Arquivo da tag: retomada

Retomada de aulas presencias segue incerta na PB devido a pandemia: “Temos dados que impedem”, justifica governador

Em entrevista essa semana, o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), endossou o discurso do secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, e voltou a descartar qualquer possibilidade de retomada das aulas presenciais na rede estadual da Paraíba devido a grande possibilidade de infeção pelo coronavírus entre os alunos, que ainda é real.

Segundo ele, estudos mostram que a circulação de 750 mil estudantes pelo Estado contaminaria pelo menos 161 mil pessoas com idade acima de 60 anos, que possuem alguma doença associada, e que convivem diretamente com esses jovens e adolescentes.

“Nós temos dados que não permitem nesse momento que a gente retome as aulas presenciais. É fácil entender. Nós temos cerca de 165 mil pessoas na Paraíba que têm alguma comorbidade ou acima de 65 anos, que convivem com jovens e adolescentes diariamente, e isso poderia geral um colapso na saúde e ceifar centenas de vidas”, ressaltou.

O governador ressaltou que, apesar do novo normal, a pandemia ainda não acabou e o ambiente escolar, neste momento, não é seguro para a saúde.

“A pandemia ainda está conosco, a pandemia não acabou. Enquanto nós não tivermos uma vacina, esses cuidados todos deverão ser preservados”, completou.

 

PB Agora

 

 

Prefeito de Campina Grande autoriza retomada de horário padrão para o comércio

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, autorizou a retomada das atividades comerciais na cidade dentro do horário padrão de atendimento aos clientes, a partir da quarta-feira (19). De acordo com a prefeitura, o horário de funcionamento padrão é das 8h às 18h, de modo geral, mas fica a critério do comerciante escolher. A decisão é fruto de uma solicitação da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Segundo o prefeito, o município tem controle sobre os casos de infecção pelo coronavírus. “Após Campina Grande seguir todos os ditames necessários na preparação de sua rede pública de atendimento e ter feito o dever de casa em termos de providências de prevenção, mantemos uma situação sob controle da doença”, disse.

Conforme a prefeitura, também há uma preparação para retomar as medidas restritivas a qualquer momento. A autorização para o retorno da atividade comercial em Campina Grande segue o mesmo padrão de retomada do funcionamento dos setores produtivos da cidade, desde que os segmentos continuem a cumprir rigorosamente os protocolos sanitários estabelecidos ao longo de todas as etapas anteriores.

Segundo o comunicado emitido pela prefeitura, os órgãos municipais de fiscalização, como Procon e Vigilância Sanitária, estão sendo orientados a intensificar a fiscalização na área comercial da cidade, a partir da quarta-feira (19).

G1

 

Governo libera retomada de atividades em Unidades de Conservação da Paraíba a partir de 1º de setembro

O Governo do Estado anunciou neste sábado (15) uma reabertura parcial e gradual da visitação pública às Unidades de Conservação Estaduais da Paraíba, a partir de 1º de setembro. A decisão, publicada no Diário Oficial deste sábado, deve seguir as orientações do Plano “Novo Normal Paraíba” e a reabertura vai depender da classificação por bandeiras da cidade.

Municípios com bandeira verde e amarela podem funcionar, com restrições. Já as cidades sob a bandeira laranja e vermelha, não podem retornar nesta fase.

Para as fases passíveis de visitação pública, é obrigatório o uso de máscara de proteção facial cobrindo a região do nariz e boca. Cada visitante deve atentar à etiqueta respiratória em caso de tosse ou espirro e deve também respeitar o distanciamento físico mínimo de dois metros entre as pessoas, de modo a evitar aglomerações.

O visitante também deve portar garrafa d’água individual, para consumo próprio. A aferição de temperatura corporal dos visitantes será de responsabilidade da operadora de turismo.

Fica proibido o uso de corpos hídricos (rios, cachoeiras e outros) para lazer dentro das Unidades de Conservação.

Bandeira verde

Fica permitido o uso da área comum das Unidades de Conservação, com capacidade controlada de 60 pessoas por turno. Atividades turísticas como trilhas, rapel, passeios de catamarã, entre outras, respeitarão capacidade reduzida de 10 pessoas por condutor ou guia de turismo.

Ensaios fotográficos, filmagens e gravações de programações de TV serão permitidas mediante agendamento e autorização prévia do órgão Gestor, sendo possível o agendamento de até três atividades por turno.

