Arquivo da tag: Reginaldo

Principal via de Santa Rita ganha novo asfalto e prefeito Reginaldo inspeciona a obra

sr_asfaltoUma das principais vias de Santa Rita está ganhando um novo asfalto.  Na manhã desta segunda-feira (06) foram reiniciados os trabalhos de asfaltamento do anel viário, que dá acesso aos principais bairros da cidade. A previsão é de que essa parte da obra seja concluída em até uma semana, dependendo das condições do tempo, por conta do inverno. São mais de mil metros de asfalto renovados.

O prefeito Reginaldo Pereira fez questão de ir pessoalmente até o local inspecionar a obra considerada de grande importância para os moradores e visitantes do município, já que irá beneficiar milhares de pessoas que trafegam na Avenida Arnóbio Maroja.

Elaborada e executada na gestão do prefeito Reginaldo essa nova etapa compreenderá desde a entrada de Tibiri II, na Avenida Arnóbio Maroja, ao lado da Praça do Chafariz, até o giradouro do mesmo bairro.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A Avenida Arnóbio Maroja é uma das principais vias de locomoção na cidade, especificamente para os moradores de Tibiri II, Marcos Moura, Heitel Santiago e adjacências.

Por ser considerada uma obra importante para o município, muitas pessoas acompanharam o reinício dos trabalhos e se mostraram satisfeitas com o andamento da obra o trabalho das máquinas. Os populares elogiaram a ação administrativa do prefeito Reginaldo Pereira por ele ter determinado o recomeço do asfaltamento que vai trazer melhoria de vida para todos que trafegam na área beneficiada e desenvolvimento para a cidade.

Secom

Secretário afirma que verba ‘sumiu’ e que Reginaldo não pagará 13º Salário

reginaldoNovo secretário de Comunicação de Santa Rita, Carlinhos do Adesivo disse, na manhã desta segunda-feira, que a Prefeitura de Santa Rita não tem dinheiro para pagar o 13º. “Somente a folha dos servidores de Educação dá R$ 3,5 milhões. A Prefeitura tem R$ 2,7 milhões. O saldo da Prefeitura não dá para pagar nem 10% dos efetivos”, afirmou Carlinhos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O secretário destacou – em entrevista à 98 FM – que Reginaldo Pereira, por um ano e três meses em que esteve à frente da Prefeitura de Santa Rita, pagou em dia os salários dos servidores, inclusive o 13º. Ele falou, ainda, que o setor jurídico vai avaliar licitações aprovadas na gestão do ex-prefeito Netinho e a atual gestão dará continuidade às obras que estiverem regulares.

Na manhã desta segunda-feira, o prefeito Reginaldo Pereira fará o anúncio da nova equipe de secretários. Carlinhos do Adesivo já foi confirmado como secretário de Comunicação. Conforme Carlinhos do Adesivo, Reginaldo também apresentará um balanço da situação financeira da Prefeitura.

Semana passada, o Tribunal de Justiça da Paraíba concedeu liminar para Reginaldo Pereira retomar o mandato de prefeito. A liminar foi outorgada pelo juiz Aluizio Bezerra.

No despacho, o juiz determina o retorno de Reginaldo até a decisão definitiva do processo que está sob batalha judicial.

A Câmara de Vereadores deu posse ao prefeito na noite da quinta. Na tarde da última terça-feira (16), o parlamento municipal reempossou Reginaldo Pereira após anular pela manhã quatro processos de cassação aprovados na Casa.

O retorno do prefeito durou pouco tempo. No mesmo dia, uma liminar determinou que Netinho de Várzea Nova, eleito vice de Reginaldo, retomasse o mandato.

Em março deste ano, os vereadores de Santa Rita haviam decidido cassar o mandato de Reginaldo Pereira alegando que o prefeito teria cometido nepotismo, fraudes em licitações e contratações irregulares.

Jãmarrí Nogueira – MaisPB

‘Decisão esperada há nove meses’, comemora assessor de Reginaldo sobre retorno em Santa Rita

reginaldoReginaldo Pereira assume novamente a Prefeitura e Santa Rita em cerimônia na Câmara Municipal da cidade às 18h30.

