Arquivo da tag: reitor

Reitor confirma investigação de suposta ameaça de ataque a estudantes da UEPB

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba, professor Rangel Júnior confirmou ao Blog do jornalista Márcio Rangel, nesse final de semana, a existência de uma investigação da Polícia Civil sobre uma suposta ameaça de ataque a estudantes do curso de Letras (Espanhol) do Campus I da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, que teria ocorrido na manhã da última sexta-feira (18).

Ao blog, Rangel disse que foi orientado a aguardar as investigações para tomar uma providência maior. Ele também confirmou a suspensão das aulas somente para as turmas de Espanhol, a pedido da Coordenação, mas que por hora, as aulas no campus estão mantidas.

“Eu fui orientado a aguardar um pouco os desdobramentos das investigações da Polícia, por enquanto é uma questão que está sendo repercutida numa rede social e precisamos ter cuidado para que isso não e transforme num estímulo a um possível agressor”, adiantou Rangel.

Ainda segundo o professor e psicólogo, há uma preocupação para que não se crie um ambiente de pânico na comunidade acadêmica. “Pode ser alguém imbuído de um tipo de pensamento, para tentar criar uma situação de revolta, estamos tendo o cuidado para não criar um ambiente de pânico nas pessoas. Eu estou confiante que polícia deva ter uma orientação nesse sentido e chegar a pessoa”, disse.

ENTENDA

Uma suposta ameaça de atentado a estudantes do curso de Letras (Espanhol) do Campus I da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está sendo investigada pela inteligência da Polícia Civil após um aluno interromper a aula na manhã da última sexta-feira (18) para ler uma carta relatando a compra de uma arma para assassinar sete pessoas da sala.

Em seguida, o estudante enviou para grupos de WhatsApp do curso, links com reportagens que mostram ataques recentes a escolas criando um clima de pânico do Departamento de Letras. Como prevenção, as aulas do curso de espanhol foram suspensas pela Coordenação do curso.

O estudante foi identificado e seria da turma 2013.2. Ele usou o próprio número para fazer ameaças nos grupos do aplicativo de mensagem e está sendo procurado pela polícia.

 

pbagora

 

 

Reitor da UEPB prevê concurso público de servidores para preencher vagas de aposentadorias

rangel_juniorApesar das dificuldades financeiras, o reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, confirmou a pretensão da instituição vai realizar concurso público para servidores públicos no início deste ano. Ele afirmou que vai lançar um edital de remoção interna ainda neste mês de janeiro, para dar oportunidade aos servidores efetivos solicitarem remoção, e somente depois poderá ser lançado edital do concurso público, para as vagas remanescentes.

Rangel Junior explicou que no início de dezembro o Conselho Universitário da UEPB aprovou resolução determinando a remoção interna antes de qualquer concurso público.

“Passada essa etapa, aí nós avaliaremos, se houver uma mudança também no quadro, sobre a pertinência de realização de concurso, porque nós tivemos agora, de outubro para cá, entre 80 e 100 servidores da UEPB estão se aposentando. Provavelmente muitos tiraram férias, aproveitaram que tinham férias vencidas e não voltarão mais, provavelmente, se o processo de aposentadoria estiver concluido, certamente não voltarão

Além desses cerca de 100 servidores técnico-administrativo que entraram em gozo de férias, outros servidores, inclusive professores, estão prevendo se aposentar, em virtude da ameaça de mudanças na Previdência no país.

O reitor disse que, após avaliar o quadro após as aposentadorias e análise orçamentária, poderá ter uma definição sobre concurso público.

Segundo Rangel, a UEPB tem cortado despesas. De aproximadamente 390 servidores temporários, apenas 180 foram contratados em janeiro, e a previsão é a contenção nas constratações também em fevereiro.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Reitor da UEPB diz que só Ricardo pode dar reajuste a servidores grevistas

uepbO reitor da Universidade Estadual da Paraíba, Rangel Júnior, disse ao Portal Correio nessa sexta-feira (13) que somente o governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), poderá conceder reajuste salarial aos servidores da instituição que deflagraram greve nessa quinta-feira (12).

Rangel explicou que ele é impedido, primeiro, por conta de um acórdão do Tribunal de Contas do Estado de 2013. O documento diz que reajustes aos servidores da instituição teriam que ser concedidos com autorização legislativa.

