Arquivo da tag: resultado

Governo divulga resultado final preliminar do concurso do Magistério

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Administração, publicou no Diário Oficial desta quinta-feira (14) o resultado e a classificação final preliminar do concurso para o magistério. A lista também está disponível na edição online do DO, no link https://auniao.pb.gov.br/doe. O candidato poderá consultar seu desempenho também no endereço eletrônico do Instituto AOCP, banca organizadora do certame, no endereço www.institutoaocp.org.br.

Quanto ao resultado e à classificação final preliminar divulgado, caberá interposição de recurso, que deverá ser protocolado em formulário próprio, disponível no endereço eletrônico da AOCP no período da 0h00min do dia 18/11/2019 até as 23h59min do dia 19/11/2019, observado o horário oficial de Brasília (DF).

O resultado final do concurso está previsto para ser divulgado ainda neste mês de novembro. O concurso ofereceu mil vagas para professores de 13 disciplinas: Artes (72), Biologia (150), Educação Física (68), Filosofia (6), Física (47), Geografia (72), História (78). Língua Espanhola (18), Língua Inglesa (61), Língua Portuguesa (195), Matemática (199), Química (28) e Sociologia (6). Das 1.000 vagas oferecidas para o cargo efetivo de Professor de Educação Básica III, da carreira do Magistério Estadual, 50 vagas são destinadas às pessoas com deficiência. As provas foram aplicadas no dia 21 de julho nos municípios de Cajazeiras, Campina Grande, Catolé da Rocha, Cuité, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Mamanguape, Monteiro, Patos, Pombal, Princesa Isabel e Sousa.

Os vencimentos para o cargo de Professor de Educação Básica III – Classe B, poderão chegar ao valor de R$ 3.468,12 (três mil, quatrocentos e sessenta e oito reais e doze centavos), somando-se o valor do vencimento básico (R$ 2.110,12) mais o Bolsa Desempenho (R$ 1.208,00), acrescido da Bolsa de Incentivo ao Programa de Modernização e Eficiência da Gestão de Aprendizagem da Paraíba (R$ 150,00).

Os nomeados ainda poderão receber mais benefícios, como o Prêmio Mestre da Educação, que dá direito ao 14º e 15º salários, além do Prêmio Escola de Valor e o Bolsa Ensino Médio Inovador (Proemi), do Ministério da Educação (MEC). A carga horária é de 30 horas semanais.

 

Secom

 

 

Divulgado resultado definitivo da prova objetiva do concurso para professor do estado da Paraíba

Foi divulgado nesta terça-feira (10) o resultado definitivo da prova objetiva do concurso para professor do estado da Paraíba. O resultado foi publicado, após a interposição dos recursos, no Diário Oficial do Estado (DOE). Também foi publicada a convocação dos candidatos para a prova de títulos e experiência profissional.

São convocados para a próxima etapa, de acordo com a publicação, os candidatos inscritos e aprovados no cargo de professor de educação básica III das regionais de ensino. Eles deverão preencher o formulário de cadastro de títulos e experiência profissional no site da organizadora, a partir desta quarta-feira (11) e até o dia 18 de setembro.

Após fazer esse preenchimento, o candidato deverá imprimir duas vias do comprovante de cadastro, ficar com uma cópia e deve enviar a outra junto com os documentos comprobatórios dos títulos, via Sedex com aviso de recebimento, até o dia 19 de setembro, para o seguinte endereço: Instituto AOCP, caixa postal: 132 – CEP: 87.0001-970 – Maringá-PR.

O resultado final do concurso será divulgado logo após a análise da prova de títulos e experiência profissional. As provas do concurso foram aplicadas no dia 21 de julho, em João Pessoa e em outras 13 cidades da Paraíba. São oferecidas 1 mil vagas para 13 disciplinas nas 14 Gerências Regionais de Ensino em todas as regiões do Estado.

O maior número de oportunidades, 199, segundo o edital, é para a disciplina de matemática, seguido por língua portuguesa, com 195. O vencimento previsto pelo edital é de R$ 2.110.12, para uma carga horária de 30 horas semanais.

