Arquivo da tag: reúnem

Prefeitos eleitos no Nordeste se reúnem nesta semana no DF

mariordo@aol.com
mariordo@aol.com

A maioria dos prefeitos eleitos na Paraíba, nas eleições deste ano, participa nesta semana em Brasília do encontro regional dos gestores municipais do Nordeste. O encontro acontecerá entre os dias 9 e 11 deste mês, no Centro de Convenções da cidade.

De acordo com o presidente da Federação dos Municípios da Paraíba Tota Guedes, entre os temas que serão discutidos estão as prioridades para o próximo ano.

“É um encontro que está sendo promovido pela Federação Nacional dos Municípios com prefeitos do Nordeste, para orientar os prefeitos de como enfrentar as dificuldades no começo da gestão. A situação hídrica dos estados também estará na pauta”, disse.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Bancários se reúnem em assembleia e devem por fim à greve nesta segunda

greve-dos-bancosEm greve há vinte dias, os bancários devem aceitar a proposta de reajuste de 10% oferecida pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e encerrar a paralisação durante assembleia da categoria nesta segunda-feira (26).

A recomendação é do Comando Nacional dos Bancários.

Além do reajuste salarial, também foi oferecido um aumento de 14% nos vales refeição.

Os banqueiros também aceitaram abonar 63% das horas dos trabalhadores de 6 horas, de um total de 84 horas, e 72% para os trabalhadores de 8 horas, de um total de 112 horas. Assim, um dia após a assinatura do acordo, os trabalhadores, compensariam, no máximo, uma hora por dia útil, até o dia 15 de dezembro.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A reunião está programada para acontecer às 19h na sede do sindicato na Avenida Beira Rio, em João Pessoa.

A previsão é que os bancos voltem a funcionar até a próxima quarta-feira (28).

MaisPB

Brics se reúnem com líderes sul-americanos para ampliar influência do bloco

bricssChefes de Estado dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) se reúnem nesta quarta-feira em Brasília com líderes da América do Sul para tentar ampliar a influência do bloco entre países emergentes. O governo brasileiro espera que todos os chefes de Estado sul-americanos estejam presentes.

No encontro, que ocorrerá em meio à sexta cúpula dos Brics, iniciada na terça-feira em Fortaleza, os Brics apresentarão aos sul-americanos seu recém-criado Novo Banco de Desenvolvimento (NBD).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Inspirada no Banco Mundial, a instituição financiará investimentos em infraestrutura em países pobres e emergentes que integrem ou não os Brics.

Em entrevista recente a jornalistas, o subsecretário do Ministério das Relações Exteriores José Alfredo Graça Lima disse que o Novo Banco de Desenvolvimento poderá se abrir a outros bancos multilaterais ou de desenvolvimento regionais.

Como, segundo Lima, os critérios para essas participações ainda não foram definidos, é possível que os líderes sul-americanos também tratem desse tema com os membros dos Brics.

O diplomata diz que o convite dos Brics aos chefes de Estado sul-americanos integra a estratégia do bloco de expandir suas ações, com prioridade aos países em desenvolvimento.

Na última cúpula do bloco, em 2013, na África do Sul, os Brics se reuniram com líderes de países africanos.

Em entrevista recente à TV estatal NBR, o embaixador Flávio Damico disse que a presença de líderes de outros países “é muito positiva tanto para os Brics, por enriquecer seus debates com outras perspectivas, e também permitir a outros países em desenvolvimento que conheçam melhor os Brics e suas potencialidades”.

Adesão argentina

Nesta quarta, é possível que a Argentina reforce junto aos Brics seu interesse de integrar o bloco. Na semana passada, a agência oficial de notícias da Argentina, Telám, divulgou que a China apoiaria a entrada da Argentina no grupo.

Entre os demais membros do bloco, porém, não há consenso quanto à questão.

Damico lembrou que a composição dos Brics já mudou uma vez, com o ingresso da África do Sul, em 2010.

Ele mostrou-se contrário, porém, a novas adesões.

“Acreditamos que estamos com a composição ideal neste momento, mas isso não significa que os Brics estejam fechados ao diálogo com outros países em desenvolvimento e economias emergentes.”

Na última semana, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, também expôs cautela quanto às aspirações da Argentina.

“A questão de aumentar o número de seus membros por enquanto não está em questão”, ele afirmou à agência Prensa Latina, durante visita a Cuba.

Segundo observadores, a crise econômica vivida pela Argentina seria um dos principais entraves à sua adesão.

Crescimento inclusivo

O tema oficial desta cúpula dos Brics é “Crescimento inclusivo: soluções sustentáveis”. O encontro desta quarta deve se iniciar às 11h, no Palácio Itamaraty, em Brasília.

A reunião se encerrará após o almoço, por volta das 15h.

Antes do encontro, a presidente Dilma Rousseff deverá se encontrar às 8h30 com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, no Palácio da Alvorada.

