Arquivo da tag: reunir

Governadores do Nordeste irão se reunir em JP para discutir segurança

Os governadores do Nordeste irão se reunir em João Pessoa nas próximas semanas para discutir questões relacionadas à segurança pública. A intenção é elaborar uma pauta comum aos nove estado e apresentá-la ao presidente da República, Michel Temer.

A reunião foi motivada principalmente pelo anúncio da criação do Ministério da Segurança pelo presidente, a partir da intervenção federal no Rio de Janeiro. O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, relembrou que medidas para conter a violência já integraram debates anteriores dos gestores nordestinos.

“Vai existir sim, já temos uma discussão acumulada sobre isso, não é novidade para nós que já construímos um documento sobre segurança, fizemos propostas concretas aos governos durante os últimos sete anos sobre pautando a participação da União nisso e imaginando a participação dos municípios, porque tem que ter”, disse.

Conforme o socialista, a demanda dos estados está concentrada principalmente na aquisição de tecnologias de combate ao crime. “Quando você tem desequilíbrios entre um estado e outro vizinho, você provoca naturalmente focos de tensão significativos”, argumentou.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

TCE vai reunir presidentes de Câmaras Municipais na próxima sexta-feira

tceOs presidentes das 223 Câmaras de Vereadores da Paraíba vão se reunir por toda a manhã da sexta-feira (17), no Auditório Celso Furtado, do Centro Cultural Ariano Suassuna, pertencente ao Tribunal de Contas do Estado, para a discussão de temas atinentes, entre outros, a limites do Poder Legislativo, subsídios, orçamento e função dos vereadores.

Programado pela Escola de Contas Conselheiro Otacílio Silveira (Ecosil), organismo sob coordenação do conselheiro Marcos Costa, o encontro ainda servirá para informações sobre as ferramentas eletrônicas desenvolvidas pelo TCE, a exemplo do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos Públicos (Sagres), Sistema Eletrônico de Tramitação Processual (Tramita), Indicadores do Desempenho de Gastos Públicos (IDGPB) e Portal do Gestor.

Após credenciamento e entrega de manuais impressos aos participantes, o encontro será aberto, às 8h40, com o cântico do Hino Nacional pelo Coral de Servidores do TCE. Em seguida, o presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres Pontes, saudará a todos.

As informações sobre os Sistemas do Tribunal de Contas serão prestadas, às 9h20, pelo auditor de contas públicas Ed Wilson Fernandes de Santana. Depois dele, outro auditor, Ênio Martins Norat, falará, às 9h50, sobre a Ouvidoria do TCE. Às 10h40, será a vez de Maria Zaíra Chagas Guerra, também auditora, tratar de questões atinentes a orçamento, subsídios e limites do Poder Legislativo.

As duas últimas palestras (após intervalo de 30 minutos) estarão a cargo do auditor de contas públicas Mateus de Medeiros Lacerda, que discorrerá, às 11h50, sobre “Função dos Vereadores”, e da procuradora geral junto ao TCE Sheyla Barreto Braga de Queiroz, sobre “Aspectos Relevantes do Processo Legislativo”, às 12h30. O encerramento do encontro com os presidentes das Câmaras de Vereadores será feito, em seguida, pelo conselheiro Marcos Costa.

 

Ascom/TCE-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Bancários devem se reunir amanhã para analisar contraproposta da Fenaban

(Foto: Agência RBS)
(Foto: Agência RBS)

Uma nova rodada de negociação entre o comando nacional de greve dos Bancários e a Fenaban deve acontecer nesta terça-feira (27) em São Paulo, para tentar por fim a paralisação da categoria que já dura 21 dias.

De acordo com o secretário do Sindicato dos Bancários da Paraíba Jurandi Pereira, a categoria espera que uma nova contraproposta seja apresentada, caso contrário a greve não será encerrada.

“Estamos aguardando receber uma contraproposta. Se não tiver uma posição razoável, infelizmente tenho que afirmar que a greve vai continuar, mas esperamos que eles – banqueiros – ofereçam uma proposta digna.

O presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba Marcelo Alves já está em São Paulo e irá participar para participar da reunião.

Wallison Bezerra – MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Maranhão deve reunir PMDB da PB para deliberar sobre conjuntura nacional

maranhãoO senador José Maranhão voltou atrás e afirmou nesta quarta-feira (23) que não tem posição definida sobre a manutenção ou rompimento do PMDB no governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

Ele, que na semana passada defendeu que os peemedebistas que detêm cargos no governo entregassem as funções, declarou que acompanhará a decisão partidária, que será tomada de forma conjunta.

