Arquivo da tag: retoma

Fisco Estadual cumpre determinação judicial e retoma atividades nesta quinta na PB

Em cumprimento à decisão de liminar do Desembargador, Leandro dos Santos, as auditoras e os auditores fiscais tributários retornam ao trabalho, a partir das 7 horas desta quinta-feira (12).
A greve dos servidores fiscais está suspensa por decisão de assembleia geral extraordinária, realizada nesta terça-feira (11), na sede do Sindifisco-PB, em João Pessoa, com uma expressiva participação dos filiados ao Sindicato.
O Desembargador concedeu liminar e declarou, provisoriamente, a ilegalidade da greve do Fisco, iniciada em 28 de março. No despacho, segunda-feira última (10), ele determinou o retorno dos auditores fiscais ao exercício das funções e a continuidade dos serviços, no prazo de 24 horas, após a notificação, sob pena de multa pecuniária.
Em sua decisão preliminar, o Desembargador reconheceu que o auditor fiscal exerce atividades que nenhum outro órgão da iniciativa privada pode suprir.  Segundo ele, se entra em greve, não há como a sua função ser substituída. “Vale ressaltar que a exação fiscal, além de ser importante por si só, pois responsável pela Administração Tributária do Ente Federado, se for paralisada, afetará, também, as atribuições de outros agentes públicos, como, por exemplo, dos procuradores de Estado, que ficarão impedidos de manejar as competentes Ações de Execução Fiscal”, disse.
Na avaliação do presidente do Sindifisco-PB, Manoel Isidro, o Fisco Estadual fez uma greve consciente, tranquila, madura, e auditoras e auditores decidiram cumprir, integralmente, a decisão judicial. “Temos a plena convicção de que decisão judicial é pra ser cumprida. Podemos até discutir o teor, mas temos a obrigação de acatar”, enfatizou.
Isidro afirmou ainda que o Fisco Estadual passou 15 dias em greve, mas infelizmente o governo não abriu o canal de diálogo. “Sem contar que nestes mais de sete anos, tentamos o diálogo. Decidimos entrar em greve no dia 28 de fevereiro, e iniciar o movimento um mês depois. Tempo hábil para que o Governo pudesse dialogar, mesmo assim não sinalizou”, concluiu ele.
Bananeiras Online com Assessoria

Vasco volta a vencer em 100º na Série B, espanta má fase e retoma liderança

Foto: Carlos Gregório/Vasco
Foto: Carlos Gregório/Vasco

No centésimo jogo na Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco se reencontrou com a vitória após cinco jogos ao derrotar o Oeste por 3 a 2. Com isso, os cariocas retomaram a liderança. A partida, disputada no estádio São Januário neste sábado (10), foi válida pela 24ª rodada da competição nacional.

Com o resultado, a equipe carioca chegou aos 44 pontos e voltou ao primeiro lugar da segunda divisão do Brasileirão. Enquanto isso, os paulistas ficaram na 14ª colocação da tabela de classificação, com 30 pontos.

Na próxima rodada da competição nacional, o Vasco visita o Goiás na próxima terça-feira (13), às 21h30 (de Brasília), no estádio Serra Dourada. Na mesma data, o Oeste encara o Criciúma mais cedo, às 20h30, no Heriberto Hülse.

Quem foi bem: Nenê – a volta do artilheiro

Com categoria, Nenê cobrou falta na entrada da grande área e, aos 24 minutos do primeiro tempo, inaugurou o marcador para o Vasco.  Logo em seguida, aos 28, o meia participou do segundo gol cruzmaltino com uma assistência ao atacante Éderson. Com o gol, Nenê passou a liderar a artilharia da Série B ao lado de Felipe, do Brasil de Pelotas.

Oeste desconta

A equipe visitante não se entregou depois de sofrer dois gols relâmpagos e descontou aos 29 minutos da etapa inicial. Depois de cruzamento pela esquerda, a bola chegou em Ricardo Bueno que completou para o fundo das redes.

Mudança de Jorginho surte efeito

Enfrentando má fase, o técnico Jorginho decidiu alterar o esquema tático da equipe do Vasco e escalou três atacantes: Éderson, Júnior Dutra e Jorge Henrique. O trio, em sintonia com os meias, chegou com perigo à área do Oeste e deram trabalho ao Felipe Alves.

