Arquivo da tag: prevenir

5 dicas para prevenir a Síndrome de Burnout (Esgotamento Profissional)

Augusto Jimenez, psicólogo e especialista em carreiras, aponta os melhores caminhos

Tendinite, síndrome do Túnel do Carpo, Dedo em gatilho: doenças comuns causadas pela repetição dos movimentos. Quem nunca escutou falar de alguém que tinha essas moléstias, geralmente ocasionadas nos locais de trabalho, em meados dos anos 90/2000. Com o advento das máquinas, entre elas o computador, o trabalho repetitivo veio acompanhado com esses sintomas físicos em muitos trabalhadores. Em contraponto, de 2010 para 2019, o “boom” das doenças no trabalho são relacionadas a mente dos indivíduos.

Tendinite teve uma diminuição da década de 90 para cá – Já as síndromes mentais aumentaram

Isso aconteceu porque as máquinas e materiais que as pessoas utilizam para exercer as suas atividades laborais evoluíram dos anos 90 para essa década. Os computadores ficaram mais “leves”, trabalhos repetitivos manuais foram substituídos por outras formas de montagem, entre outros, e por isso houve uma queda do registro das lesões por esforços repetitivos, conhecido como LER. Entretanto, com a evolução da tecnologia, as pessoas, em um geral, estão mais expostas a uma quantidade robusta de informações. E isso também acontece no ambiente de trabalho em que ficamos de 8 a 10 horas por dia. Acompanhada dessa evolução tecnológica e melhoria nos equipamentos de trabalho veio o excesso de responsabilidade para a maioria dos profissionais. Ainda, agravando esse quadro, muitas empresas estimulam uma competitividade não saudável.

Basta abrir as redes sociais e portais especializados em mercado profissional para ter acesso a uma gama de relatos de pessoas que sofrem com problemas psíquicos como depressão, ansiedade, bipolaridade, entre outros. É fato que muitos deles tem origem química e também influência genética, entretanto os ambiente competitivos, independente do tipo da carreira, tem contribuído e muito para o desenvolvimento de patologias mentais.

Seguindo nesse contexto, a síndrome de Burnout, descrita pelo médico americano Freudenberger, vem crescendo nos brasileiros. ” A problemática dessa síndrome é que ela pode ser confundida com outros problemas psíquicos. E no começo, ela parece ser algo “leve e temporário”, porém em poucos dias pode agravar o quadro do funcionário com uma depressão profunda”, explica Augusto Jimenez, psicólogo e especialista em carreiras da rede Minds Idiomas.

A Síndrome de Burnout é um estado físico, emocional e mental de exaustão extrema e acontece pelo excesso de trabalho e ambientes insalubres. Traduzindo do inglês – Burn (queima) e Out (exterior). Alguns sintomas dela são: Insônia, sentimento de incompetência ( Que não irá conseguir cumprir com os afazeres diário, dentro e fora do trabalho), tonturas, problemas gástricos, entre outros. O tratamento envolve psicólogo e alguns casos psiquiatra para receitar remédios como antidepressivos e ansiolíticos.

30% dos brasileiros sofrem a Síndrome de Burnout (Isma- International Stress Management Association)

” Temos 70 escolas de inglês no brasil. Nelas são mais de 10 mil estudantes em que aconselhamos também profissionalmente. Os relatos de problemas no trabalho só vem crescendo ano após ano. Ter hobbies e estudar outra língua alivia essa tensão do dia a dia. Percebemos isso conforme o aluno vai se desenvolvendo no curso”, explica Augusto Jimenez que acompanha os estudantes de perto ao longo de 15 anos.

Para ajudar você a manter uma qualidade de vida no trabalho e evitar a síndrome de Burnot, Augusto Jimenez, psicólogo da Minds Idiomas, rede de escolas que aconselha mais de 10 mil pessoas sobre carreira e mercado de trabalho, separou 5 dicas para aplicar hoje mesmo na sua rotina:

1) Faça atividades físicas regulares

De acordo com o cardiologista, Carlos Alberto Pastore, o excesso de informações que temos, no trabalho e fora dele, pode causar danos á memória e também na tomada de decisões. A nossa mente tem um limite para tomar decisões e com o excesso de atividades e responsabilidades pode-se tomar decisões ruins e o pior não priorizar as mais importantes. A prática de atividades físicas aliviam a tensão cerebral e faz com que o indivíduo se “desliguem” no momento do exercício das responsabilidades. Conclusão: a mente fica em um estado mais relaxado e por isso consegue tomar decisões melhores e lidar melhor com a pressão no trabalho. Afastando a síndrome de burnout.