“O PMDB da Paraíba vai definir sua posição com o PMDB nacional. Isso é uma posição partidária e tem que ser uma decisão de forma conjunto. Eu sou partidário”, explicou.

Maranhão disse ainda que a bancada federal do PMDB da Paraíba ainda deve ser reunir antes da convenção nacional para tomar a decisão pelo rompimento ou manutenção no governo petista.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“A reunião do PMDB nacional para fazer esta deliberação foi antecipada, mas nós do PMDB da Paraíba devemos nos reunir antes para discutir o assunto”, disse.

A tendência é que o PMDB decida pelo rompimento. A saída deve ser oficializada na convenção do partido marcada para dia 29, mas de acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, o  vice-presidente Michel Temer deve anunciar, no encontro com o ex-presidente Lula, que o PMDB desembarcará de vez do governo da presidente Dilma Rousseff.

 

 

blogdogordinho

Em João Pessoa jogo festivo vai reunir Zico e Viola no dia 26 de março

zico-flamengoDe um lado, Zico, o eterno ídolo flamenguista. Do outro, Viola, o tetracampeão mundial que fez história em grandes clubes do Brasil. É este o aperitivo do Jogo dos Famosos, que vai ser realizado no Estádio Almeidão, em João Pessoa, no dia 26 de março. A partida vai começar às 21h e a expectativa dos organizadores do evento é convidar para o duelo uma série de outros craques do passado do futebol brasileiro.

Dos outros nomes, inclusive, um já está certo: o do zagueiro Ronaldão, com passagens por São Paulo e pelo futebol japonês e que também foi tetra mundial pelo Brasil em 1994.

O duelo vai ser entre a Seleção de Zico e a Seleção de Viola e ambos ainda estão montando suas equipes. A partida idealizada para João Pessoa surgiu depois que Zico fez um primeiro jogo festivo no Nordeste, em 2014, quando seu time jogou contra a Seleção de Ronaldo Angelim, em Juazeiro do Norte, que marcou a despedida de Angelim dos gramados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A última vez que o ex-jogador esteve na capital paraibana foi no dia 15 de agosto de 2010 na partida entre a Seleção Zico 10 Master x Seleção Master da Paraíba. Nomes como Ailton, Júnior Baiano, Djair, Nélio, Djalminha, Cláudio Adão e Piá jogaram no time do Galinho de Quintino.

A organização do evento, no entanto, ainda não definiu valores dos preços dos ingressos, e destacou que isto só será definido mais perto do jogo.

GE

 

Evento com 120 pastores ocorre ao lado da Parada LGBT em JP e espera reunir 25 mil

Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

O Clama João Pessoa ocorre neste sábado (6) no Busto de Tamandaré e terá a participação de 120 pastores, além de atrações musicais dos estados da Paraíba, Rio de Janeiro e Bahia. O evento cristão é coordenado pelo pastor Clóvis Bernardo, no mesmo dia da Parada LGBT, que também acontece na orla da Capital.

Apesar disso, o pastor garante que não haverá nenhum tipo de conflito ou divergência de ideias. Segundo ele, o Clama vai fazer orações e louvores para combater a discriminação, o preconceito, a violência e garantir que os direitos de todos os cidadãos sejam garantidos, independentemente das diferenças.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“O evento é cristão, não é evangélico. Queremos reunir todos e mostrar que não há mais espaço para nenhuma forma de preconceito. Homossexuais, umbandistas, católicos, evangélicos e qualquer pessoa interessada podem participar do Clama”, afirma o pastor.

O Clama João Pessoa espera reunir cerca de 25 mil pessoas no Busto de Tamandaré, a partir das 19h deste sábado (6), em concentração e apresentação fixa, sem marcha. A Parada LGBT começa às 16h, na avenida Ruy Carneiro, e segue para o Largo da Gameleira, em Tambaú.

De acordo com o pastor Clóvis, a programação inclui a participação de 120 pastores e músicos, como ele, a baiana Raquel Santos e a carioca Raquel Cais. O pastor adiantou ainda que autoridades políticas foram convidadas e que o evento terá o suporte da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

 

portalcorreio

Sétima edição do ‘Tambaba Open Surf’ deve reunir 40 competidores nus

praia-de-tambabaA praia de Tambaba, litoral sul da Paraíba, sedia nos dias 6 e 7 de setembro,  a sétima edição do Tambaba Open de Surf Nu. nos dias 6 e 7 de setembro.

