Arquivo da tag: religação

Religação de energia e 2ª via de fatura podem ser solicitadas por aplicativo de mensagens, na PB

A partir desta segunda-feira (9), os paraibanos podem solicitar a religação de energia elétrica e a 2ª via de fatura pelo aplicativo de mensagens, Whatsapp. Segundo a concessionária Energisa, o serviço ficará disponível 24 horas por dia e tem a finalidade de dar mais agilidade às soluções de problemas relacionados ao trabalho oferecido pela companhia.

O atendimento por aplicativo funciona por meio de inteligência artificial, através de uma atendente eletrônica chamada de Gisa. De acordo com a empresa, outras soluções ainda serão lançadas em 2019 para reduzir a necessidade de deslocamento até as agências ou mesmo ligar para a central de atendimento da concessionária.

Até o momento, o usuário também podem acessar contas em aberto ou consultar o histórico de consumo de sua propriedade.

O número para contato por mensagens é (83) 99135-5540. Mesmo com o novo serviço, a concessionária continua atendendo os clientes pelo aplicativo para smartphone “Energisa On”, redes sociais, site da empresa, central de atendimento ou presencialmente em uma das agências localizadas na Paraíba.

Foto: Iara Alves/G1 PB

G1

 

Presidente da Câmara celebra sanção da Lei que isenta taxa de religação de água em Solânea

A sanção da lei que proíbe a cobrança de taxa de religação de água em caso de suspensão do fornecimento por falta de pagamento voltou a ser destaque na Câmara Municipal de Solânea durante a sessão de terça-feira (13). O presidente da Casa, Flávio Evaristo, usou a tribuna para agradecer ao prefeito Kayser Rocha por ter sancionado a lei e aos colegas vereadores por terem aprovado a proposta.

Flávio Evaristo lembrou a importância do projeto, principalmente para as famílias mais carentes da cidade. “Muitas vezes, pela necessidade financeira, muitas famílias terminam atrasando o pagamento de conta de água e tendo os serviços suspensos. Quando conseguem dinheiro pra pagar a conta ainda tem a taxa de religação, isso dificulta ainda mais, mas graças ao apoio dos companheiros, do prefeito e do próprio diretor da Cagepa, esse será um empecilho a menos para as famílias solanenses”, comentou Flávio.

Vale lembrar que a isenção da taxa é apenas para casos de religação por corte do fornecimento.

Lei-n-010-2019

Pauta da sessão

Esse, contudo, não foi o único assunto abordado na Câmara de Solânea. A pauta da sessão como sempre foi recheada de requerimentos apresentados pelos vereadores que visam o benefício da população. Foram aprovados os requerimentos do vereador Márcio Prudêncio de nº 053 e 054/2019 que solicitam pavimentação na rua Projetada I em Santa Fé e das ruas Roberto Medeiros Santos e Alfredo Fabrício de Oliveira no conjunto Epifânio Plácido da Silva.

Ainda do expediente:

Projeto de Lei nº 013/2019, vereador Jucian Jad, que denomina de “Praça Valmir Silva” a praça pública situada no início do Binário, nas proximidades do portal da universidade Federal.

Projeto de Lei nº 014/2019, do vereador Flávio Evaristo, que denomina de rua Maria Alves Simão a atual travessa Arlindo Dantas.

Requerimento nº 055/2019, do vereador Jucian Jad, que solicita ao prefeito a drenagem e pavimentação da Travessa Manoel Gomes de Araújo.

Requerimento nº 056/2019, do vereador Jucian Jad, que solicita ao prefeito a drenagem e pavimentação da rua Santa Luzia no Baixiu.

Requerimento nº 056/2019, do vereador Luís Carlos Dantas, subscrito pelo vereador Jucian Jad, que solicita ao prefeito a drenagem e pavimentação da rua Imaculada Conceição, no Baixiu.

Requerimento nº 057/2019, do vereador Josenildo Costa, que solicita da Mesa Diretora, realização de Sessão Especial, a ser realizada dia 26 de agosto do corrente ano, com a finalidade de apresentação e posse da diretoria da associação dos Marchantes e Afins do município de Solânea.

Veja mais requerimentos:

Fotos da sessão:

Ascom-CMS

 

 

Presidente da Câmara protocola Lei que proíbe cobrança da taxa de religação de água 

O presidente da Câmara Municipal de Solânea, Flávio Evaristo, protocolou na última quarta-feira (31), junto ao diretor  da (Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) de Solânea, Valdeci Andrade, a Lei Municipal de N° 10/2019 de 30 de maio do corrente ano, que dispõe sobre a proibição de cobrança de taxa de religação de água em caso da suspensão do fornecimento por falta de pagamento.

Flávio havia apresentado a proposta em março deste ano e ela foi aprovada na Câmara. O parlamentar acredita que a aplicação dessa Lei vai garantir ao consumidor um gasto menor facilitando o fornecimento regular após já ter passado pelo constrangimento da perda do fornecimento de água muitas vezes pelas dificuldades financeiras.

“O consumidor já passa pelo constrangimento de ficar sem o fornecimento de tais serviços, e ainda pagar a mais por isso só dificulta mais a vida do cidadão, que na maioria das vezes atrasa suas contas por dificuldades financeiras”, comentou o vereador Flávio.

 

Redação FN

 

 

Vereador Flávio Evaristo apresenta proposta que proíbe cobrança de taxa de religação de água e energia

O vereador Flávio Evaristo apresentou nessa terça-feira (19), o Projeto de Lei que proíbe a cobrança da taxa de religação pelas empresas de distribuição de água e energia no município em virtude do corte dos serviços por atraso de pagamento.

O Projeto de Lei exige que em caso de corte do fornecimento desses serviços as empresas ficam obrigadas a realizarem o fornecimento de água ou energia no prazo de 24 horas, após a quitação do débito sem mais custos adicionais ao consumidor.

Ainda de acordo com a Lei, as empresas que descumprirem a determinação poderão ser punidas administrativamente.

“Acredito que não é justo o consumidor que já passa pelo constrangimento de ficar sem o fornecimento de tais serviços e ainda pagar a mais por isso, ninguém atrasa suas contas, principalmente água e energia porque quer, sabemos que muitas famílias passam por dificuldades financeiras, mas precisam ter em suas casas água e energia que hoje são essenciais em nossas vidas. Se pagaram seu débito porque não as empresas restabelecerem o fornecimento, sem essa taxa?”, indagou o vereador Flávio.

A proposta deve ser apreciada em breve e posta em votação no plenário da Câmara. Caso seja aprovada, a Lei deve ser posta em prática de acordo com o que rege o projeto.

 

Ascom-CMS