Golaço de Crysan

No momento em que o Vasco estava melhor na partida, o Oeste surpreendeu e empatou a partida com Crysan. O jogador recebeu fora da área e bateu colocado, marcando um golaço aos 16 minutos do segundo tempo.

Trio se desfaz

Apesar de ter funcionado bem no primeiro tempo, o trio de ataque do Jorginho acabou se desfazendo. Éderson e Jorge Henrique acabaram deixando o campo por lesão e os atacantes Eder Luís e Thalles entraram para substituir. Júnior Dutra acabou dando lugar ao lateral Mádson por opção tática.

Salvou o Vasco

Nos acréscimos da partida, Yago Pikachu aproveitou cruzamento de Thalles e mandou para o gol aos 46 minutos da etapa final.

Fim de jejum

O Vasco estava sem vencer há seis jogos. Cinco partidas pela Série B do Campeonato Brasileiro e uma pela Copa do Brasil, quando foi derrotado por 3 a 1 para o Santos.

O Vasco é 100!

Após disputar a Série B do Brasileirão em três oportunidades, o Vasco completou, neste sábado, 100 jogos na segunda divisão da competição nacional.

FICHA TÉCNICA
VASCO 3 X 2 OESTE

Data e hora: 10/09/2016, sábado, às 16h30 (horário de Brasília)
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Carlos Eduardo Bregalda Gussen (BA)
Gols: Nenê, Ederson e Yago Pikachu (Vasco); Ricardo Bueno e Crysan (Oeste)
Cartões amarelos: Júnior Dutra, Douglas Luis, Rodrigo (Vasco); Bruno Silva e Daniel Simões (Oeste)

VASCO:  Martín Silva, Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Douglas e Andrezinho; Junior Dutra (Mádson), Nenê e Jorge Henrique (Éder Luís); Éderson (Thalles).
Técnico: Jorginho

OESTE: Felipe Alves, Felipe Rodrigues, Bruno Silva e Velicka (Betinho); Renan Mota, Daniel Simões, Marquinho e Ricardo Bueno (Matheus Vargas); Rodolfo, Crysan e Mike
Técnico: Fernando Diniz

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Barrios e Jaílson salvam, e Palmeiras retoma a liderança do Brasileiro

BarriosO velho ditado já dizia: depois da tempestade, a bonança. Até Cuca destacou a ‘nuvem negra’ que atingiu o Palmeiras nas últimas semanas. Pelo menos neste domingo, nada de tempo instável. Sem muitos sustos, a equipe de Palestra Itália bateu o Vitória pelo placar de 2 a 1, no Allianz Parque, e se recuperou depois de três rodadas no Campeonato Brasileiro.

Mais que a recuperação, o resultado também ratifica a posição da equipe comandada por Cuca na ponta da tabela de classificação. O time alviverde chegou aos 36 pontos e está muito próximo de completar o primeiro turno da Série A (19 rodadas) com a primeira colocação.

Somente o Corinthians alcançará o Palmeiras nesta rodada. Para derrubar o arquirrival verde da ponta, o time de Parque São Jorge precisará golear o Cruzeiro por três gols de diferença nesta segunda-feira, a fim de superar o saldo até então favorável aos palmeirenses (15 a 13).

Enquanto o Palmeiras se sustenta nas colocações mais nobres da tabela, o Vitória segue com uma campanha instável. A equipe baiana somou apenas 22 pontos depois de 19 rodadas e ocupa a 14ª colocação.

Agora, o Brasileiro entra definitivamente na reta final, o returno. O Palmeiras abre participação na segunda metade da temporada contra o Atlético-PR, no próximo domingo, a partir das 18h30 (de Brasília). O Vitória, por outro lado, recebe o Santa Cruz segunda (15), às 21h.

Quem foi bem: Dudu

A responsabilidade dada por Cuca fez bem a Dudu. Capitão da tarde no Allianz Parque, mesmo com nomes experientes como Zé Roberto e Jean em campo, o meia-atacante deu mais uma assistência – a sétima no Campeonato Brasileiro deste ano – e apresentou boa movimentação diante da equipe baiana.