O Tambaba Open é o único campeonato para surfistas nus no Brasil. Foi criado para promover os conceitos de liberdade, integração e respeito à natureza que orientam a prática do naturismo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A expectativa é de que a competiçao receba 40 atletas que neste ano vai contar disputas em três categorias: open, expression session e local.

De acordo com Carlos Santiago, coordenador do evento, as inscrições já estão abertas e custam R$ 35, e podem ser feitas até 30 minutos antes do início da competição.

A organização do Tambaba Open disponibilizou o e-mail movimento.nu@gmail.com para tirar duvidas.

 

clickpb

Centrais sindicais esperam reunir 40 mil em marcha nesta quarta-feira

centraisEm defesa da cidadania, do desenvolvimento e da valorização do trabalho. Com essas bandeiras as centrais sindicais – Força Sindical, CUT, CTB, NCST, CGTB e UGT – vão realizar a 7ª Marcha à Brasília (DF), nesta quarta-feira (6) a partir das 9h. O objetivo é pressionar o governo federal e o Congresso Nacional pela retomada dos investimentos públicos e por salários e empregos de qualidade no Brasil, com a garantia de contrapartidas sociais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves (Juruna), destaca a importância da unidade das centrais e da mobilização dos trabalhadores. “Por mais que o governo seja comandado por uma pessoa que participou da luta armada e que tem um bom histórico, não passa de um governo de coalizão. Os trabalhadores têm que estar organizados e prontos para influenciar esse governo, que é conservador”, ressalta.

Os manifestantes vão se concentrar em frente ao Estádio Mané Garrincha e caminharão até o Congresso Nacional. Mais de 40 mil pessoas são aguardadas para o ato. Ao todo, 12 reivindicações dos trabalhadores do campo e da cidade vão ser apresentadas à presidenta Dilma Rousseff que, por sua vez, sinalizou receber pessoalmente os representantes das centrais sindicais.

“A gente espera que ela receba e que também possa atender às nossas reivindicações”, disse Wagner Gomes, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Entre as bandeiras do movimento estão a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, o fim do fator previdenciário e a reforma agrária – com o assentamento de 200 mil famílias.

Além disso, as centrais também reivindicam 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação e para a saúde, a regulamentação da Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), a ratificação da Convenção 158 e a valorização dos trabalhadores aposentados e pensionistas.

A Marcha à Brasília já foi realizada seis vezes, sendo a última em 2009. As primeiras foram feitas à pé e os sindicalistas reivindicavam aumento real para o salário mínimo.

Economia e desemprego

De acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a economia brasileira cresceu 0,9% em 2012, abaixo da estimativa de alguns economistas que calculavam 1,5%. A Pesquisa Mensal de Emprego do instituto ainda demonstrou que a taxa de desemprego subiu para 5,4% em janeiro – havia sido de 4,6% em dezembro.

Para acelerar a economia e criar mais empregos, é necessário que o governo continue incentivando o mercado interno, na avaliação do secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves (Juruna). De acordo com ele, as demissões massivas não podem continuar como vêm ocorrendo hoje em dia.

“Mesmo naqueles projetos em que o governo tem dado incentivo com a redução dos impostos, não há um controle social sobre as não demissões”, pontua.

O presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Wagner Gomes, acredita que se o superávit primário tivesse sido investido na economia, o Brasil já teria recuperado o fortalecimento da indústria nacional.

 

 

brasildefato

Congresso deve reunir cerca de mil jovens consagrados em Aparecida/SP

Com o tema “Novas Gerações: Tecendo relações, construindo caminhos o Congresso das Novas Gerações da Vida Religiosa Consagrada pretende reunir em Aparecida-SP, no Espaço Cultural Padre Vitor Coelho, cerca de mil religiosos e religiosas jovens, de 09 a 12 de fevereiro de 2013. O evento é uma organização da CRB Nacional – Conferência dos Religiosos do Brasil sob coordenação do Assessor Executivo para as Juventudes, Frei Rubens Nunes da Mota, OFMCap (foto), a representante  da Diretoria da CRB Nacional, Irmã Lourdes Oro, sds, e um representante da Vida Religiosa Jovem de cada regional da CRB.[bb]

