Arquivo da tag: presos

Dois PMs são presos suspeitos de integrarem grupo que planejava matar delegado e oficiais, na PB

Dois policiais militares e mais outras 23 pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (22) durante a Operação Conexão, que acontece em cidades do Cariri e Sertão paraibano. De acordo com os delegados Cristiano Santana e Cristiano Jacques, responsáveis pela operação, os suspeitos fazem parte de uma organização criminosa envolvida com crimes de pistolagem, assalto a bancos e tráfico de drogas.

Conforme os delegados, entre as 25 pessoas presas estão o cabo Cláudio Chaves Correia, conhecido por “Chapinha”, lotado no município de Manaíra, e o sargento Cícero Roserval Rodrigues Leite, lotado em São Bento. Eles são suspeitos de, junto com o grupo criminoso, planejar matar um delegado da Polícia Civil e dois oficiais da Polícia Militar que trabalhavam nas investigações.

“A organização criminosa é suspeita de praticar os roubos às agências do Bradesco e Correios de Água Branca e dos Posto de Atendimento do Bradesco de Imaculada. O grupo planejava a morte de dois oficiais da Polícia Militar e um delegado da Polícia Civil, tendo em vista estarem trabalhando nas investigações”, revelou o delegado Cristiano Jacques.

Segundo Cristiano Jacques, a grupo criminoso, que tinha como “quartel general” o sítio Gavião, no município de Jurú, praticava homicídios por pistolagem ou por disputa de área de tráfico de drogas. Os presos são suspeitos de estarem envolvidos nas mortes de Antônio Burgo de Campos, executado no município de Tavares, Dimas da Silva Ramos, morto em Jurú, e Josué Bernardo de Oliveira, assassinado em Água Branca.

A Operação Conexão acontece nos municípios de Imaculada, Jurú, Água Branca, Tavares, Catolé do Rocha, Patos e Sumé. De acordo com o delegado Cristiano Jacques, além dos mandados a serem cumpridos na Paraíba, há também uma ordem judicial a ser cumprida em São Paulo.

Até as 10h desta quinta-feira (22), as informações da polícia eram de que, além dos 25 presos, durante a operação haviam sido apreendidas armas de fogo, cocaína e dinheiro. Conforme o delegado Cristiano Jacques, a droga comercializada pela associação criminosa saía do município de Sumé.

Na Paraíba, participam da ação cerca de 240 policiais das Regiões Integradas de Segurança Pública (Reisp) de Campina Grande e Patos, com reforço de cães farejadores e de viaturas de resgate e busca e salvamento do Corpo de Bombeiros. As equipes continuam nas ruas e novas prisões poderão acontecer no decorrer do dia.

Mandados de busca e apreensão, prisão preventiva e prisão temporária, no Sertão e Cariri da Paraíba — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Mandados de busca e apreensão, prisão preventiva e prisão temporária, no Sertão e Cariri da Paraíba — Foto: Polícia Civil/Divulgação

 

G1

 

 

Traficantes de drogas são presos em Guarabira

Na tarde desta quinta-feira (01), na cidade de Guarabira-PB, policiais civis (GTE da 8DSPC) e militares (NI/PM e Guarnição do Comando do 4BPM) prenderam em flagrante delito MATHEUS SOARES DA SILVA (18 anos) e RAFAEL JOÃO DA SILVA (30 anos) por tráfico e associação para o tráfico de drogas. Com os acusados foi apreendida certa quantidade de maconha e crack, bem como o dinheiro obtido por eles com a venda da droga.

A prisão ocorreu no bairro Santa Teresinha e, após interrogados, os acusados serão encaminhados ao presídio Vicente Claudino.

 

portalmidia

 

 

Polícia apreende droga que vinha de João Pessoa para Solânea; Três foram presos

A Polícia Civil da Paraíba, através da 21ª Delegacia Seccional em Solânea, em ação conjunta com a Polícia Militar, 7ª CIPM, apreendeu cerca de 1 kg de droga, entre cocaína, maconha e crack que chegava de João Pessoa para Solânea no veículo GM Corsa de cor branca. A ação ocorreu durante diligência realizada nessa segunda-feira (22), por volta das 15:30 horas, em Solânea.

