Arquivo da tag: revela

”Ia dar um tiro na cara do Gilmar e depois me suicidaria”, revela Janot

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot revelou que planejou assassinar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, em 2017. O episódio foi lembrado pelo próprio Janot em entrevistas publicadas nesta quinta-feira pelos jornais “O Estado de S. Paulo”, “Folha de S.Paulo” e pela revista “Veja.

Segundo relato à “Veja”, Janot chegou a engatilhar a arma, ficou a menos de dois metros do ministro, mas não conseguiu efetuar o disparo. O motivo da ira foi um ataque de Gilmar à filha do então procurador-geral. “Esse inspetor Javert da humanidade resolveu equilibrar o jogo envolvendo a minha filha indevidamente. Tudo na vida tem limite. Naquele dia, cheguei ao meu limite. Fui armado para o Supremo. Ia dar um tiro na cara dele e depois me suicidaria. Estava movido pela ira. Não havia escrito carta de despedida, não conseguia pensar em mais nada. Também não disse a ninguém o que eu pretendia fazer”, conta o ex-PGR.

Janot também afirmou que tentou mudar a arma de mão quando não conseguiu atirar com a destra. “Esse ministro costuma chegar atrasado às sessões. Quando cheguei à antessala do plenário, para minha surpresa, ele já estava lá. Não pensei duas vezes. Tirei a minha pistola da cintura, engatilhei, mantive-a encostada à perna e fui para cima dele. Mas algo estranho aconteceu. Quando procurei o gatilho, meu dedo indicador ficou paralisado. Eu sou destro. Mudei de mão. Tentei posicionar a pistola na mão esquerda, mas meu dedo paralisou de novo. Nesse momento, eu estava a menos de dois metros dele. Não erro um tiro nessa distância. Pensei: ‘Isso é um sinal’. Acho que ele nem percebeu que esteve perto da morte”, lembra.

O procurador disse que, depois de ter falhado no propósito de executar seu adversário, chamou seu secretário executivo, disse que não estava passando bem e foi embora. “Não sei o que aconteceria se tivesse matado esse porta-voz da iniquidade. Apenas sei que, na sequência, me mataria”, conclui.

Sem citar o nome do ministro, a cena também é relatada no livro “Nada menos que tudo”, escrito pelos jornalistas Jailton de Carvalho e Guilherme Evelin. A obra será lançada pela Editora Planeta.

Gilmar é um ferrenho crítico da Lava-Jato. Em sessões do STF, costumava aproveitar seus votos para atacar também Janot. Diversas vezes já chamou o procurador de bêbado e de irresponsável.

Janot já apresentou ações ao STF alegando a suspeição de Gilmar para atuar em processos. Em maio de 2017, o procurador pediu o impedimento de Gilmar na análise de um habeas corpus de Eike Batista, com o argumento de que a mulher do ministro, Guiomar Mendes, atuava no escritório Sérgio Bermudes, que advogava para o empresário.

Ao se defender em ofício, Gilmar afirmou que Letícia Ladeira Monteiro de Barros, filha de Janot, advogava para a empreiteira OAS em processo no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Segundo o ministro, a filha do procurador poderia na época “ser credora por honorários advocatícios de pessoas jurídicas envolvidas na Lava Jato”. O episódio provocou a raiva de Janot. “Aí eu saí do sério”, resumiu. O GLOBO procurou Gilmar, mas não obteve resposta.

À revista Veja, Janot também afirmou que suspeita que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, hoje preso, mandou invadir sua casa, em 2015. Na ocasião, apenas um controle remoto do portão teria sido levado. “Era um recado, uma ameaça. Pelo cheiro, suspeito que foi obra do Eduardo Cunha. Não há evidência. É pelo cheiro mesmo”, declarou.

Janot afirmou ainda que o ex-presidente Michel Temer e o ex-deputado Henrique Eduardo Alves pediram, em 2016, antes do impeachment de Dilma Rousseff, que o então procurador-geral parasse qualquer investigação contra Cunha, que, na época, presidia a Câmara: “Eles queriam que eu praticasse um crime, o de prevaricação. Falei alguns palavrões indizíveis antes de ir embora. A reunião foi testemunhada pelo Zé Eduardo (José Eduardo Cardozo, então ministro da Justiça)”.

(Com informações de O Globo).

 

 

 

Ricardo revela porque bloqueou promoções na PM e UEPB

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou sobre os decretos publicados no Diário Oficial do Estado que beneficiam o plano de cargo e carreira da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e da Polícia Militar, publicados na última quarta-feira(11). Segundo o gestor, as promoções haviam sido bloqueadas devido ao momento da crise econômica.

