Arquivo da tag: reclama

Tatiele Polyana posa nua e reclama: ‘Caras têm medo de chegar em mim’

 (Foto: Marcos Serra Lima / Paparazzo)
(Foto: Marcos Serra Lima / Paparazzo)

Tatiele Polyana tem mais de 420 mil seguidores no Instagram e também faz sucesso com seus vídeos no Snapchat, um de seus aplicativos favoritos. Com tanta exposição, é claro que a ex-BBB também recebe muitas mensagens de fãs, algumas bem abusadinhas. “Tem de tudo, dos engraçadinhos que me mandam muitos nudes até os fofos, que me pedem em casamento.  Mas também há aqueles mais chatos, que fazem comentários pesados. Esses eu nem respondo, bloqueio logo”, diz ela, que ficou nua em um ensaio para o Paparazzo– o segundo desde que ganhou fama ao participar do “Big Borther Brasil” em 2014.

Os internautas mais ousados pedem até para Tatiele enviar nudes. Se ela já mandou fotos mais íntimas para alguém? “Já mandei foto de calcinha e sutiã, mas tem que ter muito cuidado com essas coisas, ?”.

Se na internet os homens são mais descarados, no dia a dia as coisas não fluem tão bem assim para a ex-BBB. E ela reclama: “Os caras têm medo de chegar em mim, ficam inseguros.”

As mulheres, por outro lado, não se inibem na hora de cantar Tatiele. “Escreveram no meu Instagram que se um dia fosse namorar com mulher, que era para eu avisar. Dou gargalhada, entro na brincadeira, mas deixo claro que não é a minha praia. Gosto mesmo é de homem”.

Tatiele Polyana posa para o Paparazzo (Foto: Roberto Teixeira / Paparazzo)Tatiele Polyana durante seu ensaio para o Paparazzo (Foto: Roberto Teixeira / Paparazzo)

EGO

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

ONU reclama ajuda internacional urgente para o Haiti

REUTERS/CARLOS GARCIA RAWLINS
REUTERS/CARLOS GARCIA RAWLINS

A comunidade internacional precisa de se mobilizar em força para ajudar o Haiti devastado pelo furacão Matthew, apelou segunda-feira o secretário-geral das Organização das Nações Unidas (ONU), Ban-Ki-moon.

Pelo menos 1,4 milhões de pessoas precisam urgentemente de assistência, mais de 300 escolas foram destruídas e as culturas e as reservas alimentares do país ficaram inutilizadas. E “algumas cidades e vilas praticamente desapareceram do mapa”, descreveu aquele responsável aos repórteres das agências internacionais, para acrescentar que “a tensão tem vindo a aumentar” entre os haitianos que aguardam por ajuda.

As Nações Unidas dizem precisar de reunir pelo menos 119 milhões de dólares (106 milhões de euros) nos próximos três meses para assegurar a assistência às cerca de 750 mil pessoas que se concentram nas zonas mais devastadas pelo furação. O dinheiro servirá para garantir comida, água potável e abrigo aos mais vulneráveis entre os 1,4 milhões de haitianos afectados.

O furacão Matthew, o mais destrutivo em quase uma década naquela zona, avançou sobre o Haiti a uma velocidade superior a 233 quilómetros por hora, com chuva e ventos muito fortes a destruir tudo à sua passagem. As estimativas apontam para a morte de cerca de mil pessoas, segundo a Reuters, naquele que já era o país mais pobre daquela zona do globo.

Após a tempestade, a cólera avançou sobre a zona e já matou algumas dezenas de pessoas. A cólera causa diarreia severa e mata em apenas algumas horas, se não for tratada. Espalha-se por via da água contaminada e tem um período de incubação muito curto. A epidemia foi acidentalmente introduzida naquele território por membros das forças de manutenção de paz das Nações Unidas, após o terramoto de 2010, que deixou um rasto de cerca de 200 mil mortos. O surto afectou desde então milhares de pessoas e matou cerca de nove mil, segundo a Reuters.

A ONU não assumiu oficialmente a responsabilidade, mas Ban-Ki-moon lamentou o sucedido e lembrou que o mundo inteiro tem a “responsabilidade moral” de ajudar aquela população. Aquele responsável prometeu uma nova abordagem para combater a epidemia no Haiti ainda durante este mês de Outubro, a qual passa por garantir água potável e as necessárias medidas sanitárias e de saúde.

