Arquivo da tag: processo

IFPB abre Processo Seletivo para Cursos Técnicos com mais de mil vagas

O Instituto Federal da Paraíba divulgou o edital do Processo Seletivo para os Cursos Técnicos Presenciais, na modalidade subsequente ao ensino médio, para ingresso no segundo semestre letivo de 2019.

São 1110 vagas distribuídas nos campi  Areia, Cabedelo, Cabedelo Centro, Cajazeiras, Campina Grande, Esperança, João Pessoa, João Pessoa/Mangabeira, Monteiro, Patos, Pedras de Fogo, Picuí, Princesa Isabel, Santa Luzia, Soledade e Sousa.

As inscrições estarão abertas no período de 06 a 24 de maio e poderão se inscrever os candidatos que tenham concluído ou que estejam concluindo o ensino médio. Além disso, deverão apresentar a documentação constante do edital e preencher, eletronicamente, todos os itens do Formulário de Inscrição, disponibilizado no endereço eletrônico do Portal do Estudante, inclusive o Questionário Socioeconômico.

Os cursos oferecidos são Técnico em Agropecuária, Técnico em Cuidados de Idosos, Técnico em Edificações, Técnico em Eletrônica, Técnico em Eletromecânica, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Equipamentos Biomédicos, Técnico em Informática, Técnico em Instrumento Musical, Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, Técnico em Mineração, Técnico em Mecânica, Técnico em Restaurante e Bar, Técnico em Meio Ambiente, Técnico em Química, Técnico em Serviços Jurídicos e Técnico em Secretariado.

Confira todas as informações no Edital nº 55/2019.

Para o curso de Técnico em Instrumento Musical, confira as informações no Edital nº 56/2019.

Assessoria 

 

 

Começam nesta quinta inscrições para processo seletivo do Sisu

A partir desta quinta-feira (2), instituições públicas de educação superior já podem aderir à edição do segundo semestre de 2019 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo para formalização da adesão vai até as 23h59 do dia 10 de maio e deve ser feita exclusivamente pela página eletrônica do Sisu Gestão.

O Sisu é um sistema informatizado do Ministério da Educação pelo qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Podem concorrer às vagas do segundo semestre deste ano estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação.

Os candidatos se inscrevem no processo seletivo em até duas opções de vaga, especificando, em ordem de preferência, as opções em instituição de educação superior participante, com local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência. Serão considerados selecionados os classificados dentro do número de vagas ofertadas em cada curso, por modalidade de concorrência.

Agência Brasil

 

Processo Seletivo de Chió (REDE) torna-se referência para Deputados  

O Deputado Estadual Chió (REDE) utilizou as redes sociais para celebrar a contratação de mais uma profissional para atuar na Assembleia Legislativa, a partir do Processo Seletivo inédito realizado pelo seu gabinete parlamentar, no início do mandato.

De acordo com Chió (REDE), com boas práticas legislativas, quem ganha é a sociedade paraibana e a política. “Foram mais de dois mil profissionais inscritos para as três vagas que disponibilizamos em nosso gabinete. Um ação nunca feita por nenhum outro deputado, na Paraíba”, relatou Chió.

O parlamentar informou que de forma visionária e sensível, a deputada Estadual Pollyanna Dutra (PSB) pediu acesso ao banco de currículos que ficou sob custódia do seu gabinete, após o processo seletivo.

“A atitude da deputada Pollyanna Dutra (PSB) foi generosa e sensível. Seu gabinete não apenas avaliou os currículos que guardamos, mas, entrevistou e contratou uma profissional para atuar na assessoria de comunicação do seu mandato”, explicou Chió.

O parlamentar informou que o banco de talentos construído durante o processo seletivo, está disponível para qualquer deputado da Casa, que, assim como Pollyanna Dutra (PSB), deseja oferecer oportunidade aos profissionais paraibanos.

“Minha satisfação é imensa. Agradeço a confiança da deputada Pollyanna Dutra (PSB), pois, isso demonstra a credibilidade e a lisura do processo seletivo que realizamos. O que não falta são profissionais de excelência querendo ajudar a melhorar a política. A gente só precisa oferecer oportunidade”, comemorou Chió.

Fonte: Ascom Deputado Estadual Chió (REDE)

Foto – Dep Pollyanna Dutra – Jornalista Othacya Lopes – Dep Chió

 

Entenda o passo a passo do processo de adoção na Paraíba

(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Na Paraíba, existem, atualmente, 563 pretendentes à adoção registrados no Cadastro Nacional de Adoção (CNA). No entanto, desde a decisão de adotar até a conclusão do processo existe uma série de etapas que precisam ser observadas. Uma das principais dúvidas e receios se refere ao tempo de duração do processo, que segundo o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) depende, em grande parte, das restrições estabelecidas pelos adotantes.