“Atualizamos todas as promoções da polícia, foram mais de seis mil e, também, dentro do orçamento proposto pelo reitor Rangel Junior, dentro do orçamento da UEPB, sem ultrapassar os limites da Lei Orçamentária Anual e os limites de pessoal dentro da legislação, foi autorizada a recomposição das promoções dos anos de 2005, 2006 e 2007”, explicou o governador.

Ricardo explicou que houve uma negociação com a Reitoria, o ADUEPB e o SINTESPB acerca do desbloqueio das promoções.  Em relação à Polícia Militar, ele ressaltou que começou a fazer as liberações dentro da polícia, pois aponta que, além da promoção, o serviço destes apresenta o diferencial da patente, dentro do exercício de poder e funções da corporação.

“Governar neste momento não é nada fácil. As coisas de uma hora para outra mudam completamente. A Paraíba é um estado em transformação, que vem avançando muito sua receita própria e nós nos preparamos pra crise sem parar nada”, destacou, aproveitando para comentar as inaugurações e os investimentos na educação para o próximo ano.

 

Juliana Cavalcanti –  MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Pesquisa Ibope revela que orgulho de ser brasileiro está em baixa

Mapa do Brasil | Arquivo Google
Mapa do Brasil | Arquivo Google

O refrão “sou brasileiro, com muito orgulho…”  ainda é cantado aqui e ali em jogos da seleção (da seleção de Tite, bem entendido), mas nas ruas nunca esteve tão em baixa.

É o que constata uma pesquisa inédita feita pelo Ibope em todo território brasileiro entre os dias 8 e 12 de dezembro.

Em 2001, ainda nos tempos de FH, aqueles que declaravam ter “muito orgulho” eram 58% da população; hoje, são 34%.

Quem tinha “pouco” ou “nenhum” orgulho, em compensação, passou de 19% para 30% dos brasileiros neste período.

O Globo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Quase 96% das prefeituras paraibanas trabalham sem planejamento, revela estudo do TCE

tceA maioria dos municípios paraibanos trabalha sem planejamento, foi o que constatou o ‘Índice de Efetividade da Gestão Municipal’, estudo divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), nesta quinta-feira (15). De 223 prefeituras, 214 responderam que seu planejamento, para o ano de 2015, não foi estruturado por meio de programas, indicadores, metas e ações.

A mesma quantidade, 96%, respondeu que não disponibilizou, periodicamente, programas de capacitação e atualização para o pessoal da área de Tecnologia da Informação.

O ‘Índice de Efetividade da Gestão Municipal’, servirá de subsídio aos novos prefeitos para ações em pontos críticos, por exemplo, na educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, tecnologia da informação e proteção das cidades.

Na educação, área em que a pontuação também ficou na média nacional, classificada como “em fase de adequação”, o indicador apontou vários pontos críticos. Metade das prefeituras respondeu que não foram adotadas medidas ou ações para monitoramento da taxa de abandono das crianças na idade escolar, o chamado Ciclo I.

A maioria respondeu, também, que não fez planejamento de vagas para sua rede de ensino: 60% não planejam vagas para creches, 61% não planejam para a pré escola e 71% não planejam as vagas para o Fundamental 1.

Na saúde, igualmente pontuada na média nacional, exatos 210 municípios já chegaram a interromper, ou descontinuar, atendimentos nas unidades por falta de insumos. E 51% não possuem informação sistematizada sobre os gargalos/demanda reprimida de atendimento ambulatorial/hospitalar de média e alta complexidade de referência para a Atenção Básica. E 64% dos municípios paraibanos não têm controle de ponto eletrônico para os médicos.

A pontuação dos 223 municípios paraibanos, por área, ficou assim: O i-Educ PB – que é o índice temático da educação – e o i-Saúde PB – índice temático da saúde – obtiveram, respectivamente, notas médias de 0,61 e 0,70 enquadrando-se, ambos, na faixa B, que classifica a gestão nessas áreas como “Efetiva”. A “Média Brasil” nesses indicadores representaram, respectivamente 0,62 e 0,70, enquadrando-se, ambos, na mesma faixa de resultado B, ou seja, efetiva.

O i-Fiscal PB obteve nota média de 0,64 enquadrando-se na faixa de resultado B. Aqui, a “Média Brasil , relativa a 4.037 municípios nesse quesito, foi de 0,65, enquadrando-se na mesma faixa de resultado B, indicação de que a gestão é efetiva, nesta área.

