Arquivo da tag: quarta

Pagamento com desconto de IPVA de placa final 7 termina nesta quarta

Para garantir o desconto de 10% no IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) nos carros e motos com final placa 7, os proprietários precisam efetivar o pagamento na opção da cota única à vista até esta quarta-feira (31), evitando ainda multa e acréscimos.
Os contribuintes têm ainda outras duas opções de pagamento do tributo, mas sem o desconto. No parcelamento em três vezes, sendo a primeira com vencimento também nesta quarta-feira (31), enquanto a terceira opção é o pagamento total do IPVA, sem o desconto de 10%, apenas no dia 30 de setembro.
Impressão dos boletos via Portais – Os boletos do IPVA deverão ser impressos por meio da internet. A emissão está disponibilizada no portal da SEFAZ-PB www.receita.pb.gov.br, mas também no do Detran-PB: http://www.detran.pb.gov.br/ O boleto poderá também ser impresso, preferencialmente, em uma repartição fiscal ou então nas unidades do Detran-PB.
Pagamento por Ficha de Compensação – Desde maio, a SEFAZ-PB ampliou os locais para pagamento do IPVA, caso o contribuinte escolha, no ato da impressão, a opção ‘Ficha de Compensação’. Com ela, o contribuinte poderá pagar o tributo em casas lotéricas, correspondentes bancários e em toda a rede bancária. Se a opção permanecer no DAR (Documento de Arrecadação), o pagamento fica restrito ao Banco do Brasil.
Regras para Ficha de Compensação – O contribuinte precisa ficar atento também às regras da impressão para pagamento por Ficha de Compensação. A primeira delas é o tempo de espera para pagar. O boleto emitido por Ficha de Compensação necessita de até 60 minutos para ser registrado no sistema de pagamentos da rede bancária. Ou seja, se o pagamento for realizado na mesma data de impressão, em virtude das normas recentes da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos), os contribuintes vão precisar esperar até 60 minutos antes de efetuar o pagamento diretamente na rede bancária ou nas lotéricas.
Pagamento das parcelas anteriores – Para quem optou pelo parcelamento do IPVA dos veículos com finais das placas 5 e 6, os proprietários precisam  efetuar o pagamento das parcelas até o dia 31 de julho. Quem parcelou em três vezes a placa final 5, deverá pagar a terceira e última parcela, enquanto a placa final 6 terá de pagar a segunda parcela. Também vence no dia 31 de julho o pagamento daqueles que optaram pelo pagamento total sem desconto da placa final 5.
Comprovação da isenção da placa final 7 – As categorias como taxistas, portadores de deficiência (física, visual, mental ou autista), veículos cadastrados no Ministério do Turismo na qualidade de transporte turístico; motofrentistas e de motoboys até 150 cc (cilindradas), de placa final 7, que requereram no ano passado a isenção do IPVA, precisam, agora, comprovar com documentação até o dia 31 de julho na repartição fiscal mais próxima do domicílio para gozar do direito em 2019. Neste mesmo dia, essas categorias já podem requerer a isenção de 2020.
É importante lembrar que esses veículos isentos deverão pagar as demais taxas que envolvem o emplacamento, como seguro obrigatório (Dpvat), licenciamento do Detran-PB e a Taxa de Bombeiro.
PB Agora

 

Areia, na PB, é a quarta cidade com mais estabelecimentos produtores de cachaça no Brasil

O município de Areia, no Brejo paraibano, é a quarta cidade brasileira em número de estabelecimentos produtores de cachaça registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O dado faz parte do Anuário da Cachaça, com dados pioneiros da bebida que é produzida no país. Segundo o estudo, Areia possui sete estabelecimentos registrados no Mapa, perdendo apenas para os mineiros Belo Horizonte (19) e Salinas (9) e São Roque do Canaã, em Sergipe, que tem 10 estabelecimentos.

