Arquivo da tag: região

Oito dos 15 municípios da Região de Solânea já têm mortes confirmadas por Covid-19

Oito dos 15 municípios que compõem a Região Geoadministrativa de Solânea já registraram mortes por Covid-19, de acordo com boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde.

Algumas dessas cidades confirmaram o primeiro óbito essa semana como é o caso de Arara, Bananeiras, Casserengue e Solânea. Também já registraram casos de morte os municípios de Araruna, Belém, Caiçara e Serraria.

Quem ainda não faz parte dessa lista são as cidades de Borborema, Cacimba de Dentro, Damião, Dona Inês, Logradouro, Pilões e Tacima.

A Região Geoadministrativa de Solânea é formada por esses quinze municípios e foi instituída pela lei complementar estadual nº 115 de 21 de janeiro de 2013.

 

Redação FN

 

 

Região Nordeste registra o etanol e a gasolina mais caros no início de junho

Apesar do cenário de alta nos preços para o período, alguns Estados ainda mantiveram comportamento de recuo nos preços
A Região Nordeste apresentou cenário de alta nos preços durante os primeiros 15 dias de junho de acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). Os valores que desde janeiro vinha caindo tiveram uma ligeira alta no período. A gasolina que em maio foi vendida ao preço médio de R$ 4,011 já pode ser encontrada a R$ 4,105, alta de 2,34%. O etanol também teve aumento, 0,86%, chegando às bombas nordestinas por R$ 3,365. Já o preço do diesel comum esteve no mesmo patamar de maio e continua a ser vendido pela média de R$ 3,210 por litro, enquanto o diesel S-10 teve aumento de 0,59% e foi comercializado a R$ 3, 239.

“O comportamento dos preços dos combustíveis foi de alta em todo o País devido ao aumento no repasse às refinarias que já havia sido anunciado em maio. O Nordeste acompanhou esse cenário, mas trouxe um fato diferente quanto ao diesel comum, que manteve a mesma média do fechamento de maio. Pode ser que esse preço tenha uma alteração até o final do mês, mas precisaremos analisar o cenário até lá para entender se essa variação será de acréscimo ou decréscimo”, analisa o Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina.

Ao analisar os preços nos Estados nordestinos, o IPTL aponta que o Piauí continua vendendo a gasolina mais cara da região por R$ 4,393, um aumento de 3,4% em relação a maio. O Estado também tem o maior valor para o diesel que foi vendido a R$ 3,356, com uma ligeira alta de 0,5%. Já o diesel mais barato está no Rio Grande do Norte, comercializado a R$ 3,025 com recuo de 0,80%. A gasolina mais barata foi encontrada nas bombas Paraibanas por R$ 3,853 mesmo com alta de 2,4%.

Os dados do IPTL ainda apontam para um aumento de consumo do etanol em alguns Estados como Maranhão, Pernambuco e Rio Grande do Norte que em maio não haviam registrados dados de consumo suficientes para análises. O Maranhão inclusive desponta com o etanol mais caro da região nesse início de junho. O combustível foi comercializado a R$ 3,655.

Ainda de acordo com o estudo realizado pela Ticket Log, os preços apresentados nessa primeira quinzena de junho demonstram que, embora existam perfis diferentes em cada veículo, foi mais vantajoso financeiramente abastecer com gasolina em todos os Estados do Nordeste.

Sobre a Ticket Log

A Ticket Log integra a divisão de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, juntamente com Repom e Edenred Soluções Pré-Pagas, com o propósito de valorizar o tempo das pessoas para que possam aproveitar mais e melhor a vida. A marca, que atua no mercado urbano, conecta pessoas e empresas a uma mobilidade inteligente por meio de soluções inovadoras que otimizam processos e apoiam no controle da gestão de deslocamento para organizações de todos os tipos e tamanhos.