2) Defina objetivos a curto prazo

Aqui vale escrever mesmo! Escreva as suas metas mensais, tanto profissionais quanto pessoais, aliviará a sua tensão diária no trabalho. Afinal, trabalhamos para viver e não o contrário. Perceber que se está trabalhando para um objetivo de vida faz com que a tensão seja mais dissipada. Equilibre as suas metas/objetivos entre lazer e responsabilidade. A chave é o equilíbrio.

3) Faça atividades que fujam da rotina

É importante incluir na sua semana pelo menos duas atividades que não tenham a ver com a sua carreira. Aprender um novo idioma para viajar e planejar a viagem são metas que sempre incentivamos na Minds idiomas em nossos estudantes e também colaboradores. Outras atividades podem ser: ler, ir ao cinema, joga video game, enfim! Aprenda algo novo e divertido.

4) Converse com o seu gestor

Adquira esse hábito mensalmente para definir as suas metas profissionais. Independentemente de você já estar sobrecarregado de trabalho ou não adquira esse hábito. Ao planejar antes com o seu superior quais são as suas atribuições e o que ele espera de você nesse período mensal fica mais fácil se organizar e perceber se as ações que estão lhe exigindo são realmente compatíveis com o tempo que você tem para executá-las. Ao se planejar, você perceberá que é possível fazer as atividades e a pressão diminuirá. Uma dica que você pode sugerir ao seu gestor são benefícios em viagens diante do cumprimento das metas da equipe anualmente. A maioria das empresas pagam o bônus individualmente e em dinheiro. Criar uma meta coletiva e em forma de experiencia, como uma viagem, aumenta o engajamento. Na Minds fazemos isso anualmente por meio da convenção anual.

5) Diminua o uso da tecnologia

Chegamos em casa temos a televisão, no trabalho temos o computador, e 24 horas temos os alertas no celular sobre o tempo, acidentes, clima, trânsito, notícias do brasil e do mundo. É claro que é importante saber do que acontece ao nosso redor, mas mais importante é saber o que acontece dentro de você e como você lida com isso. O uso excessivo do smartphone e outros aparatos tecnológicos tem causado doenças e dependência. Limite a quantidade de tempo que irá ficar exposto a eles. Caminhe um pouco, tenha contato com a natureza, e fique próximo de pessoas positivas.

Importante: Caso você apresenta os sintomas descritos nesse material procure o SUS. Há atendimento gratuito e com qualidade pela Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Desde o diagnóstico até a parte medicamentosa.

Sobre a Minds Idiomas
Com 11 anos de existência o segredo da rede de idiomas Minds é a tecnologia. Com 72 escolas em todo país, a Minds foi à primeira rede a implantar o ensino do inglês em tablets mantendo os livros físicos. Com especialistas em captação de conteúdo, a CEO Leiza Oliveira, tem a consciência que a forma de aprendizado de cada criança e adulto é individual. Personalização e inovação são as palavras que movem franqueados e alunos da rede. O tempo de duração do curso da Minds é de 18 meses e há outras modalidades de ensino personalizadas. Acesse o nosso site e conheça mais sobre o mundo Minds: www.mindsidiomas.com.br


Agência Queissada Comunicação

 

 

Bullyng: como identificar e prevenir

*Por Daniela Polidoro e Edson Knippel
“Isso é normal. Sempre existiu!”. “Todo mundo já praticou ou sofreu um dia. Não é nada”. “As crianças tem que resolver entre si”. Frases como essas são comuns quando o assunto é bullying”.

bullying é uma prática que sempre existiu de forma silenciosa em escolas e em outros ambientes sociais. No Brasil, desde o fato ocorrido no Rio de Janeiro em 2011, em uma escola da rede pública, quando um ex-aluno ingressou em suas dependências armado, e causou a morte de doze estudantes, se matando em seguida, o tema passou a ser mais debatido.

Embora não aconteça somente nas escolas, é lá que se verifica com mais frequência.