As Unidades de Conservação que possuem infraestrutura de apoio ao visitante e auditório serão abertas mediante acesso controlado, sendo o uso dos bebedouros autorizado apenas para o enchimento de garrafas.

Bandeira amarela

Fica permitido o uso da área comum com capacidade máxima de 30 pessoas por turno. Atividades turísticas como trilhas, rapel, passeios de catamarã, entre outras, respeitarão capacidade reduzida para 10 (dez) pessoas por condutor ou guia de turismo.

Ensaios fotográficos, filmagens e gravações de programações de TV serão permitidas mediante agendamento e autorização prévia do órgão Gestor, sendo possível o agendamento de até duas atividades por turno.

As Unidades de Conservação que possuem infraestrutura e apoio ao visitante e auditório manterão centro e auditório fechados, assim como seus bebedouros.

Bandeira laranja e vermelha

Permanece suspensa a visitação pública, até que o município se enquadre em bandeiras que não representem risco à saúde pública, ou até a publicação de ato normativo modificativo.

G1

 

Prefeitura de Bananeiras dialoga com setores da sociedade para a retomada das atividades

Com decreto válido até esta quarta-feira (15), a Prefeitura Municipal de Bananeiras está realizando encontros com diversos setores da cidade para a retomada de atividades. Com a nova bandeira estabelecida pelo Governo do Estado, o município passou de laranja para amarela, proporcionando a reabertura de alguns locais com cuidados e restrições de público.

Nessa primeira fase, está previsto a abertura de meios de hospedagem, hotéis e pousadas com capacidade de 50% na ocupação e um protocolo específico de atuação para garantir a segurança dos colaboradores e hospedes.

Também estarão permitidos o funcionamento de templos religiosos, com capacidade de 30% na atuação e medidas restritivas as atividades das igrejas. Áreas de lazer e ambientes que geram aglomerações estão proibidos nos dois tipos de atividades, como também a circulação sem máscaras.

Estas medidas estão sendo dialogadas com os setores para que o município possa disponibilizar um protocolo sanitário para os estabelecimentos junto ao decreto que estará em vigor a partir de quinta-feira. A gestão municipal realizará testagem para Covid-19, nos líderes religiosos e nos colaboradores de hotéis da cidade.

Medidas como aferição de temperatura, uso de máscaras, disponibilização de álcool 70º e distanciamento entre as pessoas devem ser medidas gerais a serem tomadas em ambientes com circulação de pessoas.

Para o Prefeito Douglas Lucena, essas medidas serão averiguadas constantemente pela gestão para que possam ser cumpridas as medidas e assim, de forma gradual todos os setores possam ir retornando as suas atividades com base nos protocolos sanitários.

Ascom- PMB

 

 

Retomada do comércio em Cabedelo inclui reabertura de lojas, bares, restaurantes, salões de beleza e academias a partir de segunda-feira

O prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, anunciou a reabertura do comércio e serviços marcada para segunda-feira (29). O município terá reabertura de lojas de comércio varejista e atacadista, bares e restaurantes, academias e salões de beleza.

Segundo o prefeito, essa retomada ocorre “mediante a todo protocolo de segurança que está disponível no site da Prefeitura de Cabedelo”. “Cabedelo vive esse novo normal mediante a números de estabilização da doença. Chegamos no platô. Cabedelo começa a sua curva de descendência. Há mais de 15 dias, não tivemos nenhum óbito na nossa cidade. E o número de recuperados passou dos 80%. Então Cabedelo, a partir de segunda-feira, começa a viver o seu novo normal.”

Poderão funcionar, a partir do dia 29 de junho, os seguintes segmentos e com as seguintes condições:

– comércio de varejo com 50% da capacidade de funcionamento;

– comércio atacadista com 70% da capacidade de funcionamento;

– construção civil com 100% da capacidade de funcionamento;

– bares e restaurantes com 30% da capacidade de funcionamento;

– academias e salões de beleza somente com horário marcado.

clickpb

Diário Oficial traz decreto com plano de retomada gradual de atividades na PB

O Diário Oficial da Paraíba trouxe neste sábado (13) o decreto 40.304 que dispõe sobre a adoção do plano de retomada gradual das atividades na Paraíba e estabelece a matriz de orientação para a retomada gradual e segura das atividades econômicas em todo o Estado. O documento também apresenta as diretrizes que deverão ser utilizadas nos ambientes de trabalho, visando ao cumprimento do distanciamento social e das medidas de higienização, ações necessárias para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

As medidas passam a vigorar a partir da próxima segunda-feira (15), analisa padrões com parâmetros de aferição a taxa de obediência ao isolamento (Tois), taxa de progressão de casos novos (PCN), taxa de letalidade (TLO) e a taxa de ocupação hospitalar (TOH), condições que determinarão a classificação dos municípios paraibanos em quatro estágios, denominados por bandeiras nas cores vermelha, laranja, amarela e verde.

