontos.

Os especialistas apontam a internet, com sua velocidade na veiculação de informações de todos os tipos, como principal responsável pelo declínio dos grandes telejornais. Todos os dias, afinal, quase tudo que eles noticiam já foi publicado, antes, pelos noticiosos online, como Brasil 247.

Outra parcela de responsabilidade, não pequena, está nos próprios veículos. Todos muito semelhantes ao Jornal Nacional, cuja fórmula editorial data do início dos anos 1970, é fácil ver que os telejornais não se renovaram. Mudaram-se âncoras, mas a ordem sem nexo de apresentação de notícias, ausência de análise e falta de profundidade continuam sendo marcas comuns a todos eles. A seguir nesse ritmo, os antes imprescindíveis jornais de televisão perderam cada vez maior seu prestígio – e Ibope.

180 graus

Rachel Sheherazade renova contrato com SBT

sheherazade-renovaO SBT colocou um ponto final nas especulações que envolviam o nome de Rachel Sheherazade. Nesta quinta-feira, a emissora enviou um comunicado a imprensa anunciando a renovação de contrato da polêmica jornalista por mais quatro anos.

“Estou feliz em renovar com o SBT. Desejo que essa parceria possa ser duradoura e produtiva”, afirmou Rachel, que tinha tentadora proposta para se transferir para a Band e se vingar da concorrente, que lhe tirou Danilo Gentili.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Conforme prometido pela emissora de Silvio Santos, Rachel não só estará a frente do “SBT Brasil”, principal telejornal da casa, como também ganhará um programa de debates, semanal e noturno, logo depois das Eleições deste ano.

Pop

Fãs de Sheherazade criam campanha para que a apresentadora permaneça no SBT

sivio e raquel Os fãs de Rachel Sheherazade se mobilizaram por meio das redes sociais e criaram uma campanha para que a apresentadora permaneça no SBT.

Isso porque a jornalista pode fechar contrato com a Band nos próximos dias.

Em uma página criada no Facebook – já com mais de 400 mil admiradores de Rachel -, a maioria defendeu sua permanência na emissora da Anhanguera.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Enquanto alguns levantaram a bandeira de que “o lugar dela [jornalista] é no SBT’, outros criticaram o canal do Morumbi.

‘Acho que Rachel pode estar indo para a geladeira, a Band apoia o PT. Muito estranho’, comentou uma internauta. ‘Silvio Santos mostrou que está do seu lado. Acho o jornalismo do SBT melhor do que o da Band’, escreveu outra seguidora.

Funcionários de ambas emissoras já teriam garantido que a contratação da âncora pela Band pode ser anunciada na semana que vem, de acordo com o “Notícias da TV”.

Se Sheherazade, de fato, for para a Band, ela deverá ganhar R$ 350 mil por mês, R$ 100 mil a mais do que na emissora da Anhanguera. O contrato, aliás, será de quatro anos.

E seu destino na grade de programação da emissora também já foi traçado. Rachel deverá ser o terceiro membro da bancada do “Jornal da Band”, famoso por ter uma linha crítica ao governo federal, ao lado de Ricardo Boechat e Ticiana Villas Boas.

Redação com Famosidades