É necessário que os pais saibam o que é e como identificar a sua prática, para agir rapidamente, com o fim de evitar consequências mais graves.

bullying corresponde a um ato de violência física ou psicológica. Deve ser intencional e repetitivo. Geralmente ocorre sem motivação evidente e as vítimas preferidas são pessoas que de alguma forma são diferentes do grupo predominante, e por conta disso vulneráveis. O objetivo é intimar ou agredir, gerando desequilíbrio entre as partes envolvidas.

Trata-se de uma forma grave de opressão e de submissão de uma pessoa por outra, condenável tanto do ponto de vista religioso, como jurídico.

As espécies de bullying são as mais variadas possíveis. Abrangem a forma verbal, moral, sexual, social, psicológica, física e material. Mas a forma virtual tem sido muito utilizada e produz danos e consequências de grande proporção, por conta da disseminação do conteúdo, que é rápida e muito abrangente.

Muitas vezes os filhos não contam aos pais o que estão passando, seja por vergonha, receio ou ainda por tentar evitar demonstrar fraqueza. Sendo assim, os pais devem ficar atentos com alguns sinais que podem identificar o problema.

Baixa autoestima, dificuldade de relacionamento social e no desenvolvimento escolar, evasão escolar, alterações de humor, apatia, perturbações do sono, perda de memória, reações físicas (vômito, desmaio), fobia escolar, dentre outros, não podem ser desconsiderados.

Caso haja dúvida, é importante que os pais procurem a escola para relatar o problema. A escola deve tomar providências e não minimizar a situação. Uma das saídas possíveis é realizar uma mediação entre as partes, para solucionar a questão.

Se houver qualquer dificuldade ou se a escola se recusar em tomar alguma providência, deve ser procurado advogado que poderá intervir nessa questão.

Medidas cíveis e até mesmo criminais podem ser tomadas, em face da escola e dos pais do aluno que pratica bullying.

As consequências são muito graves e a prática do bullying não pode ser tolerada como algo normal, que grande parte dos alunos já experimentou em algum momento de sua formação escolar.

Deve existir prevenção, diálogo e, se necessário, intervenção jurídica para que consequência mais graves não ocorram.

Se você é pai ou mãe, fique atento.

Daniela Polidoro Knippel é advogada na área cível e especialista em Direito.

Edson Luz Knippel é advogado na área criminal. É Doutor, Mestre e Graduado em Direito pela PUC/SP. É Professor da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

 

Diabetes: tudo sobre a doença e como se prevenir

O diabetes é uma doença metabólica, pois está relacionado à forma como o corpo metaboliza os alimentos ingeridos. O papel do corpo é fazer o pâncreas produzir insulina suficiente para transformar glicose em energia. Quando isso não ocorre, ou não ocorre de forma adequada por qualquer motivo, o nível de glicose no sangue aumenta, gerando o diabetes.

Os sintomas do diabetes muitas vezes demoram a se manifestar ou a ser percebidos pelos pacientes, por isso recebe o pseudônimo de “a doença silenciosa”.

Confiram abaixo os tipos de diabetes, sintomas comuns, tratamentos e como evitar.

 

blogdamimis

SUS oferecerá remédio que pode prevenir a Aids

HIV-pilulaO Ministério da Saúde anunciou na terça-feira (19), que pretende incluir na lista de medicamentos gratuitos do SUS (Sistema Único de Saúde), até o fim do ano, o remédio que pode prevenir a infecção pelo HIV. A informação foi dada pela diretora do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do ministério, Adele Benzaken, durante a 21ª Conferência Internacional de Aids, na África do Sul, e confirmada pelo órgão federal.

Chamado de profilaxia pré-exposição (PrEP), mas mais conhecido como truvada — seu nome comercial —, o medicamento diminui as chances de contaminação pelo vírus da Aids quando tomado continuamente, mas pode trazer efeitos colaterais, como leves disfunções gastrointestinais e renais. A pílula de ingestão diária combina dois tipos de antirretrovirais (tenofovir e emtricitabitina) e é indicada para a população não infectada, mas que tem maior chance de contágio. Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), o remédio diminui em até 92% o risco de o vírus entrar nas células.

A estimativa do Ministério da Saúde é de que 10 mil pessoas tenham acesso ao medicamento no primeiro ano. “O remédio deverá ser ofertado em serviços especializados do SUS para populações com risco acrescido, como travestis, homens que fazem sexo com homens, transexuais e profissionais do sexo”, disse a pasta, em nota.

