Arquivo da tag: reféns

Agência do BB de Santa Rita é assaltada e funcionários são feitos reféns

No início da tarde desta segunda-feira (04), dois homens armados, se passando por clientes, entraram na agência bancária do Banco do Brasil que fica no Centro da cidade de Santa Rita e anunciaram o assalto.

De acordo com informações policiais eles renderam o vigilante, tomaram a arma dele, e renderam também uma funcionária do setor administrativo da agência entre outros funcionários que foram trancados em um banheiro da agência.

Depois de alguns minutos, os assaltantes fugiram levando dinheiro e a arma do vigilante.

A gerencia do BB ainda não passou para a polícia o valor do dinheiro roubado.

A polícia segue em diligência.

PB Agora

 

 

Bando invade fazenda, faz moradores reféns, mas acaba preso em flagrante

Moradores de uma fazenda no município de Boa Vista,  no Cariri Paraibano passaram por maus momentos ao serem vítimas de um assalto.

De acordo com a polícia, na noite deste sábado (28), quatro bandidos, fortemente armados, invadiram o local e fizeram várias pessoas reféns.

Numa ação que durou poucos minutos, o bando fugiu levando, além de vários objetos, um veículo Fiat Strada e uma moto Honda. As vítimas conseguiram contatar a Polícia Militar que iniciou as investigações e buscas.

Na madrugada deste domingo (29), os policiais prenderam os assaltantes e recuperaram todos os objetos roubados.

Os bandidos foram e encaminhados à Central de Polícia de Campina Grande-PB.

Paulo Cosme/Flávio Fernandes

 

 

Em assalto Ex-prefeito, vereador e outras pessoas são feitas reféns em Puxinanã

Noite de terror na cidade de Puxinanã, onde uma casa foi invadida por bandidos para assaltar, naquele momento onze pessoas foram feitas reféns, os bandidos estavam armados e encapuzados, na noite desta sexta-feira (29),  no agreste paraibano.

Dentre os reféns estavam políticos como, o ex-prefeito Aberlardo Coutinho, pai do atual gestor da cidade, o vereador Flávio Material da Construção e outras nove pessoas.  A residência que foi invadida pelos criminosos fica no Sítio Várzea de Lagoa,  também estavam na casa duas mulheres, dois homens, dois jovens e duas crianças.

Os bandidos entraram na residência pela porta dos fundos, e todos estavam jantando, de forma agressiva pediam por dinheiro, nessa hora obrigaram as vítimas a deitarem no chão e deram coronhadas em duas pessoas. Eles sabiam da existência do dinheiro referente à venda de gado.

A ação dos criminosos durou 40 minutos de pressão psicológica e agressões físicas, antes de deixarem a residencia em motocicletas levando dinheiro e celulares, os bandidos deixaram todos trancados em um quarto da casa.

Portal WSCOM

 

 

Em assalto, funcionários e clientes dos Correios são mantidos reféns

Foto: Márcio Rangel

Funcionários e clientes de uma agência dos Correios localizada em frente a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), no bairro de Bodocongó, foram feitos reféns durante assalto na manhã desta quinta-feira (05). A Polícia Militar está no local para negociar com um dos bandidos, que mantém cerca de três pessoas reféns.

Os três homens chegaram a assaltar a agência, mas na fuga foi surpreendida pela Polícia Militar. Um dos assaltantes se entregou e foi preso pela polícia. Toda avenida foi interditada pela polícia em virtude do risco.

Agredido, o vigilante da agência, Ricardo Vinícius de Freitas Silva, 37 anos, foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma da cidade. Ele revelou que ao chegar ao local para abrir a agência já encontrou um dos assaltantes no interior do estabelecimento, com uma farda dos Correios.

“Pensei em recuar quando ele disse ou entra ou eu mato a menina que já estava dentro. Só tinha um suspeito dentro e ele disse finja que está tudo natural e cadê sua arma? Eu disse que minha arma não fica na empresa. Ele disse então fique na porta esperando o fiscal, pegue sua arma e traga para mim. Quando eu fiquei na porta vi que tinha outros dois suspeitos do lado de fora, de porte médio. Quando tive a primeira oportunidade abri a porta e derrubei os dois que estavam desarmados”, destacou. Na confusão briga corporal o vigilante sofreu uma mordida dos suspeitos.