O i-Plan PB e i-Cidade PB obtiveram, respectivamente, notas médias de 0,32 e 0,26 enquadrando-se, ambos, na faixa de resultado C – “Baixo Nível de Adequação”, a mesma classificação para a média dos municípios no país, que foi, nesses indicadores, respectivamente, de 0,41 e 0,39.

O i-Gov TI na Paraíba corresponderam, respectivamente, as notas médias de 0,30 e 0,34 enquadrando-se ambos, também, na faixa de resultado C, indicativo de desempenho fraco. A “Média Brasil” nesses indicadores representaram, respectivamente 0,44 e 0,45 – faixa de resultado C, igualmente “Baixo Nível de Adequação”.

MaisPB com TCE-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Coronel Euller revela criação de pelotões especiais para combater ataques a bancos na Paraíba

euller-chavesApós os recorrentes casos de explosões a agências bancárias e correios no interior do estado, o Comandante da Polícia Militar da Paraíba, Coronel Euller Chaves, revelou em entrevista ao Sistema Arapuan nesta terça-feira (29), durante entrega de viaturas e equipamentos às polícias Militar e Civil do Estado, a criação de pelotões na área da caatinga para coibir este tipo de ações.
A primeira célula será implementada na região de Pocinhos. A companhia será voltada para operações na Caatinga e será instalada para combates específicos a crimes contra agências bancárias. A partir daí a ideia é expandir para outras três localidades a priori, Princesa Isabel, Patos e Cajazeiras.
Em Pocinhos a unidade já deve ser implementada a partir do início do próximo ano na primeira célula, explicou o coronel. “As viaturas começaram a implementar um curso de nível internacional realizado em Pocinhos com a participação da polícia paraguaia, da Bahia, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Um conjunto de ações de capacitação, logística e tecnologia focadas no homem para a coletividade e cidadãos paraibanos”, disse.

paraiba.com.br

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Luciana Gimenez posa nua e revela a problemática do dia: ‘Qual sapato?’

Luciana Gimenez posou nua para dividir com seus seguidores uma dúvida cruel: qual sapato escolher? Despida como veio ao mundo, a apresentadora fez uma foto dentro do closet com dois pares de sapatos diferentes. Antes, Luciana postou uma foto em pose sexy onde aparece bebendo água de coco. “Working day”, escreveu, dando a enteder que estava nos bastidores do seu programa.

Gimenez adora causar no Instagram. Seja com fotos sensuais, quando mata as inimigas de inveja ao mostrar o abdômen sarado e definido, ou comprovando que é bem elástica ao se fotografar em poses dignas de um contorcionista na yoga.

Luciana Gimenez (Foto: Reprodução/Instagram)Luciana Gimenez (Foto: Reprodução/Instagram)
Luciana Gimenez (Foto: Reprodução/Instagram)Luciana Gimenez (Foto: Reprodução/Instagram)
EGO

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Laudo da PF revela que Odebrecht pagou R$ 11 milhões a filho de ex-ministro do STJ

odebrecht-e-braskenO escritório do advogado Marcos Meira, filho do ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) José de Castro Meira, recebeu pelo menos R$ 11,2 milhões da Odebrecht entre os anos de 2008 e 2014, segundo laudo da Polícia Federal na operação Lava Jato.

O então ministro Meira foi o relator em 2010 de um processo contra a Braskem, braço petroquímico da Odebrecht, em que ele considerou prescrita uma dívida de R$ 500 milhões cobra da Fazenda Nacional contra a empresa. O julgamento no STJ ocorreu em 5 de agosto daquele ano. No dia 16 de novembro, Meira ainda relatou e rejeitou um recurso da Fazenda Nacional contra a decisão.

O processo começou a tramitar no STJ após a Procuradoria da Fazenda recorrer de um acórdão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região sobre créditos tributários a favor da Braskem.

De acordo com texto distribuído na época pelo STJ, “Meira, relator do caso, entendeu que o prazo para ajuizar a execução fiscal contra a empresa teria expirado em 2001. O processo envolve uma multa aplicada contra a Copesul, controlada hoje pela Braskem”.

Segundo laudo da Polícia Federal na Operação Lava Jato, divulgado em reportagem de Rubens Valente, a Odebrecht fez pagamentos a duas firmas do advogado Marcos Meira, a M Meira Associados e Consultoria e M Meira Advogados Associados e Consultoria.

A construtora pagou pelo menos R$ 1,1 milhão no ano de 2008, R$ 407 mil em 2009, R$ 3,1 milhões em 2010, R$ 5,1 milhões em 2012, R$ 231 mil em 2013 e R$ 876 mil em 2014.