Formado ao largo da Venezuela, o furação Matthew atravessou o mar das Caraíbas e afectou a Colômbia, a Jamaica, Cuba, a República Dominicana (quatro mortos), as Bahamas e, por fim, os Estados Unidos (pelo menos vinte mortos). Começou a retroceder no domingo.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

RC reclama do governo federal e nega superfaturamento no viaduto do Geisel

(Foto: Albemar Santos)
(Foto: Albemar Santos)

Durante inspeção à obra do viaduto do Geisel, na manhã deste sábado, o governador Ricardo Coutinho (PSB) reclamou da retenção de recursos federais para a obra e negou qualquer tipo de superfaturamento apontado pela Controladoria Geral da União.

“A parte que ficou restante, de 40%, é preciso que chegue urgentemente para que a gente possa concluir isso aqui no final de novembro”, disse. Conforme o governador, o Estado já pagou mais de R$ 20 milhões com recursos próprios, enquanto o governo federal repassou apenas R$ 4 milhões dos R$ 17,8 milhões previstos.

Questionado sobre os indícios de superfaturamento apontados pela CGU, Ricardo Coutinho afirmou que o órgão apontou sobrepreço como sendo o pagamento duplicado pelo mesmo serviço. “O que efetivamente não existe”, garantiu.

Segundo ele, apenas foi usada uma tabela específica para obra por conta da sua localização, mas a CGU entendeu que outra tabela deveria ter sido utilizada.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Tião Gomes reclama de secretário de RC: ‘não vai influenciar pensamento na minha região’

tiao-gomesO deputado Tião Gomes (PSL), comentou nesta segunda-feira (19), que dificilmente fará composição com o PSB em Guarabira e reclamou do posicionamento do secretário Célio Alves (Executivo de Comunicação Institucional) em Sertãozinho: “Se ele está querendo influenciar ou mudar pensamentos na minha região, não vai”.

“Perto da gente, do PSL ninguém mexe. Isso de secretário do governo estar querendo influenciar ou mudar pensamentos em Sertãozinho na minha região não vai. Do jeito que Célio Alves tem lá o seu espaço junto ao governo, Tião Gomes também tem, o PSL também tem e tenho sido favorecido por essa parte de Ricardo, ele sabe o meu trabalho, meu comprometimento”, disse.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Gomes destacou que Célio “fica no lugar dele e eu no meu, onde puder se juntar, se junta”. “Em Guarabira dificilmente nos juntaremos com o PSB, temos uma tendência natural de ficar do lado de Roberto Paulino (PMDB), com uma ressalva: João Rafael. Se ele entrar no meio dessa questão vamos voltar todo mundo e sentar de forma democrática porque esse é o meu posicionamento”, comentou.

paraiba.com.br

Cel. Euller reclama que ‘interesses individuais’ buscam criar sensação de insegurança na PB e culpa redes sociais

Foto: Marcos Weric
Foto: Marcos Weric

O comandante da Polícia Militar na Paraíba, Coronel Euller Chaves, reclamou que existem ‘interesses individuais’ de pessoas que buscam criar a sensação de insegurança na Paraíba.

Em entrevista ao programa Rádio Verdade da Arapuan FM, o comandante afirmou que a sensação de insegurança é construída no dia-a-dia através da mídia e das redes sociais. Para ele, “tem gente querendo desconstruir o que trabalho do governo”.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Há gente que aterroriza nas redes sociais, posso contar vários casos”, afirmou lembrando episódios como o alarde sobre um arrastão no bairro São José e em escolas da Capital. “Tive que ir e mostrar que estava tranquilo”, explica.

De acordo com Chaves, houve ainda outros episódios, porém, para ele, eles retratam “interesses individuais de pessoas que buscam algum tipo de poder”.

Para o comandante, o que há de concreto é que na Paraíba, há três anos o número de crimes violentos letais vem diminuindo e pontuou os problemas com o sistema penitenciário, sócio-educativo e na legislação penal.

“Primeiro é preciso estruturar o sistema prisional e sócio-educativo para crianças e adolescentes para então endurecer a legislação. Nada adianta endurecer sem reforçar o sistema, ou vamos apenas prender mais e mais vão ser soltos escolarizados para o crime. Precisam ser feitas escolas de ressocialização de pessoas para melhorar e voltar a conviver na normalidade”, propõe.

