Arquivo da tag: proximidade

Para evitar proximidade com partidos “golpistas”, PT-PB prepara Plano B e já admite candidatura própria em 2018

O Partido do Trabalhadores na Paraíba, atualmente alinhado com o governo estadual, sob o comando do governador Ricardo Coutinho (PSB), já admite levantar um voo solo, nas eleições de 2018, na disputa pelo Governo da Paraíba, caso o PSB decida se alinhar com alguns dos partidos que participaram ativamente para o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

A hipótese foi defendida nesta terça-feira (02) pelo deputado estadual Anísio Maia (PT).

Ele disse que o partido não fará aliança com nenhuma sigla “golpista” e para evitar surpresas futuras o PT já tem como plano B o lançamento de uma candidatura própria ao Governo do Estado. O nome, no entanto, ainda não foi definido.

“O PT não tem medo de eleição. O PT tem um plano B. Se a nossa proposta não for vitoriosa, nós vamos ter candidato sim a governador da Paraíba em 2018. O primeiro plano é a união das forças, juntar o PSB, o PT, o PC do B, partidos de esquerda, personalidades independentes, todos que forma contra o golpe a fim de continuarmos juntos lutando não apenas pelo Brasil, mas também pela Paraíba. Se não for assim, teremos candidato a governador, sem nenhum problema, assim como fizemos em 2016, na disputa pela prefeitura de João Pessoa, também lançaremos um nome par ao Governo do Estado. O PT tem garra para enfrentar qualquer dificuldade”, avisou Maia.

Entre os partidos que Maia descartou aproximação estão o PMDB do senador José Maranhã, o PSDB do senador Cássio Cunha Lima e o PSD do deputado federal Rômulo Gouveia.

“Caso o PSB estabeleça um acordo com o PMDB e o candidato seja Raimundo Lira, nós jamais aceitaremos. Se o PMDB, o PSDB ou outro partido golpista como o PSD vir para aliança nós também não apoiaremos. O PT tem um compromisso nacional firmado que impõe que nós não iremos apoiar nenhum golpista. Não tem acordo. E se Cartaxo vier para o bloco do governador, nós também não apoiaremos. Onde tiver golpista a gente não fica”, arrematou.

DISPUTA PELO SENADO

Na disputa por duas vagas no Senado Federal, o deputado Anísio Maia não precisou esperar chegar a 2018 para apresentar os planos do PT. “Luiz Couto será o nosso senador. É único candidato que pode bater no peito e dizer ‘eu tenho a ficha inteiramente limpa, eu sou transparente, eu só votei em propostas que defendiam o povo, eu nunca votei em proposta indecorosa’. Só tem um que eu conheço que possa ser senador na Paraíba. Chama-se Luiz Couto”, declarou o deputado.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Tentativas de censura a jornalistas aumentam com a proximidade das eleições no Brasil

Faltando cerca de um mês para as eleições municipais no Brasil, as notícias de cerceamentos judiciais a jornais e blogs se multiplicam, informou o Blog Jornalismo nas Américas.


Organizações internacionais alertaram para o risco de censura togada. Em relatório divulgado no início de 2011, a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) demonstrou preocupação com a “perseguição judicial” a jornalistas.Casos recentes
Na segunda-feira (3/9), o jornalista Fernando Conceição denunciou ter sido vítima de tentativa de censura do candidato a prefeito de Salvador, empresário Mário de Mello Kertész. O político foi à justiça exigir a retirada do blog do repórter de uma série de matérias publicadas no jornal A Tarde que denunciam um rombo de 200 milhões de dólares na prefeitura durante sua gestão.

O site Jornal Oeste também foi alvo da Justiça Eleitoral e ficou proibido de publicar matérias sobre as eleições em Cáceres, no interior do Mato Grosso, por supostamente dar tratamento prioritário a um candidato à prefeitura da cidade.
No último sábado (1/9), o blogueiro Tarso Cabral Violin denunciou em seu site a tentativa de censura do prefeito de Curitiba Luciano Ducci, que entrou com uma ação e conseguiu na justiça de duas multas que somam o valor de mais de R$ 100 mil ao blogueiro.
No Mato Grosso do Sul, agentes da Polícia Federal invadiram o jornal Correio do Estado, por determinação de uma juíza eleitoral para impedir a circulação da edição de quinta-feira (30/8) que, supostamente, continha resultados de uma pesquisa eleitoral. O episódio foi classificado como censura prévia ilegal pela Associação Nacional de Jornais (ANJ).
Portal IMPRENSA