Com mais de 25 anos de experiência, a Ticket Log conta com 30 mil empresas-clientes, administra, por ano, 1 milhão de veículos em sua base de clientes e quase 2,5 bilhões de litros de combustível, com uma rede de mais de 36 mil comerciantes credenciados. Entre os produtos disponíveis, estão: Ticket Car com a funcionalidade Log&Go, que permite o pagamento de diferentes meios de transporte e serviços veículos, como lavagens ecológicas de automóveis (App Easy Carros), caronas compartilhadas (App Zumpy), serviços de assistência 24h (App Fácil Assist) e recarga do bilhete único (Onboard Mobility); Ticket Fleet e Gestão de Manutenção.

A marca é uma das Maiores e Melhores do Transporte na categoria “Automação e Informática”, no prêmio promovido pela OTM Editora e foi reconhecida como uma das “As 500 Maiores do Sul”, ranking promovido pela revista Amanhã. Também foi eleita uma das melhores empresas para trabalhar na região Sul pela consultoria global Great Place to Work ® Institute (GPTW).

 

Covid-19: com 529 casos e 7 mortes, Guarabira é o epicentro na região

A Secretaria de Saúde de Guarabira divulgou no começo da noite desta sexta-feira (29) a atualização do boletim epidemiológico com os números da Covid-19. Os infectados na cidade já somam 529, um crescimento de 46 casos em 24 horas. Os números divergem dos que foram divulgados pelo Estado, que aponta a cidade com 545 casos.

Guarabira é o epicentro da doença em toda a região, que envolve mais de 25 cidades. Dos infectados, 252 pacientes já foram recuperados.

São 7 óbito confirmados em consequência do novo coronavírus e uma morte está sob investigação, aguardando resultados de exames. 581 casos foram descartados e 1.615 notificados.

Os bairros Centro (70), Novo (58) Cordeiro (56) e Nordeste I (42) continuam sendo os que mais apresentam incidência de infectados com o vírus.

Números na região

Alagoa Grande (74)
Alagoinha (98)
Araçagi (27)
Bananeiras (26)
Belém (29)
Borborema (1)
Cacimba de Dentro (24)
Caiçara (22)
Caldas Brandão (15)
Cuitegí (40)
Dona Inês (2)
Duas Estradas (17)
Casserengue (7)
Gurinhém (31)
Juarez Távora (22)
Ingá (39)
Lagoa de Dentro (7)
Mari (97)
Mulungu (16)
Pedro Régis (1)
Pilões (11)
Pilõezinhos (51)
Pirpirituba (16)
Sapé (186)
Serra da Raíz (10)
Serraria (10)
Sertãozinho (11)
Sobrado (18)
Solânea (72)
Tacima (14)

 

portal25horas

 

 

Frente de deputados do Brejo pedem ao governador que abastecimento de água da região seja através do São Francisco

Os deputados estaduais que formam a Frente Parlamentar do Brejo Paraibano realizaram uma importante audiência pública de forma remota nesta sexta-feira (29), para tratar da melhoria no abastecimento de água das cidades de Esperança, Alagoa Nova, Arara, Areial, Remígio e Montadas.

Participaram da reunião, os deputados estaduais Chió (REDE), Anderson Monteiro (PSC) e Tião Gomes (Avante), além do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB). A audiência contou também com as presenças do secretário de Estado da Infraestrutura, Deusdete Queiroga, do presidente da Cagepa da Paraíba, Marcus Vinícius, além de prefeitos e vereadores das seis cidades.

Convidados, os deputados federais Gervásio Maia (PSB) e Frei Anastácio (PT) fizeram questão de participar do encontro em prol do Brejo da Paraíba.

O deputado Tião Gomes sugeriu que o Governo do Estado amplie o abastecimento na região através das águas do Rio São Francisco. “A água é um item básico, mas infelizmente ainda hoje tem faltado para muitas famílias do Brejo. Uma região, diga-se, com facilidade de acesso à água, mas que necessita de uma nova adutora para resolver o problema e de investimentos do Governo”, disse Tião Gomes.

