Arquivo da tag: quinto

Grêmio empata com o Atlético-MG e fatura o quinto título da Copa do Brasil

gremioDepois de 15 anos de espera, o Grêmio volta a soltar o grito de campeão nacional. Nesta quarta-feira (7), em seu estádio, o time gaúcho segurou um empate em 1 a 1 com o Atlético-MG e conquistou pela quinta vez a Copa do Brasil – o primeiro duelo, em Minas, terminou com vitória gremista por 3 a 1.

O título faz com que o Grêmio se torne o maior campeão do torneio, ultrapassando o Cruzeiro: 5 taças a 4. Desde a criação da Copa do Brasil, o time gaúcho venceu em 1989, 1994, 1997 e 2001, a última conquista nacional gremista antes da noite desta quarta-feira.

Grêmio domina o segundo tempo e solta o grito de campeão

Se no primeiro tempo o Atlético-MG chegou a controlar as ações do jogo, o segundo foi todo do Grêmio. Com uma marcação apertada nos pontas do time mineiro, a equipe de Renato Gaúcho não deu chances para que o adversário levasse perigo ao gol de Marcelo Grohe.

Mesmo no final da partida quando o Atlético-MG se lançou completamente ao ataque, o Grêmio não foi pressionado nenhuma vez. Nos últimos minutos, em um contra-ataque, Everton fez bela jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Miller Bolaños empurrar para o fundo das redes e fazer os gaúchos soltarem o grito de campeão.

Atlético-MG fica com o vice, mas faz um golaço

Após o gol do Grêmio, ainda deu tempo para um golaço do Atlético-MG. Nos acréscimos, Cazares aproveitou que Marcelo Grohe estava muito adiantado e arriscou de trás do meio-campo. O goleiro gremista tentou voltar, mas não conseguiu impedir o golaço mineiro.

Atlético-MG se apresenta mais organizado com interino

Em seu primeiro jogo à frente do Atlético-MG, Diogo Giacomini apresentou uma equipe mais organizada do que a de Marcelo Oliveira no jogo de ida. Com três volantes (Rafael Carioca, Leandro Donizete e Júnior Urso) e Luan e Robinho centralizados, o Galo apresentava uma compactação maior e detinha o controle da bola na primeira etapa.

O time mineiro, no entanto, encontrava dificuldades na saída de bola. Abertos quando o Atlético-MG tinha a bola, Leandro Donizete e Júnior Urso sofriam para passar pela marcação gremista e o Galo terminou a primeira etapa sem assustar realmente o goleiro Marcelo Grohe.

Grêmio espera e tem a melhor chance do primeiro tempo

Com uma grande vantagem conquistada na primeira partida, o Grêmio iniciou o duelo em Porto Alegre mais recuado e esperando o Atlético-MG partir para o ataque. Na segunda metade da etapa inicial, o time gaúcho avançou a marcação e teve a grande chance do duelo até então.

Aos 39 minutos, Douglas deu um passe de letra que deixou Everton cara a cara com Victor. O atacante gremista chutou rasteiro, mas o goleiro do Atlético-MG pulou para fazer uma grande defesa e evitar o gol.

Final termina em confusão

O clima de união entre as duas equipes ficou apenas durante a homenagem à Chapecoense. Nos últimos minutos do duelo, jogadores de Atlético-MG e Grêmio iniciaram uma confusão que se estendeu até após o apito final.

A briga começou após Bolaños não deixar o time do Atlético-MG cobrar uma falta. Na sequência, o equatoriano tentou dar um chute na bola, iniciando a confusão. O clima tenso seguiu depois do apito final, mas durou pouco e rapidamente os brigões foram separados e o Grêmio pôde comemorar o título.

Homenagens à Chapecoense silencia um estádio sem caixões vermelhos

Antes de a bola rolar, um momento de emoção tomou conta da Arena do Grêmio. Jogadores das duas equipes e representantes da imprensa se abraçaram no meio do gramado para um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do acidente com o avião que levava a Chapecoense para Medellín.

