Arquivo da tag: rodas

Após sair do coma, Schumacher fica paralisado e numa cadeira de rodas

schumacherO ex-piloto francês Philippe Streiff, de 59 anos, disse em entrevista à rádio Europe 1, nesta quarta-feira, que o heptacampeão de F1, o alemão Michael Schumacher, está paralisado. “Schumacher está melhor, mas isso é relativo. Ele não fala, está paralisado e em uma cadeira de rodas. Ele tem problemas de memória e de fala”, disse o francês, que ficou paraplégico após sofrer um acidente durante um teste da F1 em Jacarepaguá, há 25 anos.

Schumacher, de 45 anos, se acidentou no dia 29 de dezembro de 2013, enquanto esquiava nos Alpes Franceses com a família e amigos. Na parte de fora da pista, o alemão caiu e bateu a cabeça em uma pedra. Da estação de Méribel, ele foi transportado para o Centro Hospitalar de Grénoble, onde recebeu a visita de Streiff. Na época, o ex-piloto francês declarou que Schumacher teria grande chance de ficar paralítico e com problemas para se comunicar.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No início de setembro, Schumacher apresentou um quadro de saúde mais estável e segue em tratamento em sua mansão na Suíça. O último contato da família foi feito dia 13 de novembro, quando postou uma mensagem no site do piloto, agradecendo pelo apoio dos fãs.

180 Graus

Rodas maiores podem causar problemas no seu carro

Fotos: Rafaela Borges/Estadão
Fotos: Rafaela Borges/Estadão

Importante item de segurança, por ser o apoio do pneu, a roda é tem também um grande apelo estético. Por isso, diversos motoristas trocam o equipamento original por outro modelo, mais bonito, chamativa e, muitas vezes, maior. Porém, esta prática tem de ser feita respeitando algumas regras, a fim de não prejudicar a dirigibilidade e a segurança do veículo, além de evitar o desgaste de outras peças.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Quando um carro é desenvolvido, existe uma relação entre as rodas e a arquitetura mecânica, criada para obter o melhor desempenho com economia de combustível”, explica o diretor da sociedade de engenheiros SAE Brasil, Francisco Satkunas. “No manual do veículo, alguns fabricantes colocam o limite do tamanho das rodas que o modelo pode receber, sejam maiores ou menores. Por isso, consulte-o sempre antes de fazer a substituição”, explica.

“O procedimento correto é só fazer aquilo que é permitido no manual do carro”, concorda o diretor da Associação de Engenharia Automotiva (AEA), Marcus Vinicius Aguiar.

Se for trocar a roda original por uma maior, é importante substituir, sempre, o pneu por um de perfil mais baixo. Esta é a recomendação do vendedor de uma loja especializada em rodas Fernando Chirichella. “Desta forma, não haverá alteração no diâmetro do conjunto”, reforça Satkunas.

Réplicas de rodas de 18″ para o Ford Focus

“Porém, como os pneus são caros, nem sempre o motorista efetua esse procedimento”, opina o engenheiro. De acordo com Chirichella, em média, os pneus representam 50% do preço do conjunto.

PROBLEMAS 

São inúmeros os problemas que podem ser causados pela troca da roda original por uma de maior – prática mais comum – ou menor porte. O principal é o comprometimento da dirigibilidade.

“Um modelo muito grande pode travar a caixa de roda. Neste caso, perde-se a dirigibilidade”, explica Aguiar. “Além disso, a prática dificulta manobras, pois há mais força e atrito, o que prejudica o trabalho da suspensão.” Este componente é afetado: há desgaste prematuro de suas molas, amortecedores e borrachas.

Francisco Satkunas diz que a roda de tamanho diferente do original pode também levar à perda de potência e desempenho do carro. “Além disso, o veículo pode estar rodando com uma velocidade maior à informada no velocímetro, pois a informação foi calculada com base no diâmetro original do conjunto. Com isso, o motorista pode levar multa por excesso de velocidade.”

Outra recomendação é verificar se a nova roda não está raspando no para-lama, o que, além de comprometer a dirigibilidade, vai causar desgaste prematuro dos pneus. “Nem sempre dá para observar isso com o veículo parado; talvez, nem rodando em linha reta. Somente em curvas”, fala Satkunas.