Confira na íntegra clicando aqui: Diário Ofocial 13.06.2020

PB Agora

 

 

João Azevêdo explica medidas de isolamento e retomada econômica

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), realizou um pronunciamento oficial na tarde deste domingo (31), sobre o novo decreto prevendo novas medidas de isolamento social, que foi publicado nesse sábado (30). A fala foi transmitida através das redes sociais do governador. Veja o vídeo.

portalcorreio

 

 

Governo anuncia plano de retomada da economia e prorroga isolamento

O governador João Azevêdo e prefeitos da Grande João Pessoa assinaram, neste sábado (30), o decreto nº 40.289, que institui o isolamento social rígido na Capital paraibana e nos municípios de Cabedelo, Santa Rita, Bayeux, Conde, Caaporã, Alhandra e Pitimbu. As medidas conjuntas, que visam reduzir a circulação de pessoas e o tráfego de veículos, irão vigorar entre os dias 1º e 14 de junho, para conter a propagação da Covid-19 na região que concentra 5.827 dos 12.011 casos confirmados da doença, até o momento, na Paraíba. (Confira a íntegra do decreto).

O chefe do Executivo estadual também assinou o decreto nº 40.288 que estende as medidas de isolamento social, já em vigor, para os demais municípios paraibanos até o próximo dia 14 e fixou para a primeira quinzena de junho a apresentação do plano de retomada da economia, que será iniciado a partir do dia 15 de junho. Os detalhes do plano serão apresentados amanhã, às 18h, durante uma Live com o governador João Azevêdo.
(Confira a íntegra do decreto).

Plano de retomada gradual da atividade econômica – No decreto nº 40.288, o governador João Azevêdo determinou que o grupo de trabalho responsável pela elaboração do plano de abertura gradual da economia, que estabelece as diretrizes para permitir o retorno das atividades econômicas, deverá realizar debates com a sociedade civil e com os setores produtivos do Estado para discussões e coleta de sugestões sobre as medidas propostas.

A apresentação do plano de abertura gradual da economia será feita na primeira quinzena de junho, ocasião em que serão detalhadas as diretrizes e critérios estabelecidos para a retomada das atividades econômicas, que será iniciada a partir do dia 15 de junho.

Região da Grande João Pessoa – Dentre as ações necessárias para conter a evolução do contágio pelo novo coronavírus e assegurar o atendimento integral à população na rede de saúde, serão adotadas medidas de controle da circulação de veículos particulares e de entrada e saída dos municípios, assegurando o deslocamento para atividades consideradas essenciais, como supermercados, farmácias, unidades de saúde, agências bancárias e locais de trabalho com permissão para funcionar. Para garantir o funcionamento das atividades essenciais, serviços de transporte por táxi ou veículo disponibilizado por aplicativo circularão normalmente, assim como os transportes de carga e veículos relacionados às atividades de segurança e saúde.

Além disso, as pessoas comprovadamente infectadas ou com suspeita de contágio pela Covid-19 deverão permanecer em isolamento obrigatório no domicílio, em unidade hospitalar ou em outro lugar determinado pela autoridade de saúde. As fiscalizações e ações educativas serão realizadas pela Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), além dos órgãos municipais de trânsito e Guardas Municipais.

Assinaram o decreto, o governador João Azevêdo e os prefeitos Luciano Cartaxo (João Pessoa); Emerson Panta (Santa Rita); Vitor Hugo (Cabedelo); Jefferson Kita (Bayeux); Márcia Lucena (Conde); Leonardo Carneiro (Pitimbu); Kiko Monteiro (Caaporã); e Renato Mendes (Alhandra).

Demais municípios paraibanos – Neste sábado, o governador João Azevêdo também assinou o decreto nº 40.288, que prorroga, até o dia 14 de junho, as medidas de isolamento social previstas no decreto nº 40.242, assegurando o funcionamento da balsa que faz a travessia Costinha/Cabedelo/Costinha apenas para passageiros, ficando o transporte de veículos ainda suspenso, com exceção apenas para os veículos da saúde e da segurança pública.