Na ocasião, Tião reforçou a cobrança ao presidente da Cagepa para agilizar a conclusão do abastecimento de Mata Limpa em Areia e foi informado que a nova licitação acontecerá nos próximos dias. O deputado também cobrou do secretário Deusdete Queiroga a recuperação da estrada que liga Alagoa Grande ao município de Remígio.

De acordo com o deputado estadual Chió (REDE/PB), o debate versou sobre ações emergenciais e de médio prazo, a exemplo do término da adutora que levará água para as cidades de Areial e Montadas; de maiores fiscalizações no açude Saulo Maia, garantindo o abastecimento de Pilões e Areia; assim como, a realização de um projeto para integração das águas do Rio São Francisco, através de Boqueirão, ao sistema de abastecimento de Nova Camará.

O diretor da Cagepa, Dr. Marcus Vinícius, antecipou que apesar das últimas precipitações na região do Brejo não terem sido a que todos esperavam, as chuvas da última semana garantiram que o racionamento previsto para ser encerrado nas cidades de Remígio e Esperança, no dia 1 de Junho, seja adiado. “Possivelmente faremos uma nova análise em meados de junho, pois, uma vez caindo novas chuvas, seguimos monitorando e anunciaremos uma nova data”, explicou.

Ao lembrar o comprometimento do governador João Azevedo (Cidadania) com a construção da barragem de Nova Camará, o secretário de Infraestrutura, Deusdete Queiroga, anunciou frentes de trabalho, a partir dos encaminhamentos.

“Como representante do governador solicito que a CAGEPA seja o mais ágil possível para levar água de São Sebastião de Lagoa de Roça para resolver emergencialmente a situação de Areial e Montadas, me comprometo também, em 120 dias, talvez antes, a CAGEPA apresentar um estudo preliminar para uma solução definitiva, que seria pegar a água de Boqueirão, da transposição do São Francisco e levar para Nova Camará. Com a viabilidade técnica e econômica, acionaremos a bancada federal para destinar emendas e criaremos a partir de hoje, uma agenda de reuniões para acompanhar todo esse processo”, explicou o secretário de Estado.

Os deputados federais Frei Anastácio e Gervásio Maia reafirmaram o compromisso com a população do Brejo e destacaram que irão trabalhar em Brasília para destinar emendas e na articulação com a Bancada Federal Paraibana para que sejam incluídas ações em beneficio do abastecimento das cidades da região.

A audiência remota contou ainda com a participação de Andre Alves (PDT) prefeito de Remígio; Jonas Souza (PSD) prefeito de Montadas; Ícaro Teixeira (MDB)  presidente da Câmara de Alagoa Nova; Cristiana Almeida (REDE) ex-prefeita de Esperança; Adinael Barbosa (Cidadania) presidente da Câmara de Remígio; Wilma Alves, presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Matinhas; Caco Alcântara, secretário da Prefeitura de Arara; Ronaldo Oliveira (PSD) presidente da Câmara de Montadas; Naldo (PT) vereador de Arara; Afonso Henrique (PSD) presidente da Câmara de Areial;  Adelson Benjamin (PSDB) prefeito de Areial e Aquino Leite (PSDB) prefeito de Alagoa Nova.

 

portaldolitoralpb

 

 

Guarabira lidera casos na região e rompe barreira dos 100 infectados por Covid-19

A Secretaria de Saúde do Estado divulgou no começo da noite desta terça-feira (12), a atualização dos casos de infectados pela Covid-19 e a cidade de Guarabira rompeu a barreira dos 100 casos confirmados.

O município lidera a região em número de casos de pessoas infectadas na região com 103 registros, segundo a SES. O boletim da Prefeitura de Guarabira diz que são 102 e há uma divergência de um caso, que deve ser corrigido em tempo oportuno.

