Arquivo da tag: Raposa

Raposa anuncia contratação de jogador campeão do mundo pelo São Paulo

Um campeão na área. Após anunciar Jaelson Marcelino como o novo comandante para o restante da Série D do Brasileiro, o Campinense fez uma verdadeira reformulação no elenco. Seis jogadores foram desligados do elenco, e quatro contratações, anunciadas, dentre as quais uma impactante.

A grande novidade foi a contratação do experiente Richarlyson, de 36 anos, tricampeão brasileiro (2006, 2007 e 2008) e campeão mundial (2005) com o São Paulo Futebol Clube.  O anúncio foi feito futuro diretor de futebol da Raposa José Pereira, o Pezão.

Polivalente, já que atua no meio-campo e também na lateral esquerda, Ricky estava disputando a Série A-3 do Paulista pelo Noroeste de Bauru, cidade natal da sua família. Ele fez 16 partidas e anotou um gol, com a última atuação no dia 13 de abril.

Além de Richarlyson, o Campinense confirmou também os acertos com o lateral esquerdo Jackinha, que estava no Atlético de Cajazeiras e agora retorna ao Renatão, e os atacantes Soares, ex-Jaciobá de Alagoas, e Carlos Caaporã, cria do CSP que tem passagens por Treze, América de Natal e por último Esporte de Patos. Jackinha é o quarto nome anunciado pelo Campinense que vem do Atlético de Cajazeiras. Antes dele, a Raposa já havia buscado no Trovão Azul o goleiro João Manoel, o volante Ferreira e o atacante Yerien. Na semana passada, a Raposa repatriou o volante Negreti.

Enquanto uns chegam outros saem. A direção rubro-negro anunciou o desligamento do zagueiro Jean, o lateral esquerdo James, o volante Vitor Maranhão, o meia Alex Mineiro e o atacante Chaveirinho.

Já o centroavante Lopeu, artilheiro da equipe na temporada até então com cinco gols anotados, pediu para deixar o Campinense. Segundo a assessoria de imprensa raposeira, o atleta alegou problemas particulares para solicitar o desligamento.

Jaelson Marcelino vai começar a treinar o time para a partida de domingo (26), contra o ASA de Arapiraca, no Amigão, pela quarta rodada do Grupo A-7 da Série D. A Raposa está na 3ª posição, e precisa recuperar os pontos perdidos em casa e fora de seus domínios para obter a classificação para o restante da competição, e manter o sonho do acesso para a Série C do Brasileiro em 2021.

 

Severino Lopes

PB Agora

 

 

 

Belo vence Salgueiro e entra no G-4 da série C; Raposa e Flu de Feira empatam pela série D

Jogando em casa, o Botafogo-PB recebeu a equipe do Salgueiro, em partida válida pela 4ª rodada da série C, do Campeonato Brasileiro, no estádio Almeidão, em João Pessoa.

Com um gol marcado pelo atacante Dico aos 45 minutos do 1º tempo, o time de João Pessoa conquistou mais três pontos e já é o terceiro na classificação do grupo A.

O próximo compromisso do Belo na competição é no próximo sábado (10), diante do MotoClub do Maranhão.

Série D

Já o time do Campinense foi até Feira de Santana, na Bahia, e arrancou um empate com o Fluminense de Feira.

Com o empate fora de casa, a Raposa soma quatro pontos na competição. A próxima partida do rubro-negro é contra o mesmo Fluminense de Feira, no domingo (11), no estádio Amigão, em Campina Grande.

Sousa x Coruripe 

A equipe do Sousa sofreu, mas acabou arrancando um empate diante do Coruripe de Alagoas, que inaugurou o placar logo aos três minutos do 1º tempo após um bate-rebate na área do time paraibano.

Aos 46 minutos, do 2º tempo, coube ao atacante Thiago Almeida marcar o gol de empate que ‘incendiou’ a torcida no estádio Marizão, em Sousa.