O secretário de articulação política da gestão de Reginaldo, Edivaldo Ayres de Souza Junior, declarou que a decisão que levou o prefeito de volta ao poder em Santa Rita já era aguardada há, pelo menos, sessenta dias.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Há dois meses a Câmara apresentou para a Justiça informações de que não havia embasamento nas acusações contra Reginaldo. Durante estes sessenta dias aguardamos um parecer do desembargador, e esta decisão chegou hoje”, comemorou.

 

Ele ainda explicou que, de acordo com a decisão do magistrado, a Câmara não absolveu o prefeito. “Na verdade, com este novo posicionamento, a Câmara neutralizou todas as acusações que poderiam haver contra o prefeito. Ou seja, a Câmara nem o acusou para poder chegar a absolve-lo”, disse.

Ele considera que a demora na análise destes novos documentos foi “uma injustiça muito grande. Há nove meses esperamos por esta decisão, que, agora, é irrevogável. Se não existem mais acusações, não há como ter uma mudança nesta decisão”, alegou o secretário.

João Thiago

Reginaldo fica apenas seis horas no cargo e Netinho reassume prefeitura de Santa Rita

Reprodução/instagram/moficorreio
Reprodução/instagram/moficorreio

Após reassumir o cargo de prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira passou apenas seis horas no posto. Por volta das 21h30, o juiz da Comarca de Santa Rita, Gustavo Procópio, determinou a saída de Reginaldo e mandou que o prefeito afastado, Severino Neto, conhecido como Netinho, reassumisse de imediato, independente de novo termo de posse, segundo informou o advogado Rinaldo Mouzalas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Quem assinou o pedido de retorno de Netinho foi o advogado Davi Viana. O juiz, segundo os advogados, alegou que a Câmara Municipal de Santa Rita teria violado o devido processo legal ao anular a cassação de Reginaldo Pereira.

Reginaldo, após assumir, chegou a assinar um termo de compromisso que o manteria como prefeito até 31 de dezembro de 2016. Ele também havia feito uma análise do governo e disse que esperava apoio dos vereadores.

 

Jornal Correio da Paraíba

Depois de votar no ‘vai e volta’ de Reginaldo, vereadora decide atacar a imprensa

cibelyDepois de votar a favor da cassação do prefeito Reginaldo Pereira e voltar atrás com a maioria dos vereadores de Santa Rita, a vereadora Cibelly Inocêncio da Nóbrega Silva (foto abaixo) decidiu atacar a imprensa de “mal caráter” ao se negar a justificar os votos em entrevistas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em meio as denuncias de que teria havido beneficio financeiro aos vereadores que votaram para Reginaldo sair e para Reginaldo votar, a vereadora Cibelly preferiu evitar a imprensa e questionada porque os parlamentares da cidade não estavam querendo conceder entrevista, ela justificou afirmando que a imprensa “Não tem dignidade e não tem caráter”.

Cibelly acompanhou todas as votações repentinas com a maioria da Casa e afirmou não que dá entrevista. Ela é filha da secretária de Bem Estar Social Cícera Nobrega. A mãe da parlamentar auxilia a gestão de Netinho de Varzea Nova, vice-prefeito que assumiu a titularidade do mandato com o afastamento de Reginaldo.

O vereador Waldecir Lucindo de Souza ( Bebé ), que teve sua eleição como presidente da Casa anulada nas votações desta terça-feira (16), afirma que houve muito dinheiro envolvido nos posicionamentos dos vereadores. Ele adiantou que deve recorrer à Justiça para poder assumir a presidência da Casa em 2015.

O primeiro-secretário da Câmara, João Batista de Lima Junior, chegou a acusar o vereador Célio Roberto Rufino dos Santos de tentar vender seu voto por R$ 100 mil para poder cassar Reginaldo Pereira. Segundo João Júnior, o vereador Célio ainda teria finalizado a suposta negociação por R$ 70 mil. A declaração feita durante a sessão foi cortada pelo presidente da Mesa.

