Arquivo da tag: rural

Rádio Rural é novamente condenada pela justiça eleitoral

radio_ruralA Rádio Rural AM de Guarabira foi condenada pela Justiça Eleitoral da 10ª Zona pela segunda vez nessa campanha. A multa está estimada no valor de R$ 42.564,00 (Quarenta e dois mil, quinhentos e sessenta e quatro reais). A ação foi impetrada pelos representantes da coligação “Pela Vitória do Trabalho”, que tem como candidato Zenóbio Toscano (PSDB).

De acordo com os autos do processo, a infração a Lei Eleitoral aconteceu no Programa Jornal 850 1ª Edição, do dia 16/09/2016 apresentado pelo radialista Eraldo Luiz.

Leia abaixo a sentença:

portalmidia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Governo do Estado promove Dia Especial em Turismo Rural no Brejo paraibano

 

restaurante vó mariaO Governo do Estado, por meio do Cooperar, realiza nesta quarta-feira (4), a partir das 8h30, o Dia Especial em Turismo Rural na Comunidade Chã do Jardim, no município de Areia, no brejo paraibano. O local sedia um projeto integrado denominado Produção Associada ao Turista, que centraliza num mesmo espaço a realização de trilhas por uma área remanescente de Mata Atlântica, gastronomia regional oferecida no Restaurante Vó Maria, uma loja de artesanato e uma unidade de beneficiamento de frutas. A iniciativa tem tornado a comunidade um dos destaques do turismo rural no Estado, atraindo semanalmente centenas de pessoas.

A programação do evento contará com palestras sobre o Potencial do Turismo Rural na Paraíba, pela presidente da PBTur, Ruth Avelino; Estudo de Mercado do Turismo Rural, pela consultora Maria Rita Dias, da Brazilian Consult, e Alianças Produtivas no âmbito do PB Rural Sustentável, pela gerente técnica do Cooperar, Mônica Tavares. Também haverá espaço para debates e encaminhamentos.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Os negócios em Chã do Jardim melhoraram com investimentos de R$ 131,5 mil pelo Projeto Cooperar e Banco Mundial, que beneficiou 200 famílias e aumentou a produção de polpa de frutas de duas para 15 toneladas mensais. Com os recursos, foi possível fazer a aquisição de uma câmara fria para armazenar a produção, um transporte que vem servindo de apoio à logística na distribuição da produção, além de material para escritório, vestimenta para os trabalhadores envolvidos na fabricação do produto, embalagens, rótulos, entre outros.

O grupo, que é formado na sua maioria por jovens, de uma forma ainda tímida deu o pontapé nos negócios com a abertura da unidade de beneficiamento de frutas que depois foi fechada. Após a realização de um curso sobre cooperativismo, resolveram inovar com a realização da trilha ecológica e reabrir a produção de polpa de frutas.

Com a crescente demanda pelo turismo de aventura, implantaram a loja de artesanato, e por último, o restaurante que trabalha exclusivamente com a culinária regional preparada pelos próprios beneficiários, que aproveitam para incrementar o cardápio com a produção orgânica da agricultura familiar, cultivada em suas propriedades. O funcionamento é de terça-feira a domingo, das 8h às 17h, com café da manhã, almoço e chá da tarde.

Os visitantes do projeto, além de contar com um restaurante, também podem aproveitar o passeio para percorrer uma trilha pela natureza que varia de 1 a 10 km, das 8h às 17h, conforme agendamento pelo facebook do grupo na internet ou através de telefones.

Além de caminhar por uma área remanescente de mata atlântica, os aventureiros também podem apreciar a diversidade da fauna local com pássaros raros, ameaçados de extinção, como a saíra-pintor ou pintor-verdadeiro, da espécie Tangara fastuosa, uma ave que atinge 13,5 centímetros de comprimento e tem o seu habitat nas porções remanescentes de Mata Atlântica no Nordeste. Dependendo do número de pessoas, a trilha pode ser acompanhada e monitorada por até 12 guias.

O pôr do sol também é um atrativo no local, além da apresentação de artistas da música regional.

Em Chã do Jardim, há ainda uma loja de artesanato com produtos feitos a partir da folha da bananeira e produtos comestíveis da culinária regional. Já na unidade de beneficiamento de frutas, as pessoas também podem fazer a aquisição de polpas em diversos sabores, tanto no atacado como no varejo.

Exemplo nacional – O projeto se tornou caso de sucesso e tem servido de vitrine nacional em palestras por todo o Brasil para mostrar como funciona um grupo empreendedor que se organizou e buscou explorar as potencialidades locais para melhorar a qualidade de vida dos envolvidos.