O advogado Marcos Meira informou que “presta serviços” à Odebrecht “há cerca de 15 anos em diferentes áreas do direito, objeto e formas de contratação”, e disse que não poderia revelar a natureza dos serviços prestados à empreiteira porque está “incondicionalmente obrigado ao sigilo sobre sua atuação devido a cláusulas de confidencialidade”.

Brasil 247

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cássio Cunha Lima surpreende e revela que pode disputar eleição nacional em 2018

CássioO senador Cássio Cunha Lima (PSDB) revelou, nesta sexta-feira (07), que poderá não disputar à reeleição, nem o Governo do Estado, em 2018, para participar do pleito em âmbito nacional.

Indagado se seria candidato a senador ou a governador, Cássio disse que ainda é muito cedo para discutir o pleito, mas não descartou a possibilidade de disputar o pleito fora da Paraíba.

“Não sei nem se candidato eu sou. Ninguém é candidato de si mesmo. Posso ser candidato a governador, a senador. Posso não ser candidato a nada. Posso ser candidato fora da Paraíba. Uma eleição nacional, por que não?”, indagou.

Com relação a disputa estadual, Cássio disse que a prioridade é consolidar a frente das oposições paraibanas.

“Nossa prioridade é fazer alianças, como fizemos em 2016, sem nenhum projeto pessoal. Nosso objetivo, nosso projeto é consolidar a frente das oposições paraibanas. Mas, vamos deixar as coisas acontecerem, as eleições ainda serão em outubro de 2018”, afirmou.

Cristiano Teixeira – MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Eduardo Cunha revela mágoa com dois paraibanos e diz que parlamentares o traíram ao votarem pela cassação

Wilson Dias/Agência Brasil
Wilson Dias/Agência Brasil

A famosa “tropa de choque” do Cunha, terminou o processo que resultou na cassação do mandato do ex deputado peemedebista, dividida. Pouco mais de uma semana após perder o mandato, Cunha revelou ao Estadão, mágoas contra dois deputados paraibanos , que segundo ele, o teria traído.

Ao comentar as ´traições´ que sofreu quando da votação de sua cassação, na semana passada, Eduardo Cunha centrou fogo nos paraibanos “Agnaldo Ribeiro (PP) e Manoel Junior (PMDB).

Ainda inconformado, ele disse que houve hipocrisia dos deputados, que o defenderam no Conselho de Ética, mas no plenário, mudaram a posição e votaram a favor da cassação.

– Houve ali hipócritas. Aguinaldo Ribeiro (líder PP), que passou a madrugada antes da votação me ajudando, e Manoel Junior (PMDB-PB), responsável por grande parte da minha defesa no Conselho, jamais poderiam ter votado contra mim. Mas o tempo os espera. A política detesta traidor – acentuou Cunha.

A “tropa de choque” do Cunha, também era formada pelo deputado Wellington Roberto (PR), sendo que este, não votou pela saída definitiva do ex parlamentar do Rio de Janeiro.

Severino Lopes

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Crianças de 4 anos já podem se achar gordas, revela um levantamento

criançaUm pequeno estudo realizado no Reino Unido traz um dado alarmante: crianças de 3 a 5 já podem ter preocupações relacionadas a autoimagem.

O levantamento, que contou com 361 funcionários de escolas e berçários daquele país, mostrou que um terço deles já ouviu os pequenos dizerem que estão gordos, e 10%, que são feios. E o mais chocante: uma em cinco crianças já rejeitou algum tipo de alimento por receio de engordar, segundo a pesquisa, conduzida por uma associação de profissionais chamada Pacey (Professional Association for Childcare and Early Years).

Para a médica que presta consultoria para a entidade, a TV e mesmo personagens de livros infantis podem ter influência na autoimagem das crianças, bem como, é claro, comentários feitos pelos pais e por outras crianças. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

A Pacey faz parte de uma campanha chamada Be Real (Seja Real), que tem como objetivo fazer com que os jovens valorizem mais a saúde do que a aparência ao escolher determinadas atitudes. A preocupação excessiva com o corpo pode gerar problemas de autoestima e levar a transtornos alimentares, entre outros.

Apesar de a pesquisa ter contado com uma amostra pequena, outros trabalhos mais robustos já apontaram uma tendência semelhante. Entre eles, um levantamento anterior realizado com 6 mil crianças de 3 a 14 anos, também no Reino Unido, que revelou como crianças com menos de 10 anos já apresentam sinais de insatisfação com o próprio corpo.

Quanto mais cedo certas crenças são incorporadas, mais difícil fica mudar a cabeça de um adolescente com transtornos graves como a anorexia e a bulimia.

doutorjairo.blogosfera

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br