Já o vereador Anésio Alves de Miranda Filho (vídeo), primeiro vice-presidente, tentou justificar o vai o volta dos vereadores sobre quem deve ser o prefeito da cidade alegando que houve falha no cumprimento do Regimento Interno.

Procurado diversas vezes pela reportagem durante a sessão, o presidente da Casa, Joselito Carneiro de Morais, não quis falar sobre os episódios.

Écliton Monteiro – MaisPB

Morre Celeide Neves, viúva de Reginaldo Rossi

Celeide e o filho, Roberto, durante o velório do Rei, na Assembleia Legislativa, em 20 de dezembro. Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press
Celeide e o filho, Roberto, durante o velório do Rei, na Assembleia Legislativa, em 20 de dezembro. Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press

Morreu, na manhã desta sexta-feira (15), aos 67 anos, a viúva de Reginaldo Rossi, Celeide Neves, oito meses após o falecimento do Rei do Brega. A notícia foi confirmada pelo amigo da família José Roberto e pelo empresário de Rossi Sandro Nóbrega.

Celeide estava internada no Memorial São José, em Recife, desde a última quarta-feira. Ela foi socorrida após passar mal, por volta das 11h, e internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois um princípio de infarto. Na tarde de quinta-feira (14) passou por uma angioplastia. E nesta sexta-feira (15), não resistiu após sofrer uma parada cardíaca.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Diário de Pernambuco A família aguarda o retorno do único filho do casal Roberto Rossi. Ele é ator e mora no Rio de Janeiro. O empresário de Rossi Sandro Nóbrega, já confirmou que o velório será realizado no sábado (16), a partir das 10h, e o sepultamento, no domingo (17), às 11h, ambos no Cemitério Morada da Paz. O corpo de Celeide será sepultado no mesmo jazigo onde está Reginaldo Rossi.

 Diário de Pernambuco 

“Vai voltar”: advogado de Reginaldo Pereira mostra confiança e prevê anulação da cassação

reginaldoO prefeito cassado de Santa Rita, Reginaldo Pereira (PRB) pode assumir o cargo novamente nos próximos dias. Conforme o advogado do caso, Johnson Abrantes ainda há recursos jurídicos para que Reginaldo retorne ao mandato de Chefe do Executivo municipal. O jurista revelou ainda na tarde desta sexta-feira (30), que já entrou com um pedido para que a Câmara Municipal disponibilize os documentos que geraram o afastamento do prefeito e aguarda o deferimento, já na próxima semana, do desembargador Abraham Lincoln.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com a liberação dos documentos, o advogado afirmou que o próximo passo é entrar com uma ação na justiça para anular a decisão da Câmara. Ele ainda destacou que o processo que cassou Reginaldo tem muitos erros. E é nesses supostos equívocos que vai fundamentar a defesa. “Existe a ausência do processo legal e de citação válida. Também não houve a aplicação da legislação pertinente ao caso”, ressaltou.

Reginaldo Pereira X Cassação

Reginaldo acredita que a Justiça paraibana também entenderá que a sua cassação não se sustenta em provas e que tudo não passou de um golpe. De acordo com o prefeito, as acusações são infundadas. “Me acusam de nepotismo, mas o próprio Ministério Público já emitiu parecer alegando que familiar em cargo de secretário não configura nepotismo”, disse Reginaldo.

O prefeito afastado também alega que em nenhum processo de cassação, o direito de defesa foi respeitado, o que levanta suspeitas sobre a agilidade da cassação.

Reginaldo acredita ainda que até o final do mês retornará ao mandato conquistado democraticamente em 2012, e promete uma gestão diferente. “Fomos sabotados esse tempo todo por aqueles que planejavam o golpe. Nossas ações não eram divulgadas pelo secretário de Comunicação, aliado do vice-prefeito Netinho. Também existia sabotagem em outras pastas da prefeitura. Mas agora será diferente”, promete Reginaldo.

Relembre o caso

O afastamento do prefeito pela Câmara Municipal se deu devido a suspeita por vários crimes administrativos, como nepotismo, afastamento do cargo, incorreções em licitações improbidade administrativa.