Em um momento poucas vezes visto antes no futebol brasileiro, o estádio ficou praticamente em silêncio durante a solenidade. Durante a homenagem, o goleiro Victor, do Atlético-MG, era um dos mais emocionados e não conseguiu conter o choro. Nas arquibancadas, torcedores também derramavam lágrimas e respeitaram um pedido gremista de não levarem caixões vermelhos ao estádio, em alusão ao possível rebaixamento do Internacional.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X ATLÉTICO-MG
Torneio:
Copa do Brasil
Data: 07/12/2016
Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 55.337 pessoas
Renda: R$ 5.105.964,00
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA/SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA/SP) e Kleber Lucio Gil (FIFA/SC)
Cartões amarelos: Erazo e Fábio Santos, do Atlético-MG

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro, Maicon, Douglas; Everton e Luan. Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Erazo, Fábio Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete (Cazares), Júnior Urso (Maicosuel); Luan, Lucas Pratto e Robinho. Técnico: Diogo Giacomini

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comandante confirma redução de 32% no número de assassinatos pelo quinto ano consecutivo na PB

euller-chavesO coronel Euller Chaves, Comandante Geral da Polícia Militar da Paraíba, destacou durante entrevista ao Programa Rádio Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação desta quinta-feira (1º),  que a Paraíba conseguiu reduzir o número de assassinatos pelo quinto ano consecutivo. Essa redução, segundo o comandante, é de 32%.

Ele atribuiu esse resultado as constantes investigações, prisões e apreensões de armas e drogas que acontecem todos os dias no Estado. “Estamos muito felizes dentro desse contexto, mas precisamos avançar muito mais”, avaliou Euller Chaves.

“ Com mais essa redução, a Paraíba deixou de ser o segundo Estado mais violente do Nordeste, para ser o segundo menos violento da região e isso eu agradeço a todos esses homens e mulheres que fazem a Polícia Militar e aos investimentos realizados por parte do Governo do Estado” comemorou o comandante da PM.

paraiba.com.br

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Reviravolta em Santa Rita: Quinto desiste de candidatura a prefeito e anuncia apoio a Zé Paulo

quinto-santa-ritaA campanha de Zé Paulo (PSB) na disputa pela Prefeitura de Santa Rita ganhou, neste sábado (17), a adesão de Flaviano Quinto (PSC), que retirou sua postulação para reforçar o projeto de união das oposições na cidade.

Além de Quinto, Zé Paulo agora conta também em seu palanque com o apoio do ex-prefeito de Santa Rita, Marcus Odilon.

Carlão, que figurava na chapa de Flaviano Quinto na condição de vice, destacou que a união dos dois grupos representa o compromisso de tirar Santa Rita do “caos”.

Esta semana, Quinto denunciou durante suas visitas pela cidade o uso da máquina administrativa municipal em benefício do candidato do PSDB, Emerson Panta.

De acordo com ele, a gestão do prefeito Netinho (PR) está deixando de pagar a folha de pessoal para garantir a estrutura de campanha do aliado.

“O amarelo agora vem com a cor nova, o azul. Basta ver o tamanho dos comícios realizados por eles, o tamanho do palco, os fogos que eles soltaram que até provocaram um acidente. Esse dinheiro para bancar os gastos está vindo da Prefeitura de Santa Rita. O dinheiro dos fogos vem da folha de pagamento que não está sendo feito na Prefeitura, quem paga os fogos são os funcionários, pensionistas e aposentados da Prefeitura que estão há mais de três meses sem receber”, disse.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Évila Queiroz vence o quinto dia de apresentações e ‘Iluminada’ Danny Xavier continua no Faustão

(Foto: Isabella Pinheiro/Gshow)
(Foto: Isabella Pinheiro/Gshow)

Évila Queiroz levou a melhor na quinta semana do quadro Iluminados deste domingo, 24/7, e conquistou uma vaga na grande final. Além disso, ela ganhou o prêmio de R$ 50 mil. Agora, Évila faz parte do time já formado por Guga Camafeu, Aline Souza, Karielle Gontijo e Filipe Labre.

Também participaram do Iluminados Chandy Dias, Cibelle Hespanhol, Danny Xavier, e os estreantes Emmy Wagner, Angelica Sansone e William Possato. No palco do Domingão do Faustão, os cantores foram julgados por Zélia Duncan e Sorocaba, da dupla Fernando e Sorocaba.

danny

O júri podia salvar os dois talentos menos votados e escolher quatro participantes para uma nova chance de se apresentar na competição. Os selecionados foram Chandy, Angélica, Cibelle e Danny. Já Emmy e Will saíram da disputa pelo prêmio final de R$ 150 mil.

Focando a Notícia com gshow

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Com oito mortes em 2015, Brasil é quinto país mais perigoso para jornalistas

jornalismoEm 2015, o Brasil voltou a se mostrar um dos países mais perigosos para o exercício da atividade jornalística, com o registro de oito mortes de profissionais no exercício da profissão, segundo relatório sobre a liberdade de imprensa divulgado hoje (22) pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert).