A Rede Paraíba de Comunicação e o TJPB estão promovendo a campanha “Não resista ao amor. Adote’”, que visa sensibilizar, despertar o interesse e esclarecer questionamentos da população a respeito do processo.

De acordo com o Coordenador da Infância e Juventude do TJPB, juiz Adhailton Lacet, é essencial entender que ao adotar, a responsabilidade de orientar e amar a criança ou adolescente é assumida. “É uma decisão séria porque você vai chamar para compor a sua família uma outra pessoa, que estava ali destituída do poder familiar, e que você vai chamar para o seu seio familiar para dar carinho e amor durante toda a sua vida. É uma decisão que não pode ter arrependimento”, ressaltou.

Além disso, o coordenador destacou a importância de conhecer todas as etapas do processo de adoção, antes de iniciá-lo. “Deve-se obedecer algumas normas procedimentais. Daí o processo ser um pouco demorado, porque cada caso é analisado isoladamente. Então é importante fazer com que os pretendentes conheçam o rito processual e vejam como é fundamental ter a participação do Ministério Público, das equipes multidisciplinares, da Defensoria Pública e a decisão do juiz homologando e julgando esse processo”, afirmou.

No entanto, ele também explicou que ao longo de todas as etapas os pretendentes são acompanhados por diferentes profissionais e podem esclarecer suas dúvidas, além de poderem consultar a cartilha disponibilizada no site do TJPB. “Daí a importância de participar dos cursos de adoção que são ministrados pelo Poder Judiciário e ouvir, sobretudo, os conselhos e as orientações que são dados pela equipe multidisciplinar da Vara da Infância e Juventude”, pontuou.

Quem pode adotar e como?

Qualquer pessoa maior de 18 anos, independente do estado civil, credo religioso, orientação sexual ou aspectos econômicos pode adotar. No entanto, o pretendente deve ser, pelo menos, 16 anos mais velho que o adotando e estar disposto a oferecer um ambiente familiar adequado para o desenvolvimento da criança ou adolescente.

Uma das modalidades legalizadas de adoção ocorre por meio do Cadastro Nacional de Adoção (CNA), quando uma equipe da Vara da Infância e Juventude cruza as informações no sistema e encaminha a criança ou adolescente para a pessoa ou casal que se encontra na fila de pretendentes.

Já nos casos em que um dos cônjuges ou companheiro decide adotar o filho do outro, acontece a chamada adoção unilateral, na qual mantém-se a relação de filiação do adotado com o pai ou a mãe, incluindo, apenas, a nova relação de parentesco.

Além disso, em algumas situações, também é permitido que a mãe biológica entregue diretamente seu filho à alguém. As situações específicas envolvem adoção unilateral; adoção em família, desde que haja afetividade ou afinidade; ou casos em que o adotante for tutor ou guardião legal de criança maior de três anos de idade.

Para adoção conjunta, quando duas pessoas adotam uma criança ou adolescente, é necessário comprovar a estabilidade familiar, por meio do casamento ou união registrada em cartório. Entretanto, nos casos em que o estágio de convivência for iniciado enquanto o casal ainda mantinha um relacionamento, é possível dar continuidade ao processo, contanto que haja um acordo entre as partes sobre a guarda, o regime de visitas e que exista um laço afetivo entre os pretendentes e o adotando.

Passo a passo

O primeiro passo é buscar a Vara da Infância e da Juventude do município ou, nos casos em que não exista uma justiça especializada no local, como em algumas cidades do interior, outra unidade que cumpra essa função, para esclarecer dúvidas e obter mais informações. Em seguida, é necessário apresentar alguns documentos para dar início ao processo de habilitação para adoção.

Lista de documentos necessários

  • Cópia autenticada da Identidade;
  • Cópia autenticada do CPF;
  • Cópia autenticada da Certidão de Nascimento, se solteiro, ou Certidão de Casamento ou Declaração de União Estável;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de rendimentos ou declaração equivalente;
  • Atestado médico de sanidade física;
  • Atestado médico de sanidade mental (emitido por médico psiquiatra);
  • Comprovantes de inexistência de antecedentes judiciais cívil e criminal;
  • Comprovante de inexistência de antecedentes criminais;
  • Uma foto 10×15 dos requerentes (incluindo filhos, se houver);
  • Certidões de Nascimento de todos os filhos (menores de idade), se houver;
  • Certidão de Nascimento da criança ou do adolescente, em caso de adoção unilateral;
  • Demais documentos que a autoridade judiciária solicitar.