G1

 

UFPB homologa resultado e classificação de 779 candidatos em concurso público

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) torna público, nesta sexta-feira (9), a homologação do resultado e classificação final, pós-recurso, para todos os cargos do concurso para técnico-administrativo.

Também divulga a relação dos classificados na ampla concorrência, nas vagas reservadas à Pessoa com Deficiência (PCD) e aos candidatos negros. Ao todo, foram 779 classificados.

Esta homologação mais as listas dos classificados devem ser publicadas no Diário Oficial da União na terça-feira (13). As nomeações começarão ainda neste mês, com posse coletiva prevista para a terceira semana de setembro.

Este concurso da UFPB para técnico-administrativos é referente ao Edital nº 122/2018, publicado no Diário Oficial da União em 31 de dezembro de 2018, com 132 vagas para 44 cargos.

Outras informações podem ser obtidas por meio da Central de Atendimento ao Candidato, através do telefone (44) 3344.4242 ou do e-mail candidato@institutoaocp.org.br.

 

clickpb

 

 

Presidente da FPF considera ‘graves’ as suspeitas de manipulação de resultado em jogo do Campinense

A vitória do Campinense sobre o Vitória-PE na noite da última quinta-feira (6) foi colocada em xeque por torcedores e apostadores. Em aplicativos de mensagens, áudios relataram a atuação de uma rede de manipulação de resultados na partida. A presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michele Ramalho, classificou como “graves” as suspeitas e pede que o caso seja investigado pelas autoridades competentes. A informação é do repórter Sérgio Rangel, do UOL Esporte.

Dentro de campo, a Raposa goleou o Vitória-PE por 4 a 0, em partida válida pela sexta rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro da Série D. A partida foi antecipada para a noite de quinta-feira a pedido do Campinense que, assim como o Vitória-PE, já estava eliminado da competição. Nos aplicativos de mensagens, porém, apostadores relataram que integrantes de uma rede de manipulação de resultados “compraram o jogo do Campinense” (sic).

Divulgação

Na conversa de áudio, um torcedor diz que a partida seria 4 a 0 e citou José Pereira, o Pezão, homem forte do departamento de futebol rubro-negro, como um dos responsáveis pelo esquema. Pezão, assumirá, na próxima semana, oficialmente o cargo de diretor de futebol do clube de Campina Grande. Ele não foi encontrado pela reportagem do UOL Esporte para comentar a denúncia.

Em um dos áudios obtidos pelo UOL Esporte, uma outra pessoa informa que a partida estava bloqueada para apostas nos sites baseados em Campina Grande e comentava que um amigo jogou em uma casa de apostas no Pará e ganhou “dinheiro com força”.

Em um comunicado emitido na noite de quinta, a casa de apostas “Bets Esportes” informou que o resultado do jogo foi manipulado e informava aos seus clientes que devolveria o valor das apostas.

O “Bets Esportes” é mais uma das dezenas de bancas de apostas que operam ilegalmente no país. O domínio da empresa está registrado no Maranhão. A reportagem tentou obter contato com a empresa, mas não teve sucesso.

Nota divulgada pela “Bets Esportes”

O Campinense é patrocinado por um site de apostas. O principal parceiro do clube é a “MixBet”, empresa hospedada no Arizona, nos EUA.

Procurada pela reportagem, a presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michele Ramalho, que chefia a delegação brasileira na Copa do Mundo de Futebol Feminino, na França, afirma que a suspeita deve ser investigada pelas autoridades locais.

– Se trata de denúncias graves e devem ser investigadas e apuradas pelos órgãos competentes – disse a mandatária do futebol paraibano.

Organizadora da competição, a CBF informou à reportagem que está apurando as informações antes de se manifestar.

Outro lado

O Campinense não se pronunciou sobre o caso. Os dirigentes do Vitória também foram procurados, mas não responderam aos contatos da reportagem do UOL Esporte.