Rangel explicou ainda que outro impedimento diz respeito ao veto divulgado pelo Diário Oficial do Estado, em julho de 2014, em que o ato governamental vetou o aumento que seria destinado aos servidores daquela instituição e que foi aprovado através de projeto pela Assembleia Legislativa.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“O governador diz claramente quais são os direitos que a Universidade tem, e os limites de direito, e diz que é uma competência exclusiva do governador conceder reajuste. O que posso fazer e já estou fazendo é tentar mediar uma negociação, ou seja, criar condições para que se discuta o problema”, enfatizou.

Rangel disse ainda que já solicitou audiência com Ricardo Coutinho antes mesmo da categoria decidir pela greve. O comunicado sobre a paralisação foi entregue na reitoria na tarde dessa sexta-feira (13), conforme o reitor.

Os servidores da UEPB estão pedindo um reajuste de 8%, além de melhorias estruturais para os campi da UEPB. A decisão sobre a greve aconteceu na tarde dessa quinta-feira (12) durante assembleia realizada em Campina Grande.

 

portalcorreio

Prefeita de Cajazeiras se reúne com MAC e Reitor da UFCG para discutir construção do IML

 

deniseA prefeita de Cajazeiras Denise Albuquerque mais uma vez atendeu um convite formulado pelo MAC – Movimento dos Amigos de Cajazeiras, representado pelos empresários José Antônio de Albuquerque e Alexandre Costa, para uma reunião com o objetivo de dar continuidade à discussão e luta em favor do IML de Cajazeiras.

No encontro também estava presente o Reitor da UFCG, Edilson Amorim que novamente fez esclarecimentos a respeito das razões que levaram a UFCG a repassar os recursos de R$ 500 mil reais, destinado ao IML e alocados no Orçamento Geral da União pelo senador Vital do Rêgo Filho.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo ele, a universidade não podia aplicar naquele momento a verba na construção do IML, pois não existia licitação. Ele voltou a manifestar o interesse de retomar a idéia de construir o instituto dentro da UFCG, pois fortaleceria os cursos da área de saúde.

A prefeita Denise e o Reitor devem discutir essa questão com o governador Ricardo Coutinho durante sua passagem pela cidade de Cajazeiras. A chefe do executivo municipal, acompanhada dos vereadores, vai entregar um documento ao governo, renovando o apelo para que se instale em Cajazeiras o IML, um apelo constante feito pela comunidade.

A prefeita também vai entregar um documento avalizado pela AMASP, relatando a problemática decorrente da seca que assolou a região, apesar das ações colocadas em prática pelos governos estadual e federal de socorro ao homem do campo e aos pequenos criadores. “Mesmo tendo começado a chover, a situação ainda é difícil”, disse a gestora.

 

 

Ascom/PMC para o Focando a Notícia

Reitor Rangel Junior participa de abertura de Semana Pedagógica promovida em Solânea

Rangel-JuniorDurante a manhã da segunda-feira (25), o reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, participou de um debate na cidade de Solânea, localizada no agreste paraibano, que marcou a abertura da Semana Pedagógica promovida pela Secretaria de Educação do município.

No encontro, o reitor ministrou a palestra “Instituições de Ensino Superior: Interiorização e Extensão”, abordando os aspectos necessários para que o ensino universitário possa se estender a um maior número de cidades, ampliando a formação acadêmica a partir do ensino público.

Na oportunidade, Rangel Junior também se reuniu com o prefeito do município, Beto do Brasil, e com o secretário de Educação, professor Wolhfagon Costa de Araújo, que também é professor da UEPB, para tratar de futuros convênios entre a Universidade e a Prefeitura de Solânea.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Confira a programação completa:

 

SEMANA PEDAGÓGICA: 25 a 28 de fevereiro de 2013

LOCAL: GRÊMIO MORENENSE

 

PROGRAMAÇÃO

25 de fevereiro de 2013

 

08 h 00 – Acolhida e credenciamento.

08 h 30 – Abertura. Banda filarmônica – (26 de novembro).

Saudação: Sebastião Alberto Cândido da Cruz – Prefeito municipal

09 h 30 – Palestra de abertura: “A escola solanense que temos: perspectivas e metas para 2013-2015” Prof. Dr. Wolhfagon Costa de Araújo – Secretário municipal da educação de Solânea – Professor da UEPB/IFPB.

11 h 00 – Encerramento da manhã

 

13 h 30 – Apresentação cultural:Art Afro Regional – (Cia. FascínART)

 

14 h 00 – Palestra: Instituições de Ensino Superior: interiorização e extensão

Prof. Dr. Antônio Guedes Rangel Júnior (Reitor da Universidade Estadual da Paraíba)

15 h 30 – Intervalo

16 h 00 – Debate

17 h 00 – Encerramento da tarde

 

26 de fevereiro de 2013

 

08 h 00h – Apresentação cultural:Teatro/Ato entre Raros – (Cia. FascínART).