Acompanhe a negociação na página do jornalista Márcio Rangel

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Bando armado invade UFCG, faz reféns e assalta agência da Caixa

(Foto: Imagem compartilhada nas redes sociais)

Pelo menos 15 homens fortemente armados e encapuzados invadiram a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), em Campina Grande, e causaram terror durante assalto à agência da Caixa Econômica do campus. Duas pessoas foram feitas reféns, mas já foram liberadas.

Segundo apuração da TV Correio, os bandidos chegaram em dois carros, atiraram contra a agência e obrigaram os clientes a deitarem no chão. Enquanto pediam dinheiro, os criminosos ameaçavam todos de morte. A quantia em dinheiro roubada não foi contabilizada.

Eles levaram um segurança e o gerente da agência como reféns, mas as duas vítimas já foram liberadas e os dois carros usados no crime também foram encontrados abandonados.

A Polícia Federal e a Polícia Militar foram ao local para apurar informações e começam o trabalho para achar os bandidos. Câmeras de segurança serão usadas para localizar suspeitos. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso.

Vários clientes precisaram ser atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para hospitais porque passaram mal com o susto.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Bando faz reféns e atira contra sede da PM durante ataque a banco

(Imagem compartilhada no WhatsApp)

Moradores e policiais da cidade de Pilar, a 55 km de João Pessoa, foram aterrorizados por uma quadrilha de assaltantes na madrugada desta quarta-feira (27). Na ação, que aconteceu por volta das 3h20, uma agência de banco particular foi explodida, pessoas foram feitas reféns e a sede da Polícia Militar foi alvo de vários tiros. Cápsulas de armas de grosso calibre foram encontradas nas ruas da cidade.

À TV Correio, uma vítima contou que parte do bando criminoso atuou na explosão do banco, enquanto dois homens encapuzados e fortemente armados faziam os reféns. Pelo menos três pessoas teriam ficado sob o alvo dos bandidos. “Eles deram um tapa nas minhas costas e falaram que não iam matar ninguém, que só queriam o dinheiro do banco. Dispararam vários tiros perto de nós. Essa situação durou cerca de meia hora”, relatou.

Ainda conforme a mulher, os reféns foram levados para perto da sede de Polícia Militar. Todas as vítimas foram obrigadas a gritar e pedir que os policiais não reagissem. “Não abre a porta que tem refém, não abre a porta que tem refém”, ficamos repetindo isso. Muitos tiros foram efetuados contra o prédio da PM e contra duas viaturas. Uma caminhoneta de um morador também foi alvos dos tiros.

Apesar do terror provocado pelos bandidos, não há registro de pessoas feridas. Os assaltantes fugiram em caminhonete e três motos. Grampos foram espalhados pelas ruas da cidade. Em Pilar, agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal já tinham sido destruídas em ataques com explosivos. Agora, a população fica também sem a agência particular.

Mais violência

Também durante a madrugada, uma agência bancária em Lagoa Seca, Agreste paraibano, a 129 da Capital, foi explodida por um grupo de bandidos. Os criminosos chegaram à cidade por volta das 3h30. Segundo apuração da TV Correio, enquanto alguns assaltantes explodiam o banco, outros vigiavam as vias de acesso e saída ao município.

O ataque à agência durou cerca de 20 minutos. Ainda conforme a TV Correio, caixas eletrônicos do banco tinham sido abastecidos nessa terça-feira (26). O valor roubado pela quadrilha, no entanto, não foi divulgado. Antes do ataque ao banco, foram registrados em Lagoa Seca roubos de veículos e arrastão em uma festa.  Além disso, no caminho até Campina Grande, a reportagem da TV Correio encontrou vários carros com pneus furados. Existe suspeita de que todos os crimes estejam relacionados. Nenhum suspeito foi localizado.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Dez bandidos fazem reféns e atacam agência bancária em Cuité

Reprodução
Imagem ilustrativa

Uma agência bancária foi atacada na cidade de Cuité, na região da Borborema da Paraíba, por cerca de 10 homens na madrugada desta quinta-feira (11). Conforme informações do 9º Batalhão de Polícia Militar de Cuité, o bando tentou violar o cofre da agência, mas não conseguiu, tentaram levar o cofre, mas não teve sucesso, e então desistiu e fugiu.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, durante o ataque ao banco os assaltantes fizeram reféns no local e usaram os moradores da cidade como escudo humano. Após a ação na agência, os reféns foram liberados. Os bandidos fugiram da cidade em dois carros e algumas motos por volta das 3h. Moradores ouviram vários tiros durante a tentativa de assalto.