Marília Domingues

Estupro e assassinato: Centro da Mulher fala de onda crescente de violência e reclama de impunidade

violencia-contra-a-mulherA crescente onda de violência contra as mulheres está aumentando em todo o país, de acordo com o Centro da Mulher 8 de março, a maior causa ainda é a impunidade dos agressores e destaca que é preciso o investimento em políticas públicas para frear esse fenômeno.

Só em João Pessoa no final da tarde e noite desta terça (23), três mulheres foram agredidas: uma na rua da Areia por um cliente que não quis pagar o programa e outras duas foram estupradas, uma em Tambauzinho e outra na Orla de Tambaú. Em Baía da Traição, Litoral Norte, um homem matou a ex-mulher porque não aceitava o fim do relacionamento.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com a advogada do Centro da Mulher, Fátima Aquino, no Brasil inteiro tem essa crescente manifestação de violência contra a mulher. “Acreditamos que pode ser que agora esteja sendo mais visualizado, dado o momento onde tudo se sabe, tudo se divulga. A probabilidade de esses acontecimentos estarem na boca de todos, sabemos mais rapidamente o que está acontecendo”, diz.

A advogada destacou que as campanhas são permanentes, o Centro faz visitas à escolas, reuniões, palestras em locais onde é convidado e tenta conscientizar as mulheres, empoderando, dando conhecimento e informação para que reajam no sentido de que denuncie, se afastem e se libertem da escravidão.

Sobre as causas, principalmente da onda de estupros, Fátima conta que ‘não tem resposta’. “A violência está imensa, nos outros estados também tem essa onda de mulheres violentadas fora do âmbito familiar. Acreditamos que políticas públicas de nível nacional poderiam trazer algum resultado benéfico”, conta.

Porém, para a advogada, não é apenas uma questão de conscientização dos homens, também há a impunidade. “Muitos casos acontecem e ficam impunes, há quase uma banalização a questão do estupro contra a mulher”, reclama.

“Acreditamos que políticas públicas, conhecimento, informação e conscientização dos humanos, homens e mulheres, poderia trazer benefício a sociedade como um todo. A violência contra a mulher, estupro, violência física ou psicológica traz prejuízo para a sociedade. A sociedade fica ferida. A Paraíba inteira está muito triste e ferida por conta desses últimos acontecimentos”, conclui.

Estes dois casos recentes de estupro em João Pessoa, aconteceram às vésperas do julgamento do acusado de ser o mentor do estupro coletivo em Queimadas. Onde seis mulheres foram estupradas e duas delas assassinadas durante uma festa em 2012.

Marília Domingues

Deputado reclama da ausência dos colegas em plenário e pede cumprimento de Regimento

assembleiaPassadas três semanas com a pauta trancada em face da ausência dos parlamentares em plenário, o deputado estadual João Gonçalves (PSD), demonstrou insatisfação com a falta as sessões na Assembleia Legislativa da Paraíba.

João que é um dos mais assíduos na Casa de Epitácio Pessoa, se preocupou com a existência de um “recesso branco’” em face das proximidades das eleições e mandou um recado:

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
“Ninguém é obrigado a vir, mas tem a obrigação de trabalhar e comparecer em Plenário. Está faltando eles cumprirem com o Regimento Interno e com o que a Casa exige. Ou seja, para receber os salários tem que comparecer”, disparou.

Cobrando compromisso dos colegas, João se disse decepcionado com a grande quantidade de cadeiras vazia: “Eu defendo que a Casa possa voltar a sua normalidade. Não podemos entender que meia dúzia venha trabalhar enquanto o restante fica fazendo campanha em suas bases”, enafatizou.

Na sessão desta quarta (20) na Assembleia Legislativa, apenas 14 parlamentares compareceram ao trabalho, enquanto 22 faltaram ou não justificaram ausencia.

PB Agora

Conscientização não é suficiente: Cláudio Lima reclama de trotes ao CIOP e fala em repressão

(Foto: Divulgação/Secom-PB)
(Foto: Divulgação/Secom-PB)

O secretário de Segurança da Paraíba, Cláudio Lima, comentou  que um dos grandes problemas na atuação do Centro Integrado de Operações Policia (CIOP) é a quantidade de trotes que a população passa.

