Arquivo da tag: reabilita

No sufoco, Campinense se reabilita contra o Itabaiana na Série D

O Campinense entrou em campo neste domingo, para dar uma satisfação à sua torcida, por conta da derrota na estreia para o modesto Atlético-PE. E, mesmo no sufoco, conseguiu.

A vitória por 1 a 0 sobre o Itabaiana de Sergipe, no Estádio Amigão, colocou o time no páreo na disputa por vaga na próxima fase da Série D do Brasileiro.

Sillas, aos 13 minutos do primeiro tempo, marcou o tento da Raposa, que chegou aos três pontos no Grupo A8 da competição. Para o Itabaiana as coisas ficam complicadas, pois foi a segunda derrota seguida no torneio.

O Fluminense de Feira enfrenta o Atlético-PE na quarta-feira, fechando a rodada da chave. As duas equipes somam três pontos cada. O próximo compromisso do Campinense será domingo, 4 de junho, contra o Flu, no Jóia da Princesa, no interior da Bahia. Já o lanterna Itabaiana pega o Atlético de Pernambuco, em Sergipe.

Na partida deste domingo, no Amigão, o time raposeiro não pode contar com o artilheiro Augusto. Conforme o PARAIBAONLINE antecipou, o atleta foi negociado antes do confronto. O seu destino será o Santa Cruz do Recife, que disputa a Série B do Brasileiro.

Ficha Técnica

Campinense: Glédson, Alex Travassos, Joécio, Rafael Jensen e Sávio (Filipe Ramon); Negretti, Leomir (Fernando Pires), Janeudo e Maranhão (Diego Barboza); Sillas e Reinaldo Alagoano. Técnico: Ailton Silva

Itabaiana: Genivaldo, Alex Murici, Tiago Garça, Hugo e Neto (Daniel Tavares); Zaquel, Daniel, Chapinha e Pedro Pires (Victor Romano); Thomas Anderson (Fábio Gama) e Paulinho Macaíba. Técnico: Betinho.

Árbitro – Diego da Silva Castro (PI)

Assistentes – José Maria Lucena Neto e Kildenn Tadeu (PB)

Gol – Sillas (C), aos 13min do 1º T

Cartão amarelo – Joécio e Alex Travassos (C)

Campinense perde para Atlético, Bota se reabilita diante do Sousa e Serrano vence mais uma

jogoO Campinense não está mais invicto no Campeonato Paraibano 2017. Jogando ela terceira rodada do Paraibano, com uma atuação muito abaixo do futebol, a Raposa perdeu por 2 x 0 para o Atlético de Cajazeiras no Perpetão. Os dois gols foram marcados pelo atacante Mosquito, ainda no primeiro tempo. Com a vitória, o Atlético chegou aos seis pontos (mesma pontuação de Botafogo-PB, CSP, Serrano e Treze) e três gols de saldo, e assumiu a liderança da competição.

Atlético e Campinense voltam a campo na próxima quarta-feira, pela quarta rodada do Campeonato Paraibano. O Trovão Azul faz o clássico de Cajazeiras contra o Paraíba, novamente no Perpetão. Já a Raposa recebe o Auto Esporte no Amigão, em Campina Grande. Os dois jogos estão marcados para as 20h30.

Sousa e Botafogo (PB) Em outra partida disputada no Marizão, no Sertão, o Botafogo (PB), venceu o Sousa, por 1 a 0. Rafael Oliveira marcou o único tento do duelo. Com o resultado, o Belo se reabilitou da derrota para o Atlético-PB em Cajazeiras no meio de semana.

O Belo chega aos 6 pontos no Campeonato Paraibano, enquanto que o Sousa permaneceu sem vencer dentro da competição e continua com apenas dois pontos ganhos. Na próxima rodada o Botafogo-PB volta a atuar dentro de sua casa. O Belo encara o CSP no Estádio Almeidão, em João Pessoa, às 20h30, em partida válida pela quarta rodada. Já o Sousa fica no Sertão, mas dessa vez vai atuar em Cajazeiras. O Dinossauro confronta o Atlético-PB no clássico sertanejo.

Serrano e CSP – Em Campina Grande O Serrano mostrou, neste domingo, que se recuperou totalmente da goleada sofrida na estreia do Campeonato Paraibano para o Campinense. Depois de bater o Auto Esporte, no meio de semana, o Lobo da Serra bateu o CSP por 3 a 2, de virada, em jogo disputado no Estádio Amigão, em Campina Grande.