Na quinta-feira, será a vez de Dilma se reunir em privado com o presidente da China, Xi Jinping, que fará uma visita de Estado ao país.

BBC Brasil

Professores da UFCG se reúnem e decidem por manutenção da greve

Os professores da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) decidiram continuar o movimento grevista, que já dura 100 dias, em assembleia na manhã desta quinta-feira (22). Quase 170 professores votaram e a maioria não aprovou a contraproposta encaminhada pelo Governo Federal para a categoria.

Os professores estão reivindicando que seja padronizada a classe dos docentes federais em um só nível. Atualmente existem os de universidade e os de instituto e 17 níveis diferentes divididos em mais seis classes para os universitários e cinco para os de instituto. Eles querem que seja regulamentado cargo único, com carreira única e remuneração de acordo com o avanço profissional na carreira.

Na Universidade Federal de Campina Grande são quase 25 mil alunos. A reitoria informou que vai esperar o término da greve para estudar mudanças no calendário letivo, mas adiantou que o período 2012.2 deve se estender pelos primeiros meses de 2013.

Na quarta-feira (22), professores da Universidade Federal da Paraíba também se reuniram e decidiram pela manutenção da greve. Já os servidores federais, que também estavam com as atividades paralisadas, decidiram na quarta que vão voltar ao trabalho. Os servidores da UFPB e UFCG decidiram que vão aceitar a proposta do Governo Federal e voltam ao trabalho já na próxima segunda-feira (27). A proposta do Governo Federal, que foi aceita pelos servidores, é de um reajuste salarial de 15,8% até 2015, a partir de 2013. Os servidores queriam 22% de aumento.

G1 PB

Jovens se reúnem nesta semana na Suíça para Fórum Mundial sobre Emprego Juvenil

A crise mundial de emprego e os desafios enfrentados por jovens para conseguir um trabalho decente serão os principais pontos debatidos durante o Fórum Mundial sobre Emprego Juvenil. O evento ocorrerá nos próximos dias 23, 24 e 25, na sede da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Genebra, na Suíça, e reunirá 100 homens e mulheres de 18 a 29 anos para discutir o assunto.

De acordo com OIT, durante os três dias do Fórum Mundial sobre Emprego Juvenil, as/os jovens terão a oportunidade de participar de sessões plenárias, debates temáticos e oficinas em grupos com a intenção de: analisar os diversos aspectos da crise de emprego juvenil; discutir como favorecer o acesso dos/as jovens ao trabalho decente; e debater sobre o desenvolvimento de associações para criar mais e melhores trabalhos para os/as jovens.

Dados divulgados pelo organismo internacional alertam para importância do debate sobre desemprego juvenil. Segundo a OIT, 75 milhões de jovens estão em busca de trabalho e 152 milhões vivem com menos de 1,25 dólares por dia. Em média, segundo a página eletrônica do organismo internacional, os/as jovens têm três vezes mais chance de ficar desempregados/as do que os/as adultos.

A ideia do Fórum é reunir jovens de várias partes do mundo para discutir essa realidade e trocar experiências e reflexões sobre a situação mundial do emprego, exemplos de ações que contribuem para a promoção do trabalho decente para os/as jovens, entre outras questões relacionadas.

As discussões não se restringem ao Fórum nem aos jovens que irão para o evento. Nos meses de março e abril deste ano, a OIT realizou atividades para ouvir os/as jovens de várias regiões do mundo. Além de discussões pelas redes sociais, o organismo internacional promoveu consultas e fóruns nacionais em 46 países. A crise de emprego juvenil ainda será tema de debates na 101ª reunião da Conferência Internacional do Trabalho, a qual ocorrerá entre os dias 30 de maio e 15 de junho, também em Genebra.

Programação

As atividades do Fórum Mundial sobre Emprego Juvenil começarão na manhã desta quarta-feira (23), na sede da OIT, em Genebra, Suíça. Na ocasião, os/as participantes conhecerão um pouco sobre o trabalho do organismo internacional e sobre os objetivos do encontro. A importância do trabalho decente para os/as jovens e a sociedade, e a crise de emprego juvenil também serão aspectos debatidos durante a manhã do primeiro dia de Fórum. As atividades seguirão com reflexões sobre o trabalho decente para jovens.

No dia seguinte, serão apresentadas “boas práticas” na área de emprego juvenil. Os/as participantes também se reunirão em grupos para discutir os aspectos relacionados ao trabalho decente debatidos no primeiro dia de encontro.

Os debates e as trocas de experiências seguirão no terceiro e último dia de Fórum. Na ocasião, os/as participantes elaborarão um resumo dos principais pontos discutidos no evento para ser apresentado para a Comissão sobre Emprego Juvenil da Conferência Internacional do Trabalho.

A programação está disponível em: http://www.ilo.org/global/meetings-and-events/events/youth-employment-forum/lang–es/index.htm

Adital