O turismo rural foi o segmento do setor turístico que mais cresceu no Brasil, com uma média de 20% ao ano. Segundo estimativa da Associação Brasileira de Turismo Rural (Abraturr), em 1994 havia cerca de 400 empreendimentos rurais com atrativo turístico. Em 2008, já seriam cerca de 15 mil. A atividade gera perto de 500 mil empregos diretos e indiretos no Brasil e, destes, 35% são representados por mão-de-obra familiar.

Casos de sucesso – No final do segundo trimestre deste ano, o Cooperar está realizando Dias Especiais em projetos já implantados e que se tornaram casos de sucessos nas tipologias de avicultura, turismo rural, apicultura, abastecimento d’água, resíduos sólidos e barragem subterrânea.

Segundo o secretário executivo do Projeto Cooperar, Roberto Vital, o objetivo desses Dias Especiais é despertar os grupos de interesse nas diversas possibilidades que a instituição passará a oferecer com a implementação do PB Rural Sustentável, em fase de preparação e será executado em parceria com o Banco Mundial no valor de US$ 80 milhões.

Confira a programação dos Dias Especiais pelo Cooperar:

– 27/10 – Dia Especial em Avicultura Caipira, comunidade Barro Vermelho – Riachão.

– 04/11 – Dia Especial em Turismo Rural, comunidade Chã do Jardim, Areia.

– 06/11 – Dia Especial em Apicultura, Aldeia São Miguel, Baía da Traição.

– 01/12 – Dia Especial em Resíduos Sólidos, Itabaiana.

– 03/12 – Dia Especial em Barragem Subterrânea – Itabaiana.

– 08/12 – Dia Especial em Gestão de Abastecimento D’Água Rural no sítio Cruz, Barra de São Miguel.

 

 

Secom

Homem é assassinado a pauladas na zona rural de Alagoa Grande

PORTAL-DO-JULIOSAM_4457O fato aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (24), no Sítio Pedra de Santo Antonio, no município de Alagoa Grande, no Brejo paraibano.

Era por volta das 18:00h quando a Polícia Militar recebeu a informação de que um homem teria sido assassinado a puladas num bar, da referida localidade e foi até o local, onde constatou o crime.

O dono do bar disse à polícia que a vítima, identificada como André Gonçalves da Silva, 29 anos de idade, chegou ao estabelecimento com um amigo, numa moto Honda Biz, vermelha, às 16:00h, onde ficaram bebendo e comendo. Por volta das 18:00h chegaram dois homens, em outra moto preta, procurando saber se André estava no local. O dono do bar mostrou o rapaz, e os acusados começaram a desferir pauladas na cabeça do mesmo, que morreu no local.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda segundo o dono do bar, o outro homem que estava com a vítima, saiu correndo e conseguiu fugir.

Até o fechamento desta matéria, a PM ainda não havia identificado os responsáveis pelo crime.

 

Informações e Fotos: Portal do Júlio

Portal Mídia

Rodrigo Costa deixa a equipe de jornalismo da Rádio Rural de Guarabira

rodrigoO radialista Rodrigo Costa, um dos mais conceituados da região do Brejo, não faz mais parte da equipe de jornalismo  da Rádio Rural de Guarabira-PB. O profissional foi dispensado pela direção da emissora, desde o dia 7, conforme o mesmo relata em uma postagem em sua página do facebook, feira na noite desta segunda-feira (10).

As emissores do grupo João Rafael estão passando por ajustes, fato comum nas empresas privadas. A dispensa de alguns profissionais, que na visão da diretoria, não estão mais se encaixando no seu projeto, vem sendo comentada pelos próprios funcionários das emissoras. Porém a dispensa do profissional Rodrigo pegou a todos de surpresa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Por onde tem passado, nas emissoras que já trabalhou, Rodrigo, tem deixado provas irrefutáveis de sua conduta ética e sempre primando pelo bom jornalismo. Certamente não ficará fora do meio jornalístico por muito tempo. Veja:

Havia rumores desse possível afastamento, mais nada ainda tinha sido oficializado.
Havia rumores desse possível afastamento, mais nada ainda tinha sido oficializado.
portalmidia

Mulher sofre tentativa de estupro e tem celular roubado na zona rural de Casserengue

 

casos-de-policiaUma dona de casa sofreu uma tentativa de estupro, nessa terça-feira (14), na zona rural de Casserengue. Segundo informações, um homem passou na residência da vítima pedindo uma ajuda em dinheiro para uma suposta cirurgia que iria fazer, fato comum no interior da Paraíba. Na hora, ele perguntou se o marido da dona da casa estava.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Sem imaginar que o pior poderia acontecer, ela informou que seu marido não estava. O homem então deixou um envelope para retornar posteriormente. Em seguida o acusado voltou na companhia de outro homem, os dois entraram na casa da vítima e tentaram abusar sexualmente da dona de casa. Depois dela ter implorado para não ser violentada, os homens fugiram levando o celular da vítima, que foi agredida.