O Anuário da Cachaça, divulgado na última terça-feira (28), revelou, ainda, que a Paraíba é o sexto estado em número de estabelecimentos, empatado com o vizinho Pernambuco, ficando entre os dez estados com mais estabelecimentos produtores de cachaça registrados no Brasil.

Conforme levantamento realizado até o final de dezembro de 2018, os produtores de cachaça totalizam 951 estabelecimentos registrados no Mapa. Deste montante, a liderança fica com o estado de Minas Gerais, bem acima dos demais, com 421 estabelecimentos, sendo que na sequência aparecem os estados de São Paulo (126), Espírito Santo (74) e Rio de Janeiro (50), evidenciando a concentração da produção de cachaça na região Sudeste com 671 estabelecimentos, representando mais de 70% da produção nacional.

Em seguida aparece a região Nordeste com 138, correspondendo a 14,5%, a região Sul com 99, portanto 10,4%, a região Centro-Oeste com 33, cerca de 3,5% e, por fim, a região Norte, com apenas 10 produtores, com a fatia de 1,05%.

Produtos

Ainda segundo o levantamento, a Paraíba tem 145 produtos cadastrados junto ao Ministério. Entre eles, 36 são produzidos em Areia e outros 33 em Campina Grande, que também entram na lista dos dez municípios com maior número de registros do produto.

O anuário classifica as bebidas também de acordo com padrões de produção e de envelhecimento, por categorias. Também faz a distinção entre a cachaça, que é feita a partir do mosto (líquido) fermentado do caldo da cana-de-açúcar, enquanto a aguardente pode ser também um destilado alcoólico simples. Outro diferencial, é que no primeiro caso, a composição alcoólica pode variar entre 38% e 48%, e no segundo, entre 38% e 54%. A classificação leva em conta aromas e sabores, como a adoçada, envelhecida, premium, extra premium.

G1

 

Botafogo-PB encara o ABC-RN pela quarta rodada da Série C

O Botafogo-PB entra em campo neste domingo (19) às 16h, contra o ABC-RN, no Estádio Frasqueirão, em partida válida pela quarta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Vindo de três empates consecutivos na competição, o Belo precisa da vitória para recuperar os pontos perdidos dentro de casa, além de passar a borracha no pior início de campeonato, desde que voltou à Série C, em 2014.

Ainda é cedo para a fase ser preocupante, mas pelo fato de ser o principal objetivo da equipe na temporada, o início negativo deixa um sinal de alerta ao treinador Evaristo Piza, que deve escalar o que tem de melhor em seu elenco, para conquistar a primeira vitória na Terceirona.

Vivendo um momento à parte, por ser finalista da Copa do Nordeste, o Alvinegro da Estrela Vermelha precisa trocar o chip e não deixar que a euforia do certame regional atrapalhe o andamento na Série C.

A Série C tem deixado o torcedor botafoguense apreensivo. Em nenhuma das três primeiras partidas a equipe contou com o meia Marcos Aurélio, um dos destaques do Belo desde a campanha do ano passado. O camisa 10 do Belo sofreu outra lesão na coxa, na partida diante do Náutico-PE, pela semifinal do Nordestão.

Ele já havia se contundido anteriormente, ficando de fora da estreia do Botafogo-PB na competição nacional. O atleta ainda é dúvida e não deve enfrentar o ABC-RN, deixando o meio campo da equipe carente de um nome de criação.

Apesar dos três tropeços iniciais, o Botafogo-PB tem um dado muito positivo. A equipe não perde uma partida desde o dia 13 de março, quando foi derrotado pelo Londrina-PR, em pleno Almeidão, pela terceira fase da Copa do Brasil. Desde lá, foram 15 jogos disputados, sendo cinco empates e dez vitórias.

Adversário

Diferente do Belo, o ABC-RN não vive um bom momento na temporada, o alvinegro perdeu a final do Campeonato Potiguar para o rival América-RN, e está vinda de dois tropeços, sendo uma derrota e um empate, na Série C. A equipe apresentou um novo treinador, Sérgio Soares, que já assumiu a equipe nessa semana e deve escalar o time com um único intuito: vencer o Botafogo-PB em casa.