Após o preenchimento do cadastro, os pretendentes passam por uma entrevista com uma equipe formada por psicólogos, assistentes sociais e pedagogos. O objetivo é entender as motivações e expectativas dos candidatos e conhecer as características desejadas no adotando.

A escolha dos aspectos esperados pelos adotantes – como idade, sexo, raça, com irmãos ou sem – interferem diretamente no tempo de duração do processo, uma vez que quanto mais restritas essas exigências forem, menores são as chances de aparecer alguém que se encaixe nesse perfil.

Em seguida, os interessados são encaminhados para participar de um curso de preparação psicossocial e jurídica para adoção, organizado pela Vara da Infância e Juventude. Nesse período, os pretendentes recebem algumas orientações e conhecem experiências de famílias que já passaram pelo processo.

Na quarta etapa, um grupo de profissionais visita a residência dos interessados em adotar e realiza um estudo. Com base nessas informações, o Ministério Público e o Juiz da Infância e Juventude emitem um parecer quanto ao pedido dos pretendentes. Se aprovados, os adotantes serão incluídos no CNA e, assim que uma criança ou adolescente dentro do perfil escolhido estiver disponível, a equipe técnica da Vara deve entrar em contato para iniciar um estágio de aproximação.

Para cada habilitação é possível estabelecer apenas uma adoção, que poderá ser de uma criança ou adolescente ou de um grupo de irmãos, desde que todos sejam do mesmo grupo, para valorizar a manutenção dos vínculos fraternais. Se o pretendente desejar realizar uma nova adoção, ele deverá dar início a um novo processo.

O que são os estágios de convivência e aproximação?

Durante esse período, os pretendentes e os adotandos irão conhecer as expectativas, histórias de vida e particularidades um do outro, para que os laços possam se formar e os riscos sejam minimizados. Essa aproximação é feita gradualmente e com a supervisão de uma equipe da Vara. Contudo, nos casos de crianças com menos de um ano de idade, esse período pode ser dispensado.

Após o tempo de aproximação, que acontece, geralmente, com passeios externos, pernoites na casa do adotante e visitas à instituição de acolhimento, os pretendentes têm direito a guarda provisória da criança ou do adolescente, que passa a morar com eles.

A decisão

A sentença definitiva é dada quando a criança já está inserida na família e, com base nos laudos judiciais, o tribunal entende que o adotante atende ao melhor interesse do adotado. A partir daí, pais e filhos adotivos passam a ter todos os direitos e deveres dos biológicos.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Com parecer pela absolvição, processo contra Berg será votado sexta

Com parecer favorável da Comissão Processante, por 2 a 1, pela absolvição, o prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, será julgado nesta sexta-feira (29) pela Câmara Municipal,  pela denúncia que pede a cassação do mandato dele por prática de infração político-administrativa.

A vereadora Francineide Barbosa de Souza, a França (Podemos), que é a relatora do caso, apresentou parecer favorável à improcedência da denúncia e foi acompanhada em seu voto pelo vereador Jeferson Kita (PSB), presidente da Comissão. Já a vereadora Maria das Neves Gomes Medeiros, a Dedeta (PSD), votou pela condenação de Berg e procedência da denúncia. Berg foi flagrado em um vídeo recebendo suposta propina de um empresário em troca do pagamento de dívidas da gestão passada. A defesa alega, que ele foi vitima de uma armação e o pagamento que recebeu teria sido para pagamento de empréstimos.

O parecer aprovado pela comissão já foi encaminhado ao presidente da Casa, Mauri Batista da Silva, o Noquinha (Livres), que já convocou a sessão para o caso ser apreciado e julgado pelos demais vereadores.  Para ser cassado, são necessários 12 votos dos 17 vereadores.

Rito do Julgamento

O advogado Aécio Farias, procurador da Câmara de Bayeux, explicou como será o rito do julgamento no Plenário da Casa. Com a abertura da sessão cada vereador poderá falar por até 15 minutos, será lido o relatório e o advogado de defesa e Berg poderão falar por até uma hora e meia para as alegações orais, sendo depois iniciada a votação nominal dos parlamentares. “Se houver 2/3, ou seja, o voto de 12 dos 17 vereadores Berg será cassado. Se ele tiver seis votos em seu favor, será absolvido”, explicou.

