Arquivo da tag: sai

Facebook sai do ar por uma hora, nega ataque hacker e culpa ‘configuração’

facebookO Facebook e o Instagram ficaram fora do ar ou instáveis para usuários de várias partes do mundo por cerca de uma hora, na madrugada desta terça-feira (27). O incidente só foi normalizado, segundo o a página de status da rede social, por volta de 5h30. Em nota oficial, um porta-voz negou um ataque hacker e culpou uma mudança de configuração, que foi revertida rapidamente. O WhatsApp, outro popular serviço da rede social, não sofreu qualquer interrupção na rede de troca de mensagens.

Um porta-voz disse que “No início desta noite (horário americano), muitas pessoas tiveram problemas para acessar o Facebook e o Instagram. Isso não foi resultado de ataque de terceiros, isso ocorreu depois que introduzimos uma mudança que afetou nossos sistemas de configuração. Nós fizemos rapidamente a correção do problema e ambos os serviços estão de volta a 100% para todos”, explicou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dashboard de status do Facebook consta com incidente offline (Foto: Reprodução/Facebook)Dashboard de status do Facebook consta com incidente offline (Foto: Reprodução/Facebook)

 

O histórico no dashboard de status para desenvolvedores do Facebook conta atualmente com um ponto vermelho (downtime, ou tempo fora do ar). O item “Facebook & Instagram API servers down”, iniciado por volta de 2h30, consta agora como resolvido. “Nossos engenheiros identificaram a causa da queda e recuperaram o sistema rapidamente. Agora você deve ver a diminuição das taxas de erro, enquanto os nossos sistemas se estabilizam. Nós não esperamos qualquer outra interrupção no serviço novamente”, explicou Andrew Pope, um dos gerentes de engenharia da rede social em post técnico e breve.

Andrew Pope, gerente de engenharia do Facebook, explica sobre causa da queda (Foto: Reprodução/Facebook)Andrew Pope, gerente de engenharia do Facebook, explica sobre causa da queda (Foto: Reprodução/Facebook)

 

Ao tentar acessar o Facebook e o Instagram, via navegador ou mesmo em aplicativos oficiais, não era possível fazer login. Ainda segundo relatos, o Tinder também apresentou instabilidade no período. Mais cedo, grupos de hackers reivindicaram a responsabilidade pela falha, sugerindo um ataque DDoS.

Tech Tudo

Quem sai ganhando e quem sai perdendo na nova Era Dunga?

Dunga está de volta à seleção brasileira. E, com ele, alguns nomes que assim como o treinador defenderam a CBF entre 2006 e 2010, podem voltar. Outros, que foram à Copa do Mundo de 2014 com Luiz Felipe Scolari, deverão ter mais dificuldade para se encaixar no elenco, mesmo desconsiderando-se a idade.

 

Não é possível definir qual futebol Dunga tentará praticar logo de início na seleção brasileira, mas o trabalho do treinador na própria seleção entre 2006 e 2010 e no Internacional, em 2013, servem para analisar quais dos últimos envolvidos começam em alta e quais começam com chances reduzidas.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

QUEM COMEÇA EM ALTA?

1. Ramires

Mike Ehrmann / AFP

O meia do Chelsea (ING) foi convocado por Dunga quando poucos o creditavam como postulante à seleção, ainda no Cruzeiro. Com o treinador, passou de volante à opção para a meia direita, vaga que disputa até hoje. Tem boas chances de assumir a condição de titular no lugar de Hulk após a troca de comando.

2. Filipe Luis

JAVIER BARBANCHO / REUTERS

Dunga tirou Marcelo da Copa de 2010, viu o titular, do Real Madrid (ESP), causar problemas defensivos ao time de Luiz Felipe Scolari, e agora vê um antigo preferido se transferir para o Chelsea: Filipe Luis foi lateral da seleção de Dunga quando ainda estava no Deportivo La Coruña (ESP), sem convocações. Agora, começa o ciclo como favorito à titularidade.

3. Miranda

REUTERS/Sergio Perez

Outro que jogou com Dunga entre 2006 e 2010 e que não foi à Copa, mesmo sob o comando do treinador. Recebeu as primeiras convocações quando ainda estava no São Paulo. Foi esquecido por Felipão mesmo com apoio de boa parte da crítica, e agora pode competir com David Luiz caso o treinador não sinta segurança no descompromisso tático do companheiro de Thiago Silva.

4. Felipe Melo

AFP PHOTO/BULENT

O volante foi peça fundamental para Dunga na montagem do time da Copa de 2010 e acabou como vilão devido a expulsão no jogo da eliminação, diante da Holanda. Mesmo assim, ainda joga em bom nível, pelo Galatasaray (TUR), é defensivo como gosta o comandante e tem o perfil aguerrido que o treinador tanto deseja.

