Arquivo da tag: Santa Rita

Oito suspeitos de estupro coletivo em Santa Rita são detidos pela polícia, na Paraíba

Oito pessoas suspeitas de participação no estupro coletivo de uma mulher de 21 anos, na madrugada de domingo (13), em Santa Rita, foram presos nesta segunda-feira (14) na Comunidade do Cadeado, também em Santa Rita. De acordo com informações do coronel Pablo, comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar, os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Mulher, para prestarem depoimentos e passarem por reconhecimento por parte da vítima.

A delegada Paula Monalisa ouviu os suspeitos durante toda a tarde, mas a Polícia Civil não confirma se todos devem permanecer detidos por envolvimento no crime. Segundo testemunho da mulher à delegada, sete pessoas agrediram o marido dela e três teriam praticado o estupro. Nenhum dos detidos foi reconhecido por ela, inicialmente.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, os policiais estiveram na casa onde aconteceu o estupro, na localidade conhecida como Matadouro. Na casa de um dos suspeitos foi apreendido cerca de meio quilo de droga, ainda de acordo com a PM. Segundo o coronel Pablo, os suspeitos foram encaminhados para delegacia para prestar depoimentos sobre o estupro.

Inicialmente, no domingo (13), a Polícia Militar informou a participação de seis suspeitos no estupro coletivo. Em depoimento, nesta segunda, a vítima contou que cinco homens tinham participado do crime. Durante a operação deflagrada pelas Polícias Militar e Civil, sete suspeitos foram detidos e encaminhados para Delegacia de Mulher em Santa Rita.

A vítima prestou depoimento à Delegacia da Mulher ainda na noite do domingo, em João Pessoa. A mulher, de 21 anos, contou à Polícia Civil, em depoimento, que estava em casa quando o marido dela chegou.

Assim que entrou na residência, o homem foi puxado para fora pelos suspeitos e foi espancado até desmaiar. Em seguida, o grupo invadiu a casa, tirou a mulher do local e levou ela em um carro até um local conhecido como “matadouro”. No local, a mulher contou que foi estuprada por cinco homens.

De acordo com a delegada, os suspeitos estavam muito alterados e drogados, conforme o relato da vítima à polícia. Uma das linhas de investigação apontam para uma possível vingança contra o marido da vítima, que é presidiário e cumpre pena em regime semiaberto, mas a motivação do crime ainda é incerta e será investigada.

A mulher, logo após o crime, foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde recebeu os primeiros atendimento e teve alta ainda no domingo. Nesta segunda-feira (14), ela foi encaminhada para a Maternidade Cândida Vargas, onde passa por uma profilaxia e seguia em observação médica. Em seguida, ela deve ser encaminhada para um abrigo.

O marido dela, de 33 anos, que foi espancado, permanece internado no Hospital de Trauma da capital. Ele passou pelos procedimentos médicos de emergência e segue internado, em quadro clínico considerado estável.

G1

 

Polícia encontra corpo com pés decepados e mãos amarradas em Santa Rita

Atendendo uma chamada, a polícia encontrou ontem (02), o corpo de um homem com os pés decepados e mãos amarradas em uma área próxima ao aeroporto no município de Santa Rita.

De acordo com a perícia, o homem foi morto na madrugada do domingo para segunda-feira com perfurações de arma branca. O corpo ainda não foi identificado.

A polícia também investiga as motivações do crime.

pbagora

 

 

Homem morre após ter cabeça esmagada em atropelamento na BR-230 em Santa Rita

Um homem morreu, na noite desta segunda-feira (23), após ser atropelado, no km 36, da BR-230, em Santa Rita, na Paraíba. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 19h.

A vítima teve a cabeça esmagada pelo veículo. Ainda de acordo com a PRF, o acidente aconteceu próximo a passarela.

Por causa do acidente, uma faixa ficou completamente interditada.

 

clickpb

 

 

Suspeito de manter esposa em cárcere privado é preso, em Santa Rita, na PB

Um homem suspeito de manter a esposa em cárcere privado durante uma semana, além de agredi-la, foi preso neste domingo (18), em Santa Rita, na Grande João Pessoa. A mulher de 28 anos convivia com esse homem há mais de um ano e, na última semana, foi impedida de sair de casa. Antes disso, ela foi agredida por ele.

A mulher contou à Polícia Civil que o marido não permitia que ela saísse sozinha sequer para fazer feira, não deixava que ela conversasse com familiares, nem telefonasse para a mãe, que mora no Rio de Janeiro.

No domingo (11) da semana passada o homem saiu de casa e a deixou trancada, conforme conta a delegada Paula Monalisa. Na volta, ele percebeu que ela havia tomado banho e trocado de roupa. Com ciúmes, ele manteve a esposa durante toda a semana presa em casa e a agrediu durante a manhã.

Neste domingo (18), no entanto, ele saiu e, quando voltou, por volta das 16h, reclamou que ela havia saído para o quintal para lavar roupa. Então ele começou uma nova série de agressões, com murros e chutes que machucaram a mulher.

