Arquivo da tag: reciclável

Incêndio atinge depósito de fábrica de material reciclável, em Queimadas, no Agreste da PB

Um incêndio atingiu um depósito de uma fábrica de material reciclável por volta das 20h desta segunda-feira (7), no bairro do Ligeiro, em Queimadas, no Agreste da Paraíba. Três equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba foram enviadas para controlar o fogo.

O incêndio atingiu o local e o fogo se alastrou rapidamente tomando grande proporção. Foram necessários mais de 26 mil litros de água para controlar o fogo. O expediente da fábrica foi encerrado às 17h e no momento do incêndio não havia ninguém no local.

O fogo atingiu parte da fábrica onde o material reciclável era separado e, por se tratar de produtos inflamáveis, tudo foi queimado. Outras duas empresas que ficam ao lado da fábrica estavam com chamas ao entorno quando os bombeiros chegaram, mas não foram atingidas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, apesar da situação estar controlada, o clarão do fogo e a fumaça duraram a madrugada inteira. As equipes do Bombeiros trabalharam por cerca de 10 horas ininterruptas em um trabalho de resfriamento e revirada dos entulhos para o cessar do fogo.

O trabalho dos bombeiros terminou por volta das 6h30 desta terça-feira (8). As causas do incêndio estão sendo investigas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba deve fazer uma perícia no local atingido pelo fogo quando não houver mais fumaça.

Corpo de Bombeiros trabalhou no combate das chamas na fábrica de material reciclável até às 6h30 desta terça-feira (8) — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Corpo de Bombeiros trabalhou no combate das chamas na fábrica de material reciclável até às 6h30 desta terça-feira (8) — Foto: Reprodução/TV Paraíba

 

G1

 

 

Em Belém/PB, idoso constrói parque de diversão com material reciclável para crianças da zona rural

Com quase 80 anos de idade, o sr. José Luiz, morador no Sítio Lagoa de Serra, município de Belém, no Agreste paraibano, resolveu construir, em harmonia com a natureza, um criativo parque de diversão feito com materiais recicláveis para atender as crianças de sua comunidade.
O parque de diversão, localizado no alto do sítio Lagoa de Serra, com uma bela vista panorâmica da lendária Serra da Copoaba, tornou-se uma alternativa de lazer para as crianças daquela localidade rural e adjacências, além de um atrativo turístico para os grupos que fazem trilhas ecológicas pela região:
“Eu tive a honra de conhecer esse guerreiro. Nós, da Associação de Bombeiros Civis [de Belém], incluímos o parque do seu Luiz em nossas atividades, como ponto de visita em nossas caminhadas ecológicas. Até ajudamos o mesmo de forma singela, doando tintas para que ele embeleze suas criações. Orgulho de nossa terra!”, disse o bombeiro civil Izaias Matias.
Confira algumas fotos do parque de diversão do Sr. José Luiz, no sítio Lagoa de Serra, em Belém (PB):

 

Por: Correio Belenense

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Incêndio destrói terreno que armazenava material reciclável de forma irregular na Paraíba

Reprodução/Folha do Sertão
Reprodução/Folha do Sertão

Um incêndio em um terreno baldio, utilizado para armazenamento clandestino de materiais recicláveis, localizado as margens da BR-230, na cidade de Sousa, no último sábado (9), por pouco não causou algo grave. Segundo o Corpo de Bombeiros da região, o incêndio foi causado propositalmente, mas não se sabe quem foi o autor.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o tenente Nunes, do Corpo de Bombeiros local, as primeiras chamadas da população para que a guarnição atendesse a ocorrência foram às 11h34. O fogo já havia tomado conta do terreno, que estava cheio de materiais recicláveis. ”Não é a primeira vez que isso acontece nesse local. Tinham garrafas pet, pedaços de cano e muito plástico. Ao lado desse terreno tem um galpão que funciona como armazenamento desses materiais, mas, não sabemos se o dono do galpão tem relação com o incêndio no terreno baldio”, afirmou.

Tenente Nunes comentou sobre as dificuldades enfrentadas pelos bombeiros do sertão com relação ao armazenamento desses materiais de forma irregular. “Não temos legislação na cidade de Sousa sobre este tipo de armazenamento de materiais. Foi feito um relatório, junto com o Coronel Jean, para acionar a prefeitura e interditar o terreno. Isso dificulta o nosso trabalho, já que os incêndios são constantes no local”, concluiu.

 

portalcorreio