 

 

08 h 30h – Palestra: O Fundeb como instrumento para assegurar o direito, acesso e permanência à educação.

Prof. Dr. Luiz de Souza Júnior (Secretário da Educação de João Pessoa)

09 h 30 – Intervalo

10 h 00 – Debate

11 h 00 – Encerramento da manhã

 

13 h 30 – Apresentação cultural:Show Repentista  – (Auremir Caetano e convidados)

 

14 h 00 – Palestra: Educação Municipal: desafios político-educacionais

Prof. Dr. Neroaldo Pontes de Azevedo (Secretário da Educação de Santa Rita)

15 h 30 – Intervalo

16 h 00 – Debate

17 h 00 – Encerramento da tarde

 

 

 

27 de fevereiro de 2013

 

08 h 00 – Apresentação cultural:Musica instrumental – (Claudemir Monteiro).

 

08 h 30 – Palestra: Articulação de redes sociais na educação: escola e comunidade Profa. Drª. Vânia Medeiros (IFPB)

09 h 30 – Intervalo

10 h 00 – Debate

11 h 00 – Encerramento da manhã

 

13 h 30 – Apresentação cultural:Contação de Historia/ Contos da velha Totonha – (Gira contos, João Pessoa).

 

14 h 00 – Palestra: A importância da Educação Ambiental – sensibilizando atores Prof. Especialista Sérgio Matheus Tomé Costa da Silva (Secretário de Meio Ambiente de Solânea

 

15 h 00 – Encerramento da tarde com show MPB (voz e violão) Kelson Kizz.

                                                                                                           

28 de fevereiro de 2013

 

8 h 30h – Planejamento Escolar

Assessoria

Novo reitor da UFCG toma posse em Brasília

posseEm solenidade realizada na manhã desta segunda-feira, 18, em Brasília, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, empossou o professor Edilson Amorim como novo reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

A cerimônia, que aconteceu na Sala de Atos do MEC, contou com a presença do ex-reitor Thompson Mariz, do vice-reitor eleito, Vicemário Simões, além de diversas autoridades.

 

O Decreto Presidencial oficializando o ato já havia sido publicado no Diário Oficial da União na última sexta, dia 15, e a transmissão de cargo, que acontecerá em Campina Grande, ainda não tem data definida.

 

O novo reitor fará o anúncio de sua equipe administrativa, composta por pró-reitores, secretários e assessores, na manhã da próxima sexta-feira, dia 22, no auditório da Secretaria dos órgãos Deliberativos Superiores (Sods), no prédio da Reitoria. Em seguida, concederá entrevista coletiva sobre as primeiras ações do seu reitorado.

 

 

Assessoria

Dilma nomeia Edilson Amorim e novo reitor da UFCG tomará posse na próxima segunda

edilson-amorimO Diário Oficial da União publicou em sua edição desta sexta-feira (15) a nomeação do professor José Edilson de Amorim para o cargo de reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

O professor Edilson Amorim foi o mais votado pela comunidade acadêmica para suceder Thompson Mariz, durante processo realizado no dia 6 de dezembro com 66,9% dos votos. O seu concorrente, Amauri Fragoso obteve 33,1% dos sufrágios. A lista tríplice encaminhada ao governo federal ainda continha o nome do professor Wellington Mota.

De acordo com a UFCG, a solenidade de posse do novo reitor está programada para a próxima segunda-feira (18).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Confira o ato de nomeação:

amorim

 

clickpb.

Padre Domingos Sávio, o novo reitor do Santuário Nacional de Aparecida

No dia 2 de fevereiro, o Missionário Redentorista, padre Domingos Sávio, tomará posse como novo reitor do Santuário Nacional de Aparecida, em substituição ao monsenhor José Darci Nicioli, recém-nomeado bispo auxiliar da arquidiocese de Aparecida.[bb]

Em recente entrevista ao Portal A12, padre Domingos Sávio falou da alegria de trabalhar no Santuário e, assim, poder realizar um sonho ainda dos tempos de quando iniciou os estudos no Seminário. Sobre as expectativas em relação aos trabalhos na reitoria, padre Domingos disse que “o mais importante é colocar Nossa Senhora na frente de todos os trabalhos do Santuário, acolher o romeiro com o coração e carinho de Nossa Senhora Aparecida e fazer de tudo para que todos possam encontrar Jesus e em Jesus o sentido de sua vida“.

Ainda sobre a nova missão, padre Domingos destacou que terá como objetivo “ajudar os romeiros a fazerem uma experiência de fé, seja no Santuário ou pelos meios de comunicação (rádio, TV e Portal), de forma que possam sentir o lado materno de Deus na Casa da Mãe”, disse.

