Arquivo da tag: São Silvestre

Atleta remigense que participou da São Silvestre recebe homenagem do Prefeito Chió

O Prefeito Chió entregou na noite da sexta-feira, (17/01), uma medalha e um certificado de Personalidade Municipal ao atleta Marcos André de Almeida. O Marquinhos do portão, como é carinhosamente conhecido em Remígio, participou da corrida de São Silvestre, na cidade de São Paulo no último dia 31/12/2013. Ele foi destaque na impressa nacional ao carregar um cartaz grande, com o nome de Remígio, e com os dizeres “eu voltei”. Participaram do evento o prefeito Chió, o vice André do Sesp, o Secretário da Agropecuária e da Pesca da Paraíba Marenilson Batista, a presidenta da câmara de vereadores Vitorinha, Francisco de Assis (Kiko), Josa Galvão e Adnael.

20140117_202408A medalha e o certificado entregues ao atleta visa premiar cidadãos que divulgam o nome e a cultura local em outros estados e cidades do Brasil e do Mundo. Para o Secretário da Agropecuária e da Pesca Marenilson Batista, a homenagem é justa, e deve ser estendida a outras pessoas que difundem o nome de Remígio.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em sua fala, o prefeito Chió lembrou do incentivo ao esporte em seu governo: “Em um ano de governo apoiamos a prática do esporte, com reforma de ginásio, campos de futebol na zona rural, distribuição de material esportivo entre as equipes e o apoio a caminhadas, como a de São Bento a Santa Fé em Arara, que acontece todo ano, no dia 19 de janeiro” – pontuou o gestor.

Marquinhos terminou a prova na posição 3589º, com um tempo de 01h 24min 11s. Segundo o atleta, este ano a preparação será maior. Já o Prefeito Chió anunciou que participará do evento, e pretende levar outros atletas para a corrida, conhecida mundialmente.

20140117_205519Na oportunidade, o prefeito Chió comunicou a câmara de vereadores o seu afastamento, e repassou o cargo simbolicamente ao vice-prefeito André do Sesp. Na próxima quarta-feira, (22/01), Chió viajará a São Paulo para participar de um curso de Gestão Administrativa. Ele ficará 14 dias afastados do cargo de prefeito.

SECOME PMR

Atleta morre durante prova de cadeirantes da São Silvestre

Paratleta momentos após a largada na esquina da Avenida Paulista com a Rua Augusta (Foto: Ricardo Biserra/VC no G1)

O paratleta Israel Cruz Jackson de Barros morreu na manhã desta segunda-feira (31) em São Paulo depois de sofrer acidente na Prova dos Cadeirantes da São Silvestre, a tradicional corrida de rua do final do ano.

Bicicleta paratleta morto cadeirante (Foto: TV Globo)Bicicleta de Israel, após o acidente (Foto: TV Globo)

Ele perdeu o controle da cadeira ao descer a ladeira da Rua Major Nataniel e se chocou contra o muro do estádio do Pacaembu. O atleta foi levado à Santa Casa de Misericórdia, onde deu entrada às 7h35 e morreu às 8h50, segundo o hospital.

acidente são silvestre (Foto: G1)

Documento da Santa Casa encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) indica que ele teve um “trauma toráxico”, mas não especifica a causa da morte. Segundo o documento, Israel tinha 44 anos. De acordo com familiares, ele tinha 41.

Acidente em 1985
Israel Cruz, como é conhecido, é de Ananindeua (PA), na região metropolitana de Belém.

Em seu blog pessoal (israelcruzox.blogspot.com.br), Israel Cruz se apresenta como atleta de Cristo e diz que teve a perna amputada após sofrer um acidente há 27 anos: “No dia 15 de outubro de 1985 às 17:00 h, minha irmã me pediu que a ensinasse a andar de bicicleta. Foi aí que inventei uma brincadeira, corria na bicicleta e minha irmã tinha que sentar na garupa, na terceira vez que corri com muita velocidade, minha irmã puxou a garupa da bicicleta, a manete da bicicleta entrou na minha coxa do lado esquerdo perfurando e atingindo a veia femural”.

Ele diz que passou por quatro cirurgias e, ao final, teve a perna amputada. “Aqui me tornei uma pessoa com deficiência”, escreveu. Ele diz que, aos 22 anos, tornou-se um paraatleta, jogando basquete em cadeira de rodas no Pará, e, aos 23 anos, estreou no atletismo.

Nota oficial
Leia a seguir a nota oficial do Comitê Organizador da 88ª Corrida Internacional de São Silvestre:

“O Comitê Organizador da 88ª Corrida Internacional de São Silvestre comunica o falecimento do atleta Israel Cruz Jackson de Barros, inscrito na categoria Cadeirante masculino. O fato ocorreu em razão de um acidente durante a prova realizada na manhã desta segunda-feira, em que o atleta se chocou contra o muro do Estádio do Pacaembu.

O atleta, segundo outros participantes, teria perdido o controle de sua cadeira na descida sofrendo uma queda muito forte. Prontamente atendido pela equipe médica do evento, que estava próximo ao local, Israel foi depois levado à Santa Casa de São Paulo ainda consciente, às 7h35, foi atendido pela equipe do hospital, mas, infelizmente, nao resistiu em razão da gravidade dos ferimentos e faleceu às 8h50.

O atleta estava devidamente inscrito na prova, obedecendo os critérios de seleção do evento cujas inscrições foram feitas pela Fundação Cásper Libero e supervisionadas pela organização técnica do evento e pela ADD – Associação Desportiva para Deficientes.

O Comitê Organizador está acompanhando o caso juntamente com a ADD para atendimento à família do competidor, uma vez que o mesmo não residia na Capital”.

G1