No momento da agressão, ela conseguiu fugir e saiu correndo pela rua. Com a ajuda de um motorista de transporte alternativo ela conseguiu sair de perto da casa para ir até uma delegacia, em Tibiri. No caminho, ela percebeu a presença de uma viatura e atravessou na frente do carro pedindo socorro.

Com a polícia, a mulher voltou até a casa onde morava, mas o homem não estava mais lá. Quando saíam do local, se depararam com o homem e a filha do casal em cima de uma bicicleta. A Polícia Militar fez a abordagem, mas o homem resistiu a prisão, desacatando os policiais. Foi preso uma equipe de cinco policiais para que o homem fosse preso.

A mulher deve ser acolhida em um abrigo enquanto recebe da mãe a passagem para ir embora para o Rio de Janeiro. Ela ficará sob custódia do estado, em uma casa com a segurança necessária. O homem foi encaminhado para a Delegacia da Mulher, na Central de Polícia Civil.

G1

 

Adolescente leva tiro na cabeça enquanto assistia a jogo em Santa Rita

Um adolescente de 19 anos ficou ferido na noite de ontem (1º) em um ginásio na cidade  de Santa Rita, na Grande João Pessoa. As investigações da polícia apontam que a vítima estava no local assistindo um jogo quando foi atingido com um tiro na cabeça e outro no tórax.

Logo após o ocorrido o adolescente foi socorrido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital de Emergência e Trauma. De acordo com o complexo hospitalar, o estado de saúde é considerado grave.

A polícia quer agora saber os motivos da tentativa de homicídio, até o momento nenhum suspeito foi identificado.

 

 

pbagora

 

 

Agência do INSS é invadida e documentos são revirados, em Santa Rita

Neste sábado (27), uma agência do INSS da cidade de Santa Rita foi invadida por bandidos.

À procura do que levar, os assaltantes reviraram todos os documentos e até sacos de café foram abertos e o pó espalhado por todo o local.

A Polícia Federal investigará o caso.

Uma perícia foi realizada no local para saber ao certo o que os criminosos levaram, mas o resultado não foi divulgado.

PB Agora

 

 

Motocicletas pegam fogo após colisão e deixam dois condutores mortos em Santa Rita

Duas motocicletas colidiram e pegaram fogo, na noite deste domingo (14), em Odilândia, município de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, e os condutores morreram na hora.

As motocicletas bateram de frente. Linaldo Rodrigues da Silva, de 32 anos, e Robson francisco Dantas, de 23, não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas, mas não tiveram chance de socorrer as vítimas. As motocicletas ficaram em chamas por algum tempo após o acidente.

 

clickpb

 

 

Homem é morto a tiros dentro do carro, em Santa Rita, na PB

Um homem foi morto a tiros dentro do carro, na manhã desta sexta-feira (12), no Centro de Santa Rita. A Polícia Civil trabalha, inicialmente, com a suspeita de tentativa de assalto. Segundo o delegado João Paulo Amazonas, o crime aconteceu perto da casa da vítima.

Conforme informações da Polícia Civil, Rivelino Izídio da Silva trabalhava como motorista de transporte alternativo e tinha saído de casa quando o crime aconteceu. Quando dobrou a esquina, a vítima foi abordada pelos dois homens em uma moto.

Poucos metros depois da abordagem dos suspeitos, foram efetuados alguns disparos contra a vítima, que morreu ainda dentro do carro. Segundo testemunhas contaram à polícia, pelo menos um revólver foi utilizado na ação. A vítima não tem passagem pela polícia e as hipóteses de investigação da Polícia Civil ainda estão em aberto. Até as 10h30 ninguém foi preso.

Foto: Walter Paparazzo/G1

G1

 

Jovem é esfaqueada durante assalto, em Santa Rita, na Paraíba

Uma jovem foi esfaqueada durante um assalto, na manhã desta quinta-feira (4), no bairro do Marcos Moura, na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com informações do posto da Polícia Militar no Hospital de Trauma, a mulher estava indo trabalhar quando o assalto aconteceu.

Um homem teria chegado no ponto de ônibus, onde ela aguarda para ir ao trabalho, e anunciado o assalto. A jovem de 21 anos entregou o celular, mas mesmo assim foi esfaqueada no abdômen.

Ainda conforme informações da Polícia Militar, a jovem deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma no início da manhã e passa pelos primeiros atendimentos. Até as 6h40 o suspeito não havia sido localizado.

G1

 

Mulher é detida suspeita de aliciar sexualmente as três filhas, em Santa Rita, PB

Uma mulher de 45 anos foi presa em flagrante, nesta quarta-feira (26) suspeito de aliciar sexualmente as três filhas, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. O Conselho Tutelar foi o responsável pela denúncia.

De acordo com a Polícia Civil, as meninas de seis, nove e treze anos foram encaminhadas para o Instituto de Polícia Científica para realização de exames. Em um deles, foi constatado que uma das crianças sofreu abuso sexual.

Os vizinhos informaram à polícia que na casa onde moravam, em Cicerolândia, Zona Rural de Santa Rita, a movimentação de homens era intensa.

As jovens foram encaminhas para um abrigo e a mulher permanece detida na Central de Polícia Civil. Ela deve passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (27).

G1