 

clickpb

Advogados movem nova ação e Reginaldo Pereira acredita em retorno a prefeitura

reginaldoO prefeito afastado de Santa Rita, Reginaldo Pereira, revelou, nesta segunda-feira (26), acreditar no seu retorno ao cargo. Ele fez um paralelo da sua situação com a do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (MS), que passou pelo mesmo processo de cassação na Câmara dos Vereadores, ficou dois meses afastado e voltou ao cargo por determinação da Justiça.

Reginaldo acredita que a Justiça paraibana também entenderá que a sua cassação não se sustenta em provas e que tudo não passou de um golpe. De acordo com o prefeito, as acusações são infundadas. “Me acusam de nepotismo, mas o próprio Ministério Público já emitiu parecer alegando que familiar em cargo de secretário não configura nepotismo”, disse Reginaldo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os advogados de Reginaldo Pereira entram nesta segunda-feira (26) com um pedido de liminar na Vara de Direitos Difusos Coletivos e Individuais, pedindo a suspensão do decreto de cassação e a volta do prefeito ao cargo.

Confiante na Justiça, Reginaldo acredita que até o final do mês retornará ao mandato conquistado em 2012, e promete uma gestão diferente. “Fomos sabotados esse tempo todo por aqueles que planejavam o golpe. Nossas ações não eram divulgadas pelo secretário de Comunicação, aliado do vice-prefeito Netinho. Também existia sabotagem em outras pastas da prefeitura. Mas, agora será diferente”, promete Reginaldo.

MaisPB com Blog do Kardec

Por unânimidade, Câmara de Santa Rita afasta prefeito Reginaldo Pereira pela 3ª vez

reginaldo-pereiraA Câmara Municipal de Santa Rita votou na manhã desta terça-feira (1), pela 3ª vez, o afastamento do prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira. Todos os presentes votaram acompanhando o relator do processo. Um parlamentar, sobrinho do prefeito, não estava presente.

Na galeria da Câmara, dezenas de cidadãos acompanhavam a votação e vibravam a cada voto positivo pelo afastamento.

O afastamento tem efeito de 90 dias ou até a conclusão do processo. Dentre diversas acusações, Reginaldo é denunciado por nepotismo, o qual ele admitiu, já que esposa, cunhada, e genro ocupam secretarias na Prefeitura.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O vice-prefeito Netinho deve assumir novamente a Prefeitura, pela 3ª vez.

Pedro Callado

Por 16 x 1, vereadores afastam Reginaldo Pereira da prefeitura de Sta Rita pela 2ª vez em uma semana

ReginaldoPereiraMenos de 24 horas após a decisão da justiça concedendo ao prefeito Reginaldo Pereira (PRP) retornar à prefeitura de Santa Rita, a Câmara voltou a pedir o afastamento do prefeito e venceu por 16 votos. É a segunda vez que Pereira é afastado em menos de uma semana.

Desta vez houve um pedido de vista que foi rejeitado em plenário e o autor do pedido, vereador Flávio Pereira votou contra o afastamento, mas a favor das denúncias. Foi o único voto contra o afastamento.

Apesar do pedido de vista do vereador Flávio, os vereadores relator do processo, João Júnior (PSB) e Genival Guedes (PSD) anteciparam o voto pelo afastamento. Com o pedido rejeitado em plenário, a votação continuou e venceu o afastamento por 16 votos. Dois vereadores faltaram a sessão: Padi Leomar (PT) e Célio Rufino (PTC).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ao serem questionados que quem aprovasse o pedido permanecesse sentados a unanimidade se levantou, inclusive o próprio propositor do pedido de vistas, iniciando uma pequena confusão, quando ele afirmou que já estava de pé e não votando e que se posicionou a favor.

 

O prefeito Reginaldo Pereira foi autorizado por uma liminar concedida na tarde desta segunda (24), segundo o advogado do prefeito Johnson Abrantes.

A votação do pedido de afastamento do prefeito aconteceu nesta quinta (20) e o gestor foi afastado do cargo por pelo menos 90 dias enquanto as investigações continuam.

Marília Domingues