Quem foi mal: Cárdenas

Principal articulador do Vitória, o antigo meia do Atlético-MG deixou o gramado do Allianz Parque depois de uma tarde infeliz. Cardenas mostrou pouca mobilidade na tarde deste domingo e permitiu uma marcação mais eficiente do Palmeiras. Quando a bola chegava limpa, o camisa 10 cometia erros dos quais não está acostumado. Com ele mal, os palmeirenses sobraram

Entrou para não sair mais?

Depois da falha de Vagner diante da Chapecoense, Jaílson ganhou uma chance como titular na partida contra o Vitória e aproveitou. Pelo menos em três oportunidades – em uma delas, a jogada acabou anulada por impedimento -, o veterano goleiro salvou o Palmeiras – no chute de Kieza, logo no início, quando o placar apontava 0 a 0. No gol do Vitória, o jogador de 35 anos levou azar ao afastar a bola na direção de Thiago Martins.

Mal acostumado

Antes de Barrios aproveitar oportunidade aos 35min e abrir o placar no Allianz Parque, o Palmeiras criou a principal chance de gol com um pênalti cometido por Kanu em Cleiton Xavier. Jean, que não desperdiçava uma cobrança da marca da cal desde 2012, bateu muito mal e permitiu a Fernando Miguel – bem adiantado, é verdade – fazer a defesa.

Gol, lesão e discussão

A tarde de Lucas Barrios começou tímida, evoluiu para o protagonismo e terminou com revolta. Banco de reservas, o paraguaio recebeu uma chance após a lesão de Leandro Pereira. Imediatamente o Palmeiras evoluiu com o camisa 8, que mostrou oportunismo para fazer 1 a 0. Em um lance na segunda etapa, no entanto, o atacante sentiu uma fisgada na panturrilha e acabou substituído. A alteração, no entanto, não agradou o atleta, que discutiu com Cuca e os médicos antes de se encaminhar aos vestiários.

Palmeiras: eficiência e tranquilidade

Ao invés de um time tenso, um Palmeiras soltou e tranquilo. Assim, a vitória voltou à pauta naturalmente. Sem forçar, a equipe comandada por Cuca dominou o adversário baiano e construiu a 11ª vitória no Brasileirão. As jogadas pelas pontas, especialmente na esquerda com o Dudu, foram fundamentais para acuar o rival, passivo na maior parte do duelo.

Vitória: dominado no setor de meio-campo

O setor de meio-campo do Vitória, reforçado por Vagner Mancini neste domingo com a entrada de Flávio, foi dominado pelo Palmeiras na partida. Com o combate falho e a atuação apagada de Cárdenas, a dupla Marinho e Kieza enfrentou dificuldades. O primeiro atacante, inclusive, reclamou do fato de se preocupar mais com as subidas de Zé Roberto pela esquerda do que com o ataque.

Cuca: sorte de campeão?

O treinador palmeirense optou novamente por Leandro Pereira como titular. O centroavante que chegou da Bélgica, até então, não mostrou credenciais para ser titular. Contra o Vitória, mais uma vez enfrentava dificuldades com o ritmo de jogo. A lesão sofrida pelo jogador, no entanto, ‘salvou’ Cuca. Barrios entrou, abriu o placar e deu muito mais trabalho aos baianos.

Vagner Mancini: evolução com alterações

A tática de reforçar o setor de meio-campo tornou o Vitória pobre ofensivamente. O Palmeiras tranquilamente abriu 2 a 0, mas aí o treinador do clube rubro-negro tratou de mudar o panorama da partida. As entradas de Serginho e Vander tornaram o visitante muito mais perigoso, mas a reação veio tarde demais. O Palmeiras se sustentou em relação à ação do técnico adversário e garantiu os três pontos.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 1 VITÓRIA

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 07 de agosto de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa-SC) e Helton Nunes (SC)
Público: 30.330
Renda: R$ 1.975,055,20
Cartões amarelos: Tchê Tchê e Zé Roberto (Palmeiras); Kanu, Euller, Victor Ramos e Marinho (Vitória)