Os casos confirmados estão em 113 municípios paraibanos:

Alagoa Grande (6); Alagoa Nova (1); Alagoinha (5); Alhandra (34); Araçagi (5); Areia (5); Aroeiras (2); Baia da Traição (4); Bananeiras (3); Barra de Santana (2); Barra de São Miguel (1); Bayeux (70); Belém (1); Bom Jesus (1); Boqueirão (2); Borborema (1); Brejo do Cruz (1); Caaporã (54); Cabedelo (113); Caiçara (5); Cajazeiras (22); Cajazeirinhas (1) Campina Grande (134); Capim (4); Casserengue (1); Catingueira (1); Condado (14); Conde (22); Congo (3); Coremas (5); Coxixola (3); Cruz do Espírito Santo (22); Cuité (1); Cuité de Mamanguape (1); Cuitegí (5); Duas Estradas (1); Esperança (4); Gado Bravo (2); Guarabira (103); Gurinhém (4); Igaracy (1); Imaculada (3); Ingá (1); Itabaiana (10); Itaporanga (2); Itapororoca (5); Itatuba (2); João Pessoa (1316); Joca Claudino (1); Juarez Távora (1); Juazeirinho (5); Junco do Seridó (3); Juripiranga (8); Lagoa de Dentro (2); Lagoa Seca (8); Lucena (12); Malta (1); Mamanguape (10); Mari (26); Marizópolis (3); Massaranduba (4); Mataraca (1); Matinhas (1); Matureia (1); Monteiro (5); Mogeiro (1); Mulungu (3); Natuba (1); Nova Floresta (1) Patos (128); Pedras de Fogo (33); Piancó (5); Pilar (7); Pilões (1); Pilõezinhos (6); Pirpirituba (6); Pitimbu (7); Pocinhos (1); Pombal (2); Princesa Isabel (3); Puxinanã (1); Queimadas (6); Remígio (9); Riachão do Bacamarte (3); Riachão do Poço (1); Riacho dos Cavalos (2); Rio Tinto (13); Santa Helena (1); Santa Luzia (1); Santa Rita (233); Santa Terezinha (1); São Bento (8); São João do Rio do Peixe (6); São José de Espinharas (1); São José de Piranhas (2); São José do Bonfim (1); São José do Sabugi (3); São José dos Ramos (2); São Miguel de Taipu (2); São Sebastião de Lagoa de Roça (5); Sapé (89); Serra Branca (1); Serra da Raíz (3); Serra Redonda (2); Sertãozinho (2); Sobrado (2); Soledade (2); Sousa (42); Tacima (2); Taperoá (19); Teixeira (1); Uiraúna (1); Umbuzeiro (4).

 

portal25horas

 

 

Secretário alerta que a região de Guarabira poderá ter mortes por falta de isolamento

O secretário de Saúde da Paraíba criticou, indiretamente, o afrouxamento das regras de isolamento social autorizado pelo prefeito interino Marcus Diogo. Para o secretário, o desrespeito as normas de isolamento é “um erro grave”.

Geraldo Medeiros diz que está recebendo reclamações de que a população guarabirense não está colaborando com o isolamento. Na visão do secretário, esse comportamento pode ter reflexo em até 15 dias com o aumento de número de casos e o aumento de número de mortes na região de Guarabira.

Geraldo ainda diz que as “pessoas jovens que acham que não adoecem e circulam livremente nas ruas, elas devem entender que elas trazem para casa, para os seus pais” a doença. No entendimento do secretário, as cidades de Guarabira e região não estão com boa adesão ao isolamento.

O áudio do secretário de Saúde começou a circular nas redes sociais nesta noite de segunda-feira (20).

 

Fonte: outrafonte.com

 

 

Região Nordeste inicia março com queda de 2% no preço do etanol, aponta levantamento da Ticket Log

Análises mostram uma curva decrescente no preço dos combustíveis, com queda de 0,6 % no valor médio da gasolina e de 1,7% com relação ao etanol.
O levantamento mais recente do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), continua apontando queda no preço dos combustíveis nos postos da Região Nordeste. Na primeira semana de março, a gasolina recuou 0,6%, passando de R$ 4,680, registrado em fevereiro, para R$ 4,650; é a segunda média mais baixa do Brasil para o combustível. O valor do etanol também recuou 1,7%, com o litro a R$ 3,629, ante os R$ 3,691 do mês passado.