A acusação do Ministério Público da Paraíba resultou na abertura de uma ação penal contra Berg Lima que está em tramitação no Tribunal Justiça da Paraíba (TJPB). Assim como na investigação da Câmara, se for considerado culpado o prefeito afastado pode perder o mandato e se tornar inelegível. Berg Lima está afastado da prefeitura desde o dia 5 de julho, quando foi preso após ser flagrado no vídeo citado. No dia 28 de novembro, o gestor foi solto após o STJ acatar parcialmente habeas corpus impetrado por sua defesa.

Prefeito Interino também está sendo investigado pela Câmara

O prefeito Interino de Bayeux, Luiz Antonio (PSDB), também está sendo processado pela Casa, por denúncia que pode resultar na cassação de seu mandato. O gestor será ouvido pela comissão na próxima terça-feira (2), à tarde, após depoimento do deputado federal André Amaral (PMDB), tido como vítima, e das testemunhas apresentadas em sua defesa.

Luiz Antonio foi denunciado após ser gravado em um áudio orientando auxiliares a utilizar os meios necessários para atacar o deputado federal André Amaral e o pai dele.

Com a conclusão da fase de depoimentos, a comissão processante, que é presidida pelo vereador José Eraldo Barbosa da Cunha, o Lico (PSB), tem como relator o vereador Uedson Luiz da Silva, o Orelha (Livres), e como membro o vereador Roberto da Silva, o Betinho RS (Podemos), vai abrir o prazo de cinco dias para alegações finais da defesa. Depois o relator terá o prazo de até 10 dias para apresentação do relatório final à comissão, que em seguida levará o caso para ser julgado pelo Plenário da Câmara.

O prefeito interino também foi denunciado em um vídeo que supostamente o mostrava pedindo propina a um empresário, que serviria para financiar a divulgação do vídeo que teria levado o prefeito da cidade, Berg Lima, à prisão. Mas este caso específico não está sendo investigado pela comissão.

Com informações de Adriana Rodrigues, do Jornal Correio da Paraíba.

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

81% aprovam abertura de processo para investigar Temer por corrupção, diz Ibope

Uma pesquisa do Ibope encomendada pela ONG Avaaz avaliou o posicionamento dos eleitores brasileiros sobre a atuação dos deputados federais na sessão de votação que pode definir a abertura de um processo contra o presidente Michel Temer. A votação está marcada para quarta-feira (2) no plenário da Câmara.

O Ibope Inteligência perguntou aos entrevistados: “o senhor ou senhora acredita que os deputados federais devem votar a favor ou contra abertura do processo que torna o presidente Michel Temer réu por crime de corrupção?”

  • A favor: 81%
  • Contra: 14%
  • Não sabe/não respondeu: 5%

O Ibope ouviu 1 mil pessoas por telefone entre os dias 24 e 26 de julho. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, e a margem de erro máxima é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

G1 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Detran-PB terá mudanças no processo de habilitação de condutores a partir desta segunda

Outra medida para desburocratizar será a implantação, em breve, das provas teóricas on-line, estendida a todos os postos e Ciretrans do Estado (Foto: Walla Santos)

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) vai implementar mudanças para agilizar o atendimento, desburocratizar e diminuir a demanda na sede, Ciretrans e postos da autarquia. A partir da próxima segunda-feira (5), os Centros de Formação de Condutores (CFCs) da Paraíba serão os responsáveis pela abertura do processo de carteiras de habilitação (CNHs) dos candidatos que frequentam as autoescolas.

Segundo o superintendente do Detran da Paraíba, Agamenon Vieira, cerca de 75 autoescolas no Estado serão responsáveis pelo cadastro do aluno, pela emissão do formulário do Renach (Registro Nacional de Carteira de Habilitação) e pela marcação do Exame Psicotécnico.

Ele destacou o diálogo e o estreitamento da relação de confiança com as autoescolas ao longo do último ano, enfatizando que a ação acabará com as filas no setor de atendimento, evitando constrangimentos e atrasos aos candidatos.

Outra medida para desburocratizar será a implantação, em breve, das provas teóricas online, estendida a todos os postos e Ciretrans do Estado, para atendimento aos candidatos de cada região. A cidade de Guarabira será pioneira nessa mudança, com início programado para a próxima segunda-feira.

Telemetria – O superintendente também reforçou a implantação do sistema de Telemetria (monitoramento das aulas práticas de dentro dos veículos das autoescolas) a partir de 1º de julho.