Credibilidade em xeque na Paraíba

A suspeita de manipulação de resultados em Campina Grande agrava a credibilidade do futebol da Paraíba, que atravessa a maior crise da sua história.

No ano passado, dirigentes da federação, de Botafogo-PB e Campinense, além de árbitros, foram banidos do futebol pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, acusados de integrarem um esquema de manipulação de resultados, através da compra de árbitros.

A Operação Cartola, conduzida pela Polícia Civil da Paraíba e Ministério Público do Estado, revelou que dirigentes negociavam pagamentos para árbitros e adversários. Willian Simões, então presidente do Campinense, foi um dos banidos do futebol no ano passado pelo STJD. O caso segue na Justiça Comum, onde no mês passado foram ouvidas as primeiras testemunhas em audiência no Tribunal de Justiça da Paraíba.

Jogos vazios são alvos preferidos

Jogos sem apelo de público e com pouca importância na tabela da competição são os preferidos das máfias de manipulação de resultados. Com o estádio praticamente vazio, a partida de quinta-feira, em Campina Grande, teve apenas 305 pagantes e não mexeu na tabela da competição. Os dois times já estavam eliminados da Série D.

A equipe pernambucana terminou a competição sem nenhum ponto. Já o Campinense deixou a Série D com sete pontos.

A goleada foi a única do time paraibano no torneio. Em seis partidas, a equipe venceu somente duas e ainda teve um empate e três derrotas.

O mercado de apostas esportivas online foi liberado em dezembro do ano passado e aguarda a regulamentação no Congresso Nacional. Apesar de ser proibido no país, cerca de 500 sites baseados no exterior recebem apostas de brasileiros. Estima-se que as apostas feitas no Brasil movimentaram cerca de R$ 4 bilhões neste ano.

Equipe @VozdaTorcida com UOL Esporte

 

 

Estado divulga resultado de concurso da Educação

Foi divulgado nesta sexta-feira (29), pelo Governo do Estado, em edição do Diário Oficial, o resultado final de etapa do concurso público para professor da educação básica. Na ocasião, os resultados são referentes às provas objetivas. Também foram divulgadas as respostas referentes aos questionamentos do resultado preliminar do concurso.

Confira o resultado.

A próxima etapa, para os aprovados no concurso, é a de comprovação de títulos, que acontecerá entre os dias 2 e 4 de janeiro, das 9h às 12h e das 13h às 17h, em escolas estabelecidas pelas Regiões do Ensino.

Os candidatos que por ventura não puderem ir até o local definido, poderão encaminhar o documento por mediante procuração. Os títulos deverão ser entregues por meio de cópias autenticadas em cartório. A conferência dos documentos não será realizada no momento da entrega.

*O resultado do concurso se encontra na página 15 da edição de sexta-feira (29), do Diário Oficial.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Setor de serviços encolhe 5% em 2016, pior resultado em 5 anos, diz IBGE

servicosO setor de serviços no Brasil encolheu 5% no ano passado. Foi o pior resultado para um ano desde que a pesquisa começou a ser feita, em 2012, e a segunda queda seguida. Em 2015, o setor registrou queda de 3,6%.

Em dezembro, as empresas de serviços faturaram 0,6% em relação a novembro e tiveram queda de 5,7% na comparação com o mesmo mês do ano anterior, descontando o efeito da inflação. Foi o pior resultado para o mês de dezembro nessa comparação em cinco anos.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O setor inclui, por exemplo, salões de beleza, imobiliárias, oficinas mecânicas, escritórios de advocacia, agências de turismo, companhias aéreas e hotéis, entre outros. 

O setor de serviços, que já foi um ponto de destaque na economia brasileira, perdeu força com o aumento do desemprego e a queda de renda do trabalhador, em meio à maior recessão em décadas enfrentada pelo país.

“Não dá para dizer que o setor de serviços entrou numa fase de recuperação. Outubro foi muito ruim e dezembro ficou longe de um bom resultado”, afirmou o coordenador da pesquisa no IBGE Roberto Saldanha.