 

Para Lima, a população reclama, com razão, da segurança, contudo, ele também revela que o próprio povo tem parte da culpa. “Não podemos admitir um sistema com 10 mil ligações e de 20% a 30% são trotes. A própria população precisa se conscientizar que o bem público tem que ser utilizado em favor deles”, afirma.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Lima destacou que os trotes são inevitáveis, que é preciso conscientizar as pessoas e ressaltou a importância de estabelecer uma estratégia para tentar diminuir isso ou ‘no caso reprimir’.

paraiba.com.br

Sem ingressos para principais jogos, torcida reclama em pontos de venda

Um novo lote de 180 mil ingressos da Copa do Mundo liberados pela Fifa nesta quarta-feira trouxe esperança para milhares de torcedores brasileiros, mas acabou virando frustração para quem passou a madrugada nas filas dos pontos de venda físicos, com Rio de Janeiro e São Paulo

A comercialização de bilhetes para todos os 64 jogos começou à meia-noite pela internet, no site Fifa.com. Em poucas horas, no entanto, as entradas extras para os principais jogos já estavam esgotadas, como a final, a abertura e todos os jogos do Brasil.

A situação frustrou os cerca de 350 torcedores que amanheceram na fila na sede do Botafogo, no Rio de Janeiro, um dos 12 pontos físicos de venda de entradas programados para abrir às 9h (de Brasília), nas cidades-sedes da Copa (veja os endereços abaixo). Após ouvir que os bilhetes dos confrontos mais disputados esgotaram na venda online, um grupo grande passou a gritar ofensas à Fifa e cercou o representante da entidade cobrando explicações. Com buzinas, os torcedores também gritavam “Queremos ingresso!” na porta da sede do Botafogo. Por precaução, dois carros da polícia foram ao local.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com a assessoria de imprensa da Fifa, funcionários em todos os Centros de Ingressos comunicaram aos torcedores que passaram a noite na fila que a venda iniciaria somente pela internet e que apenas as entradas que sobrassem da comercialização online estariam disponíveis nos pontos físicos. Até às 6h, a entidade informou que 160 mil dos 180 mil bilhetes foram vendidos pelo Fifa.com.

fila ingressos copa do mundo botafogo (Foto: Janir Junior)Torcedores cobram explicações de responsável pelo centro de ingressos no Rio de Janeiro (Foto: Janir Junior)

 

Os primeiros a chegar no local fizeram uma lista das pessoas que estavam na fila, durante a madrugada. Mesmo sem ser “oficial”, a relação serviu como base para os representantes da Fifa na hora da abertura do Centro de Ingressos, que abriu 15 minutos antes do previsto (às 8h45).

Em São Paulo, a confusão foi provocada por cambistas que tentaram furar a fila. A polícia teve que ser chamada para acalmar os ânimos. Irritados com o término da venda dos ingressos dos principais jogos, muitos torcedores ficaram no local protestando.

Primeiro da fila chegou às 5h de terça no Rio

Com dificuldades na compra pela internet, centenas de pessoas foram para a porta da sede social do Botafogo, em General Severiano, para esperar a abertura da venda física, marcada para 9h desta quarta. Às 2h da manhã, 101 pessoas já estavam no local, formando uma enorme fila. Um torcedor fez uma lista com os nomes da fila e, de hora em hora, fazia a contagem. Por volta das 7h da manhã, já eram cerca de 350 pessoas na espera.

fila ingressos copa do mundo botafogo (Foto: Janir Junior)Fila na manhã desta quarta ao redor de General Severiano rodava o quarteirão em Botafogo, no Rio (Foto: Janir Junior)

– A internet está congestionada. Não estamos conseguindo comprar pela internet, ainda mais lá na nossa área, em Paracambi. O sinal lá é muito fraco – explicou um torcedor, em entrevista ao “Bom Dia Rio”.

O guia turístico Alexandre Barbosa foi o primeiro torcedor a chegar na sede social do Botafogo, às 5h da manhã de terça-feira. Desde então, ele e um amigo se revezaram na fila. A esperança da dupla era comprar dois ingressos para a final no Rio de Janeiro. Os bilhetes para a grande decisão, no entanto, já se esgotaram na venda pela internet.

