Arquivo da tag: realizadas

Nota Cidadã: compras realizadas até 31 de março com CPF concorrem a prêmios

As compras realizadas entre 1º e 31 de março nos estabelecimentos comerciais do Estado da Paraíba, com o número do CPF inserido na nota fiscal, vão concorrer ao 4º sorteio da Nota Cidadã. Serão sorteados mais 21 prêmios, que totalizam R$ 60 mil em valores, sendo 20 prêmios de R$ 2 mil, e um prêmio especial no valor de R$ 20 mil.

A campanha ‘Nota Cidadã’ é uma iniciativa do Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), com apoio da Codata (Companhia de Processamento de Dados da Paraíba) e da Lotep (Loteria Estadual da Paraíba).

Data do 3º Sorteio – Na próxima terça-feira, dia 10 de março, o Governo da Paraíba realiza, no auditório da Lotep, em João Pessoa, o 3º sorteio da campanha Nota Cidadã. Serão mais 21 prêmios no valor total de R$ 60 mil em dinheiro. Participam do sorteio todos os cidadãos paraibanos que fizeram cadastro único no portal (www.digital.pb.gov.br) e que inseriram o CPF nas notas fiscais no ato da compra nas lojas do comércio da Paraíba no mês de fevereiro.

Como concorrer aos 21 prêmios de março – Aqueles que ainda não fizeram o cadastro no Portal da Cidadania e querem concorrer aos 21 prêmios do mês de março precisam fazer, antes de tudo, um cadastro único no portal digital do governo por meio do portal (www.digital.pb.gov.br). O cadastro único solicita apenas o nome completo; número do CPF; data de nascimento; e-mail, telefone e a criação de uma senha.

Após fazer o cadastro da Nota Cidadã no Portal da Cidadania e exigir em cada compra no comércio a inserção do número do CPF na nota fiscal, o cidadão passa a concorrer aos prêmios mensais. Essas notas com o CPF do cidadão vão gerar bilhetes que servirão para concorrer aos sorteios em dinheiro todos s meses.

Além de fortalecer o exercício da cidadania fiscal e a participação mais ativa do cidadão paraibano na exigência da nota fiscal no ato da aquisição de produtos das lojas físicas, a campanha Nota Cidadã busca incrementar, inicialmente, as vendas do comércio local.
Entrega de prêmio em Campina Grande – Na manhã desta terça-feira (3), o gerente da 3ª Regional da Sefaz-PB em Campina Grande, Arnon Diniz, entregou o prêmio de R$ 2 mil a contribuinte Estefânia dos Santos Melo, uma das 21 ganhadoras do 2° Sorteio da Nota Cidadã no mês de fevereiro. Os outros ganhadores receberam os prêmios no último mês.

Quem pode participar – Pode participar da Campanha Nota Cidadã qualquer pessoa física, maior de 18 anos, no gozo de sua capacidade civil que tenha adquirido mercadoria, como consumidor final, em estabelecimento inscrito no Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado da Paraíba (CCICMS). Os estabelecimentos comerciais deverão informar aos adquirentes, no ato da emissão da NFC-e ou NF-e, a necessidade de inclusão do CPF para participar da campanha.

 

pbagora

 

 

Compras realizadas até 29 de fevereiro com CPF concorrem ao 3º sorteio da ‘Nota Cidadã’

As compras realizadas entre 1º e 29 de fevereiro nos estabelecimentos comerciais do Estado da Paraíba, com o número do CPF inserido na nota fiscal, vão concorrer ao 3º sorteio da Nota Cidadã. Serão sorteados mais 21 prêmios, que totalizam R$ 60 mil em valores, sendo 20 prêmios de R$ 2 mil, e um prêmio especial no valor de R$ 20 mil.

A campanha ‘Nota Cidadã’ é uma iniciativa do Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), com apoio da Codata (Companhia de Processamento de Dados da Paraíba) e da Lotep (Loteria Estadual da Paraíba).

Data do 2º Sorteio

Na próxima segunda-feira, dia 10 de fevereiro, o Governo da Paraíba realiza no auditório da Lotep, em João Pessoa, a sessão do sorteio do 2º prêmio da campanha Nota Cidadã. Serão mais 21 prêmios No valor total de R$ 60 mil em dinheiro. Participam do sorteio todos os cidadãos paraibanos que fizeram cadastro no portal (www.digital.pb.gov.br) e que inseriram o CPF nas notas fiscais no ato da compra nas lojas do comércio da Paraíba entre o dia 1º e 31 de janeiro.

Como concorrer aos 21 prêmios de fevereiro 

Para aqueles que ainda fizeram o cadastro no Portal da Cidadania concorrer aos 21 prêmios do 2º Sorteio no mês de fevereiro, o cidadão paraibano precisa fazer, antes de tudo, um cadastro no portal digital do governo por meio do link https://portaldacidadania.pb.g… e depois reforça o mesmo cadastro da Nota Cidadã.