Além do veículo Corsa utilizado no transporte da droga, foi apreendida uma balança de precisão, sendo preso o condutor do veículo, a pessoa de Wydner Rodrigues de Souza, 40 anos, residente na rua Professor Francisco Pinto, Solânea, que já  responde por crimes no Estado de São Paulo, além de João Felipe Agostinho da Silva, 20 anos, residente na Rua Ceará, Solânea, e apreendido um adolescente de 14 anos.

A Polícia destaca o trabalho constante no combate ao tráfico de drogas na região da 21ª AISP, onde dezenas de pessoas envolvidas no crime foram presas nos últimos dias.

 

FN com Polícia Civil

 

 

Mãe e padrasto suspeitos de torturar menino de sete anos em Boqueirão, PB, são presos

Foram presos o padrasto e a mãe do menino de sete anos que era acorrentado e torturado na cidade de Boqueirão, a 146 km de João Pessoa. Maria Aparecida Sousa Silva e Edilson Cosme Albuquerque foram presos por força de mandados de prisão preventiva expedidos a pedido da Polícia Civil.

Os suspeitos foram encaminhados para delegacia seccional da cidade de Queimadas. A informação foi confirmada na manhã desta quinta-feira (18) pelo delegado Iasley Almeida, responsável pela investigação do caso.

A criança de sete anos deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, em estado de desnutrição e com ferimentos no dia 10 de julho. De acordo com a Polícia Civil, a criança estaria sofrendo maus-tratos praticados pela mãe e pelo padrasto. O laudo finalizado pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) confirmou que a criança sofria agressões físicas prolongadas e contínuas, o que se configura como tortura.

Conforme explica Márcio Leandro, chefe do Numol, no momento do exame o menino estava muito debilitado, desnutrido e com um quadro de anemia profunda. “Tinha lesões por todo corpo, nas costas e lesões nos glúteos, o que indica que ele passou bastante tempo imóvel, imobilizado, por estar acorrentado. As agressões foram tão prolongadas que se tornou tortura”, explica o chefe do Numol.

A criança deve passar por cirurgias plásticas após tratamento dos ferimentos no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Segundo informações repassadas pela unidade de saúde, o menino tem um ferimento tão grave na cabeça que vai precisar passar por uma cirurgia plástica para reconstituir o tecido lesionado. O diretor-técnico do hospital Gilney Porto, explicou que é preciso primeiro esperar a cicatrização dos ferimentos.

De acordo com Márcio Leandro, uma reavaliação precisa ser feita na criança para que sejam identificados os graus das lesões que devem permanecer no menino. No entanto, isso só vai acontecer após a cirurgia.

O menino de sete anos permanece internado no Hospital de Trauma de Campina Grande, com estado de saúde considerado estável. Ainda não há previsão de receber alta médica.

(Foto: Mayara de Oliveira/Portal Correio)

G1

 

Suspeitos de estelionato e receptação de carros roubados são presos pela PRF na PB

Dois homens de 45 e 59 anos de idade foram presos pela Polícia Rodoviária (PRF) nesta terça-feira (16), na BR-230, em Pocinhos, na Paraíba. No carro em que eles estavam haviam drogas, cheques furtados e notas promissórias com dados falsos, além de documentos falsos. Contra um deles havia um mandado de prisão expedido.

Segundo a PRF, os dois homens estavam em um veículo com placas de Fortaleza, capital cearense. Após uma revista preliminar, foi encontrado com cada um deles uma pequena quantidade de substância semelhante a maconha, que eles alegaram ser para uso pessoal. Na abordagem, o homem de 59 anos, que estava como passageiro, apresentou identidade com nome e demais dados falsos.

Os policiais descobriram que o nome que ele apresentou era falso e, ao consultarem o real nome do suspeito, descobriram que havia um mandado de prisão expedido contra ele. Ainda no procedimento, os agentes da PRF descobriram que os dois homens respondem a vários processos por estelionato, receptação roubo e porte ilegal de arma.

As queixas e processos estão registradas em mais de 5 estados brasileiros e mostraram ainda que as práticas criminosas ocorrem há mais de 10 anos. Os dois homens foram presos e levados para a Delegacia da Polícia Federal, em Campina Grande.