Aos 48 minutos quase o Dinossauro vira o jogo numa jogada de Isaías, mas a partida acabou empatada em 1 a 1, aos 50 minutos. O próximo compromisso da equipe do Sousa é contra o mesmo Coruripe no domingo (11), em Alagoas.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Belo faz seu melhor jogo e goleia no Almeidão; Raposa se distancia

beloQuatro jogos foram realizados na noite desta quarta-feira (08) pelo Campeonato Paraibano. No Almeidão, em João Pessoa, com homenagens às mulheres, o líder Botafogo enfim jogou bem e demorou apenas dez minutos para abrir o placar diante do Sousa, através de Wanderson. Dois minutos depois o mesmo Wanderson ampliou de cabeça.

No segundo tempo, Sapé, aos 15 minutos, fez o terceiro do Belo e aos 21 minutos Camilo, que acabara de entrar, acertou um belo chute, descontando para o Sousa. Rafael Oliveira ainda faria mais um aos 28 minutos para o Tricolor da Maravilha do Contorno. Placar final Botafogo 4  x  1 Sousa.

Outros jogos

No CT Ivan Tomaz, no Valentina, o CSP perdeu a quinta partida seguida. Dessa vez foi para o Serrano por um a zero com gol do zagueiro Weverson, aos 32 minutos do segundo tempo.

Em Campina Grande, o placar considerado a “Zebra” da rodada. Tido como favorito e buscando a sexta vitória consecutiva o Campinense não passou de um zero a zero contra o Atlético.

Já o Auto Esporte foi ao Perpetão em Cajazeiras para enfrentar o Paraíba e conseguiu um empate. Deivid abriu o placar para o Auto aos 26 do primeiro tempo e Vavá empatou para o Paraíba, aos 12 minutos do segundo tempo. 1 a 1 foi o placar final.

Com esses resultados, o Atlético entra, pelo menos temporariamente, no G4, tirando a vaga do Treze, que cai para a quinta colocação. Já o CSP que perdeu mais uma assume a lanterna isolada da competição.

A rodada será completada nesta quinta-feira (9) com o jogo entre Internacional e Treze no Almeidão em João Pessoa.

Confira a Classificação

Clubes PG J V E D GP GC SG
 1º-   Botafogo  28  12  9  1  2  20  10  10
2º-  Campinense 22 12 6 4 2 16 9 7
3º-  Auto Esporte 19 12 5 4 3 12 10 2  
4º-  Atlético 17 12 4 5 3 7 5 2
5º-  Treze 16 11 4 4 3 10 7 3
6º-  Internacional 15 11 3 6 2 8 7 1
7º-  Serrano 14 12 4 2 6 13 18 -5
 Sousa 10 12 2 4 6 13 17 -4
 Paraíba 9 12 1 6 5 8 14 -6
10º  CSP 8 12 2 2 8 7 17 -10

MaisPB – Albemar Santos 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Reviravolta: após fiasco em negociação com a Raposa, Marcelinho jogará no Treze

marcelinhoMarcelinho Paraíba vai jogar o Campeonato Paraibano 2017. Ao contrário do que se imaginava, no entanto, o meia de 41 anos não vestirá a camisa do Campinense e sim a do Treze.

Marcelinho conseguiu nesta segunda-feira (28) se desvincular do Internacional de Lages-SC, com quem tinha contrato até o fim de 2017. Uma liminar da 4a vara de Campina Grande obriga que o time catarinense libere o jogador para assinar contrato com o Galo da Borborema. A decisão da juíza Maria Igis Diógenes Bezerra entende que o Inter não tem cumprido com suas obrigações legais com o jogador

Treze e Marcelinho chegaram a um acerto financeiro há uma semana mas ainda restava a liberação do Inter de Lages.

A contratação de Marcelinho pelo Treze agita o mercado da bola já que há menos de mês o Campinense fracassou na tentativa de acertar com o ex-selecionável brasileiro.