A polícia investiga o caso em sigilo para chegar aos acusados que ainda fizeram outra vítima, levando uma certa quantia em dinheiro. Fatos como o de pessoas pedindo dinheiro para supostas cirurgias acontecem com frequência nas cidades do interior do estado e o fato serve de alerta para que as pessoas não abram a porta e nem ceda informações sobre o que está acontecendo dentro de sua residência.

 

Redação/Focando a Notícia

Flores comestíveis são produzidas na zona rural de Pilões, na Paraíba

floresUm grupo de agricultoras decidiu investir na produção de flores comestíveis na zona rural de Pilões, no Brejo paraibano. Elas queriam inovar e, com orientação técnica, estão cultivando o produto no Sítio Queimadas. As flores ficam em vasos e depois vão ser transportadas para uma área maior, onde vai funcionar a produção agroecológica integrada e sustentável. O local já está sendo preparado e a previsão é de que, em um mês, tudo esteja florido, com outras produções integradas de agricultura orgânica.

“A gente usa, através da semente, de propagação pelo corte. A gente passa um mês com ela para poder transportar para outros vasos”, explicou a florista Roseli Galdino. O objetivo é transformar o sítio em uma grande área de produção de flores comestíveis. A experiência foi mostrada no quadro Paraíba Rural desta quarta-feira (17), no Bom Dia Paraíba.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Entre as flores cultivadas estão pimentas ornamentais, cravinas e capuchinas. “Existe uma demanda de alguns restaurantes da cidade de Campina Grande e de algumas pousadas da cidade de Areia, que procuraram essas mulheres sinalizando que existia mercado para o consumo de flores. Quem hoje quer usar na decoração de saladas ou algum prato especial tem que adquirir de outras regiões”, comentou o gerente regional do Sebrae, José Marcílio.

A confiança é tanta no que se está produzindo que uma das agricultoras trocou a capital pelo campo. “Veio essa ideia de trabalhar com flores, que nós gostamos muito. Então minha irmã chamou e eu não pensei duas vezes. Deixei tudo lá e vim”, comentou Cristina Galdino.

“Nós encaminhamos um técnico até a comunidade para analisar as questões da terra, questão de água, para ver se tem de fato a possibilidade de receber o kit. E aíi eles recebem o kit de produção, que é composto de caixa d’água, bomba, fita gotejadora, sementes, mangueira, as galinhas e o galo, enfim, recebem todo um aparato de produção para que eles iniciem a produção e, além do mais, dois anos de assistência técnica garantida pelo Sebrae em que de 15 em 15 dias um técnico está acompanhando a produção”, explicou o técnico do Sebrae, Renato Albuquerque.

 

Do G1 PB

Produtora rural da Paraíba cria técnica para desfiar peixe traíra e segue para a Europa

Divulgação/Rodrigo de Oliveira
Divulgação/Rodrigo de Oliveira

Depois de criar uma nova técnica para desfiar o peixe traíra, a produtora rural Maria de Fátima Mota Barbosa foi a primeira colocada no prêmio Sebrae Mulher de Negócios, entregue em fevereiro deste ano, em Brasília. A inovação gerou emprego e renda para mulheres de Camalaú, no Cariri, uma das mais secas da Paraíba, a 330 km de João Pessoa, e lhe garantiu também uma viagem para a Europa, para onde ela embarcou nesta quarta-feira (10) e vai conhecer mais sobre empreendedorismo desenvolvido por mulheres.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Maria de Fátima faz uma viagem técnica para a Noruega e Suíça, junto com as outras vencedoras do Rio Grande do Norte e do Espírito Santo, que foram premiadas na categoria ‘pequenos negócios’, ‘microempreendedora individual’ e ‘produtora rural’ e receberam não só a viagem como prêmio, mas também o troféu ouro da premiação, um selo de vencedora nacional e uma capacitação em território nacional.

Para a gestora estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, Maria José Menezes, o reconhecimento nacional reforça a importância do empreendedorismo feminino no estado. “Todo ano, a Paraíba se destaca na etapa nacional, em meio a muitas histórias de mulheres fantásticas. Este ano ficamos muito orgulhosas do trabalho feito em Camalaú e tenho certeza que as experiências da viagem irão reforçar ainda mais o trabalho da Maria de Fátima em seu município”, afirmou Maria José.

A técnica

A história de Maria de Fátima se destacou por ser inovadora e pela persistência dela em manter uma atividade de piscicultura numa região onde prevalece a estiagem.

Como o peixe traíra possui muitas espinhas e suas vendas estavam diminuindo, Fátima criou uma técnica inovadora de retirada das espinhas e começou a vender o pescado desfiado. Com isso, a atividade começou a gerar renda para 30 mulheres das cidades de Camalaú, Sumé e Congo.