GOLS:
PALMEIRAS: Lucas Barrios, aos 37 minutos do primeiro tempo, e Cleiton Xavier, aos quatro do segundo tempo
VITÓRIA: Thiago Martins, contra, aos 29 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Jailson; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Zé Roberto; Tchê Tchê, Moisés e Cleiton Xavier (Allione); Dudu, Erik e Leandro Pereira (Lucas Barrios) (Rafael Marques)
Técnico: Cuca

VITÓRIA: Fernando Miguel; Diego Renan, Victor Ramos, Kanu, e Euller; José Welison (Serginho), Willian Farias, Flávio (Vander) e Cardenas (David); Kieza e Marinho
Técnico: Vagner Mancini

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Brasil retoma obsessão por inédito ouro olímpico contra a África do Sul

A partir das 16 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Mané Garrincha, a Seleção Brasileira terá mais uma oportunidade para conquistar a inédita medalha de ouro olímpica. E dentro de casa.

A estreia no grupo A do torneio de futebol masculino será contra a África do Sul.

“Como o período de treinamento que tivemos, acredito que nos cercamos dos princípios necessários para ter um bom desempenho”, confiou o técnico Rogério Micale, embora considere “difícil chegar a 100% como equipe”.

selecao

Foto: Divulgação

No tempo que teve para trabalhar, Micale consolidou o esquema tático ofensivo, com Neymar, Gabriel e Gabriel Jesus no comando do ataque brasileiro.

O trio elétrico será municiado por Felipe Anderson, que terá o apoio do experiente Renato Augusto no meio-campo. No gol, Weverton, substituto do lesionado Fernando Prass, foi confirmado como titular.

Não é apenas com a sua formação, contudo, que Micale se preocupa. Nem mesmo uma recente vitória por 3 a 1 em um amistoso com os sul-africanos fez o treinador desmerecer o rival da primeira rodada.

“Vencemos aquele jogo com dois gols de bola parada no começo. Respeito muito o time deles, que tem bom comportamento tático e se fortaleceu com os acréscimos dos jogadores de mais de 23 anos”, disse.

Além da África do Sul, a Seleção Brasileira terá o Iraque, no domingo, e a Dinamarca, na quarta-feira da próxima semana, como oponentes em sua chave nos Jogos Olímpicos.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X ÁFRICA DO SUL

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 4 de agosto de 2016, quinta-feira
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (ESP)
Assistentes: Pau Cebrian Devis (ESP) e Roberto Díaz Pérez (ESP)

BRASIL: Weverton; Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos e Douglas Santos; Thiago Maia, Renato Augusto e Felipe Anderson; Gabriel, Gabriel Jesus e Neymar
Técnico: Rogério Micale

ÁFRICA DO SUL: February; Myala, Mathoho, Mngonyama e Coetzee; Masuku, Sandows, Ntshangase e Mekoa; Dolly e Morris
Técnico: Owen da Gama

Gazeta Net

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Câmara de Bananeiras retoma atividades nesta terça; acompanhe ao vivo no FN

camaraOs vereadores de Bananeiras estarão retornando ao trabalho na próxima terça-feira (26) quando abrem o ano Legislativo de 2016. A sessão será iniciada às 17h e a Casa é aberta para toda a população que deseja comparecer e acompanhar o mandato dos parlamentares que atuam no Pode Legislativo Municipal. Além disso, quem não pode estar presente à sessão, pode acompanhar na transmissão ao vivo do Focando a Notícia pelo link www.focandoanoticia.com.br

O presidente Augusto Carlos Bezerra de Aragão (Guga Aragão) lembrou que a Câmara bananeirense tem um dos menores recessos parlamentares de todo o Estado.

Ele também ressaltou que voltará todos os esforços possíveis para que a atuação da Casa e dos membros dela tenha ainda mais efetividade para beneficiar a população. De acordo com a programação, o prefeito Douglas Lucena deve estar presente para proferir sua mensagem ao Parlamento Municipal. Ele deve também aproveitar para fazer um balanço do seu mandato.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Focando a Notícia

‘Na Ponta da Língua’ retoma apresentações na Paraíba e visita várias cidades do Brejo

O projeto Na Ponta da Língua está de volta à Paraíba para mais uma série de apresentações. Esta semana a trupe vai circular pelas cidades de Guarabira, Araçagi e Cuitegi. Serão quatro dias de apresentações, de hoje (30) até quinta-feira (02/8), nas escolas estaduais Monsenhor Emiliano de Cristo, Francisco Pessoa de Brito, Odilon Nelson Dantas e José Soares de Carvalho.