Confira a decisão abaixo

PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA DO TRABALHO
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 13ª REGIÃO
4ª Vara do Trabalho de Campina Grande

RTOrd 0001692-21.2016.5.13.0023
AUTOR: MARCELO DOS SANTOS
RÉU: ESPORTE CLUBE INTERNACIONAL

PROCESSO NU 0001692-21.2016.5.13.0023

RECLAMANTE: MARCELO DOS SANTOS

RECLAMADO: ESPORTE CLUBE INTERNACIONAL

Ausentes as partes.

Vistos, examinados etc.

Marcelo dos Santos, devidamente qualificado na peça vestibular, ajuizou Reclamação Trabalhista em face de do Esporte Clube Internacional, alegando, resumidamente, que a parte reclamada não vem cumprindo com as suas obrigações legais, motivo pelo que requer, entre outros pedidos “… medida liminar a fim de liberar o reclamante para assinar novo contrato de trabalho desportivo com o Treze Futebol Clube, possibilitando o início imediato dos treinamentos que se iniciam neste próximo sábado dia 25/11/2016”.

Alega que “… informou várias vezes ao clube da necessidade de cumprir fielmente o seu contrato de trabalho, em especial as obrigações do depósito fundiário, por ser um direito constitucionalmente garantido aos trabalhadores. Após vários tentativas de resolver suas questões financeiras e desportivas com o clube o reclamado, … chegou a um acordo com o clube promovido, tendo este se comprometido a liberar o autor para assinar contrato com o Treze Futebol Clube. Enfim, … tem proposta para assinar contrato de trabalho com o Treze Futebol Clube, cuja apresentação dos jogadores e a pré-temporada com treinamentos se iniciará neste próximo final de semana dia 25/11/2016” e “Como se sabe, o futebol profissional é um esporte de alto rendimento, de modo que … precisa assinar o contrato e iniciar imediatamente os treinos com o seu novo clube, para não perder a sua capacidade laborativa que depende necessariamente do seu desempenho físico a qual somente se mantém com os treinamentos. Ademais, os clubes futebolísticos têm a reprovável prática de impedir a transferência de seus antigos jogadores por longo tempo, na tentativa de conseguir algum retorno financeiro dos clubes que tenham interesse em contratá-lo, o que termina por ocasionar a perda de produtividade com atleta ao permanecer em inatividade por longos períodos enquanto aguardam um desfecho ou a boa vontade do clube”.

Reza o Art. 300 do CPC que “A tutela de urgência será concedida quando houver elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo”.

A parte reclamante comprovou que a parte reclamada não vem cumprindo as suas obrigações trabalhistas, a exemplo do recolhimento dos depósitos fundiários (evidencia da probabilidade do direito).

É sabido que a atividade de jogador de futebol é efêmera, e a falta de treinos leva a ausência de condicionamento físico, refletindo diretamente no resultado do profissional (perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo).

Assim, preenchido os requisitos legais, concedo a LIMINAR requerida a fim de liberar o reclamante para assinar novo contrato de trabalho desportivo com o Treze Futebol Clube, possibilitando o início imediato dos treinamentos.

Expeça-se, com urgência os ofícios liberatórios. Tome a Secretaria as providências cabíveis.

Notifiquem-se as partes.

No mais, aguarde-se a audiência já designada.

Campina Grande – PB (datado e assinado eletronicamente).

MARIA IRIS DIÓGENES BEZERRA

Juíza do Trabalho

CAMPINA GRANDE, 28 de Novembro de 2016
MARIA IRIS DIOGENES BEZERRA
Juiz do Trabalho Titular

Assinado eletronicamente. A Certificação Digital pertence a:
[MARIA IRIS DIOGENES BEZERRA]

https://pje.trt13.jus.br/primeirograu/Processo/ConsultaDocumento/listView.seam
161128100905124000000042652747

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Patrocinador do Inter de Lages veta vinda de Marcelinho para Raposa

paraibaA negociação envolvendo o meia-atacante Marcelinho Paraíba ganhou mais uma reviravolta na tarde desta sexta-feira.