Escalações

Para o jogo, Evaristo Piza deve mandar a campo: Saulo; Israel, Lula, Fred e Fábio Alves; Rogério, Wellington, Juninho e Clayton; Dico e Nando (Felipe Alves). Já o ABC-RN deve ser escalado com: Saulo; Ivan, Maurício, Henrique e Jonathan; Valdemir, Guedes e Anderson Rosa; Anderson, Luan (Jefinho) e Rodrigo.

(Foto: Nalva Figueiredo)

portalcorreio

 

 

Quarta fase da Operação Calvário cumpre mandados de prisão e busca e apreensão, na PB

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) desencadeou na manhã desta terça-feira (30) a quarta fase da Operação Calvário, com o cumprimento de um mandado de prisão preventiva e 18 mandados de busca e apreensão, deferidos pelo desembargador Ricardo Vital. De acordo com MPPB, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) auxilia no cumprimento dos mandados. Essa fase da operação foi deflagrada após depoimentos da ex-secretária de administração, Livânia Farias.

Conforme a PRF, são 53 policiais nas ruas, dos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Os mandados são cumpridos em João Pessoa, Pitimbu e Santa Terezinha, no Sertão paraibano.

A Operação Calvário investiga núcleos de uma organização criminosa comandada por Daniel Gomes da Silva, que é acusado por desvio de recursos públicos, corrupção, lavagem de dinheiro e peculato, através de contratos firmados junto a unidades de saúde da Paraíba, com valores chegando a R$ 1,1 bilhão, possuindo atuação em outros estados, como o Rio de Janeiro.

Primeira fase

  • A operação conjunta entre o Ministério Público da Paraíba (MPPB) e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) cumpriu no dia 14 de dezembro um mandado de prisão na orla de João Pessoa, na primeira fase da Operação Calvário.
  • Daniel Gomes foi preso suspeito de chefiar a organização criminosa, Michelle Louzada Cardoso, e outras nove pessoas detidas preventivamente, entre eles Roberto Calmom, que estava em um hotel da orla de João Pessoa. Ele é fornecedor da Cruz Vermelha.

Segunda fase

  • A segunda fase da Operação Calvário foi deflagrada no dia 1º de fevereiro de 2019 e cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de João Pessoa e Conde, na Paraíba, além do Rio de Janeiro.
  • Foi cumprido um mandado de prisão contra Leandro Nunes – que era assessor da Secretaria de Administração e foi exonerado recentemente – na cidade de Itabaiana, na Paraíba.
  • Conforme mostrado em reportagem do Fantástico, Leandro Nunes, ex-assessor de Livânia Farias, foi flagrado recebendo um repasse de dinheiro dentro de uma caixa de vinho que seria usado para pagar fornecedores de campanha.
  • A caixa foi entregue por Michele Louzzada Cardoso, que atuava juntamente com Daniel Gomes, líder da organização criminosa, conforme o Ministério Público. Desde 2016 até agora, o grupo teria desviado R$ 15 milhões pelo país.
  • A investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) levantou a suspeita de que o dinheiro entregue a Leandro Nunes era para a campanha eleitoral de 2018.
  • Leandro Nunes foi solto no início de março após um depoimento assumindo os fatos.

Terceira fase

  • O Ministério Público da Paraíba, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), cumpriu mandado de busca e apreensão contra a secretária de administração da Paraíba, Livânia Farias, na terceira fase da Operação Calvário, no dia 14 de março.
  • Outras nove pessoas também são alvo de mandados de busca e apreensão em João Pessoa, Sousa e no Rio de Janeiro.
  • No dia 16 de março, a secretária de administração do Estado, Livânia Farias, foi presa, em João Pessoa, quando retornava de Belo Horizonte.
  • O mandado também incluiu o sequestro de dois bens da secretária, que seria um carro de luxo e uma casa no valor de R$400 mil, localizada na cidade de Sousa.
  • A ex-secretária de administração da Paraíba, Livânia Farias e outras cinco pessoas se tornaram réus na ação decorrente da Operação Calvário da Polícia Federal e do Ministério Público da Paraíba, no dia 9 de abril.