De acordo com levantamento mantido pela Press Emblem Campaign (PEC), organização não governamental mantida por jornalistas com sede na Suíça, o Brasil subiu cinco posições em relação à ultima pesquisa, e ocupa agora a 5ª colocação como país mais letal para os jornalistas, à frente de nações em guerra como Líbia, Iêmen e Sudão do Sul.

Um dos casos mais emblemáticos ocorreu em agosto do ano passado. O radialista Gleydson Carvalho apresentava seu programa quando homens armados invadiram o estúdio da rádio em que ele trabalhava, em Camocim (CE), e o alvejaram ao vivo. O jornalista morreu minutos depois, a caminho do hospital.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ficou também batizado por organizações internacionais que monitoram a atividade jornalística como “novembro negro” no Brasil o mês em que três execuções ocorreram em 11 dias: de um radialista em Pernambuco e de dois blogueiros independentes no Maranhão.

Os números de 2015 demonstram uma tendência de alta no país em comparação às pesquisas divulgadas em 2013/2012 (5) e 2014/2013 (7), que mediram a violência contra jornalistas entre outubro de um ano e outubro do ano seguinte. Agora as pesquisas são feitas de janeiro a dezembro de um mesmo ano.

Impunidade

No ranking da PEC, o país ficou atrás apenas de Síria (13 mortes) e Iraque (10), que enfrentam graves conflitos armados, México (10), em que a luta contra os cartéis de tráfico de drogas é uma das principais ameaças, e França (9), que sofreu o ataque terrorista contra o jornal satírico Charlie Hebdo, em janeiro de 2015.

“É no mínimo embaraçoso um país estar na quinta colocação se você comparar com países que estão em guerra”, disse o presidente da Abert, Daniel Pimentel Slaviero. A entidade destaca a impunidade como uma das causas do fenômeno. Nos últimos quatro anos, apenas quatro casos envolvendo a morte de jornalistas foram levados a julgamento no Brasil.

A maioria dos jornalistas mortos no Brasil trabalhavam na cobertura política ou na apuração de casos de corrupção contra políticos ou empresários, uma peculiaridade do país, de acordo com o Comitê de Proteção aos Jornalistas, que também é uma ONG internacional que atua na denúncia de violência contra profissionais de comunicação .

Agressões e ameaças

Ao todo, o Brasil registrou 114 casos de agressões, atentados, ataques, ameaças, detenções, ofensas e intimidações contra jornalistas em 2015. Os casos mais comuns são os de agressões, que tiveram um aumento sobretudo diante da ocorrência maior de manifestações de rua desde 2013 no país.

O Brasil registrou 64 agressões contra jornalistas em 2015. O mais corriqueiros continuam a ser os episódios em que os alvos de apurações e reportagens foram os agressores, mas a Abert manifestou grande preocupação com o aumento das agressões perpetradas por agentes de Estado contra jornalistas devidamente credenciados e claramente identificados.

“Consideramos gravíssimo as agressões provenientes das polícias, em especial de policiais militares, que têm a obrigação constitucional de preservar atividade da imprensa”, afirmou Slaviero. “Está havendo uma inversão de valores. Estão tratando uma câmera, um celular, como uma arma, e com isso os profissionais da imprensa têm sido agredidos, tomado tiros, cacetadas e balas de borracha”.

Em 29 de abril do ano passado, por exemplo, um cinegrafista da TV Bandeirantes foi mordido por um cachorro da Polícia Militar durante uma manifestação de professores em Curitiba. Outro exemplo, destacado pelo relatório da Abert, foi o do repórter Felipe Larozza, da revistaVice, que levou uma cacetada nas costas enquanto cobria uma manifestação do Movimento Passe Livre, em São Paulo, apesar de estar claramente identificado com crachá e três adesivos de “Imprensa”.

Para que a situação de violência contra jornalistas no Brasil comece a mudar, a Abert defende a aprovação de dois projetos de lei em tramitação no congresso: o 7107/2014, que propõe que atentar contra a vida e a integridade física de jornalistas se torne crime hediondo; e o 191/2015, que propõe que a Polícia Federal assuma a investigações de crimes contra jornalistas no caso de omissão de autoridades locais.

Agência Brasil

Preço da gasolina sobe novamente a partir de 1° de julho; quinto aumento só este ano

GASOLINAO Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (25) traz mais um reajuste nos valores médios de combustíveis que começam a ser praticados nos postos a partir de 1º de julho. Na Paraíba, o valor médio da gasolina sobe de R$ 3,2128 para R$ 3,2288. Já é a quinta vez só neste ano que os preços médios sofrem reajuste. A alteração vale também para outros seis estados e no Distrito Federal. Veja aqui a tabela com todos os novos preços.