Conforme apurou a coluna do jornalista Maurílio Júnior, no Portal MaisPB, o motivo seria um veto por parte do patrocinador do colorado.

Caso Marcelinho deixasse o clube de Santa Catarina, o Inter perderia a prestadora de serviços Orbenk.

Leia mais aqui

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Raposa vence Itabaiana por 2 a 0 e encaminha classificação na série D

Foto: Vitor Oliveira/Voz da Torcida
Foto: Vitor Oliveira/Voz da Torcida

O Campinense venceu o Itabaiana de Sergipe por 2 a 0, na noite deste domingo (14), em jogo no estádio Amigão, em Campina Grande (PB), e encaminhou a classificação para as quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro de Futebol.

Ois dois gols da Raposa foram marcados por Negretti, aos sete minutos do  primeiro tempo, e aos oito da etapa complementar.

Agora, o time paraibano pode perder por até um gol de diferença partida de volta, que ocorre no próximo domingo (21), no Estádio Etelvino Mendonça, em Itabaina, que está classificado.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Raposa vence Operário-PR, mas perde vaga nos pênaltis

campinenseEm um jogo truncado desde o inicio, o Campinense venceu o Operário-PR por 1 a 0, com um golaço de Valdeir, na tarde deste domingo (04), no Amigão.

O resultado levou a decisão para os pênaltis,e a Raposa não foi feliz.

Sorte para o goleiro Paulo Sérgio, que defendeu as cobranças de Felipe Ramon e Rodrigão, converteu a sua, e levou os paranaenses para as quartas de final da Série D.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ficha técnica

Campinense 1 x 0 Operário-PR

Pênaltis: Campinense 3 x 4 Operário-PR

Data: 04/10/2015 – 16h

Local: Estádio Amigão / Campina Grande

Competição: Campeonato Brasileiro da Série D – oitavas de final (jogo da volta)

Arbitragem: Renato Cardoso da Conceição (CBF-2/Minas Gerais); Ricardo Junio de Sousa (CBF-2/Minas Gerais) e Wesley Moreira de Carvalho (CBF-2/Minas Gerais)

Cartões amarelos: Leandro Sobral (CC); Chicão, Rossi, Capa (OFEC)

Cartão vermelho: Chicão (OFEC)

Gol: Valdeir (aos 21′ do 1ºT) para o Campinense

Campinense: Gledson, Grafite, Joécio (João Paulo), Tiago Sala e Felipe Ramon; Negreti, David (Éder), Leandro Sobral (Adalgiso Pitbull) e Valdeir; Túlio Renan e Rodrigão. Técnico: Francisco Diá.

Operário-PR: Paulo Sérgio, Alemão, Marcelo Xavier, Juan Sosa e Capa; Chicão, Lucas (Pedrinho), Doda e Renan Oliveira (Julinho); Rossi e Joelson (Elionar Bombinha). Técnico: Itamar Shulle.

 

paraibaonline

Raposa vence de virada por 3 a 1 e se isola na liderança do grupo

campinense_x_coruripeO Campinense venceu mais uma e se isola na liderança do grupo A3 do Campeonato Brasileiro, série D. No confronto com o Coruripe, de Alagoas, o time paraibano deu um susto na torcida que compareceu ao estádio Amigão, neste domingo (16), mas no final conseguiu conquistar mais três pontos na competição.

Quem inaugurou o placar foram os alagoanos, aos 19 minutos do 1º tempo numa jogada de Thiago Lima.

Apesar da adversidade, a Raposa não se abateu e conseguiu o empate logo no início do 2º tempo com o atacante Rodrigão. Com o apoio da torcida e com Rodrigão inspirado, o atual campeão paraibano conseguiu mais dois gols, dando números finais ao jogo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Com a vitória, o Campinense vai a 11 pontos e continua isolado na ponta da tabela, enquanto que o Coruripe permanece com seis pontos.