Em julho de 2014, a OMS divulgou diretriz recomendando que homens homossexuais utilizassem a PrEP como forma adicional de prevenção à infecção por HIV, além do preservativo. “As taxas de infecção por HIV entre homens que fazem sexo com homens continuam altas em quase todos os lugares do mundo e novas opções de prevenção são necessárias com urgência”, declarou a organização, em informe na época.

 Segundo o ministério, o departamento de DST, Aids e Hepatites Virais já prepara um protocolo clínico de PrEP para ser encaminhado à Comissão de Incorporação de Tecnologia no SUS, órgão que define quais medicamentos, terapias e tratamentos são incluídos na rede pública. Como a maioria dos integrantes da comissão pertence a órgãos do ministério, o antirretroviral não deverá enfrentar dificuldade para ter sua incorporação aprovada.

Aval

Para dar base à decisão de incluir o antirretroviral em sua lista de medicamentos gratuitos, o ministério financiou dois estudos de PrEP no Brasil, que estão sendo conduzidos pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e pela Fundação Oswaldo Cruz. Para Zarifa Khoury, infectologista do Instituto Emílio Ribas, a medida anunciada pelo ministério é positiva e necessária. “Até hoje, a camisinha sempre foi a única forma de prevenção, mas, claramente, não atende a todos. Tanto não atende que a epidemia não parou de se alastrar. Há algumas pessoas que não conseguem usar o preservativo em 100% das situações e, para eles, a PrEP é necessária. A ideia é que ela seja associada ao uso da camisinha.”

R7

 

 

Comunidade de João Pessoa usa WhatsApp para se prevenir contra a violência

grupoMoradores dos Bancários, um dos bairros de João Pessoa que tem registrado alto índice de violência, estão usando o aplicativo de mensagens WhatsApp para se prevenir contra a violência e ajudar a polícia na busca por suspeitos. Mais de setenta contatos estão cadastrados no aplicativo de celular. Uma caminhada pela paz deverá ocorrer na tarde desta quinta-feira (25) pelas ruas do bairro.

Denominado de ‘Suspeitou avisou’, o grupo foi criado há cerca de três meses e tem ajudo às autoridades policiais na captura de criminosos, segundo informou Antônio Albuquerque, presidente da Associação Comunitária dos Bancários.

“As denúncias vão desde o alerta de perigo nas ruas até flagrantes de crimes. Nesse período, já conseguimos ajudar a polícia na prisão de assaltantes. Essa ferramenta é mais uma “arma” no combate a violência urbana, que tem sido frequente no nosso bairro (Bancários). Quando percebemos atitudes suspeitas, os participantes imediatamente postam no grupo”, falou.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O corretor de imóveis Wilton Galvão, administrador do bate-papo e responsável por adicionar moradores, ressaltou que a facilidade de comunicação com a Polícia Militar tem a ver com o fato da presença de policiais no grupo. A participação de militares tem mostrado que se o aplicativo for usado de maneira correta poderá ter bons resultados para a comunidade.

“Além da sociedade civil, autoridades policiais participam do grupo. De certa forma, a comunicação se torna mais rápida do que ligar para o 190. O grupo tem colaborado com a vigilância das casas, comércios e ruas do bairro”, frisou Galvão.

Caminhada pela Paz

A população dos Bancários realiza nesta quinta (25), a partir das 17h, uma caminhada denominada ‘Marcha pela Segurança’. O ato tem por objetivo chamar a atenção das autoridades para a insegurança pública na comunidade. Os manifestantes vão percorrer várias ruas em protesto contra a violência.

O evento ocorre depois que duas mulheres foram sequestradas e estupradas. O crime iniciou nos Bancários, em João Pessoa, na noite do sábado (20) e terminou em um canavial da cidade Goiana, em Pernambuco, no domingo (21). Uma deles estava acompanhada do seu bebê. Uma das mulheres morreu. As vítimas que sobreviveram passam bem.

 

 

portalcorreio

Chikungunya e dengue: quais as diferenças e como se prevenir das doenças

dengueO mosquito Aedes aegypti, conhecido como o causador da dengue, pode transmitir também uma nova doença que, de acordo com dados do Ministério da Saúde, já afetou milhares de pessoas: a febre chikungunya. Seus sintomas são similares aos da dengue, o que faz com que muita gente confunda as doenças.