Histórico

Padre Domingos Sávio da Silva, conhecido como padre Domingos, nasceu no dia 17 agosto de 1947, em Lorena. Ordenou-se diácono no dia 30 de novembro de 1974, aos 27 anos e foi ordenado padre no dia 29 de junho do ano seguinte, na Catedral de Lorena.

Formado bacharel em Filosofia pelo Instituto Redentorista de Estudos Superiores de São Paulo, e em Teologia, concluiu o mestrado em Sagrada Escritura pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma, na Itália. Neste mestrado, fez dois semestres na Universidade Hebraica de Jerusalém em Israel. É  também doutor em Ciências da Religião com concentração em Bíblia pela Universidade Metodista de São Paulo.

Já exerceu o cargo de pároco por um ano, de vigário paroquial por 3 anos, por outros 3 anos atuou nas atividades pastorais do Santuário Nacional, além de ter coordenado o Noviciado Redentorista da Província de São Paulo por 7 anos, e o Pré-Noviciado no mesmo local por outros 2 anos. Em 2012, retornou à pastoral do Santuário em Aparecida.[bb]

CNBB

Ricardo Coutinho nomeia Rangel Júnior como reitor da UEPB

O governador Ricardo Coutinho confirmou na manhã desta quinta-feira (13) no Palácio da Redenção, em entrevista coletiva, o nome do professor Rangel Júnior como reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). O governador presidiu a solenidade ao lado do novo reitor e dos atuais vices-reitores Aldo Bezerra e Etan Barbosa. A atual reitora Marlene Alves não compareceu.

Também se fez presente o procurador-geral da UEPB, Ebenzeber Pernambucano. Na mesa da solenidade também estavam as secretária Márcia Lucena da Educação e Estela Bezerra da Comunicação Institucional.

O governador admitiu que não foi uma tarefa fácil a escolha do novo reitor. Disse que tentou, de uma forma inédita, uma articulação para uma gestão entre os três mais votados. Sem citar nomes, ele criticou a atual gestão da UEPB afirmando que houve uma tentativa de gerir a instituição como se ela fosse independente da administração estadual. Ele também direcionou suas críticas ao envolvimento político da reitora Marlene Alves com legendas partidárias. Disse que a reitora deveria saber que as disputas iriam se dar apenas no momento da escolha do seu sucessor e que ela deveria ter focado mais na gestão.

A reunião conjunta extraordinária do Conselho Superior Universitário (CONSUNI) e Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) da Universidade Estadual da Paraíba, ocorreu no último dia 28 de agosto, quando foi aprovada a lista tríplice para os cargos de reitor e vice-reitor da instituição.

A lista foi composta pelas três chapas mais votadas na consulta prévia realizada no dia 16 de maio. Pela ordem de votação, foram indicados os professores Rangel Júnior e José Etham (chapa 5), José Cristóvão de Andrade e Medeiros (chapa 2) e Eliana Maia e Juracy Regis (chapa 3).

O reitor e o vice-reitor irão administrar a Universidade durante o quadriênio 2012-2016 e terão mandato iniciado no dia 13 de dezembro deste ano.

Foram totalizados 9.110 votos (36,4%) num universo de 25.000 votantes.

 Rangel Junior e José Etham, que obtiveram 50,57% dos votos; Cristóvão Andrade e Fábio Agra Medeiros, que registraram 21,17% dos votos; e Eliana Maia e Juracy Régis 13,47% do total de sufrágios.

O documento com o resultado oficial da consulta foi protocolado no Palácio da Redenção no dia 23 de agosto último.

O governador tentou um acordo com os três mais votados, para um pacto de gestão na UEPB. Rangel Junior aceitou, mas a proposta foi recusada pelos outros dois professores.

O professor José Cristovão de Andrade candidato a reitor da Universidade Estadual da Paraíba, confirmou que esteve em reunião com o governador Ricardo Coutinho e assumiu, que, se escolhido na lista tríplice irá administrar respeitando os eixos do documento, principalmente com todas as chapas de oposição que concorreram a consulta deste ano.

Ele também confirmou que, na reunião, o governador Ricardo Coutinho propôs um pacto. Andrade, contudo, afirmou que não aceitou a aproximação com o aliado da atual reitora Marlene Alves: “Nós só aceitaremos pacto com as oposições ao atual modelo. Aceitar isso com a Chapa de Rangel é colocar o lixo debaixo do tapete dos graves problemas que a UEPB enfrenta hoje. Claro que existe e lamentamos a tentativa de golpe de setores que entendem consulta como processo final e a lista tríplice não tem validade de nada. Se o mais votado deve ser o escolhido, teremos que mudar de consulta para eleições diretas. E ter maioria com o uso da máquina é relativo”, protestou.