A tabela divulgada no DOU é do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Segundo o Confaz, outros combustíveis também passam a ter novos valores médios. O litro do diesel subiu de R$ 2,7596 para R$ 2,7969; e o litro do Álcool Etílico Hidratado Combustível (AEHC/Etanol) passa de R$ 2,3459 para R$ 2,3635.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

                                                             FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Apenas o valor médio do Gás Natural Veicular (GNV) teve leve redução e saiu de R$ 2,0232 para 2,0224.

Além da Paraíba, novos valores de combustíveis foram autorizados também para Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo. 

O Confaz é presidido pelo ministro da Fazenda e formado pelos secretários de Fazenda, Finanças ou Tributação de cada Estado e do Distrito Federal. O objetivo do órgão é adotar medidas para aperfeiçoar a política fiscal dos Estados e torná-la compatível com as leis da Federação.

Paraiba.com

Anderson cai para quinto no ranking do UFC e é ultrapassado por Belfort

andersonAnderson Silva atingiu, nesta segunda-feira, sua pior posição no ranking oficial do UFC. A atualização da listagem levou Spider ao quinto lugar do peso-médio. O ex-campeão, que havia sido ultrapassado por Ronaldo Jacaré na semana passada, agora, tem também Lyoto Machida – empatado com o atleta da X-Gym na primeira colocação – Vitor Belfort (3º) e Luke Rockhold (4º) à sua frente.

Anderson venceu Nick Diaz por pontos em sua última luta, mas deve ser suspenso por testar positivo no exame antidoping. Se o gancho ocorrer, o tempo de inatividade fará com que a queda no ranking se acentue.

No ranking peso por peso, a posição de Spider, assim como a dos demais, não se alterou. Ele segue na nona posição, entre o campeão dos galos TJ Dillashaw, oitavo colocado, e Robbi Lawler, dono do título dos meio-médio, que ocupa o décimo lugar.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

No peso-médio, outro brasileiro passou a figurar no ranking. De volta ao evento, Roan Jucão, que finalizou rapidamente Mark Muñoz, no último sábado, pelo UFC 184, estreou no ranking e está na 15ª colocação da categoria.

Ranking UFC (Foto: Reprodução)

Campeã mundial de boxe, Holly Holm galgou três posições após debutar no Ultimate. Ela bateu Raquel Pennington por decisão dividida dos jurados e avançou no peso-galo.

Já na divisão dos leves, Tony Ferguson, autor de bela finalização sobre Gleison Tibau, também no evento de sábado, surge na 13ª posição.

Combate

Paraíba é quinto do Nordeste em mortes por choque

(Foto: Rizemberg Felipe)
(Foto: Rizemberg Felipe)

Acidentes com choque elétrico mataram 26 pessoas na Paraíba, em 2013. O dado integra um levantamento da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel) e revela ainda que o Estado ocupa o 5º lugar no Nordeste em número de mortes por este tipo de acidente.

Conforme a entidade, 258 mortes foram registradas na região no ano passado e os casos que ocorreram na Paraíba correspondem a 10% deste total.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com os dados da Abracopel, do total de óbitos causados por choque registrados na Paraíba, 16 ocorreram em áreas rurais, estabelecimentos comerciais e indústrias, seis casos foram registrados no interior de residências, dois em vias públicas (rua e praça) e os outros dois na rede aérea (fios de alta tensão).

Com o início do período das chuvas, o risco de acidentes causados por choques aumenta. Prova disto é que o número de vítimas atendidas nos primeiros quatro meses deste ano no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, foi de 38 casos e supera as ocorrências registradas no mesmo período do ano passado, que contabilizou 33 pacientes.

Ainda conforme os números do Trauma, em 2013 foram 86 atendimentos de acidentes por choque elétrico contabilizados no local e neste ano o mês de abril lidera o ranking, com 12 atendimentos. O número de ocorrências no Hospital de Trauma da capital registrado de janeiro até o mês passado já corresponde a 44,18% do total de 2013.

Os profissionais do setor de eletricidade e construção civil ainda são as principais vitimas de acidentes por choque, segundo a pesquisa da Abracopel. Conforme a entidade, no Brasil 165 trabalhadores dessas áreas perderam a vida por choque elétrico. Contudo, os acidentes domésticos envolvendo crianças ainda preocupam e são um alerta a mais para os pais. A dona de casa Luiza Izídio revela passa o dia de olho nas três crianças que têm em casa para evitar acidentes domésticos e choques.