Sintomas da febre chikungunya

De acordo com Alberto Chebabo, infectologista do laboratório Sérgio Franco Medicina Diagnóstica, quadro clínico inicial, com febre e dores de cabeça, é idêntico. A diferença entre dengue e chikungunya é, basicamente, o tipo de dores no corpo. “Na dengue, o paciente tem mais dores musculares e na chikungunya, dores articulares, que, inclusive, podem se prolongar por semanas nos casos mais complicados”, explica.

Exames para diagnosticar chikungunya

Por causa dessas diferenças, alguns exames clínicos e laboratoriais – ambos feitos por meio de coleta de sangue sem necessidade de preparo prévio ou jejum – são necessários para que haja um diagnóstico correto.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

No caso do PCR, exame feito por biologia molecular que indica a presença do vírus CHIKV, que diagnostica o paciente como portador do vírus causador da febre chikungunyaa, a recomendação do médico é que a coleta seja feita nos primeiros dias após o início dos sintomas, pois a positividade desse exame cai depois da primeira semana de doença. “É muito importante que o paciente faça uma consulta com um especialista se aparecer algum dos sintomas. Quanto antes a doença for descoberta, menores as complicações e maiores são as chances de o tratamento ser bem-sucedido”, afirma

Já para realizar a sorologia, que confirma a presença de anticorpos contra o vírus, a recomendação é de que o paciente espere pelo menos até o quinto dia de sintomas.

Como se prevenir da dengue e chikungunya

As formas de prevenção das duas doenças também são as mesmas e a principal delas é o combate ao mosquito. Evite o acúmulo de água parada. Para isso, encha os pratinhos de plantas com areia, mantenha lixeiras, vasos sanitários e caixas-d’água fechados, recolha os entulhos do quintal e mantenha as piscinas cobertas”, orienta.

Bolsa de Mulher

Anticoncepcional masculino é método revolucionário de prevenir a gravidez

Pesquisadores encontraram uma técnica revolucionária, para prevenir a gravidez, que vai mudar a vida de todo mundo. O Vasalgel é um contraceptivo injetável que permite que homens tenham relações sexuais sem o risco de engravidar a parceira.

Segundo a Parsemus Fountadion, organização sem fins lucrativos norte-americana que trabalha na produção do produto, o remédio não é usado em doses diárias, mas em uma única aplicação não hormonal, reversível, que funciona por até 10 anos! Se o homem decidir virar pai, basta uma injeção de bicarbonato de sódio (feita em laboratório) para dissolver o gel e os espermatozóides voltam a seguir o seu caminho.

COMO FUNCIONA
O médico injeta uma gota do gel contraceptivo no canal deferente (o tubo que transporta o esperma), localizado abaixo da pele de cada testículo, que bloqueia a passagem do esperma. Não se assuste! O local é anestesiado para receber a injeção.

Parsemus_Home_Vasalgel.jpg

O Vasalgel, patenteado pelos americanos, é inspirado no contraceptivo RISUG (Inibição Reversível de Esperma Sob Supervisão, na tradução original), que age de maneira parecida e foi desenvolvido há mais de 30 anos por um professor de engenharia biomédica do Instituto Indiano de Tecnologia chamado Sujoy Guha. Os testes realizados pelo indiano provam que o RISUG não tem efeitos colaterais e funciona com quase 100% de eficácia.

A principal diferença entre os dois é a instabilidade química. O RISUG, quando guardado dentro de uma seringa, tinha seu componente acidificado, deixando o gel inicial diferente do encontrado na seringa depois de uns anos. O Vasalgel já utiliza o subproduto ácido como a matéria prima da injeção. Os pesquisadores garantem que ele tem a mesma eficácia do seu antecessor.

O grande desafio é conseguir patrocínio para o desenvolvimento do projeto. Por ser um procedimento rápido e super barato (uma injeção custaria muito menos do que um DIU de US$ 800), o Vasagel não atrai os olhares da indústria farmacêutica.

A ideia é importantíssima para reforçar a necessidade da divisão de responsabilidade entre homens e mulheres na hora do sexo, evitar a gravidez na adolescência e a diminuição no número de mulheres se arriscando em clínicas clandestinas por conta da gravidez indesejada. Além disso as mulheres desse mundão não precisariam mais se entupir de hormônios. Tem coisa melhor?