Confusão compre de ingressos Copa do Mundo Botafogo (Foto: Janir Júnior)Lista organizada pelos torcedores serve como “chamada” para a compra de ingressos (Foto: Janir Júnior)

 

 

Nas outras sedes, as filas também se formaram desde terça-feira. Em São Paulo, local do jogo de abertura, cerca de 250 pessoas amanheceram no Ginásio do Ibirapuera na expectativa para a abertura das vendas.

Em aproximadamente uma hora, algumas das partidas mais esperadas da Copa do Mundo já não tinham mais ingressos disponíveis pelo site da Fifa. No início da madrugada desta quarta-feira, o montante destinado aos duelos de abertura do Mundial, em São Paulo, e a final, no Rio, se esgotou, restando apenas os bilhetes chamados especiais, para pessoas com mobilidade reduzida, cadeirantes e obesos.

Além do Rio de Janeiro, a venda física começa às 9h desta quarta-feira nas outras 11 sedes da Copa. Já os locais adicionais de coleta dos bilhetes nos aeroportos e as instalações adicionais no Rio de Janeiro e em São Paulo funcionam apenas como pontos de coleta dos tíquetes já comprados pela internet.

Confusão compra de ingressos Copa do Mundo Botafogo (Foto: Janir Júnior)Torcedores tentam comprar ingressos na sede do Botafogo (Foto: Janir Júnior)

 

Os endereços dos Centros de Ingressos da Fifa, com venda a partir das 9h desta quarta:

Belo Horizonte – Boulevard Shopping : Av. dos Andradas,3.000, Santa Efigênia
Brasília – Centro de Convenções Ulysses Guimarães: SDC Eixo Monumental – Lote 05
Cuiabá – Shopping Pantanal – Av. Historiador Rubens de Mendonça, 3300 – Jardim Aclimação
Curitiba – Patio Batel Shopping: Av. do Batel, 1.868 – Batel
Fortaleza – Centro de Eventos do Ceará: Av. Washington Soares nº 999, Portão E – Edson Queiroz
Manaus – Centro Cultural dos Povos da Amazônia: Praça Francisco Pereira da Silva, s/n°
Natal – Shopping Cidade Jardim: Av. Eng. Roberto Freire, 2920 – Capim Macio
Porto Alegre – Barra Shopping Sul: Av. Diário de Notícias, 300 – Cristal
Recife – Shopping Recife: R. Padre Carapuceiro, 777, Edifício Garagem B1, Boa Viagem
Rio de Janeiro – Casarão General Severiano: Av. Venceslau Brás, 72 – Botafogo
Salvador – Iguatemi Shopping: Av. Tancredo Neves, 148, Estacionamento I-1
São Paulo – Ginásio do Ibirapuera (Quadra Lateral: R. Manoel da Nóbrega, 1361, Paraíso).

Este novo lote de ingressos foi aberto a partir da cota de contingência da Fifa em alguns estádios, o que possível após a entrega dos mesmos. Além disso, a entidade identificou que há uma demanda pequena para assentos dedicados a pessoas com mobilidade reduzida, e, desta, forma, vai tornar parte deles disponível para todos os torcedores.

Confusão compra de ingressos Copa do Mundo Botafogo (Foto: Janir Júnior)Centro de Ingressos do Rio abriu 15 minutos antes do previsto (Foto: Janir Júnior)
Por 

Comunidade reclama a falta de coleta de lixo em Solânea

 

Solânea  PB – Moradores de várias comunidades do município de Solânea reclamam da falta de coleta de lixo. Os locais, destinados aos transeuntes, estão tomados por lixo em sacos, que impedem que as pessoas aproveitem o espaço público principalmente os mais movimentados nas ruas da cidade.  Por todo grande centro da cidade se pode constatar que diversas calçadas estão tomadas pelo lixo e garrafas, que quebradas podem causar graves acidentes. Em toda cidade já começou a coleta de lixo por parte do poder publico, é de responsabilidade dos cidadãos do município procurarem a companha a coleta de lixo no tempo certo. Quem coloca lixo antes do caminhão de coleta passar sabe que os animais rasgam e espalham pelas ruas da cidade muito lixo.

 

 

diariodobrejo.com