5. Sandro

Divulgação/Site oficial Tottenham

Não foi à Copa, não tem o perfil de líder de Felipe Melo. Mas é jovem, já mostrou potencial e começou no Internacional antes de ir para o Tottenham (ING). A seleção brasileira de Dunga tinha Gilberto Silva e Felipe Melo, algo muito mais defensivo do que a proposta de Scolari em 2014.

6. Lucas Leiva

Clint Hughes/Getty Images

Também já jogou com Dunga, é mais defensivo do que os volantes de Felipão e atua em alto nível no Liverpool (ING). Tem boas chances de assumir papel como protagonista no meio de campo da seleção brasileira.

QUEM COMEÇA EM BAIXA?

1. Daniel Alves

Terceiro Tempo

Pode perder espaço no Barcelona, não foi bem na Copa de 2014 e agora terá de trabalhar com um técnico que o manteve no banco de Maicon durante quatro anos. Para Dunga, foi mais opção no setor ofensivo do que na lateral direita.

2. Marcelo

DON EMMERT / AFP

Outro titular que não foi titular com Dunga. Ataca demais para os padrões do atual treinador, que chegou a justificar em 2010 que não o chamaria por atuar mais próximo ao meio de campo do Real Madrid do que à zona de defesa. Agora, Filipe Luis é o favorito.

3. Hulk

AFP PHOTO / JOHN MACDOUGALL

Vai competir com o favorito Ramires depois de desapontar como no ataque da Copa de 2014. No Zenit (RUS), sem evoluir, é provável que perca espaço.

4. Paulinho

AP Photo/Scott Heppell

Foi mal na Copa, vai mal no Tottenham e não é o volante de marcação que Dunga costuma gostar. Pelo contrário. Deve perder espaço para opções mais defensivas, como Lucas Leiva, Sandro e até Felipe Melo.

5. Alexandre Pato

Site Oficial/saopaulofc.net

Outro que teve as primeiras oportunidades com Dunga, mas que, no caso, não correspondeu. Apesar de ter caído na seleção no momento em que sofreu uma crise de diferentes lesões, no período em que estava no Milan (ITA), jamais se recuperou. Hoje, tenta achar sua posição ideal. Com Dunga, foi preterido por outras opções e acabou em baixa nos Jogos Olímpicos de 2008, na China.

6. Paulo Henrique Ganso

Mauro Horita/AGIF

Era visto como o grande craque da próxima geração quando ficou fora da Copa de 2010. Mais promissor até do que Neymar. Agora, em fase irregular no São  Paulo, deverá ter problemas para conseguir espaço na seleção.

Uol

 

Uefa troca amistosos por ‘Liga dos Campeões de seleções’. E quem sai perdendo? O Brasil

esporte-futebol-amistosos-internacionais-espanha-italia-20140305-002-size-598O atacante Pedro comemora o gol da vitória da Espanha por 1 a 0 sobre a Itália, em amistoso disputado no estádio Vicente Calderón em Madri – Paul Hanna/Reuters

Com a criação do novo torneio europeu, a tendência é que a seleção brasileira faça cada vez menos jogos contra seleções de ponta, e dispute cada vez mais amistosos contra equipes inexpressivas.

O sucesso estrondoso da Liga dos Campeões e o interesse cada vez menor pelos amistosos entre seleções motivou o surgimento de uma nova competição na Europa: a Liga das Nações. O torneio tenta replicar a fórmula vitoriosa do torneio interclubes para o futebol entre seleções. A ideia é aproveitar as chamadas “datas Fifa”, quando o calendário de jogos entre clubes é suspenso para permitir amistosos entre os países, e ocupá-las com partidas oficiais e competitivas, tornando os compromissos entre seleções europeias mais atraentes e, principalmente, mais rentáveis. A proposta foi aprovada pelos 54 países integrantes da Uefa nesta quinta-feira, durante congresso da entidade em Astana, Casaquistão.

Saem perdendo as seleções fortes de fora da Europa, como Brasil, Argentina e Uruguai. Elas passarão a ter enorme dificuldade para marcar amistosos com os europeus, já que eles estarão envolvidos na disputa da Liga das Nações. Assim, a tendência é que a seleção brasileira faça cada vez menos jogos contra seleções de ponta, e dispute cada vez mais amistosos contra equipes inexpressivas (no histórico recente da equipe há encontros com Iraque, Zâmbia, Gabão, China, Honduras, Egito e Costa Rica). A seleção, porém, ainda terá mais alguns anos para medir forças com as gigantes da Europa – a Liga das Nações só começará a ser disputada no fim de 2018, depois da Copa do Mundo da Rússia.