O cadastro único solicita apenas o nome completo; número do CPF; data de nascimento; e-mail e a criação de uma senha. Após fazer o cadastro da Nota Cidadã no Portal da Cidadania e exigir em cada compra no comércio a inserção do número do CPF na nota fiscal, o cidadão passa a concorrer aos prêmios mensais. Essas notas com o CPF do cidadão vão gerar bilhetes que servirão para concorrer aos sorteios em dinheiro todos s meses.

Além de fortalecer o exercício da cidadania fiscal e a participação mais ativa do cidadão paraibano na exigência da nota fiscal no ato da aquisição de produtos das lojas físicas, a campanha Nota Cidadã busca incrementar, inicialmente, as vendas do comércio local.

Quem pode participar 

Pode participar da Campanha Nota Cidadã qualquer pessoa física, maior de 18 anos, no gozo de sua capacidade civil que tenha adquirido mercadoria, como consumidor final, em estabelecimento inscrito no Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado da Paraíba (CCICMS). Os estabelecimentos comerciais deverão informar aos adquirentes, no ato da emissão da NFC-e ou NF-e, a necessidade de inclusão do CPF para participar da campanha.

 

clickpb

 

 

Nota Cidadã: compras realizadas até 31 de janeiro com CPF concorrem ao 2º Sorteio

As compras realizadas entre 1º e 31 de janeiro nos estabelecimentos comerciais do Estado da Paraíba, com o número do CPF na nota fiscal, vão concorrer ao 2º sorteio da Nota Cidadã, que será realizado no dia 10 de fevereiro, no auditório da Loteria Estadual da Paraíba (Lotep), em João Pessoa.

Serão sorteados mais 21 prêmios, que totalizam R$ 60 mil em valores, sendo 20 prêmios de R$ 2 mil, e um prêmio especial de R$ 20 mil. A campanha ‘Nota Cidadã’ é uma iniciativa do Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), com apoio da Codata (Companhia de Processamento de Dados da Paraíba) e daLotep. Veja o link dos ganhadores do 1º Sorteio https://bit.ly/2tWVgnw

Cadastro para concorrer aos 21 prêmios – Para concorrer aos 21 prêmios do 2º Sorteio no mês de fevereiro, o cidadão paraibano precisa fazer, antes de tudo, um cadastro no portal digital do governo por meio do link https://portaldacidadania.pb.gov.br/Login/Cadastrar e depois reforça o mesmo cadastro da Nota Cidadã. O cadastro único solicita apenas o nome completo; número do CPF; data de nascimento; e-mail e a criação de uma senha. Após fazer o cadastro da Nota Cidadã no Portal da Cidadania e exigir em cada compra no comércio a inserção do número do CPF na nota fiscal, o cidadãopassa a concorrer aos prêmios mensais. Essas notas com o CPF do cidadão vão gerar bilhetes que servirão para concorrer aos sorteios em dinheiro todos s meses.

Além de fortalecer o exercício da cidadania fiscal e a participação mais ativa do cidadão paraibano na exigência da nota fiscal no ato da aquisição de produtos das lojas físicas, a campanha Nota Cidadã busca incrementar, inicialmente, as vendas do comércio local.

Quem pode participar – Pode participar da Campanha Nota Cidadã qualquer pessoa física, maior de 18 anos, no gozo de sua capacidade civil que tenha adquirido mercadoria, como consumidor final, em estabelecimento inscrito no Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado da Paraíba (CCICMS). Os estabelecimentos comerciais deverão informar aos adquirentes, no ato da emissão da NFC-e ou NF-e, a necessidade de inclusão do CPF para participar da campanha.

As únicas notas fiscais que não serão consideradas válidas para participar da campanha “Nota Cidadã” serão as NFC-e ou NF-e decorrentes de operação de fornecimento de energia elétrica, de água, de gás canalizado, de comunicação ou de prestação de serviços de transporte interestadual e intermunicipal.

Os recursos da campanha da Nota Fiscal Cidadã serão oriundos do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento da Administração Tributária (FADAT), tendo como beneficiários os contemplados em sorteios públicos de prêmios destinados a incentivar a exigência de documentos fiscais. A Gerência Operacional do Programa de Educação Fiscal da Sefaz-PB é a responsável pelo planejamento da Campanha, com apoio da Lotep e da Codata.

PB Agora

 

 

Convenções partidárias já podem ser realizadas a partir desta quarta

eleiçõesA partir desta quarta-feira (20), os partidos políticos poderão realizar as convenções partidárias para escolher os candidatos que vão concorrer às eleições, em outubro, para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. As convenções poderão ser feitas até o dia 5 de agosto.

Segundo o Tribunal Superior Eeleitoral (TSE), a data para a realização das convenções mudou com a Lei 13.165/2015, conhecida como Reforma Eleitoral de 2015. Antes da legislação, as convenções eram feitas entre os dias 10 a 30 de junho do ano em que ocorre a eleição.

Também a partir desta quarta-feira, juízes que forem cônjuges ou parentes de candidatos não poderão exercer algumas funções. Segundo o Código Eleitoral, desde a homologação da convenção partidária até a diplomação do candidato, “e nos feitos decorrentes do processo eleitoral, não poderão servir como juízes nos tribunais eleitorais, ou como juiz eleitoral, o cônjuge ou o parente consanguíneo ou afim, até o segundo grau, de candidato a cargo eletivo registrado na circunscrição”.