 

G1

Foto: Danilo Alves/TV Cabo Branco

 

 

Belém, prefeitura entrega nesta quarta o peixe da Semana Santa

A prefeitura municipal de Belém divulgou o dia e hora para a entrega do peixe as famílias na Semana Santa.

Conforme divulgação, a entrega será nesta quarta-feira (28) na zona urbana no Ginásio Xaviezão, em Rua Nova no ginásio do distrito e na zona rural nos pontos definidos com os agentes de saúde.

blogdofelipesilva

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Empreender PB abre inscrições em mais 17 municípios nesta quarta

O programa Empreender Paraíba abre nesta quarta-feira (7) inscrições para concessões de crédito em 17 municípios. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por pessoas maiores de 18 anos ou legalmente emancipadas que residam na Paraíba há mais de seis meses.

Os interessados devem acessar o endereço eletrônico www.empreender.pb.gov.br e realizar o cadastramento. As vagas são limitadas.

A documentação necessária para inscrição varia de acordo com a exigência de cada linha de crédito, cujas informações podem ser encontradas por meio do edital disponível no portal do Empreender PB.

O processo para concessão de crédito do Empreender Paraíba funciona em seis etapas: inscrição, curso de capacitação, elaboração de plano de negócios, análise, aprovação e assinatura de contrato.

As inscrições são realizadas por município através da demanda e disponibilidade de cada cidade. O usuário acessa o site www.empreender.pb.gov.br  e ao inserir o seu cep, verifica se a sua cidade está disponível para a seleção.

Os municípios nos quais serão ofertadas as linhas de crédito são:

Alagoa Grande

Alhandra

Arara

Assunção

Areial

Campina Grande

Cruz do Espírito Santo

Fagundes

João Pessoa

Juareizinho

Lagoa Seca

Livramento

Montadas

Massaranbuda

Matinhas

Riachão do Poço

Caaporã

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Preços da gasolina e do diesel terão a primeira variação de 2018 nesta quarta

O preço da gasolina comercializada nas refinarias terá uma redução de 0,1% nesta quarta-feira (3), de acordo com informação divulgada pela Petrobras. O diesel, por sua vez, terá um aumento de 0,6%. É a primeira variação de preço dos dois combustíveis em 2018. A última oscilação ocorreu no sábado (30 de dezembro), quando a gasolina aumentou 1,9% e o diesel 0,4%.

As variações de preço fazem parte do modelo de reajustes frequentes praticados pela Petrobras, “em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional”, segundo a estatal.

“Analisamos nossa participação no mercado interno e avaliamos frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias. Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, acrescenta a empresa.

O preço final ao consumidor, nas bombas, dependerá de cada empresa revendedora e dos próprios postos de combustíveis. O histórico das últimas variações praticadas pela Petrobras está disponível na página da estatal na internet.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Grêmio tropeça, e Corinthians pode ser campeão na quarta

No estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), Grêmio e Vitória empataram em 1 a 1, neste domingo, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do duelo foram marcados por Patric em posição duvidosa, para o Vitória, e Fernandinho, para o Grêmio.

Fernandinho (D), jogador do Grêmio, comemora seu gol com os companheiros de equipe durante partida contra o Vitória, válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017.
Fernandinho (D), jogador do Grêmio, comemora seu gol com os companheiros de equipe durante partida contra o Vitória, válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017.

Foto: Everton Silveira/Photo Premium/Gazeta Press

Com o resultado, o time gaúcho alcança os 58 pontos e permanece em segundo na classificação, mas pode ser ultrapassado pelo Santos, que joga nesta segunda-feira, contra a Chapecoense, na Arena Condá (SC). O clube baiano chegou aos 39 pontos e segue na 16ª posição. O empate foi bom também para o Corinthians, que depende apenas de uma vitória na próxima rodada, contra o Fluminense, para garantir o título matematicamente.