“O objetivo deste Congresso Nacional é redescobrir caminhos para assumir o protagonismo das Novas Gerações da Vida Religiosa Consagrada, favorecer a espiritualidade, as relações fraternas, e a missão, para ser testemunho profético diante da realidade atual”, informou.
De acordo com o assessor, se entende por ‘Novas Gerações da Vida Religiosa, todos os consagrados que fizeram os primeiros votos ou votos temporários, até 10 anos de votos perpétuos. Para  ele o que motiva a continuidade dos Congressos para este publico da Vida Consagrada é o fato de que, conforme apontam as pesquisas, os grandes hiatos, as grandes crises da Vida Religiosa se encontram nessa fase da vida.
“O Congresso não é um ponto final, nem ponto de partida, mas fruto de uma caminhada. Queremos que este momento seja uma motivação para que nas regionais da CRB possam continuar a formação de grupos ‘Novas Gerações’ que deem continuidade ao processo de partilha da vida, troca de experiências, de rezar juntos/as para continuarem fiéis no caminho e missão”, afirmou.
LOURDES_ORO_DIRETORIA_DA_CRBNACIOA representante e membro da Diretoria da CRB Nacional, Irmã Lourdes Oro, sds, falou sobre as perspectivas da CRB sobre este evento. “A primeira perspectiva é que este Congresso seja para a Juventude Religiosa, um momento de revigoramento, de retomada da Vida Consagrada, da sua opção vocacional, com novo ânimo, com novo vigor e reencantamento do chamado vocacional e do espírito missionário. Uma outra perspectiva é que a Juventude da Vida Consagrada tenha neste Congresso um espaço onde possam renovar o seu compromisso com a vida e a missão da Vida Religiosa. Que se sintam convocados, compromissados e valorizados, relatou.
Para Irmã Lourdes, a cidade de Aparecida é o melhor lugar para a realização do evento: “É muito bom que seja em Aparecida pois Nossa Senhora é a nossa padroeira e é importante que a Vida Religiosa Jovem faça essa peregrinação até ao Santuário no sentido de ir ao encontro da Mãe da Vida Consagrada, a padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida”, concluiu.
Público alvo do 2º Congresso das Novas Gerações
Participam do Congresso, religiosos e religiosas até 10 anos de votos perpétuos, superiores, conselheiros e formadores das congregações afins, membros das diretorias regionais e acompanhantes dos grupos novas gerações. Para fazer a inscrição, entre em contato com a CRB: (61) 3224-4249 ou solicite a ficha de inscrição por e-mail: rosenildep@gmail.com (Irmã Rosenilde) e secretaria3@crbnacional.org.br (Leandro).
CNBB

TCE vai reunir prefeitos eleitos para avaliar andamento de transição

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) deverá se reunir no próximo dia 27 de novembro com os 223 prefeitos eleitos no Estado. A intenção é avaliar o andamento da transição de governo, especialmente nos municípios em que não houve reeleição, assim como recomendado na resolução normativa 09/2012, aprovada pelo órgão no último dia 17 de outubro, com base na Lei de Responsabilidade Fiscal. Todos terão que nomear uma comissão para analisar os documentos e emitir um relatório técnico de transição.

A resolução normativa 09/2012 recomenda que os prefeitos devem obedecer um prazo de dez dias após a homologação da eleição para designar a comissão de transição, que deverá ser formada por pelo menos um representante do prefeito eleito. O texto, conforme explicou o presidente do TCE-PB, Fernando Catão, é similar ao que foi aprovado para as eleições municipais de 2008. “Ela sofreu algumas adequações à legislação, apenas”, disse.

A instalação dos gabinetes de transição não é obrigatória, mas o acesso aos dados da gestão deve ser garantido. O TCE-PB orientou os prefeitos eleitos a emitirem um recibo ao ex-prefeito, requisitando levantamentos, demonstrativos e inventários da administração municipal. O ex-gestor municipal deverá disponibilizar, entre outros documentos, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA) e o Plano Plurianual (PPA) referentes ao exercício 2013, os termos de conferência de saldo em caixa, de verificação de saldo bancário, conciliação bancária, relação de valores pertencentes a terceiros, balancetes mensais, demonstrativo da dívida fundada e inventário atualizado dos bens patrimoniais.

O ex-prefeito terá ainda que especificar ao gestor eleito a relação dos servidores municipais, com referência aos funcionários estáveis, pertencentes ao quadro suplementar, admitidos através de concursos públicos, e os admitidos por prazo determinado a partir de 2 de janeiro de 2009. Além disso, o gestor anterior deverá disponibilizar o demonstrativo das obras em andamento, com resumo dos saldos a pagar e o percentual que indique o seu estágio de execução, a relação dos precatórios a serem pagos nos exercícios vindouros e os contratos que venceram até o final do exercício de 2012, correspondentes ao fornecimento de produtos e serviços, como combustível, merenda escolar, medicamentos e vigilância.

A resolução determina ainda que os membros da comissão comuniquem ao TCE-PB a não apresentação dos documentos exigidos na resolução.

JPonline