Arquivo da tag: sangrando

Paraíba tem pelo menos 34 açudes sangrando nesta terça-feira (28), diz Aesa

Pelo menos 34 açudes da Paraíba estão sangrando nesta terça-feira (28), conforme dados divulgados pela Agência Executiva de Gestão das Águas do estado (Aesa). Entre os reservatórios que estão com mais de 100% da capacidade estão o manancial Bom Jesus e a barragem Pedra Lisa, localizados em municípios do Sertão do estado.

Segundo a Aesa, dos 134 açudes da Paraíba, 68 estão com capacidade superior a 20% do volume total. 20 ainda estão em observação, com menos de 20% do volume e 12 estão em situação crítica, com menos de 5% do volume.

A barragem de Pedra Lisa, localizado no município de Imaculada e é um dos reservatórios que está sangrando, tem risco de romper após alcançar 123% de sua capacidade hídrica. Aesa, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil fazem uma força-tarefa para conter o rompimento e garantir a segurança de moradores de possíveis áreas de alagamento.

Dos açudes que permanecem em situação crítica, um está completamente seco. O reservatório Mamanguape, localizado no município de São Sebastião de Lagoa de Roça, no Agreste do estado, tem capacidade para 655.375 metros cúbicos de água, mas não recebeu recarga hídrica.

O açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, que abastece Campina Grande e região, tem volume nesta terça-feira, de 306.337.367 metros cúbicos de água e está com 65,66% de sua capacidade. Conforme a Aesa, o manancial pode sangrar em 2020 de acordo com o volume de chuvas que caírem no Cariri do estado entre os meses de abril e maio.

Lista de açudes que estão sangrando na Paraíba nesta terça-feira (28)

  • Albino, em Imaculada
  • Bom Jesus, em Carrapateira
  • Cachoeira da Vaca, em Cachoeira dos Índios
  • Cachoeira dos Alves, em Itaporanga
  • Cafundó, em Serra Grande
  • Camalaú, em Camalaú
  • Caraibeiras, em Picuí
  • Catolé I, em Manaíra
  • Cochos, em Igaracy
  • Cordeiro, em Congo
  • Emas, em Emas
  • Farinha, em Patos
  • Frutuoso II, em Aguiar
  • Gamela, em Triunfo
  • Glória, em Juru
  • Jatobá I, em Patos
  • Jatobá II, em Princesa Isabel
  • Jenipapeiro, em São José da Lagoa Tapada
  • Lancha I, em Aguiar
  • Mameluco, em Ibiara
  • Pedra Lisa, em Imaculada
  • Pilões, em São João do Rio do Peixe
  • Pimenta, São José de Caiana
  • Pocinhos, em Monteiro
  • Poço Redondo, Santana de Mangueira
  • Poções, em Monteiro
  • Roçado, em Conceição
  • Santa Rosa, em Brejo do Cruz
  • Santo Antônio, em São Sebastião de Umbuzeiro
  • São Gonçalo, em Sousa
  • São José I, em São José de Piranhas
  • São José II, em Monteiro
  • Tavares II, em Tavares
  • Vazante, em Diamante

 

G1

 

 

Paraíba termina 1º bimestre de 2020 com três açudes sangrando, segundo dados da Aesa

Um levantamento feito com base nos últimos volumes registrados em açudes localizados na Paraíba mostra que o estado terminou o primeiro bimestre de 2020 com três açudes sangrando e outros 31 em situação crítica, com menos de 5% da capacidade total. Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), responsável pelo monitoramento de 134 reservatórios.

Ainda conforme os volumes extraídos do site da instituição nesta segunda-feira (2), estão sangrando os mananciais paraibanos São José II, no Cariri do estado; Lancha I e Carrapateira, no Sertão da Paraíba.

O açude São José II possui capacidade para 1.311.540 m³ de água e conta com volume atual 1.311.540 m³. Já o Lancha I possui capacidade para 5.675.800 m³ e está com aporte hídrico de 6.913.400 m³. O manancial Bom Jesus tem capacidade para 343.800 m³ e conta com volume de 365.496 m³.

Outros 43 mananciais estão em observação, com menos de 20% do volume total. Outros 57 estão com volume maior que 20% da capacidade total.

Situação hídrica dos açudes melhora após chuvas na PB

No início de janeiro deste ano, o estado tinha um reservatório sangrando e 33 em situação crítica. Outros 47 mananciais estavam em observação, com menos de 20% do volume total. Outros 53 estavam com volume maior que 20% da capacidade total.

A situação hídrica dos volumes da Paraíba melhorou após fortes chuvas que caíram em todas as regiões do estado entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, a exemplo do Sertão, que em um dia registrou mais de 80 mm de chuva.

De acordo com a Aesa, os períodos chuvosos da Paraíba ocorrem geralmente no primeiro semestre do ano, dependendo da região. Segundo a meteorologista Marle Bandeira, a previsão do tempo para o primeiro trimestre de 2020 favoreceu e continuará favorecendo a ocorrência de chuvas.