O confronto ocorreu no estádio do Juventude, na Serra Gaúcha, devido ao show do ColdPlay que aconteceu na Arena do Grêmio no sábado. Com isso, o gramado do local não tinha condições de receber o jogo no domingo.

No Grêmio, o técnico Renato Portaluppi teve três desfalques. No gol, Paulo Victor entrou no lugar de Marcelo Grohe, que estava com dores na cervical. Na lateral-direita, Edílson, com um desconforto muscular, foi poupado e Léo Moura assumiu a posição. Sem Bruno Cortez e Marcelo Oliveira (lesionados), o treinador improvisou na lateral-direito Leonardo na esquerda. O restante da equipe foi toda titular. A curiosidade foi a opção pelo garoto Jaílson iniciar o jogo e Michel, considerado titular, ficar no banco de reservas.

O técnico do Vitória, Vagner Mancini, teve três desfalques. O meia Yago, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, deu lugar para o retorno de Neílton. O volante Uillian Correia, expulso no duelo contra o Palmeiras, foi substituído por Ramon. O zagueiro Wallace pertence ao time gaúcho e está impedido de atuar devido a uma cláusula contratual, teve a posição ocupada por Bruno Bispo.

O JOGO

A partida começou com muita marcação no meio de campo, o que forçava os jogadores de ambos os times fazerem lançamentos, sem perigo, para o ataque. Em algumas oportunidades, o Grêmio chegava tocando bem a bola perto da área adversária, mas sem efetividade na conclusão.

A primeira finalização do jogo ocorreu aos 11 minutos. O volante gremista Jaílson recebeu na entrada da área e arriscou uma conclusão. A bola passou quicando na direita de defesa do goleiro Fernando Miguel.

O Vitória respondeu no lance seguinte. Em cobrança de escanteio Neílton, a defesa gremista afastou mal e a bola sobrou na entrada da área para José Welison concluir forte em direção à meta. Contudo, o zagueiro Pedro Geromel apareceu a tempo e a redonda desviou na coxa do jogador e saiu para mais um escanteio.

Um minuto depois, em jogada individual, o atacante David passou pela marcação e finalizou muito forte e o goleiro Paulo Victor fez boa defesa.

A pressão do Vitória deu certo e aos 16 minutos, o time baiano abriu o placar. Depois de bela troca de passes entre David, Fillipe Souto e Patric, o lateral recebeu, livre na esquerda em posição irregular e ficou cara-a-cara com o arqueiro gremista. O jogador afundou o pé para balançar as redes no estádio Alfredo Jaconi.

Nem deu muito para o torcedor do Leão comemorar, pois dois minutos depois, o Grêmio com Fernandinho. Em ataque pela esquerda, o lateral Leonardo fez bonita tabela com o meia Ramiro e cruzou para a área. O atacante Fernandinho subiu mais alto e desviou para deixar tudo igual na Serra Gaúcha.

Aos 25 minutos, após cobrança curta de escanteio, a bola rodou de pé em pé até chegar no meia Ramiro que, de de fora da área, mandou uma bomba no ângulo. A redonda tinha lugar certo para entrar, mas o goleiro Fernando Miguel saltou e fez grande defesa, impedindo a virada do Tricolor Gaúcho. Aos 32 minutos, em ataque pela direita, Neilton cruzou para a área, a bola passou toda extensão até David ficar com a redonda na esquerda. O atacante colocou novamente na área e Tréllez subiu sozinho, mas cabeceou mal, para fora.

O Vitória quase voltou a ficar na frente do marcador aos 45 minutos. Após cobrança de lateral direto na área, um bate-rebate iniciou na pequena área gremista até a redonda sobrar no pé do atacante Neílton. Contudo, o jogador chutou alto demais, desperdiçando a chance de colocar o Leão na frente.