Fonte: SOS Solteiros/Uol

Verão exige mais cuidados com alimentação e ‘doenças do calor’; veja como se prevenir

Nalva Figueiredo (Jornal Correio da Paraíba)
Nalva Figueiredo (Jornal Correio da Paraíba)

Com a chegada do verão e o clima de férias, as altas temperaturas podem ser favoráveis não só para a diversão, mas também o aparecimento das ‘doenças do calor’. A Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade indica alguns cuidados importantes para a manutenção da saúde.

A educadora física Nailla Souza, de 26 anos, pretende passar o fim de ano em João Pessoa. Natural de Campina Grande, ela disse que já está preparada para curtir o verão sem enfrentar problemas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Vítima de uma desidratação que já a levou para o hospital, Nailla diz que pretende reforçar os cuidados para que ela e a filha de seis anos não tenham doenças nem desconfortos no passeio.

“Alimentos têm que ser preparados para consumo imediato. Nada de comidas prontas compradas em todo lugar, principalmente na praia”, afirma.

Nailla tem cuidados planejados para curtir o verãoFoto: Nailla tem cuidados planejados para curtir o verão
Créditos: Reprodução/Arquivo pessoal

De acordo com o diretor da SBMFC, Rodrigo Lima, é indicado que durante o período mais quente, haja ingestão de água e sucos ao longo do dia para ajudar a evitar os efeitos do calor.

Segundo ele, é necessário também reforçar a presença de frutas e verduras no cardápio, especialmente para as pessoas que seguem a recomendação de realizar atividade física, que ficam mais sensíveis à perda de líquidos. Quanto a crianças e idosos, a recomendação da SBMFC é redobrar os cuidados porque eles costumam desidratar mais facilmente.

Aos que gostam de tomar sol e pegar um bronzeado, a SBFMC diz que é necessário o uso do protetor solar, que deve ter seu FPS (fator de proteção solar) escolhido em função do tipo de pele e grau de exposição ao sol. Outras medidas de proteção também são bem-vindas, como uso de chapéus ou bonés, óculos de sol, guarda-sol, camisas, entre outros.

Dicas

Rodrigo Lima aponta que os cuidados não se restringem somente ao uso de filtros solares, mas também a hidratação e alimentação. “Medidas simples como essas podem promover um verão saudável e divertido para os que gostam dessa estação do ano”.

Quanto à alimentação na praia, Lima ainda reforça que aqueles que não dispensam petiscos, devem ter mais cuidado com a procedência e com as condições de preparo e conservação, além da moderação nas bebidas alcoólicas. Dessa forma, dá para evitar um desagradável problema intestinal.

“Importante registrar também que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas favorece a perda de líquidos e por isso, se não levar à desidratação, pode no mínimo proporcionar ressaca”, ressalta o médico.

 

portalcorreio

Ciberataques aumentam no período eleitoral. Saiba como se prevenir

Foto:Vitor/Reprodução/flickr e Paulo Paiva/D.P/DA Press
Foto:Vitor/Reprodução/flickr e Paulo Paiva/D.P/DA Press