Hermes de Luna

Edilson Amorim é eleito reitor da UFCG

O professor Edilson Amorim foi eleito reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e irá dirigir os rumos da instituição nos próximos quatro anos. O resultado da votação foi divulgado na madrugada desta sexta-feira, dia 7. Dos 7.421 votantes, considerando os percentuais ponderados – conforme a resolução que regeu o processo -, 66,9% optaram por Edilson Amorim, enquanto 33,1% escolheram o professor Amauri Fragoso.

O reitor eleito afirmou que o resultado confirma a expectativa nutrida em todo o processo eleitoral “em função do trabalho realizado e da campanha empreendida” por entender que, juntamente com professor Vicemário Simões, eleito vice-reitor, contribuíram para o melhor debate.

“Penso que esta eleição, com apenas duas chapas postulantes, teve um componente plebiscitário, ou seja a aprovação de um projeto em implantação. Evidente que, como se trata de uma transição, há uma expectativa muito grande em relação a mudanças”.

Amorim afirmou ainda que a universidade vai ser cada vez melhor e será uma universidade de todos. “De todos os professores, servidores e estudantes. Incorporando um pouco o aprendizado obtido durante essa caminhada, que foi também um aprendizado com a chapa adversária”.

O futuro da UFCG será muito promissor e academicamente superior, garantiu, afirmando que serão supridas as demanda resultante da expansão e que fortes investimentos serão feitos para reforçar a qualidade do ensino, da pós-graduação, da extensão e da administração.

“Queremos ser excelência, não só no aspecto acadêmico. Ambicionamos atingir a excelência na área administrativa, como suporte ao sucesso acadêmico”, concluiu.

Diálogo e ações

Nos primeiros meses de gestão, segundo Amorim, será posto em prática um plano de mudança administrativa e de infraestrutura – sobretudo no campus de Campina Grande -, e serão estabelecidos diálogos com a graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão para dinamizar as ações em desenvolvimento.

Reunir-se com as unidades acadêmicas e com os centros de ensino para – a partir da divulgação do programa de trabalho construído durante a campanha eleitoral -, absorver outras contribuições que possam ser traduzidas em resposta à comunidade, é uma das primeiras ações.

“Precisamos converter esse resultado eleitoral em discussão e reflexão que, num prazo de seis meses, marquem uma diferença qualitativa”, ponderou.

Terceira universidade do Nordeste em ensino

“Aos que criticaram o processo de expansão da UFCG, afirmando ter sido em detrimento da qualidade de ensino, o Índice Geral de Cursos (IGC 2011) trouxe a resposta nessa quinta-feira, dia da nossa eleição”, lembrou Amorim, comentando o terceiro lugar no Nordeste em qualidade de ensino obtido pela UFCG.

“Tínhamos a consciência de que estávamos expandindo a universidade sem prejuízo da qualidade. A prova disso é que somos a terceira universidade do Nordeste, a frente de outras instituições historicamente enraizadas”, comentou, afirmando que a interiorização da UFCG se deu com qualidade e inclusão social.

A UFCG obteve conceito 4 (IGC contínuo 3,48), de um máximo de 5 (conseguido por apenas 27 das 2.136 universidades, faculdades e centros universitários avaliados).

Modernização, internacionalização e cultura

O reitor Thompson Mariz disse esperar do reitor eleito políticas administrativas que promovam a modernização, internacionalização, implantação da educação a distância e investimentos na cultura para uma interação maior com a sociedade.

“Ampliar o intercâmbio internacional, modificar o projeto pedagógico dos cursos – que ainda insistem em permanecer com projetos antiquados -, incentivar grupos emergentes na pós-graduação, ampliar a assistência estudantil, consolidar a infraestrutura e interiorizar mais ainda a universidade são caminhos que aponto”, disse.

Mariz reforçou que é necessário promover maior interação com a sociedade, através da cultura, criando uma filarmônica, museu, teatro, televisão e rádio universitária. “Instalamos a universidade, a organizamos internamente, preparando-a para esse caminho. Agora, cabe ao futuro reitor conduzi-la por caminhos que a faça crescer e brilhar ainda mais”.

Relatório

Na próxima terça-feira, dia, 11, a comissão eleitoral apresentará ao Colegiado Pleno do Conselho Universitário o relatório do processo de escolha do novo reitor.

Ascom