Arquivo da tag: rodovias

Atropelamento vem sendo uma das principais causas de morte nas rodovias da PB

Atropelamento vem sendo uma das principais causas de morte nas rodovias paraibanas, somente este ano 30 pessoas, conforme dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), já faleceram vítimas de atropelamentos na Paraíba. De janeiro a abril deste ano foram 154 internações em todo o Estado.

Em João Pessoa, foi registrado 147 atropelamentos até o último mês de maio e as avenidas Cruz das Armas, Josefa Taveira e Epitácio Pessoa lideram entre as localidades com maior índice desse tipo de acidente.

Mais um caso foi registrado no estado no início da última sexta-feira, quando um homem de 55 anos foi atingido por uma motocicleta no cruzamento da Avenida Doutor Elpídio de Almeida com a Rua Cônsul Joseph Noujaim Habib Nacad, no bairro do Catolé, no município de Campina Grande, no Agreste paraibano. Ele estava a caminho do trabalho, na Feira Central da cidade, quando sofreu o acidente.

Na ocorrência em Campina Grande, o homem atravessava a faixa de pedestres, por volta das 5h30, quando o condutor de uma moto, que vinha em alta velocidade, desrespeitou e não parou para a sua travessia.

 

pbagora

 

 

PRF registra 16 acidentes com 117 pessoas feridas e 8 mortes nas rodovias da PB

A Polícia Rodoviária Federal encerrou ontem (30) a Operação Festejos Juninos na Paraíba. A ação teve início no dia 7 de junho em todo Estado com o objetivo de
intensificar a fiscalização nas rodovias federais com maior fluxo de veículos e pessoas em virtude das festividades características do mês.

Durante a Operação foram empregados 1.054 policiais em escala de revezamento nas atividades operacionais. Para tanto, foram empregados policiais de outras unidades da federação, como Brasília, Mato Grosso, Pará e Paraná, bem como policiais que desenvolvem atividades administrativas foram deslocados para a Operação.

Foram fiscalizadas nesse período 13.475 pessoas, sendo que 4.740 motoristas foram flagrados cometendo algum tipo de infração de trânsito. Foram flagrados também 129 motoristas dirigindo sob efeito de álcool. Esse número é 23% maior do que o registrado no mesmo período do ano anterior, quando 103 condutores foram pegos em flagrante dirigindo embriagados.

A PRF registrou durante a Operação 116 acidentes de trânsito, com 117 pessoas feridas e 8 mortes no local do acidente. Em 2018, durante o mesmo período ocorreram 108 acidentes, com 121 feridos e 11 mortes no local do acidente.

As ações de combate ao crime também foram intensificadas neste período, o que resultou na prisão de 59 pessoas, 12 veículos foram recuperados, 5 armas de fogo e 3,7 kg de cocaína foram apreendidas.

Assessoria

 

 

 

Juíza proíbe retirada de radares das rodovias federais

A juíza Diana Vanderlei, da 5ª Vara Federal em Brasília, proibiu nesta quarta-feira (10) a retirada de radares de velocidade das rodovias federais de todo o país. A decisão foi motivada por um pedido liminar feito pelo senador Fabiano Contarato (REDE-ES), mas não é definitiva e cabe recurso.

Na decisão, a juíza também determinou que seja realizada a renovação dos contratos do Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade por mais 60 dias.

“A não renovação dos contratos para a manutenção dos medidores de velocidade foi realizada sem ao menos ser efetiva a implementação de novo modelo de gestão para a segurança nas rodovias federais”, afirmou a magistrada.

Na semana passada, o Ministério da Infraestrutura informou que a instalação de novos sensores foi suspensa para que seja feita uma análise rigorosa do plano de instalação, que foi realizado no governo anterior.

De acordo com a pasta, o atual contrato poderia chegar ao custo de R$ 1 bilhão em cinco anos. A análise também deverá priorizar a redução do uso do equipamento onde não é necessário a segurança viária, com possibilidade de uso de outros mecanismos de segurança.

 

Agência Brasil

 

 

Mortes com acidentes de moto sobem 21% em rodovias federais da PB em 2019, diz PRF

O número de acidentes graves e mortes envolvendo motociclistas aumentou nas rodovias federais da Paraíba no primeiro trimestre de 2019, em comparação com o mesmo período no ano passado. Entre janeiro, fevereiro e março morreram 23 pessoas. O número é 21% maior que o registrado no primeiro trimestre do ano passado.

Os dados foram divulgados pela assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que mostram ainda que o número de acidentes que deixaram vítimas gravemente feridas aumentou 46%, em relação ao ano passado. No primeiro trimestre desse ano foram 135 acidentados gravemente.

Os dados são preocupantes. Em 2018 foram registrados 699 acidentes envolvendo motos, sendo que 585 pessoas tiveram ferimentos leves com apenas escoriações, 282 com ferimentos graves e 65 morreram no local do acidente.

Homens morrem mais

Ainda no levantamento feito pela PRF, foi possível identificar que a maior parte dos acidentes de moto ocorrem com pilotos na faixa etária de 20 a 39 anos. Do total de vítimas graves em decorrência de acidentes de trânsito com motocicletas, 215 eram homens, o que representa 76,24%.