Antes do apito final, o craque gremista Luan quase fez um gol de placa. O jogador fez uma bela jogada, dando um lençol em Ramon, e, sem deixar a bola cair, bateu de primeira visando o ângulo esquerdo de ataque. Porém, o arqueiro Fernando Miguel defendeu com tranquilidade a conclusão, agarrando a redonda com as duas mãos.

SEGUNDO TEMPO

Os dois times retornaram do vestiário para o gramado do estádio Alfredo Jaconi sem alterações. Em boa marcação da equipe baiana, Fernandinho perdeu a bola no meio de campo e o Vitória armou um contra-ataque rápido, aos 4 minutos. Na jogada, Tréllez recebeu na entrada da área, puxou para finalizar com o pé esquerdo, mas o chute saiu muito alto e passou sob a meta defendida pelo goleiro Paulo Victor.

Aos nove minutos, após cobrança rápida de falta no meio de campo, Luan recebeu próximo à grande área e ergueu na segunda trave. O atacante Fernandinho aparecia pelo setor, mas cabeceou alto, sob o gol de Fernando Miguel.

O Vitória ficou com um jogador a menos aos 13 minutos do segundo tempo. No lance, Fillipe Souto, o único atleta com amarelo na partida até então, fez falta em Ramiro, recebeu o segundo amarelo e consequentemente o vermelho.

Com um jogador a mais na partida, o Grêmio iniciou uma blitz. Aos 14 minutos, Ramiro recebeu na direita da área e tocou na pequena área para o centroavante Lucas Barrios, livre, desviar para o gol. O goleiro Fernando Miguel fechou os espaços e fez mais uma bela defesa no jogo. Um minuto depois, Ramiro colocou na área novamente, o arqueiro do Vitória espalmou e, no rebote, Leonardo pegou fraco na redonda.

Aos 18 minutos, o Luan marcou para o Grêmio, mas, em posição irregular, o lance foi corretamente anulado pela arbitragem. Dois minutos depois, novamente Luan recebeu e arriscou um chute colocado de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e o arqueiro Fernando Miguel chegou a saltar, mas a redonda passou rente à trave esquerda de defesa.

O Vitória se retrancou e o Grêmio se jogou para o ataque, porém o time gaúcho encontrava dificuldades para furar a barreira baiana. Aos 37 minutos, Jael recebeu na ponta direita e tocou para Luan finalizar, dentro da área. A bola explodiu na marcação e saiu para escanteio. Aos 45 minutos, após contra-ataque rápido, o Vitória chegou a marcar um gol, mas a arbitragem assinalou o impedimento.

As duas equipes retornam a campo no meio de semana pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), o Grêmio enfrenta o São Paulo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). Na quinta-feira, às 20h (de Brasília), o Vitória encara a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 1 VITÓRIA

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

Data: 12 de novembro de 2017, domingo

Horário: 17h (de Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza – SP

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho – SP  e Bruno Salgado Rizo – SP

GOLS

Grêmio: Fernandinho, aos 18 minutos do primeiro tempo

Vitória: Patric, aos 16 minutos do primeiro tempo

CARTÕES AMARELOS

Grêmio:

Vitória: Fillipe Souto (duas vezes), Kanu

CARTÃO VERMELHO

Vitória: Fillipe Souto

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Leonardo (Éverton); Jaílson (Jael), Arthur, Ramiro, Luan e Fernandinho (Patrick); Lucas Barrios.

Técnico: Renato Portaluppi

VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric, Bruno Bispo, Kanu e Geferson; José Welison, Ramon, Fillipe Soutto e Neílton (Caíque Sá); Santiago Tréllez (André Lima) e David (René Santos).