MaisPB

Botafogo vence Santa Cruz e Sousa supera a Raposa fora de casa pelo Paraibano 2015

Maria Izabel Rodrigues - Voz da Torcida
Maria Izabel Rodrigues – Voz da Torcida

Dois jogos movimentaram a rodada desta quarta-feira (25) no Campeonato Paraibano. O Botafogo recebeu o Santa Cruz no estádio Almeidão, em João Pessoa, e conseguiu vencer por 2 a 0, amenizando a pressão da torcida após três derrotas seguidas. Já em Campina Grande, no Amigão, o Campinense foi surpreendido pelo Sousa, que acabou vencendo por 2 a 1.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Botafogo-PB 2 x 0 Santa Cruz

Sem jogar bem, mas sem sofrer sustos, o Belo afastou um pouco da crise. Pouco criativa, a equipe controlou as ações do jogo, mas sem objetividade, criando apenas três chances claras de gol. Pelo lado do Santa Cruz, o destaque do time foi o goleiro Léo Russo, que, em três oportunidades, impediu a abertura do placar.

Os gols saíram apenas no segundo tempo. O Botafogo-PB voltou nervoso para o campo, sem conseguir criar jogadas de perigo. Indignada com a atuação da equipe, a torcida aplaudiu e vibrou com o lances do time adversário.

Mas, aos 25 minutos, após cruzamento de Alex Cazumba, o primeiro gol da partida saiu. Túlio Souza aproveitou o cruzamento do lateral esquerdo e cabeceou, livre de marcação na pequena área, para o fundo das redes.

Em seguida, aos 28 minutos, após triangulação na entrada da área entre Doda, Bismarck e Rafael Oliveira, o atacante aproveitou o rebote do goleiro Léo Russo para ampliar o marcador. Festa da torcida e do atacante, que interrompeu um jejum de 4 jogos sem gols.

O próximo compromisso do Bota é no clássico Botauto do próximo domingo (1º), também no Estádio Almeidão, com mando de campo do Auto Esporte.

Campinense 1 x 2 Sousa

O Sousa precisou de apenas dez minutos no segundo tempo para decretar o quarto jogo sem vitória do Campinense.

Depois de uma etapa inicial sem gols, Gilberto Matuto, aos 8, de falta, e o estreante Júlio Brasília, aos 10, aproveitando falha da zaga rubro-negra, anotaram os gols da vitória sertaneja.

Dois minutos após o segundo gol sousense, Luiz Fernando, chutando de esquerda, de fora da área, descontou para a Raposa.

Mas a reação parou por aí. O time da casa ainda chegou duas vezes na área de Ricardo, mas a falta de pontaria predominou.

O resultado derruba o Campinense para a sétima colocação, ainda com sete pontos em quatro jogos. Já o Sousa, com os três pontos, agora soma 12 e pula para a quarta posição.

No próximo domingo (1º) a Raposa encara o maior rival, o líder Treze.

 

portalcorreio

Auto vence e assume liderança; Raposa ganha e Treze empata em estreias; confira classificação

Reprodução/Voz da Torcida/Vitor Oliveira
Reprodução/Voz da Torcida/Vitor Oliveira

O Auto Esporte venceu, por 2×0, o Lucena na tarde deste domingo (1), e se tornou o novo líder do Campeonato Paraibano. Nos outros jogos, o Campinense ganhou do CSP por 2×1, o Treze empatou em 1×1 com o Santa Cruz, mesmo placar de Sousa x Atlético.

Veja como ficou a tabela de classificação do Campeonato Paraibano

Auto Esporte x Lucena

Jogando no Almeidão, em João Pessoa, o Auto jogou bem, conseguiu furar o bloqueio e resistiu aos contra ataques do Lucena. O placar foi aberto apenas aos 44 minutos do primeiro tempo, com um belo gol de falta de Eli.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na segunda etapa, as duas equipes vieram dispostas a conseguir a vitória. O Lucena insistiu nos contra ataques, enquanto o Auto teve mais posse de bola. Aos 23 minutos, Léo Olinda encontrou Rafael Freitas dentro. O jogador do Auto cabeceou e ampliou placar. A partir do segundo gol, o Lucena se desencontrou em campo e não teve forças para reagir.