G1

 

Cinco são presos durante operação policial nas cidades de Caiçara e Logradouro

Na manhã dessa segunda-feira (08), nas cidades de Caiçara-PB e Logradouro-PB, a Polícia Civil (8ªDSPC) e a Polícia Militar-PB (4ºBPM), em ação conjunta, deram cumprimento a 09 mandados de busca e 02 de prisão.

Na ocasião, 5 pessoas foram presas em flagrante delito ou por força das ordens judiciais: Maria Lúcia Henrique da Silva (52 anos), Sebastião de Souza (65 anos), Cosmo Manoel da Silva (31 anos), Francisco de Assis Laurentino dos Santos (NENÉM DE BIRRIM) e o presidiário José Tibério da Silva (atualmente, no  presídio João Bosco Carneiro, em Guarabira-PB). A

Ainda como parte dessa mesma ação policial, na última sexta-feira (5), outro presidiário (também da penitenciária de Guarabira) Fabiano Gomes, líder do grupo, teve um mandado de prisão cumprido em seu desfavor.

Aos acusados são atribuídos diversos crimes: homicídios, tráfico de drogas, roubos e posse de armas de fogo.

 

Pedro jr

 

 

Presos fazem rebelião após apreensão de celulares e drogas na cadeia de Esperança-PB

Detentos da Cadeia Pública de Esperança, no Agreste do Estado, fizeram uma rebelião no final da tarde desta segunda-feira (10). De acordo com a direção da unidade prisional, o tumulto aconteceu depois que celulares e drogas foram apreendidos durante um pente-fino pela manhã, irritando os presidiários.

Ainda segundo a direção, um presidiário teria feito uma ligação para um programa de rádio local há cerca de duas semanas e a partir daí começaram as investigações a respeito do uso de celulares dentro da cadeia pública. E nesta segunda-feira o Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) realizou a operação.

Foram aprendidos 16 celulares, carregadores, fones de ouvido e drogas. Uma escavação foi encontrada em uma cela pelos agentes, o que leva a direção a crer que os presos estavam com um plano de fuga.

Depois do pente-fino, os presidiários iniciaram a rebelião. Segundo a direção da cadeia, alguns se aglomeraram no pátio e outros tentaram quebrar as grades da unidade. O GPOE retornou ao local e conteve o tumulto. Logo em seguida, dez apenados envolvidos na rebelião foram transferidos para o Complexo do Serrotão, em Campina Grande.

 Foto: Marcelo Cândido/Arquivo Pessoal

G1

 

MP pressiona prefeitos por fim dos lixões na PB; gestores podem ser presos

Um problema que se arrasta desde o século passado e que ainda segue sem uma saída na maioria das cidades paraibanas – a existência dos lixões – pode estar com os dias contados após a intervenção do Ministério Público do Estado (MPPB). Desde o ano passado, o órgão tem celebrado acordos para cobrar uma solução efetiva, sob pena de acionar criminalmente os gestores na Justiça.

Para se ter uma ideia do tamanho da gravidade, dos 223 municípios apenas 13 possuem aterro sanitário. Outros 19 recorrem a cidades parceiras para dar destino aos resíduos sólidos produzidos pela população local.

De acordo com o promotor Eduardo Torres, coordenador da Comissão de Combate a Crimes de Responsabilidade e Improbidade Administrativa (CECRIMP), há muito tempo o Ministério Público vinha tentando solucionar o problema, mas sem êxito. Ele lembrou que os prefeitos pareciam ignorar ações judiciais cujas sentenças já tinham transitado em julgado.

“Antes, nós acionávamos o município, e dessa forma entrava prefeito, saía prefeito, e a coisa não se resolvia. A partir de agora, com as ações criminais contra os prefeitos estamos tendo uma resposta positiva”, afirmou.

Eduardo Torres explicou que o MPPB tem procurado os gestores para firmar um acordo de não persecução penal, que significa que o gestor não será acionado na Justiça, caso resolva a situação no prazo de até um ano. Segundo o promotor, para colocar o plano em prática, o estado foi dividido sem seis regiões, das quais duas já foram alvo dos acordos.

Gestor pode até ser preso se não cumprir acordo

Eduardo Torres acredita que em até um ano gestores de todo o estado já terão sido contactados para a celebração dos acordos. Torres ressaltou que se o gestor não cumprir o que foi pactuado, o acordo é desfeito e o prefeito responsabilizado criminalmente. “Dependendo do caso, o prefeito pode ficar impedido de disputar as eleições e até ser preso”, comentou.