O novo decreto, que será disponibilizado no Diário Oficial do Estado (DOE), retira a obrigatoriedade do uso de máscaras em pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), ficando a critério dos pais ou responsáveis a utilização do equipamento.

PB Agora

 

 

Governador confirma planejamento para retomada da economia e ‘novo normal’

O Governo da Paraíba iniciou os estudos para implantar o ‘novo normal’ no Estado para a retomada econômica pós-pandemia. A informação foi revelada pelo governador João Azevêdo (Cidadania), em entrevista ao programa Fala Governador, nesta segunda-feira (25). Apesar do anúncio, ainda não há data confirmada para a implementação das medidadas. De acordo com o governador, a prioridade continua sendo salvar vidas, e no ‘momento certo’ as medidas para aquecer a economia serão instaldas.

“Temos uma equipe voltada de planejamento, gestão financeira, fiscal e juntamente com outras entidades, coletando informações de todos os planos elaborados fora do Brasil para que a gente possa no momento adequado apresentar à sociedade e aos segmentos da economia como nós podemos retomar. Isso não vai ficar indefinidamente fechado, em determinado momento, vamos ter que abrir segmentos que possam funcionar atendendo o que chamamos de ‘novo normal’, com distanciamento, máscaras”, disse.

Conforme Azevêdo, o plano será apresentado em reuniões com segmentos econômicos, empresários, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, de Contas, Ministérios Públicos, para que os órgãos tenham conhecimento da proposta.

“Temos que entender que ações e medidas qualquer que seja de retomada tem que levar em consideração cada região. Municípios que tiveram 1 caso e não tiveram crescente, podem trabalhar de uma forma. Entretanto, outros, com taxa de contágio muito alta, têm que ser tratados de outra forma”, declarou.

João detalhou que a proposta passa pela Secretaria de Saúde do Estado, e conta com 6 parâmetros e 4 níveis.

“Serão estratégias para que a gente possa identificar município a município que tipo de funcionamento cada município deve ter. Logo, logo estaremos apresentando à população um modelo que poderemos começar a implementar, e se não funcionar, e os números subirem, vamos ter que voltar a restrição”, emendou

pbagora

 

 

“No período da pandemia, o turismo está reduzido a zero”, diz presidente da PBTur que prevê retomada lenta do setor

A divulgação dos principais roteiros turísticos do Destino Paraíba prossegue durante o isolamento social em todo Brasil. Desde a segunda quinzena de março deste ano, a Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) vem buscando formas de incentivar os turistas a visitar a Paraíba no pós-pandemia do coronavírus. A campanha atual está sendo feita em conjunto com a Secretaria de Comunicação do Governo do Estado, utilizando fotografias de atrativos turísticos, postados das redes sociais da PBTur e de órgãos estaduais. Apesar disso a presidente da PBTur, Ruth Avelino, afirmou que o turismo, por não ser considerado uma atividade essencial, está praticamente parado no Estado e que o retorno da atividade será lento ao longo do segundo semestre.

“No período da pandemia, o turismo está reduzido a zero. Ninguém viaja mais. Não existe na Paraíba, nem no Brasil e em pouquíssimos países do mundo. Só em alguns que estão tendo uma retomada, agora. Tirando isso, é tudo parado. É um setor muitíssimo atingido”, disse Ruth, destacando que a perspectiva de todos os secretários de Turismo dos estados brasileiros é que o setor possa ter uma retomada a partir do segundo semestre deste ano. No entanto, isso ocorrerá lentamente, a partir do turismo local (entre cidades paraibanas) ou regional (entre os estados nordestinos), isto é, destinos onde é possível viajar de carro.

Para Ruth Avelino, a expectativa da gestora é que o turismo paraibano retorne de fato, com hotéis mais cheios e voos acontecendo plenamente, a partir do verão de 2020, ou seja, dezembro deste ano, após o Natal. Por enquanto, o Governo do Estado, através da Empresa Paraibana de Turismo, está realizando a campanha “Não cancele seu sonho de conhecer a Paraíba”, que ocorre desde o início do isolamento social e busca incentivar as pessoas para que elas não cancelem as viagens para a Paraíba, mas sim, adiem, seja para o segundo semestre ou para o próximo ano. É um estímulo à visitação para após a pandemia, quando houver a reabertura do setor. Veja detalhes da campanha no link: https://www.pbtur.pb.gov.br/2020/05/15/pbtur-mantem-divulgacao-do-destino-paraiba-pela-internet-durante-isolamento-social/

 

pbagora