Com os resultados, o Auto Esporte se tornou líder do Paraibano, com sete pontos ganhos, junto com Sousa e Santa Cruz, mas fica a frente das duas equipes por ter um melhor saldo de gols.

Já o Lucena ocupa a sétima posição, com apenas três pontos.

Treze x Santa Cruz

O Treze empatou com Santa Cruz, no estádio Presidente Vargas, em Campina Grande. O jogo foi bastante complicado para o Galo que encontrou um Santa Cruz bem colocado em campo, dificultando as ações ofensivas do Treze.

O placar do jogo foi aberto aos 11 do primeiro tempo. Em cobrança de pênalti, Fabrício Ceará chutou, o goleiro do Santa defendeu, mas no rebote o lateral Panda marcou o gol do Galo.

O empate do Santa Cruz veio aos 32 minutos, com Alisson Cacheado. A partir o ataque do Treze esbarrou na defesa do Santa Cruz.

No segundo tempo, o Treze continuou atacando, mas sem objetividade. O técnico do Galo, Everton Goiano, fez substituições No sistema ofensivo. Aos 30 minutos, o Galo teve um gol anulado por impedimento. No último ataque perigoso do jogo, Panda deixou Maciel na cara do gol, mas o jogador do Treze chutou para fora.

Com o resultado, o Treze ocupa a nona colocação, com um ponto. Já o Santa Cruz é um dos líderes do paraibano, ficando atrás apenas do Auto Esporte por conta do saldo de gols.

Sousa x Atlético

O outro líder do Paraibano, o Sousa, empatou com o Atlético em 1×1, no estádio Marizão, em Sousa.

O jogo começou com o Trovão Azul abrindo o placar logo aos quatro minutos do primeiro tempo. Durante uma jogada ofensiva e um chute da entrada da área, a bola bateu na trave e sobrou para o atacante Almir Sergipano marcar o gol do Atlético.
Aos poucos o Sousa equilibrou o jogo, mas não conseguiu oferecer perigo ao gol do Atlético em boa parte do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Trovão Azul teve um pênalti a seu favor logo no primeiro minuto, mas, na cobrança, Maurinho chutou para a defesa do goleiro Ricardo.
Motivado pela sua torcida, o Sousa empatou aos 22 minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou parar Algodão marcar de voleio. O Dinossauro ainda tentou virar a partida, mas não conseguiu passar da zaga do Atlético.

Com o resultado, o Sousa ocupa a liderança, mas perde a primeira posição de forma isolada por ter menos saldo de gols do que Auto Esporte e Santa Cruz.
O Atlético, que soma apenas dois pontos em quatro partidas, está na oitava colocação.

Campinense x CSP

A Raposa conseguiu vencer na estreia do Paraibano. O time jogou no estádio Amigão, em Campina Grande, e bateu o CSP pelo placar de 2×1. Os gols do jogo saíram aos 28 do primeiro tempo, com Felipe Alves cobrando pênalti e abrindo o placar para o Campinense. Aos 33, a raposa ampliou com o lateral Paulinho.

Na segunda etapa o Campinense continuou tendo mais posse de e dominando as jogadas de ataque. Mas, aos 31 minutos, o CSP mostrou que estava disposto a vender caro a derrota e diminuiu o placar com Henrique. Com isso, o CSP cresceu na parida e quase empatou o jogo por diversas vezes.

Com o fim do jogo, a Raposa conseguiu marcar os primeiros pontos na estreia da competição e ocupa sexta colocação, com três pontos. Já o Tigre da Capital é o quarto colocado, com seis pontos ganhos.

 

portalcorreio