“Nas primeiras análises para o mês, percebemos que o etanol manteve o comportamento de baixa dos últimos seis meses. Ainda assim, entre 2 e 8 de março, o combustível alcança média 21% superior, quando comparada à média nacional para o mesmo período, que foi de R$ 3,001. Ainda é difícil prever se essa baixa vai permanecer em razão da atual instabilidade no mercado financeiro, como a queda do preço do petróleo”, comenta o Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina.

Neste início de março, a Paraíba lidera com os menores preços para a gasolina e etanol, em todo o Nordeste, comercializados a R$ 4,414 e R$ 3,238, respectivamente. Já os postos do Maranhão apresentam o maior valor médio do litro do etanol, R$ 4,001, enquanto o Piauí o valor mais caro para a gasolina, com o litro a R$ 4,813.

O IPTL também revela o comportamento do preço dos combustíveis em fevereiro. No mês passado, a região apresentou leve alta de 0,3% para o etanol, que foi de R$ 3,680, registrado em janeiro, para R$ 3,691. Com relação à gasolina, o cenário foi de recuo. O combustível fechou fevereiro com baixa de 1,14%, em relação ao mês de janeiro.

No recorte por Estado, em Alagoas o etanol apresentou recuo de 0,13% no comparativo com os preços praticados em janeiro deste ano. O combustível passou de R$ 3,826 para R$ 3,821. A gasolina também ficou mais em conta nas bombas, baixa de 0,54%.

Depois de começar o ano com alta nos preços, a Bahia teve um alívio no valor dos combustíveis. Com redução de 2%, o etanol passou a custar R$ 3,580, ante os R$ 3,656 de janeiro. A gasolina baixou 1,9%, com o litro vendido à média de R$ 4,649. Nos primeiros 30 dias de 2020, o valor médio era de R$ 4,739.

No Ceará, o custo do etanol para o consumidor teve um pequeno acréscimo de 0,13%, com o litro a R$ 3,824. No caso da gasolina, o preço médio do litro registrado nas bombas foi de R$4,726, queda de 0,46%, no comparativo com janeiro.

Pelo segundo mês consecutivo, o Maranhão liderou com o litro do etanol mais caro no Nordeste, com o valor médio de R$ 3,969, alta de 0,35% no comparativo com janeiro. Já a gasolina recuou 1,5%, comercializada a R$ 4,653. Na Paraíba foram registrados os menores preços para a gasolina e o etanol de toda a região, comercializados a R$ 4,443 e R$ 3,238, respectivamente.

Em Pernambuco, o destaque foi para o recuo de 0,8% da gasolina e a alta de 2,16%, para o etanol. O preço por litro praticados nas bombas baixou de R$ 4,606 para R$ 4,570 no caso da gasolina, e aumentaram de R$ 3,511 para R$ 3,587, no caso do etanol. No Piauí foi registrada a média mais alta da gasolina, comercializada a R$ 4,828. Apesar de contar com o valor mais alto da Região, o estado apresenta sinais de queda, com uma redução em 0,8% no comparativo com o valor comercializado em janeiro, que era de R$ 4,868. Com relação ao etanol, os preços passaram de R$ 3,716 para R$ 3,722, em fevereiro e apresentam alta de 0,16%.

No Rio Grande do Norte foi registrado maior recuo no valor médio da gasolina e do etanol de todo o território nacional, baixa de 2,62% e 2,08%, respectivamente. Na contramão, os postos de Sergipe se destacaram pela curva crescente de 3,28% no preço médio do etanol, com o litro vendido a R$ 3,714. A maior alta registrada em fevereiro para o combustível no Brasil.

No contexto nacional, o cenário foi de baixa para a gasolina e o etanol em fevereiro, sendo o último com o avanço mais expressivo de 0,81%. Depois de fechar o mês passado com o preço médio de R$ 3,757, o etanol sinaliza para um contexto de baixa na primeira semana de março, comercializado à média de R$ 3,001. Com a gasolina não é diferente, em fevereiro com o litro vendido a R$ 4,693, o combustível já apresenta o preço médio de R$ 4,668 na média de todo o território nacional.