Por fim, é importante também prestar atenção ao desenho das rodas. “As muitas fechadas não vão permitir que seja feita a refrigeração correta do sistema de freios, comprometendo sua capacidade de ação”, alerta Aguiar.

Satkunas recomenda que o motorista sempre faça alinhamento e balanceamento no carro se decidir trocar as rodas originais – por um modelo indicado pela fabricante. “Isso evitará vibrações no volante.”

Fiesta pode receber rodas até 17″. Originais são de 15″ (Foto: Robson Fernandjes/Estadão)

PREÇOS

O Uno Vivace 1.0 2014 vem, originalmente, com rodas de aço de 13”, mas pode receber modelos de até 15”. Estas, de liga leve, custam R$ 600 (cada uma), em média, na rede de concessionárias da Fiat.

No mercado independente, dá para encontrar rodas esportivas para o Uno, também com 15”, por R$ 1.300 (o jogo de quatro unidades).

Para o Ford Fiesta S 2014, que tem rodas de aço de 15”, modelos de mesmo tamanho custam 541 (cada). As de 16” têm preço de R$ 720. Os valores foram apurados em concessionárias.

Mantendo os pneus originais, um jogo de liga leve de 15”, para o Fiesta, pode ser comprado por R$ 1.300 em lojas independentes. As de 17” saem por R$ 1.800, mas é preciso trocar os pneus por modelos de perfil mais baixo.

No caso do Honda Civic LXR 2014, que tem rodas de 17”, modelos de 19” estão à venda nas autorizadas por R$ 1025 cada uma, em média. A concessionária realiza verificação no veículo para certificar se ele pode receber os modelos maiores.

No mercado independente, dá para comprar o jogo de quatro rodas para o Civic por R$ 1.800, no caso das de 17”, R$ 2.260, para as de 18”, e R$ 2.880, para modelos de 20”. Nos dois últimos casos, é preciso trocar também os pneus.

 

estadao

Operação ‘Duas Rodas’ da PRF recupera motos roubadas, apreende armas e desarticula quadrilha no Sertão

policia federalA Polícia Rodoviária Federal (PRF) vem realizando desde o final do mês janeiro de 2014, em todos os trechos de rodovias federais no estado da Paraíba, a Operação “Duas Rodas”, que tem o objetivo de combater o uso indiscriminado de motocicletas e demais veículos de duas rodas motorizados.

A Operação está sendo desenvolvida em várias etapas e a PRF já concluiu duas delas. Sendo a primeira entre os dias 27 de janeiro a 1 de fevereiro, nos trechos das rodovias BR-101 e BR-230 na Grande João Pessoa e Campina Grande. A segunda etapa foi realizada nas rodovias federais que cruzam o Sertão da Paraíba, durante esta última semana, entre segunda-feira (10) até  o sábado (15) resultou na recuperação de duas motocicletas, apreensão de armas e munições que estavam em poder de três elementos acusados de praticar assaltos, que foram presos por porte ilegal de arma de fogo. Ainda, centenas de motos ficaram retidas para regularização.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As duas motocicletas que foram recuperadas na segunda etapa: a primeira na terça-feira (11), uma Honda Biz com queixa de roubo utilizando placa de outra moto com características semelhante, foi pega no km 291 da BR-230, em Santa Luzia. A segunda, uma Honda CG-125 com placa de São Paulo, também com queixa de roubo, foi recuperada na quarta-feira (12), no km 83,0 da BR-361 no município de Piancó.

A Polícia Rodoviária Federal na sexta-feira (14) montou uma barreira no Posto da PRF de São Mamede que fica no km 310 da rodovia BR-230 e, por volta das 19h quando estava sendo fiscalizado um automóvel Fiat Premio com três ocupantes, os Agentes encontraram escondidos debaixo dos acentos do veículo, uma pistola calibre 765 com nove munições intactas, um revolver calibre 38 com cinco munições também intactas e a quantia de R$ 1.900 em poder de dois adultos e um menor, todos residente no Bairro São José em João Pessoa. Eles têm passagens pela Polícia e são acusados de praticar assaltos na Capital e Região do Sertão da Paraíba.