A competição terá quatro divisões, com direito a sistema de acesso e rebaixamento. O formato ainda não está totalmente definido, mas a previsão é de que os doze times mais bem colocados no ranking da Uefa serão divididos em quatro grupos de três países. Os vencedores de cada chave avançarão à fase final do torneio, prevista para junho de 2019. As piores campanhas serão rebaixadas. Mesmo com a nova competição, as seleções ainda disputariam as Eliminatórias para a Eurocopa de 2020, mas a Liga das Nações já garantiria algumas vagas no principal torneio do continente. A Uefa planeja ainda incluir a Liga das Nações no programa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

“Tomamos uma decisão muito importante”, disse o presidente da Uefa, o francês Michel Platini, ao discursar sobre a criação da liga. Ele deixou claro que os europeus não estão satisfeitos com o atual uso das datas Fifa. “Os amistosos realmente não interessam a ninguém – nem à audiência, nem aos jornalistas, nem aos jogadores.” O secretário-geral da Uefa, Gianni Infantino, disse que os clubes europeus, que constantemente reclamam da obrigação de ceder seus jogadores às seleções, também deverão ser beneficiados. “É uma boa notícia para eles, já que as equipes terão seus jogadores de volta mais cedo e não ficarão exaustos por causa de longas viagens internacionais”, defendeu o dirigente.

Veja

Concurso do HU terá mil vagas; provas serão em junho e edital sai em 15 dias

hospital-universitarioA Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) abrirá quase 1 mil vagas para contratação dos profissionais que trabalharão no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), em João Pessoa. O edital deve sair em 15 dias, segundo o superintendente do Hospital, Arnaldo Medeiros. Há oportunidades para níveis médio, técnico e superior, tanto para a área de saúde (médicos, enfermeiros, farmacêuticos, dentistas, técnico em laboratório, entre outros), quanto para área administrativa (analista de sistemas, engenheiros, advogados, técnicos administrativos, etc).

A Ebserh foi contratada para administrar o HU, após decisão do Conselho Universitário (Consuni) da UFPB no ano passado. De acordo com o superintendente, a empresa organizadora deve ser escolhida na próxima semana. “O certame faz parte do processo de consolidação da Ebserh no HU, afinal, a empresa só pode começar a funcionar quando tiver funcionários próprios. Fizemos uma licitação para escolher a organizadora e várias empresas apresentaram propostas. Estamos agora na fase de análise dessas propostas, mas a decisão deve sair já na próxima semana. O edital sairá em 15 dias”, disse.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A previsão do superintendente é que as provas sejam aplicadas no mês de junho deste ano. Os salários ainda não foram divulgados, mas os aprovados terão benefícios como plano de saúde, vale-alimentação e outros auxílios. “Será uma grande oportunidade para os paraibanos, até porque é um concurso federal com quase mil oportunidades para diversos cargos e níveis de escolaridade. Os salários vão variar de acordo com a função, mas todos serão beneficiados com algumas bolsas auxílio”, adiantou Arnaldo.

 

Por Jornal Correio da Paraiba/Aline Guedes

Mãe abandona filha deficiente, sai para beber e formigas atacam a criança

criancaUma jovem de 25 anos está sendo investigada por maus-tratos contra a própria filha, de seis anos. A criança, que tem necessidades especiais, foi abandonada em casa pela mãe e acabou sendo atacada por formigas. De acordo com a Polícia Militar, Priscila Raquel de Moraes deixou a menor no imóvel para beber em um bar. O caso ocorreu na semana passada, em Cláudio, centro-oeste do Estado.

A denúncia recebida pelos militares informava que uma menina estaria chorando há horas dentro de uma casa no bairro Novo Mundo, na rua Colômbia. Estranhando o comportamento da criança, os vizinhos decidiram acionar a PM, que compareceu ao local. Eles conseguiram entrar por uma porta que estava destrancada e encontraram a garotinha deitada na cama, com marcas de vômito pelo lençol e no corpo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Além disso, havia grande quantidade de formigas espalhadas pelo rosto, boca, ouvidos e nariz da menor. Diante dos fatos, os policiais lavaram o rosto da menina e a levaram para a Santa Casa da cidade.

Eles acionaram o Conselho Tutelar e, durante o registro da ocorrência, ficaram sabendo que a mãe dela estava em um bar da cidade. Priscila confirmou que havia deixado a filha sozinha em casa, mas alegou que havia sido por pouco tempo. Visivelmente embriagada, a mulher foi detida em flagrante por maus-tratos.

A menina permaneceu internada na Santa Casa, por apresentar sintomas como febre, tosse constante e desidratação. Priscila foi liberada ontem (24), de acordo com a Seds (Secretaria de Estado de Defesa Social).

180 Graus