Quando os dados são referentes às vítimas fatais esse percentual é ainda maior. O número de homens mortos em acidentes de trânsito com motocicletas foi de 92%, o que significa 60 óbitos do total de 65 vítimas fatais.

Fiscalização

Depois de divulgar esse levantamento, a PRF informou que está intensificando a fiscalização de motociclistas para verificar as condições do veículo e dos condutores. A PRF destaca que na Paraíba, observa que muitos condutores não são habilitados e que muitos veículos não possuem condições de trafegar com segurança.

Foto: Walter Paparazzo/G1/Arquivo

G1

 

Cerca de 82% das rodovias da Paraíba estão em boas condições, diz Dnit

Cerca de 82% das rodovias da Paraíba estão em bom estado, conforme dados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). De acordo com o Índice de Condição da Manutenção (ICM) divulgado pelo órgão no sábado (14), a Paraíba é o sexto estado do Brasil no ranking das unidades federativas com as melhores malhas rodoviárias.

Ainda conforme o ICM, o percentual é ainda melhor se levado em consideração os 10% dos trechos considerados regulares. Completam o ICM paraibano, cerca de 5% ruim e 3% configurado como péssimo. A frente da Paraíba no ranking apenas os estados do Amapá, Bahia, Roraima, o Distrito Federal, e Piauí. A ranking completo do ICM por estado pode ser conferido no site do Dnit.

O resultado é relativo ao quadro geral das rodovias no primeiro semestre de 2017. Uma segunda pesquisa está prevista para ser divulgada no início de 2018. A expectativa é que, a partir do ano que vem, as edições passem a ser produzidas trimestralmente.

O levantamento foi elaborado por uma equipe de 80 engenheiros, divididos em 35 equipes. Foram analisados os 52 mil quilômetros que compõem a malha viária federal. Não estão incluídas as estradas estaduais e as rodovias federais concedidas a outros entes públicos ou privados para exploração.

Dos 52 mil quilômetros de rodovias federais analisados, 4,8 mil não estão cobertos por contratos de manutenção. Nesse total estão vias e trechos em boas e péssimas condições. O DNIT não soube informar quantos trechos considerados ruins ou péssimos estão sem serviço de manutenção contratada.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

PRF inicia Operação Semana Santa em rodovias federais que cortam a Paraíba

radarA Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quinta-feira (13) a Operação Semana Santa nas rodovias federais que cortam toda a Paraíba. A região de Campina Grande será o trecho mais policiado pela PRF. Haverá reforço nos trechos mais vulneráveis a acidentes e com maior registro de criminalidade. A operação seguirá até a meia-noite do domingo (16).

As ações foram programadas para diminuir a incidência de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, às ultrapassagens indevidas e ao transporte de motos, motonetas e ciclomotores; conhecidos como duas rodas. Também serão realizadas ações operacionais direcionadas para o combate à criminalidade.

A PRF já deu início a um trabalho de reforço desde o último fim de semana na região de Campina Grande, devido às movimentações em direção ao espetáculo da “Paixão de Cristo” de Fazenda Nova, em Pernambuco.

Datas de restrição de tráfego

A PRF faz um alerta aos motoristas profissionais: o tráfego de combinações de veículos de carga (CVC), de combinações de transporte de veículos (CTV) e de outros veículos portadores de autorização especial de trânsito será restrito nos trechos de pista simples, em determinados dias e horários. A restrição visa aumentar a fluidez do trânsito. Nos dias e horários de maior movimento, esses veículos não poderão transitar. O descumprimento constitui infração de trânsito prevista no artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), punível com multa de R$ 130.16.

Quinta-feira – 16h às 22h

Sexta-feira – 06h às 12h

Domingo – 16h às 22h

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Ricardo entrega restauração de rodovias na região do Brejo

EstradaO governador Ricardo Coutinho vai inaugurar mais duas obras do Programa Caminhos da Paraíba, na região do Brejo Paraibano, em solenidades que serão realizadas nesta sexta-feira (17). Tratam-se das restaurações da PB-111 (Araruna/Cacimba de Dentro/Entroncamento da PB-105) e da PB-077 (Cuitegi/Pilões).

A primeira obra a ser inaugurada interliga os municípios de Araruna e Cacimba de Dentro ao entroncamento da PB-105, com 37,3 km, contabilizada como a 120ª obra rodoviária da atual administração. A segunda rodovia, Cuitegi/Pilões, tem 13 km, é a 121ª.

Utilizando recursos próprios, o Governo do Estado investiu nas duas obras mais de R$ 13,2 milhões. Pela rodovia Cuitegi/Pilões trafegam diariamente 702 veículos, entre automóveis, camionetas, caminhões, ônibus e motos. Serão beneficiados 13.660 habitantes dos dois municípios.