O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais 25 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Sobre a Ticket Log

A Ticket Log integra a divisão de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, juntamente com Repom e Edenred Soluções Pré-Pagas, com o propósito de valorizar o tempo das pessoas para que possam aproveitar mais e melhor a vida. A marca, que atua no mercado urbano, conecta pessoas e empresas a uma mobilidade inteligente por meio de soluções inovadoras que otimizam processos e apoiam no controle da gestão de deslocamento para organizações de todos os tipos e tamanhos.

Com mais de 25 anos de experiência, a Ticket Log conta com 30 mil empresas-clientes, administra, por ano, 1 milhão de veículos em sua base de clientes e quase 2,5 bilhões de litros de combustível, com uma rede de mais de 36 mil comerciantes credenciados. Entre os produtos disponíveis, estão: Ticket Car com a funcionalidade Log&Go, que permite o pagamento de diferentes meios de transporte e serviços veículos, como lavagens ecológicas de automóveis (App Easy Carros), caronas compartilhadas (App Zumpy), serviços de assistência 24h (App Fácil Assist) e recarga do bilhete único (Onboard Mobility); Ticket Fleet e Gestão de Manutenção.

A marca é uma das Maiores e Melhores do Transporte na categoria “Automação e Informática”, no prêmio promovido pela OTM Editora e foi reconhecida como uma das “As 500 Maiores do Sul”, ranking promovido pela revista Amanhã. Também foi eleita uma das melhores empresas para trabalhar na região Sul pela consultoria global Great Place to Work ® Institute (GPTW).

 

Quadrilha que cometia crimes na região do brejo é desarticulada pela polícia

Uma operação das polícias Civil e Militar desarticulou na manhã de quinta-feira (20) uma quadrilha acusada de vários crimes na região do brejo Paraibano, mais precisamente em Serraria e municípios vizinhos.

Dois dos presos eram albergados da cadeia de Bananeiras, mas que não estavam comparecendo para dormir. Foi apreendido um menor de 17 anos e os demais tinham 21, 22 e 23 anos de idade.

Os acusados irão responder por tráfico, associação criminosa armada, tráfico de drogas e resistência. Todos passarão por audiência de custodia nesta sexta-feira (21).

 

blogdofelipesilva

 

 

MTur aponta Nordeste como principal região para turismo religioso

O Ministério do Turismo vai lançar um guia de destinos e eventos religiosos pelo país. O Nordeste, com 30 roteiros e 19 eventos religiosos é a região que mais alternativas oferece aos turistas.

Aproximadamente um milhão de pessoas participam da transladação em Belém durante a quarta romaria que antecede a procissão do Círio de Nazaré

 

Veja

 

 

Vigilante é executado com vários tiros em feira livre na região do Curimataú

O vigilante Hélder Aleixo Alves de Sena, mais conhecido como “Dedê”, foi executado com vários de revólver, calibre 38, e de pistola, quando trabalhava como segurança na Feira Livre do município de Cuité, na região do Curimataú paraibano. O crime aconteceu próximo ao Hotel Serrano, na manhã desta segunda-feira (13).

Testemunhas, que estavam na feira, contaram que o vigilante foi surpreendido por dois homens, armados, em uma moto Pop100. Um deles já chegou com uma pistola na mão e tentou disparar contra a vítima, quando a arma teria falhado.

Feira livre de Cuité Foto: Flávio Fernandes

De acordo com as testemunhas, “Dedê” tirou uma faca peixeira da cintura para tentar se defender, mas foi atingido pelo mesmo homem que usou, dessa vez, um revólver. O vigilante ainda tentou correr e foi alvejado também por tiros de pistola.

Hélder Aleixo não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no local. A dupla fugiu e até o momento não foi identificada pela polícia que investiga o caso.

Paulo de Pádua/Flávio Fernandes