Transportes pesam

Segundo o IBGE, o segmento de transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio acumulou a maior queda no ano (-7,6%), com destaque para o transporte terrestre (-10,4%), influenciado diretamente pelo resultado fraco da indústria brasileira no ano passado devido à forte dependência do transporte de cargas.

“Para o setor de serviços reagir precisa que o setor industrial retome seu crescimento contínuo e que haja a retomada de investimentos que implicam na contratação de empresas e consultorias”, afirmou Saldanha.

(Com Reuters)

UOL

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

20 mil estudantes ainda não conseguiram acessar resultado do Enem

enemCerca de 20 mil candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ainda não conseguiram acessar os resultados do exame no site na manhã desta quinta-feira, 19. A maioria dos alunos são do grupo que fez a aplicação da prova nos dias 3 e 4 de dezembro, por causa das ocupações estudantis.

As informações foram divulgadas pelo próprio Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que ressalta, no entanto, que o número já diminuiu ao longo da manhã desta quinta, embora não tenha divulgado quantos ainda estão sem saber o resultado.

O estudante goiano Alan Pierson, de 17 anos, está tentando acessar o resultado da prova desde às 11h30 de quarta-feira, 18. “Estou tentando ligar (para o Inep) desde às 9h de hoje, porém está sempre ocupado”. Ele disse que outros três amigos que fizeram a prova na segunda aplicação também não conseguiram acessar o resultado. O aluno quer fazer Educação Física na Universidade Federal de Goiás (UFG).

Em nota, o órgão afirmou que “mais de 3,3 milhões de participantes” já acessaram as notas do exame em balanço feito às 9h30. Já a consulta pública para mudança do exame nos próximos anos, que prevê que o Enem seja feito pela internet e em um só dia, já teve 80 mil respostas. Os 1,3 milhões de treineiros que fizeram a prova só terão acesso ao resultado no dia 19 de março, conforme previsto no edital.

“Apesar de o portal do Inep na internet estar em manutenção, o acesso à Consulta Pública e aos resultados do Enem não foram afetados por estarem hospedados em outro endereço eletrônico. O volume de acessos e problemas técnicos, contudo, causaram dificuldades para alguns participantes acessarem as notas. Essas situações estão sendo solucionadas e até o final desta quinta feira todos os resultados estarão disponíveis”, diz o Inep.

Estadão

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Enem 2016: resultado com as notas individuais é liberado

provas-do-enemEstudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016 já podem acessar o resultado final das provas. A divulgação estava prevista para esta quinta-feira (19), mas o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) decidiu antecipá-la. Acesse o resultado do Enem 2016.

A partir desta quarta (18), os candidatos ficam sabendo quanto tiraram em cada uma das quatro provas do exame: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática. Também terão acesso à nota da redação, cujo tema foi a intolerância religiosa no Brasil.

A correção do Enem é feita com base na metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que não estabelece previamente um valor fixo para cada item. O valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item que teve grande número de acertos será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. O estudante que acertar uma questão com alto índice de erros, por exemplo, ganhará mais pontos por aquele item.

No final do ano passado, cerca de 6 milhões de candidatos fizeram o Enem em todo o país. As notas da prova podem ser usadas para pleitear vagas no ensino superior público pelo Sisu, bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, os candidatos com mais de 18 anos podem usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Vendas: Natal deve ter 2º pior resultado desde 2001

shoppingO Natal deste ano deve ser o segundo pior em vendas desde 2001 e a perspectiva é que o faturamento retroceda para o nível de 2012, segundo a Confederação Nacional do Comércio (CNC). Com 3,6 milhões de desempregados a mais do que em dezembro de 2015, o brasileiro está inseguro para comprar a prazo. Quando opta por pagar à vista, procura gastar menos.

O clima de incerteza afeta até mesmo os lojistas de shoppings, que normalmente são mais otimistas. No fim de semana, os shopping centers tiveram bom fluxo de consumidores, mas com vendas abaixo do esperado.  A expectativa é que esse quadro melhore a partir de hoje, quando os brasileiros recebem a segunda parcela do 13.º salário.