A PB-111 tem um tráfego diário de 654 veículos e beneficia uma população de 94.447 habitantes dos municípios de Araruna, Camimba de Dentro, Solânea e Bananeiras. A rodovia recebeu serviços de correção de defeitos, recapeamento da pista de rolamento e acostamentos em tratamento superficial duplo mais uma camada de micro revestimento produzido com asfalto de alta resistência à ação do tráfego e as intempéries, limpeza dos acostamentos e do sistema de drenagem e sinalização horizontal e vertical.

Entre Cuitegi e Pilões foram executados serviços de reciclagem da camada de base com adição de 30% de brita, recapeamento asfáltico da pista de rolamento e dos acostamentos em concreto betuminoso usinado a quente – CBUQ, recuperação e limpeza do sistema de drenagem para águas superficiais e subterrâneas, roçada manual na faixa de domínio e sinalização horizontam e vertical.

O diretor superintendente do DER, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, destaca a inauguração de mais essas duas obras do Programa Caminhos da Paraíba, ambas beneficiando municípios da região do Brejo. São consideradas de grande alcance social e econômico na região, gerando mais emprego e renda e melhoria da qualidade de vida da população local, assegura o dirigente.

Secom

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

PRF flagra mais de 1,1 mil veículos em alta velocidade nas rodovias da Paraíba

prfEm apenas três dias de realização da Operação República, 1.116 motoristas foram flagrados trafegando com velocidade acima do permitido nas rodovias federais que cortam a Paraíba. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (14), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo a PRF, apenas em um dos locais de fiscalização foi registrado que a cada 17 segundos um veículo trafegava em alta velocidade, trazendo riscos de maiores acidentes.

“Quanto maior a velocidade, maior o tempo e a distância necessária para parar um veículo, portanto, maior o risco de ocorrer uma colisão. Para garantir mais segurança no retorno ao lar e não terem surpresas desagradáveis ao final do feriadão, é recomendável viajar durante o dia após a verificação das condições de alguns itens do veículo, como calibragem dos pneus, inclusive do estepe; nível de óleo; acionamento dos faróis, setas e lanternas, macaco, chave de roda, triângulo de sinalização”, informou a PRF.

A Operação República termina na noite desta terça-feira (15), feriado da Proclamação da República.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Movimentos interditam duas rodovias estaduais e deixam trânsito parado em parte da PB

protestoCerca de 400 famílias dos Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e Sem Terra (MST) interditaram na manhã desta segunda-feira (7) duas rodovias estaduais na Paraíba. As mobilizações aconteceram na PB-044, entre as cidades de Mari e Guarabira, e na PB-071, que liga os municípios de Sapé e Capim. O protesto começou as 7h e terminou por volta por volta do meio dia.

Segundo Eva Vilma, uma dos integrantes do MST, os manifestantes exigiam uma audiência com o Incra para resolver questões de conflitos agrários da região da Zona da Mata, com as Prefeituras de Mari, Sapé, o Ministério Público e a Companhia Estadual Habitação Popular (Cehap) para dialogar sobre a construções de casas para as famílias acampadas na região. Houve a informação de que a manifestação teria relação com um acordo descumprido pelas prefeituras, mas Vilma não soube precisar se haveria ligação.

De acordo com o capitão Melquisedec Lima, comandante da 3ª companhia de Sapé, o movimento foi pacífico e o trânsito foi fechado nos dois sentidos das rodovias, mas, a Polícia Militar interveio na mobilização e um acordo com os líderes foi firmado e os veículos liberados para passar a cada cinco minutos.

“As estradas foram interditadas com troncos de árvores e pedras, mas tudo transcorreu dentro da normalidade. Não houve fogo e os grupos se dividiram e ocuparam as duas estradas. A Polícia Militar acompanhou tudo e após acordos com os líderes houve a liberação total das rodovias”, falou o policial.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Uso de luz baixa durante o dia nas rodovias reduz número de acidentes e vítimas na Paraíba

farolApós um mês de vigência da Lei que obriga os motoristas usarem luz baixa durante o dia nas rodovias, o número de colisões frontais e atropelamentos na Paraíba diminuiu. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou queda no número de acidentes e vítimas. O número de condutores autuados trafegando sem usar os faróis baixos no período foi de 1.228.

O levantamento levou em consideração o período entre 8 de julho e 7 de agosto e apenas as ocorrências em pleno dia.

COLISÕES FRONTAIS

ANO

ACIDENTES

FERIDOS GRAVES

MORTOS

2015

3

6

1

2016

1 (-67%)

1 (-83%)

0 (100%)

ATROPELAMENTOS DE PEDESTRES

ANO

ACIDENTES

FERIDOS GRAVES

MORTOS

2015

6

2

2

2016

2 (-67%)

2 (0%)

0 (100%)

O período de um mês é muito pequeno para a realização de uma análise estatística, entretanto, podemos considerar que os números servem como um indicativo do comportamento dinâmico das ocorrências. Em outras palavras, o período usado normalmente pela PRF para estabelecer parâmetros é de um ano, mas fica claro neste resultado uma tendência de queda nos acidentes do tipo colisão frontal e atropelamento de pedestres.

Comunicação Social PRF/PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br