Jogando fora de casa, o Tigre saiu na frente com um gol contra marcado por Caio. O gol não desanimou o Logo da Serra que buscou o empate e a virada. Em seguida, o Lobo da Serra chegou ao empate, também com um gol contra anotado por Walber. Ainda no primeiro tempo o CSP chegou à ficar na frente do placar. Bruno Paraíba aproveitou o rebote e marcou. Na etapa complementar, o Serrano lutou bastante e chegou à virada com gols de Ramos, aos 41 e Mateus, aos 47 do segundo tempo.

Severino Lopes 

PB Agora

Foto: G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Flu derrota Náutico no sufoco, se reabilita e segue na liderança

Foto: Photocamera/Divulgação

O Fluminense passou sufoco no final, mas venceu o Náutico por 2 a 1, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, neste sábado, e se manteve líder do Campeonato Brasileiro por mais uma rodada. O time carioca abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com Leandro Euzébio e Fred, mas levou um gol aos 36min da etapa final e passou a ser pressionado até o apito derradeiro.

O time tricolor, com 56 pontos, volta a jogar no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no clássico contra o Flamengo, no Engenhão. O Náutico, com 31 pontos ganhos, encara o Atlético-GO, no sábado, às 18h30, no Estádio dos Aflitos, em Recife.

O jogo deste sábado começou acelerado e com pouco mais de 10 minutos as equipes tiveram chance de abrir o placar. Aos 2min, o Fluminense teve oportunidade com Wellington Nem. Após cruzamento, ele desviou de cabeça, levando perigo ao adversário.

Aos 11min foi a vez do Náutico assustar. Bruno ajeitou dentro da área, Kim dominou no peito e chutou por cima do gol de Diego Cavalieri. O Fluminense tomava a iniciativa, mas o Náutico também assustava nos contra-ataques.

A partir dos 20 minutos, o Náutico passou a dominar as ações ofensivas da partida, criando mais jogadas, porém, sem sucesso nas finalizações. Foram três boas oportunidades, todas defendidas pelo goleiro tricolor.

O Fluminense seguia sem conseguir boas jogadas de ataque, mas mesmo assim conseguiu abrir o placar no fim do primeiro tempo. Após falha do goleiro do Náutico em cobrança de escanteio, Fred desviou de cabeça e Leandro Euzébio chutou para abrir o placar, aos 41min. Ainda deu tempo de Fred receber na área, marcar o dele e ampliar o placar a favor do tricolor carioca.

Na segunda etapa, o Fluminense seguiu no embalo. Logo aos 6min, Wellington Nem quase marcou de cabeça. Um minuto depois foi a vez de Fred assustar pelo alto. O atacante cabeceou após cobrança de escanteio, obrigando Gideão a fazer boa defesa.

O atacante ainda teria nova oportunidade aos 14min, chutando por cima do gol após toque de calcanhar de Bruno. A primeira chance clara do Náutico foi aos 16min, mas Diego Cavalieri saiu do gol para dividir com Kim na pequena área.

O Náutico buscava impor uma blitz na defesa do Fluminense, que já não assustava há algum tempo. No entanto, Digão recebeu cruzamento e cabeceou com perigo, para a defesa de Gideão.

O Náutico seguia em busca da reação. Aos 36min, Kim conseguiu invadir a área e marcar após desvio da zaga. Com o gol, o time pernambucano se animou e passou a dar sufoco nos cariocas, quase chegando ao empate com 45min, mas Diego Cavalieri salvou o Fluminense com uma defesa espetacular. No mesmo lance, um jogador do Náutico foi empurrado por Gum dentro da área, mas o juiz não marcou o pênalti.

Ficha técnica

FLUMINENSE 2 X 1 NÁUTICO

Gols
FLUMINENSE: Leandro Euzébio, aos 41min do 1º tempo; Fred, aos 45min do 1º tempo

NÁUTICO:Kim, aos 36min do 2º tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno Vieira, Gum, Leandro Euzébio (Digão) e Carleto; Jean, Valência, Deco (Wagner) e Thiago Neves (Marcos Junior); Wellington Nem e Fred
Treinador: Abel Braga

NÁUTICO: Gideão; Patric, Alemão, Jean Rolt e Douglas Santos (João Paulo); Elicarlos, Souza, Martinez e Rhayner; Rogério (Andrés Romero) e Kim
Treinador: Alexandre Gallo

Cartões amarelos
FLUMINENSEDiego Cavalieri, Deco e Valencia
NÁUTICO:Alemão, Martinez e Kim

Árbitro
Pablo dos Santos Alves (ES)

Local
Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Terra