“Fiquei muito honrada em carregar a bandeira das trabalhadoras rurais da Paraíba e mostrar o nosso trabalho”, disse a produtora, que deve voltar à Paraíba depois de dez dias na Europa.

 

portalcorreio

Incra faz 1ª inscrição de assentamento paraibano no Cadastro Ambiental Rural

INCRA2O assentamento Paissandu, em São Domingos de Pombal, no Alto Sertão paraibano, a cerca de 394 quilômetros de João Pessoa, é a primeira área da reforma agrária no Estado a ser registrada no Cadastro Ambiental Rural (CAR). O cadastro do assentamento, uma área de aproximadamente 595 hectares onde vivem 27 famílias de agricultores rurais, foi formalizado pela Superintendência Regional do Incra na Paraíba no último dia 25.

De acordo com a responsável pelo Serviço de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Incra/PB, Lígia Maria de Medeiros, a meta é cadastrar até o final do ano 120 assentamentos no estado.

Lígia explicou ainda que, neste primeiro momento, a inscrição de áreas da reforma agrária no CAR, conforme a Instrução Normativa do Ministério do Meio Ambiente Nº 02/2014, se dará por meio do registro do perímetro dos projetos de assentamento e, posteriormente, por meio da individualização dos lotes. Assim, os Termos de Compromisso emitidos no Programa de Regularização Ambiental (PRA), em razão do Cadastro Ambiental Rural das parcelas, serão de responsabilidade e assinatura solidária entre o superintendente e o assentado da parcela.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O Incra e as famílias assentadas em Paissandu se comprometeram com a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), órgão responsável pela execução da política de proteção e preservação de meio ambiente na Paraíba, por meio de um termo de responsabilidade, a recompor as áreas de preservação permanente ou de remanescente vegetal do assentamento, se couber.

CAR

O CAR é um registro público eletrônico de informações ambientais obrigatório para todos os imóveis rurais criado para agilizar o processo de regularização ambiental no país. A base de dados reúne diversas informações sobre o imóvel, como suas coordenadas geográficas, sua área total e as áreas de Proteção Permanente, Reserva Legal e remanescentes de vegetação nativa.

São realizadas vistorias a campo para auxiliar a localização de nascentes, rios e estradas que cortam o imóvel.

A partir dos dados, o sistema gera automaticamente o tamanho da área a ser preservada e remete o trabalho para averiguação do órgão ambiental que, caso haja passivos ambientais, propõe termo para recuperação da área.

A regularização ambiental é em cumprimento à Lei 12.651/12 (Novo Código Florestal) e ao Decreto 7.830/12, que dispõe sobre o CAR.

INCRA PB

Vaqueiro é alvejado com tiro que despedaçou seu crânio, na zona rural de Mulungu

mortoNa manhã desta quinta-feira(04), por volta das 08:30hrs , segundo informações  repassadas pela polícia, Manoel  Eudes dos Santos, de 31 anos de idade, residente no conjunto habitacional Aquiles Leal , em Mulungu, trafegava na estrada que dá acesso ao seu local de trabalho, a Fazendo Santa Terezinha, onde o mesmo era Vaqueiro, no trajeto , o vaqueiro sofreu um disparo na cabeça e veio a óbito na mesmo hora e lugar.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo a esposa da vítima, Ednalva dos Santos Sousa, seu marido não tinha envolvimento com drogas ou algo que o colocasse no mundo do crime. A mesma ficou em estado de choque após receber a notícia e foi encaminhada para  receber atendimento médico.

Segundo informações da Polícia e como percebe-se ao olhar o estado em que o crânio da vítima ficou após o disparo , a arma utilizada no crime foi de grosso calibre. Policias trabalham na tentativa de identificar a autoria do crime.

Da Redação/ManchetePB

Após briga em bar, pessoense é assassinado na Zona Rural de Dona Inês

vitimaO crime aconteceu na tarde deste sábado (23), no sítio Tapuio, zona rural de Dona Inês.

Barrozo Campos, residia na cidade de João Pessoa e estava visitando parentes da cidade, após o almoço decidiu ir ao Bar do Vale do Tambaú,  que fica localizado no sítio Tapuio.

Chegando lá ele se envolveu em uma briga e acabou levando a pior.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Barrozo foi atingido com um tiro na cabeça, e chegou a ser socorrido com vida, para o hospital da cidade, posteriormente encaminhado ao hospital de Traumas, Senador Humberto Lucena na capital do Estado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu à caminho do hospital.

A polícia ainda não identificou o suspeito pelo crime.  Rondas foram efetuadas mas ninguém foi preso.

Vítima sendo socorrida para o hospital

 portalmidia