Segundo a Portaria nº 93, de 18 de maio de 2017, “Os CFCs deverão instalar, até o dia 01/07/2017, em pelo menos um veículo utilizado para a prática de direção, os equipamentos necessários e capazes de permitir a anotação, transmissão e recepção dos relatórios de avaliação elaborados pelos instrutores, relativos às aulas práticas de direção veicular”.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Serra da Raíz: Prefeitura lança processo seletivo com 06 vagas

processo seletivo A Prefeitura Municipal de Serra da Raiz através da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social, lançou edital de processo seletivo Público para Profissionais da Área de Assistência Social, em caráter de Excepcional Interesse Público. As inscrições vão desta segunda-feira (13) até o dia 15/02.

As vagas: sendo 01 vaga para entrevistador(a) do cad único e bolsa família; 01 vaga para facilitador(a) de Música; 01 vaga para facilitador(a) de artesanato; 01 vaga para facilitador(a) de dança; 01 vaga para facilitador(a) de esportes; 01 vaga para facilitador de muay thai. Ambas com carga horária de 40 horas semanais e remuneração de 1 salário minimo.

veja edital com informações de inscrições e como se dará o processo seletivo acessando o link abaixo

http://www.serradaraiz.pb.gov.br/prefeitura-lanca-processo-seletivo-com-06-vagas/

 

blogdofelipesilva

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Cagepa abre inscrição para Processo Seletivo de estágios em 27 cursos

cagepaEstão abertas até o próximo dia 12 de fevereiro as inscrições para o processo seletivo de estágio na Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). A inscrição é gratuita e deverá ser feita por meio do site do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) www.ciee.org.br até as 17h do domingo (12).

Para nível superior, estão sendo disponibilizadas vagas para os cursos de Administração, Arquivologia, Automação Industrial, Biologia, Biomedicina, Ciências Contábeis, Comunicação Social (Jornalismo), Direito, Enfermagem, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Informática (Engenharia da Computação e Ciências da Computação), Psicologia, Química, Química Industrial, Serviço Social e Tecnologia em Geoprocessamento.

Já para cursos de nível técnico profissionalizante, as oportunidades são para técnico em Contabilidade, técnico em Edificações, técnico em Eletrônica, técnico em Eletrotécnica, técnico em Informática, técnico em Mecânica e técnico em Segurança do Trabalho.

De acordo com o Edital publicado pelo CIEE, para ingressar no estágio, no caso de nível superior, o candidato deverá estar regularmente matriculado no 4º período em diante ou equivalente, para os cursos com graduação em 10 períodos ou cinco anos; no 4º período em diante ou equivalente, para cursos com graduação em oito períodos ou quatro anos; e no 3º período em diante ou equivalente, para os cursos com graduação em seis períodos ou três anos. Para os casos de nível técnico profissionalizante, a exigência é que o aluno esteja cursando o 2º semestre do curso ou equivalente.

Segundo informou a gerente de Capital Humano da Cagepa, Gicelle Alcântara, o estágio tem carga horária de 20 horas semanais (de segunda a sexta-feira), com jornadas diárias de 4 horas; bolsa auxílio no valor de R$ 650 (seiscentos e cinquenta reais) mensal, além de auxílio transporte, no valor de R$ 90 por mês. As vagas são para as cidades de João Pessoa, Campina Grande e Sousa, na Paraíba, e a prova objetiva está marcada para o próximo dia 19 de fevereiro.

O Edital do Processo Seletivo encontra-se disponível no site do CIEE.

Secom-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Aberto Processo Seletivo para Diretor escolar em Bananeiras

Gestao-Escolar-CursoBuscando sempre a melhoria nos serviços ofertados a comunidade, a Prefeitura de Bananeiras lançou na ultima quarta-feira (18), edital do processo seletivo para Diretor das unidades escolares do Município.

As inscrições estão abertas até a próxima sexta-feira (27), na Secretaria de Educação do Município localizado na Rua Monsenhor José Pereira Diniz, s/n centro. Nos horários de 8h às 12h e das 14 às 17h.

Só poderão se inscrever os professores de carreira efetiva do Magistério Municipal e que detenham a formação mínima de graduação. Toda inscrição deverá constar: nome do candidato a titular (Diretor/a), indicação de qual unidade educacional está concorrendo, Curriculo Vitae (atualizado com os comprovantes) e o Plano de Trabalho a ser desenvolvido na função de gestor da unidade a qual se inscreveu.

O edital está disponível no link:  Edital para Diretores Escolares

Ascom-PMB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br