De acordo com o TSE, pai, mãe e filhos são considerados parentes consanguíneos em primeiro grau. Já irmãos, avós e netos são de segundo grau. São considerados parentes por afinidade em primeiro grau sogro, sogra, genros e noras e de segundo grau, padrasto, madrasta, enteados e cunhados.

Agência Brasil

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Solicitações de crédito do Empreender passam a ser realizadas via internet

Empreender-postO Empreender Paraíba, programa estadual de apoio ao microempreendedor, ganhou novo aparato tecnológico com a implantação de um sistema que garante celeridade de todos os seus processos no Estado. Desenvolvida pela Integrativa, empresa paraibana que atua nas áreas de tecnologia e comunicação, a ferramenta é responsável por toda gestão eletrônica das solicitações de crédito do programa.

Substituindo o processo que era realizado manualmente, o novo sistema possibilita o controle das ações administrativas e obter todo o acompanhamento do trâmite processual. “Nos vimos diante da necessidade de uma ferramenta que auxiliasse não só o corpo técnico, mas também o usuário com informações de cadastro, status e valores em tempo real”, explicou o secretário executivo do Empreender Paraíba, Eduardo Moraes.

No site do Empreender (www.empreender.pb.gov.br), os interessados podem ter acesso ao sistema por meio da seção “Inscrição”. No primeiro momento, o internauta poderá escolher qual linha de crédito corresponde ao seu perfil – Individual, Coletivo, Artesanato, Mulher e Gás Natural – na página inicial. O interessado deverá preencher um formulário com dados da sua empresa, e após a realização do cadastro, o sistema encaminhará esta solicitação para os gestores do Empreender. Também por meio da ferramenta, os consultores do programa irão complementar o cadastro do novo cliente, que poderá acompanhar se sua solicitação foi aprovada.

O diretor executivo da Integrativa, Luiz Henrique Brito, explica que o sistema também oferece aos usuários a criação de um mini plano de negócios. Segundo ele, além de fazer toda a captação de dados, a ferramenta permite que ele trace uma estratégia junto com o consultor e defina dados como a missão, visão, pontos fracos e fortes e a descrição do produto ou serviço. “O sistema também apresenta algumas vantagens como o controle do fluxo de caixa, e desse modo, ajuda o microempreendedor a usar o crédito de maneira inteligente e em prol de resultados positivos para o seu negócio”, destacou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A ferramenta também emite contratos e despachos de liberação do crédito, além de gerar relatórios estatísticos e monitorar se o pagamento está sendo efetuado pelo cliente. “Os gestores têm como mensurar a distribuição de créditos por municípios na Paraíba, e qual é o perfil deste público, por exemplo”, completou.

Empreender PB – Por meio do programa Empreender PB o Governo do Estado já investiu cerca de R$ 60 milhões na Paraíba, beneficiando mais de 50 mil empreendedores indiretamente, atendidos pelas linhas de crédito. Cada uma possui sua especificidade e todas elas possibilitam a aquisição do investimento para qualquer área de negócio produtivo no Estado.

Cadastramento – O empreendedor interessado no crédito deve ser maior de 18 anos e morar na Paraíba há pelo menos seis meses. O contato com o Empreender PB pode ser feito pelo telefone 83.3218-4428 e/ou redes sociais: Facebook – (facebook.com/empreenderpb) e Twitter – (@EmpreenderPB).

Bananeiras Online com Assessoria

Caso dos canibais: IPC vai se reunir para definir data das escavações que serão realizadas no Conde

Uma reunião entre a direção geral do Instituto de Polícia Científica (IPC), Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Corpo de Bombeiros e o delegado que está à frente do caso dos “Canibais de Garanhuns” vai definir a data e as estratégias que serão utilizadas nas escavações que serão feitas no município do Conde, onde os acusados residiram. A informação do gerente Operacional de Criminalística do IPC Wilton Videris. Ele explicou que a reunião pode acontecer a qualquer momento.

Ele disse que antes das escavações a área tem que ser delimitada, será feito todo um planejamento estratégico e escolhido os locais para que o trabalho seja feito. “Vamos precisar de maquinários potentes e por isso vamos contar com o apoio do Corpo de Bombeiros e do DER”, explicou o perito.

O delegado do Conde, no Litoral Sul do Estado, Elias Rodrigues afirmou que já está de posse do inquérito sobre o caso dos “Canibais de Garanhuns”, no Pernambuco. Ele disse que o processo tem mais de cem páginas e todas foram estudadas por ele.

As informações sobre os métodos e os locais que os acusados gostavam de usar para ocultar os corpos já foram repassadas para o pessoal do Instituto de Polícia Científica (IPC), que deverá determinar a realização das escavações com objetivo de encontrar restos mortais que possam ajudar nas investigações.

De acordo com o delegado a área onde os acusados residiram no município do Conde é extensa e por isso se torna necessário que defina os locais mais usados pelos acusados para esconder os corpos.

Paulo Cosme

Paraíba.com.br