O Na Ponta da Língua leva para estudantes de escolas públicas as novas regras da língua portuguesa.  Idealizado pela publicitária Lina Rosa, diretora de criação da Aliança Comunicação e Cultura – em parceria com o Instituto Origami, o projeto é uma realização do Sesi da Paraíba. Desde fevereiro, o projeto itinerante circula a Paraíba e já passou por 13 municípios: Campina Grande, Lagoa Seca, Queimadas, São José da Mata, João Pessoa, Rio Tinto, Bayeux, Cajazeiras, Sousa,Patos, Itaporanga, Santa Rita e Guarabira.

O Na Ponta da Língua conta com apresentações teatrais nas escolas, curtas-metragens em animação, cartilhas e um joguinho eletrônico temático. “Num mix criativo de elementos didáticos e historinhas cômicas, os alunos vão aprender sem sentir a formalidade do processo”, explica Lina Rosa. Cartilha, filmes e músicas estão disponíveis no www.napontadalinguaportuguesa.com.br.

Sobre a Reforma Ortográfica – A mais nova reforma ortográfica entrou em vigor em 1º de janeiro de 2009 e deve ser implementada até 2012. O acordo foi assinado por representantes dos governos dos oito países que tem o português como idioma oficial: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Segundo estudos, a língua portuguesa está entre uma das dez línguas mais faladas no mundo – estima-se que o mundo lusófono possua aproximadamente 250 milhões de pessoas – e possui duas grafias oficiais, o que dificulta o estabelecimento do português como um dos idiomas oficiais da Organização das Nações Unidas (ONU). A ortografia-padrão facilitará não apenas a entrada dos falantes de português na ONU, como também o intercâmbio cultural e econômico entre eles.

CRONOGRAMA DAS APRESENTAÇÕES

SEGUNDA, 30/07 – E.E. MONSENHOR EMILIANO DE CRISTO – GUARABIRA

Rua João Lordão, 125 – Nordeste 2 – Guarabira

1ª apresentação: 09h30

2ª apresentação: 13h30

3ª apresentação: 20h30

Local: PÁTIO

TERÇA, 31/07 – E.E. FRANCISCO PESSOA DE BRITO – ARAÇAGI

Av. Olívio Maroja, s/n – São Sebastião – saída p/ Itapororoca, próx. Ginásio Poliesportivo

1ª apresentação: 09h30

2ª apresentação: 10h30

3ª apresentação: 13h30

Local: AUDITÓRIO

QUARTA, 01/08 – E.E. ODILON NELSON DANTAS – CUITEGI

Rua José Marinho de Lucena, s/n – Santo Antônio

1ª apresentação: 10h30

2ª apresentação: 13h30

3ª apresentação: 19h30

Local: GINÁSIO DE ESPORTES

QUINTA, 02/08 – E.E. JOSÉ SOARES DE CARVALHO – GUARABIRA

Rua Henrique Pacífico, 45 – Bairro Primavera

1ª apresentação: 10h00

2ª apresentação: 10h50

3ª apresentação: 13h50

4ª apresentação: 14h40

Local: GINÁSIO DE ESPORTES

Assessoria

Justiça retoma exigência da carteira de estudante

A Associação das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (AETC-JP) deve voltar a exigir a apresentação da carteira estudantil para vender a meia passagem no cartão Passe Legal, que dá acesso aos ônibus da capital paraibana.

A decisão foi tomada pelo juiz Antônio Sérgio Lopes, da 5ª Vara Cível de João Pessoa, nesta segunda-feira (9).

A decisão judicial se choca com a lei de iniciatva do deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB), já aprovada pela Assembleia Legislativa, que dispensa a apresentação da carteira estudantil no Estado. Pela lei, para ter comprovar que é estudante e ter direito à meia passagem basta apresentar uma declaração de matrícula.

Entretando, a decisão de Antônio Sérgio Lopes está de acordo com a Lei Federal dos Estudantes, que prevê a exibição de carteira de identificação estudantil com foto para a liberação do desconto.

Portalcorreio