Com o início da campanha eleitoral, as investidas de cibercriminosos ganham mais espaço e e-mails com o tema “Eleições 2014” são espalhados com mais facilidade. Para alertar eleitores e mesários, o Tribunal Superior Eleitoral divulgou nota comunicando sobre os ataques de hackers que utilizam o nome do órgão para roubar dados ou disseminar softwares maliciosos.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“O TSE informa que não envia e-mails a eleitores. Apenas os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), mediante prévia e específica autorização do convocado, podem se utilizar desse tipo de correspondência para se comunicar com seus mesários. Portanto, mensagens dessa natureza, em nome do TSE, devem ser apagadas”, informou o Tribunal em seu site.
Os temas mais frequentes deste tipo de e-mail são alertas como cancelamento de título de eleitor, convocação de mesários ou atualização de cadastros. De acordo com o consultor de segurança da informação, Klever Cavalcanti, em épocas de eventos sociais os ataques se tornam mais frequentes. “Sempre que se aproximam eventos de grande proporção, aumentam os ataques por e-mails, com intuito de obter informações dos usuários ou propagar vírus pela rede. As épocas que mais atraem esses carackes são declaração do imposto de renda, muito comum falando que falta atualizar ou cadastrar algo. Ou ainda Serasa, SPC, Correios, bancos e no final de ano com aqueles cartões de Natal e ano novo. É bem comum esse tipo de ataque, mais conhecidos como Spans”, conta.
Além disso, a grande quantidade de dispositivos móveis conectados à internet com facilidade aumenta o número de vítimas de um ciberataque. “O sistema operacional Android é um dos mais visados. Os atacantes conhecidos como cracker, desenvolvem tipos de vírus por esse ser um dos sistemas operacionais mais utilizados em smartphones. É preciso cuidado ao baixar aplicativos e só baixe se realmente for seguro”, alerta Klever.
De acordo com um Relatório de Ameaças divulgado recentemente pela empresa McAfee, o número de e-mails contendo ameaças de phishing, o roubo de dados, está em constante crescimento. Apenas no primeiro trimestre deste ano as fraudes virtuais alcançaram o volume de 250 mil, representando aumento de 25% em relação ao mesmo período de 2013.
Para evitar esse tipo de golpe, confira algumas dicas de segurança:
Cheque o endereço dos sites antes de clicar nos links – Na maioria dos casos, um site com ameaça de phishing tem referência do site que finge ser, mas com alguma variação. Por exemplo: www.tse poderá direcioná-lo para o site www.ts.e3921.com e levá-lo a uma página falsa. Ao passar o cursor do mouse sobre o link é possível ver o real endereço de destino.
Suspeite de sites e e-mails mal configurados – E-mails e sites fraudulentos normalmente podem ser detectados por apresentarem imagens em baixa resolução e erros gramaticais.
Fique atento a mensagens de remetentes desconhecidos – Nunca clique em links enviados por estranhos, seja por e-mail, mensagens de texto ou mídias sociais. Esses links podem ter como destino a instalação de malwares, spywares ou qualquer outra das várias táticas dos cibercriminosos.

Pernambuco.com

Saiba como prevenir o câncer de próstata

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais afeta os homens, e o mais frequente nos que já passaram dos 50 anos. A própria idade avançada está entre os fatores de risco, assim como o histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais, além de maus hábitos alimentares, sedentarismo e excesso de peso. Diante disso, preparamos este post para deixar você por dentro do assunto. Vamos conferir?

O Câncer de Próstata

800px-Benign_Prostatic_Hyperplasia_nci-vol-7137-300

Este tipo de câncer cresce lentamente, não apresentando sintomas em suas primeiras fases. Problemas para urinar, sensação de que a bexiga não se esvazia completamente e sangue na urina são indícios que indicam um estágio avançado da doença. Dor óssea, principalmente nas costas, indica a presença de metástases, um avanço da doença para uma fase ainda mais grave.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Prevenção

Os estudos na área da prevenção do câncer de próstata divergem em diversos pontos, entretanto, para redução dos fatores de risco, a medicina recomenda a adoção de práticas saudáveis de um modo geral. Alguns exemplos são:

Tenha uma dieta balanceada

images

Há evidências de que a adoção de uma dieta com baixa quantidade de gorduras e repleta de frutas e vegetais pode reduzir o risco de se desenvolver o câncer de próstata. A diminuição de alimentos ricos em gordura ajuda no controle do peso e traz uma melhora geral na qualidade de vida, inclusive diminuindo o risco de doenças cardíacas. Vegetais possuem vitaminas e nutrientes que também podem reduzir a ameaça de desenvolvimento do câncer de próstata.

Exercite-se com frequência

A prática de exercícios físicos está ligada aos hábitos saudáveis de um modo geral, mas estudos indicam que ela também contribui para a redução do risco de desenvolvimento do câncer de próstata. Caso ainda não possua uma rotina de exercícios, consulte seu médico para saber como iniciá-los. Caminhar mais e escolher as escadas ao invés do elevador são boas maneiras de se exercitar no dia-a-dia.

Mantenha o controle sobre seu peso

A obesidade está relacionada ao aumento do risco de diversos cânceres, incluindo o de próstata. Se você possui sobrepeso, trabalhe para diminuí-lo. Caso tiver muitas dificuldades, não hesite em procurar ajuda médica.

Alguns hábitos diários simples podem contribuir, e muito, para a redução da ameaça do câncer de próstata. Ainda assim, mesmo seguindo essas dicas, e praticando outros hábitos saudáveis, os exames rotineiros para homens acima de 50 anos são indispensáveis. Portanto, não deixe de visitar seu médico periodicamente.

 

grupodeandrologia