Veja a lista de açudes com menos de 5% do volume

  • Algodão, em Algodão de Jandaíra
  • Arrojado, em Uiraúna
  • Cacimbinha, em São Vicente do Seridó
  • Capivara, em Uiraúna
  • Chupadouro I, em São João do Rio do Peixe
  • Covão, em Areial
  • Curimataú, em Barra de Santa Rosa
  • Emídio, em Montadas
  • Felismina Queiroz, em São Vicente do Seridó
  • Gamela, em Triunfo
  • Jandaia, em Bananeiras
  • Jatobá II, em Princesa Isabel
  • Mamuleco, em Ibiara
  • Manguape, em São Sebastião de Lagoa de Roça
  • Milhã (Evaldo Gonçalves), em Puxinanã
  • Nova Camará, em Alagoa Nova
  • Olivedos, em Olivedos
  • Ouro Velho, em Ouro Velho
  • Pocinhos, em Monteiro
  • Poleiros, em Barra de Santa Rosa
  • Prata II, em Prata
  • Riacho de Santo Antônio, em Riacho de Santo Antônio
  • Sabonete, em Teixeira
  • Santa Rosa, em Brejo do Cruz
  • Serra Branca II, em Serra Branca
  • Serrote, em Monteiro
  • Soledade, em Soledade
  • Sumé, em Sumé
  • São Mamede, em São Mamede
  • Tapera, em Belém do Brejo do Cruz
  • Várzea Grande, em Picuí

 

G1

 

 

Aumenta número de açudes em situação crítica na PB e nenhum reservatório está sangrando

AçudeA situação hídrica da Paraíba só tem piorado nos últimos dias. Se em setembro, o estado tinha quatro reservatórios sangrando, o mês de outubro se inicia com nenhum reservatório atingindo seu nível máximo.

Além disso, no mês anterior, 43 açudes estavam em situação crítica por ter menos que 5% de seu volume total. O número subiu para 46. Em agosto, eram 40.

De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), 35 reservatórios estão observação por ter menos que 20% do seu volume total e 43 estão com capacidade de armazenamento superior a 20%.

O açude Epitácio Pessoa, que abastece a região de Campina Grande, tem 15,3% de seu volume total. A tendência é de que o racionamento de água seja prolongado nos próximos dias.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O reservatório Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras, está com apenas 8% de sua capacidade de armazenamento. O açude Jatobá II, em Princesa Isabel, tem apenas 0,9%.

O açude Farinha, em Patos, está com 1% de sua capacidade. O reservatório de Jandaia, em Bananeiras, tem apenas 8,8% de seu volume total.

 

blogdogordinho

Internauta registra açude sangrando no Sertão; Aesa prevê chuvas em todo o estado

Reprodução/Facebook/José Rildo
Reprodução/Facebook/José Rildo

Um internauta usou o Facebook para mostrar que o açude Tubarão, em Patos, a 320 km de João Pessoa, teria sangrado na manhã deste sábado (12). A Agência Executiva de Gestão das Águas informou que não monitora esse manancial.

As fotos são assinadas pelo oficial de justiça José Rildo da Nóbrega Alencar e foram rapidamente compartilhadas em várias redes sociais. Ele mora em Patos e registrou a cheia no reservatório. O caso é relatado exatamente um ano depois do mesmo açude ter recebido uma grande quantidade de chuvas em 2014.

A Aesa disse ao Portal Correio que não tem informações sobre o Tubarão porque ele pode ser de propriedade particular, mas confirmou que Patos e várias cidades do Sertão registraram chuvas na noite dessa sexta (10) e madrugada deste sábado (11).

Segundo o meteorologista da Aesa, Alexandre Magno, os índices pluviométricos que descrevem a quantidade dessas chuvas no estado só serão divulgados nesta segunda-feira (13). Conforme Magno, há previsão de mais chuvas para estes sábado (11) e domingo (12) em todas as regiões da Paraíba.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Dados da Aesa mostram que em Patos já choveu 113,8 milímetros nos dez primeiros dias de abril, o que é considerado bom para a região.

A água acumulada no açude Tubarão segue para o açude Jatobá que, até este sábado (11), estava com 4,3 milhões de metros cúbicos, o que representa 24,6% dos 17,5 milhões de metros cúbicos da capacidade total do reservatório.

 

 

Patos Online

FILA DO OSSO: com perna sangrando, paciente espera por cirurgia há 40 dias no Trauminha de Mangabeira

Imagens: Walla Santos
Imagens: Walla Santos

Um paciente está internado em uma enfermaria do Hospital Ortotrauma de Mangabeira há 40 dias esperando para fazer uma cirurgia no fêmur. Severino Pereira da Silva, 62 anos, sofreu um acidente de moto em janeiro deste ano e fraturou o fêmur. A perna esquerda continua sangrando e inchada, mas até agora quase nada foi feito para aliviar o sofrimento do homem.

Marcelo Pereira, filho do paciente, explicou a situação do pai. “Quando chegamos aqui, meu pai passou dois dias atrás de uma parede, depois foi que ele veio receber cuidados, e ai o médico disse que ele precisava fazer uma cirurgia no fêmur. A perna dele está sangrando por todo esse tempo e os enfermeiros dizem que não é normal”, relatou.

Segundo o filho, a promessa é de que a cirurgia aconteceria o mais rápido possível, mas até agora o procedimento não foi feito. Marcelo disse que os médicos informam que o pai precisa de uma placa pra colocar na perna, mas não tem previsão de quando vão comprar o material para a cirurgia .

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O filho do paciente denunciou ainda, que está situação não está ocorrendo apenas com o pai. “Tem outros pacientes aqui nessa mesma situação, que está com 60 dias que espera pra fazer uma cirurgia pelos corredores do hospital”. Ele lembrou ainda, da falta de higiene no hospital, “até baratas encontramos nos banheiros”.

Trauminha

 

clickpb