“Eles são muito ativos e a gente tem sempre que ficar de olho para eles não colocarem o dedo na tomada ou pegar no fio dos aparelhos”, disse Luíza. A preocupação com as crianças para evitar acidentes com choques elétricos também foi constatada pela pesquisa da Abracopel. Segundo a entidade, dos 24 acidentes que ocorreram no Brasil, envolvendo crianças na faixa etária de 0 a 5 anos, 18 casos aconteceram no Nordeste.

Os curtos-circuitos também estão entre as situações que podem causar morte por choque elétrico e incêndios. Segundo a entidade, 200 incêndios causados por este tipo de problema na rede elétrica foram registrados no país no ano passado, sendo 68 no Nordeste. As ligações elétricas irregulares, conhecidas popularmente por “gatos de energia” também oferecem risco de incêndios e outros acidentes, conforme explicou o presidente da Abracopel, Édson Martinho.

“Esse tipo de procedimento também é uma preocupação que nós temos e alertamos as pessoas que as instalações elétricas devem ser feitas por profissionais especializados e com conhecimento na área. Então, essas improvisações sempre representam riscos e podem causar acidentes.

Jornal da Paraíba

Um quinto dos casais se sente preso ao casamento, diz estudo

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Uma pesquisa encomendada pelo escritório de advocacia Slater & Gordon mostrou que 20% dos casais se sentem presos ao casamento, incapazes de pedir a separação por motivos financeiros. Além disso, uma em cada dez pessoas sente estar em um matrimônio sem amor e 15% dos entrevistados gostariam de ter casado com outra pessoa. As informações são do site Female First.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os homens questionados culparam a insatisfação na vida sexual para o declínio do casamento, enquanto as mulheres apontaram a falta de diversão e preocupação com o dinheiro com causas para a crise. Um terço delas já cogitou pedir o divórcio, mas o medo de dificuldades financeiras foi um impedimento.

 

Já os homens usaram como motivo para continuar em um casamento infeliz o medo das consequências para a família.

 

O estudo também levantou que apenas 40% dos casais pensavam que o casamento estava como o esperado e a mesma proporção disse manter a união para poupar o sofrimento dos filhos. “Há ainda na sociedade o sentimento de que você deve ficar junto, não importa o quão feliz é”, afirmou a diretora do direito de família no Slater & Gordon, Amanda McAlister.

 

Como advogada na área da família, nos últimos 15 anos ela viu homens e mulheres ficarem em um relacionamento por culpa ou medo da solidão. Mas, para Amanda, o divórcio pode ser uma experiência libertadora e “estudos têm mostrado que as crianças são mais alegres quando os pais são felizes”.

 

Terra

Português é quinto idioma mais usado na internet

InternetA língua portuguesa é o quinto idioma mais usado na internet, ficando atrás do inglês, do chinês, do espanhol e do japonês, segundo dados divulgados pela União Internacional de Telecomunicações (UIT). A pesquisa traz informações referentes ao ano de 2011. De acordo a UIT, mais de 82,5 milhões de pessoas utilizam a língua portuguesa para se comunicar e navegar pela web.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O português ficou à frente do alemão, do árabe, do francês, do russo e do coreano e perde para o japonês, que está em quarto lugar, por cerca de 16,59 milhões de usuários. Segundo a UIT, o crescimento do português se deve à expansão da internet no Brasil nos últimos dez anos.

Segundo os dados da UIT, o crescimento do português na internet no período entre 2000 e 2011 foi 990,1%, o quarto maior crescimento entre as dez línguas mais utilizadas na web. O árabe teve o maior crescimento (2.501%) seguido pelo russo (1.825%) e pelo chinês (1.478%). O menor crescimento foi registrado pelo inglês, que teve um aumento de 1,4% entre os usuários que falam o idioma. Em geral, a internet cresceu 481,7% no período e é acessada por 2,099 bilhões de pessoas.

Apesar do baixo crescimento, o inglês permanece em primeiro lugar como a língua mais usada na internet há mais de dez anos, com 565 milhões de usuários (26,8% do total), mas o seu domínio está ameaçado pela língua chinesa, utilizada por 510 milhões (24,2%). Em terceiro lugar está o espanhol, com 165 milhões (7,8%).

Dentre as dez línguas mais usadas na web, as populações que falam alemão e japonês são as mais conectadas do mundo, respectivamente, com 79,5% e 78,4% dos usuários com acesso à internet. Em terceiro lugar estão os que falam coreano, com 55,2% de sua população conectada, e os que falam inglês com 43,4% de acesso à internet. Os falantes de português estão em sétimo, com 32,5% das pessoas com acesso à web.

* Com informações da Agência Lusa