“O consumo está sem espaço e as vendas não estão evoluindo”, afirma a economista da CNC, Izis Ferreira. A demora para a economia se ajustar fez com que a entidade ampliasse a projeção de queda de vendas para o Natal, de 3,5% para 4,0%. Ela explica que apesar de o porcentual de retração ser menor – no Natal de 2015, a queda foi de 7,1% –, este ano será de “queda sobre queda”.

Izis observa que até a confiança dos empresários do comércio, que se recuperava rapidamente, parou de crescer de novembro para dezembro, segundo o indicador que será divulgado hoje pela CNC.

A falta de otimismo entre os comerciantes é atestada pelo presidente da Associação de Lojistas de Shoppings (Alshop), Nabil Sahyoun. “No fim de semana, o fluxo de pessoas nos shoppings foi bom, mas a conversão em vendas foi baixa”, observa. Isso significa que houve mais gente circulando, mas pouca gente comprando.

Sahyoun acredita que houve antecipação de compras por causa da Black Friday, a megaliquidação do fim de novembro. Além disso, com o crédito limitado, a elevação do desemprego e o clima de insegurança, ele projeta para as vendas de Natal dos shoppings queda maior do que a registrada no ano passado. No Natal de 2015, a retração foi de 2,8% sobre o ano anterior.

Apesar do prognóstico ruim, na avaliação do economista da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Emílio Alfieri, este não será o pior Natal do Plano Real. Segundo dados da ACSP, que mede o volume de vendas na cidade de São Paulo, o principal mercado consumidor do País, as vendas em dezembro do ano passado na capital paulista caíram 14,5% em relação ao ano anterior. Para este ano, a perspectiva é de retração de 6%. “A queda está perdendo velocidade.”

Na primeira quinzena deste mês, houve um recuo de 7,2% no movimento do comércio em relação ao mesmo período de 2015. “Foi uma queda maior do que a esperada”, observa Alfieri, lembrando que novembro tinha fechado com retração de 2,2% na comparação anual. O economista frisa que o cenário é nebuloso e que poderá ocorrer alteração. “O grande teste será a partir de amanhã (hoje), quando ocorre o pagamento da segunda parcela do 13.º salário.”

Popular. Os lojistas das ruas de comércio popular são os únicos que ainda têm perspectivas de ampliar as vendas de Natal, apesar da recessão. Segundo Claudia Urias, presidente da Univinco, que representa 4,5 mil lojistas espalhados pela 25 de Março e 16 ruas da região, o comércio local espera aumentar entre 3% e 6% o volume de negócios neste ano em relação ao anterior. “No sábado, as lojas da região receberam mais de um milhão de pessoas.”

Mesmo com o grande fluxo de gente, Claudia observa que o gasto médio nas compras tem sido menor. Essa tendência foi observada até nas vendas do atacado, com corte de 50%.

Estadão

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Enem: gabaritos saem na quarta e resultado final no dia 19 de janeiro

enemOs estudantes terão acesso ao resultado final do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no dia 19 de janeiro. No resultado,  poderão saber quanto tiraram em cada uma das quatro provas realizadas neste final de semana: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática. Também terão acesso à nota da redação, cuja tema foi a intolerância religiosa no Brasil. O gabarito será divulgado na quarta-feira (9), de manhã, no portal do Inep. O anúncio foi feito nesse domingo (6) em coletiva de imprensa após o término do exame.

Teoria da Resposta ao Item

Mesmo com o gabarito em mãos, os candidatos não conseguirão saber a nota que tiraram porque o sistema de correção do Enem usa a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que não estabelece previamente um valor fixo para cada item. O valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item que teve grande número de acertos será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. O estudante que acertar uma questão com alto índice de erros, por exemplo, ganhará mais pontos por aquele item. Dessa forma, o candidato só saberá a sua nota nas provas objetivas após a divulgação do resultado final, em janeiro.

Neste final de semana, mais de 8 milhões de candidatos fizeram o Enem em todo o país. As notas da prova podem ser usadas para pleitear vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, os candidatos com mais de 18 anos podem usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br