O trio e todo o material apreendido foram encaminhados para Delegacia de Polícia da cidade de Patos.

Crime contra o meio ambiente

No sábado (15), quando as equipes da Operação retornavam para a Sede da PRF em João Pessoa, se depararam no km 183 da BR-230, no município de Pocinhos, com quatro homens que estavam de posse de animais silvestres, pássaros engaiolados.

Os quatro acusados de tráfico de animais silvestres foram detidos e os pássaros apreendidos. Juntos encaminhados e entregues ao IABAMA em Campina Grande.

Tabela do resultado parcial da Operação Duas Rodas da PRF na Paraíba

POLÍCIA  RODOVIÁRIA FEDERAL OPERAÇÃO DUAS RODAS

JOÃO PESSOA/CAMPINA GRANDE (27/01 a 01/02)

SERTÃO

(10 a 15/02)

TOTAL

Veículo Fiscalizado

551

729

1.280

Auto de infração lavrado

351

463

814

Teste de alcoolemia

35

155

190

Auto por embriaguez alcoólica

1

2

3

Veículo retido p/ regularização

84

113

197

Veículo recuperado

5

2

7

Documento falso/adulterado

0

1

1

Pessoa detida

4

8

12

Arma de fogo apreendida

0

2

2

Munição apreendida

0

14

14

Valor apreendido

0

R$ 1.900

R$ 1.900

 

 

A Operação Duas Rodas da PRF ainda não tem data de encerramento. Ela é composta por 15 policias rodoviários federais com a utilização de seis viaturas operacionais, sendo: um guincho, três motocicletas e quatro carros tipo patrulha.

Assessoria

Ex-BBB Fernando Fernandes fica em pé após cinco anos em cadeira de rodas

Reprodução/Instagram/fernandoflife
Reprodução/Instagram/fernandoflife

O ex-BBB e atleta paralímpico Fernando Fernandes, 33, publicou uma foto em que aparece em pé em seu Instagram.

Fernando, que participou do “BBB2”, ficou paraplégico em 2009, após bater o carro em um poste em São Paulo.

Desde então, ele vem se dedicando à canoagem paralímpica, modalidade em que é tetracampeão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Fernando ainda não pode andar, mas já consegue se sustentar em pé por alguns segundos, se apoiando com a mão.

“A esperança vê o invisível, sente o intocável e alcança o impossível! Tudo no seu momento”, escreveu o atleta.

 

 

Folha

A VOLTA DOS GORILAS: grupo dos amantes de veículos de duas e três rodas é reativado

gorilas

Fundado em novembro de 2004 por um grupo de amigos amantes de veículos de duas e três rodas, e que procuravam divertimento nos finais de semana, o Moto Clube “Gorilas do asfalto” esteve desativado por alguns anos, voltando as suas atividades o ano passado quando participou do encontro de motociclista em Araruna-Pb. Nos últimos meses O grupo esteve presente em vários eventos, a exemplo do 24º Cáctus Motofest ocorrido recentemente na cidade de Currais Novos no Rio Grande do Norte.

Os integrantes do Moto Clube estiveram reunidos na última quarta feira dia 20 nas dependências do espaço Cultural “Oscar de Castro” em Bananeiras com a finalidade de receber novos integrantes e planejar ações e viagens para o ano em curso.

gorilas1De acordo com Batista de Andrade, fundador do grupo, o Moto Clube tem a finalidade maior de proporcionar aos amantes e admiradores das motos lazer e estreitamento de laços de amizade entre integrantes de outros clubes, bem como prestar serviços a sociedade através de ações de cidadania.

Encontro

Já se cogita a nível local a promoção de um encontro na cidade de Bananeiras, que oferece toda a infra- estrutura necessária para realização de um evento desse quilate, para tanto, um ambicioso projeto esta sendo elaborado com essa finalidade o que deverá ocorrer entre os meses de agosto e dezembro, sob a coordenação da direção do Moto Clube “Gorilas do Asfalto”

 

 

Assessoria