A Polícia Militar informou que os bandidos fugiram levando uma quantia não informada de dinheiro. A Polícia Militar realizou buscas pela região de Cuité, Picuí e Barra de Santa Rosa, mas até o início da manhã desta quinta-feira, nenhum suspeito foi localizado.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Polícia cerca agência bancária em João Pessoa após denúncia de assalto com reféns

policiais-no-bancoA informação de que um assalto estaria acontecendo na manhã desta quarta-feira (29) no Banco do brasil localizado na Avenida Dom Pedro I, no centro de de João Pessoa mobilizou mais de cinquenta policiais.

Após a denúncia, realizada por telefone, várias viaturas chegaram ao local para interceptar a pressuposta ação criminosa, o quarteirão da agência acabou sendo isolado e o trânsito foi desviado pela Rua Santo Elias.

Os funcionários e clientes que estavam no banco acabaram se assustando com a movimentação e os bombeiros foram chamados para atender os que ficaram mais nervosos.

Informações extra oficiais davam conta de que haviam reféns em poder dos bandidos. E, em entrevista ao Sistema Arapuan, uma cliente que estava no banco contou que não viu homens armados em nenhum momento.

Apesar da não confirmação de que o assalto está sendo realizado, a polícia achou melhor manter o cerco.

Uma camionete com restrição de roubo se encontrava no estacionamento do banco, assim como uma bolsa abandonada.

O secretário de Segurança da Paraíba, Cláudio Lima, entrou em contato com a produção do Cidade em Ação para informar que vai investigar o caso e localizar o culpado pelo trote.

A TV Arapuan acompanhou ao vivo toda a movimentação, desde a chegada da Polícia, até a dispersão. Assista, os momentos de tensão:

Veja imagens de um cinegrafista amador, no momento em que ainda não se sabia o que estava acontecendo no interior da agência:

Yves Feitosa

Dupla exige imprensa para liberar reféns em assalto a Correios na PB

sireneUma agência dos Correios, do município de Juarez Távora, Agreste paraibano, foi alvo de uma tentativa de assalto na manhã desta terça-feira (29). De acordo com a Polícia Militar, cinco pessoas foram feitas reféns por dois homens armados, que exigiram a presença da imprensa no local para liberar as vítimas.

Conforme informações da PM, a polícia foi informada pela população de que havia algo errado com a agência dos Correios, já que ela havia sido fechada muito antes do normal. Imediatamente, a polícia cercou o prédio e confirmou a suspeita de assalto.

A polícia informou que os dois suspeitos exigiram a presença da imprensa para, em seguida, libertarem os reféns e se entregarem. Durante as negociações entre os dois homens e a Polícia Militar, um dos suspeitos chegou a atirar para o alto, mas de acordo com as primeiras informações, ninguém ficou ferido com o disparo.

Com a chegada da imprensa no local, os reféns começaram a ser liberados pelos suspeitos. Em seguida, eles se entregaram e foram conduzidos para a Delegacia pela Polícia Militar.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Medo: após negociações, bandidos soltam reféns e se entregam em JP

assaltoA Polícia Militar conseguiu liberar os funcionários e clientes que estavam sendo feitos de reféns, em uma loja da Claro, localizada na avenida Epitácio Pessoa, que foi assaltada na manhã desta quinta-feira (08).

Dois homens armados estavam fazendo pelo menos três pessoas de reféns, entre elas dois funcionários e um cliente.

Após ter se entregado, um dos bandidos, que disse ser do bairro Valentina de Figueiredo, afirmou que realizou o assalto pois estava necessitando.

Os bandidos já haviam conseguido encher uma sacola com produtos da loja. A ação foi coordenada pelo capitão Alisson, da Polícia Militar.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br