Técnico: Vagner Mancini

Gazeta Esportiva

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Seca compromete 70% dos açudes da PB e cidade tem água até esta quarta

Foto: Divulgação/Cagepa

A estiagem continua a castigar os municípios paraibanos, agora com o início da primavera, e com isso 71% dos açudes do estado estão em situação de observação ou crítica. Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). A chegada da água do São Francisco ainda não resolveu grande parte dos problemas hídricos do estado.

Conforme a Aesa, dos 127 açudes monitorados pela agência, 35 estão com capacidade superior a 20%; 40 estão em situação de observação, com capacidade entre 20% e 6%; e 50 (entre eles 15 totalmente secos) estão em situação crítica, com capacidade menor que 5%. Apenas dois açudes estão sangrando: o Olho d’água, que fica em Mari; e São José II, que fica em Monteiro.

Um dos municípios que sofre com sérios problemas de estiagem é Emas, no Sertão paraibano, a 380 quilômetros de João Pessoa, onde o abastecimento de água só está garantido até esta quarta-feira (18).

Situação dos grandes açudes

Sobre os maiores mananciais do estado, que possuem mais de 100 milhões de metros cúbicos (m³) de capacidade, a situação é de emergência.

No açude de Acauã, em Itatuba, o manancial tem 5,12% ou 12,9 milhões de m³ do total de 253 milhões de m³. Em Cajazeiras, o açude Engenheiro Ávidos registra 4,19% ou 10,6 milhões de m³ do total de 255 milhões de m³.

O açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão (que abastece Campina Grande), tem 9,01% ou 37 milhões de m³ do total de 411,6 milhões de m³. Já no açude Mãe d’Água, em Coremas, o saldo é de 4,34% ou 24,6 milhões de m³ do total de 567,9 milhões de m³.

Maior manancial do estado, o açude Coremas, em Coremas, registra 6,17% ou 36,4 milhões de m³ do total de 591 milhões de m³.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Fortaleza vence o Belo, que sofre quarta derrota seguida na Série C do Brasileirão

Botafogo-PB e Fortaleza se enfrentaram em busca da reabilitação na Série C na noite desta sexta-feira (21), no estádio Almeidão, em João Pessoa. Jogando mal, o time paraibano sofreu a quarta derrota consecutiva e pode deixar o G4 no fim da rodada. Os dois gols da equipe adversária foram marcados por Bruno Melo. 

Jogando em casa, o Belo começou a partida tentando pressionar e, nos primeiros minutos, rondava bastante a área. Sem muita efetividade, mas controlava as ações do jogo. Mas logo na primeira chegada, o Leão do Pici abriu o placar. Aos 11 minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Bruno Melo se antecipou e, no primeiro pau, desviou de cabeça e mandou no canto direito do goleiro para abrir o placar.

Depois do gol sofrido, a equipe pessoense sentiu a pressão e pouco conseguiu criar. A chance mais clara foi em um chute de fora da área de Cleyton, aos 14 minutos, que passou à direita da meta cearense. O Fortaleza se fechou e neutralizou as infiltrações botafoguenses, que aconteciam sempre pelo meio de campo, e assim conseguiu levar a vantagem para o intervalo do jogo.

No segundo tempo, o time da Capital seguia sem conseguir se organizar. O técnico Itamar Schülle voltou com Lito na vaga de Rafael Cruz, mas pouca coisa mudou. Sem conseguir criar, o Belo teve mais de 20 minutos para jogar com um jogador a mais, quando Jefferson foi expulso, aos 25 minutos. Mas ainda assim o time sofria com a criação e também com o visível nervosismo dos jogadores.

A única chance clara de empate no segundo tempo veio aos 42 minutos, quando depois de cruzamento da esquerda, a bola sobrou na grande área para Lito, que encheu o pé, mas mandou a bomba por cima do gol.

Já quase no final da partida, aos 48 minutos, Lito cometeu pênalti em Everton. Na cobrança, Bruno Melo mandou no meio do gol, marcou o segundo dele na partida e fechou o placar. Logo na sequência o árbitro apitou o fim do jogo.

 Voz da Torcida

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br