Saída legal

O promotor ressaltou que o Ministério Público não determina como o problema deve ser resolvido pelo município, que pode lançar da construção de aterros sanitários, consórcios municipais ou outra alternativa prevista em lei.

MPPB conscientiza a população

Eduardo Torres também disse que o Ministério Público também atua auxiliando o município com uma espécie de consultoria para conscientizar a população. Segundo ele, caso o gestor tenha interesse equipes dão esse suporte, explicando, por exemplo, a melhor maneira de separar o lixo produzido por cada cidadão.

Famup busca parceria com o Governo

O presidente da Federação de Assistência aos Municípios (Famup), George Coelho, disse que a entidade tem buscado parcerias junto ao Governo do Estado para ajudar os gestores a por fim aos lixões. Ele lembrou que a principal dificuldade encontrada pelos prefeitos é orçamentária, principalmente por conta das sucessivas quedas nos repasses destinados aos municípios. “Estamos buscando alternativas para resolver a situação, solicitando do Governo do Estado que no próximo pacto com os municípios, por exemplo, destine ações e recursos para essa questão dos resíduos sólidos”, destacou.

George Coelho é prefeito de Sobrado, a 42 quilômetros de João Pessoa. Lá, ele disse que o município integra, ao lado de outras 15 cidades, o Consórcio Intermunicipal de Gestão Pública Integrada nos Municípios do Baixo Rio Paraíba (Cogiva).

O prefeito contou que o lixo produzido pelos municípios integrantes do Cogiva será todo reciclado e o rejeito incinerado para a fabricação de produtos cerâmicos.

Problemas ao meio ambiente

O descarte inadequado dos resíduos sólidos provoca uma série de problemas, principalmente à saúde pública e também ao meio ambiente. Um deles é a contaminação do solo e dos rios. A proliferação de insetos e animais transmissores de doenças também é uma realidade nas áreas próximas aos lixões.

O que diz a lei

A prática do descarte do lixo a céu aberto vem sendo proibida desde a década de 1950, mas a eficácia esperada. Naquela época, o governo determinou que o destino final do lixo não poderia trazer inconveniente à saúde e ao bem-estar da população.

O tempo foi passando e as soluções não acompanhavam o ritmo dos problemas provocados pelo descarte inadequado dos resíduos sólidos. No início da década de 1980, a legislação começou a responsabilizar os poluidores, mas de uma forma ainda tímida.

Em 2010, foi criada a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que estabeleceu o prazo de quatro anos para que as prefeituras acabassem de uma vez com os lixões nas cidades.

O prazo acabou e foi mais uma vez prorrogado. Em julho de 2015, os senadores aprovaram o Projeto de Lei 425/2014 prorrogando para 2021 o fim dos lixões.

 

 

portalcorreio

 

 

Dois homens são presos suspeitos de estuprar crianças na PB

Dois homens foram presos suspeitos de praticar estupros de crianças, nesta segunda-feira (3). As prisões ocorreram no início da manhã e foram determinadas pela Justiça, após investigações policiais apontarem a participação deles nos casos.

O primeiro caso ocorreu na cidade de Esperança, no interior do estado, a 151 quilômetros de João Pessoa. O homem teve a prisão preventiva decreta pela Comarca da cidade, após abusar sexualmente da filha que possui, atualmente, dez anos de idade.

Os abusos teriam começado quando a criança possuía apenas quatro anos de vida, mas só chegaram ao conhecimento da polícia recentemente, quando o caso passou a ser investigado e houve a decretação da prisão.

A segunda prisão ocorreu na cidade de Pitimbu, litoral sul da Paraíba. Um homem de 35 anos foi preso por equipes da delegacia da cidade. Segundo o delegado Aneilton Castro, ele foi denunciado após praticar abuso sexual contra uma criança de apenas oito anos de idade, que era filha de vizinhos. O crime teria ocorrido no interior da residência dele em Acau, na cidade de Pitimbu, no dia 15 de setembro do ano passado.

Os dois presos foram submetidos a exames de corpo de delito, interrogados e encaminhados para cadeias públicas das cidades, onde ficarão à disposição da Justiça.

 

portalcorreio

 

 

Pais de bebê de nove meses estuprada na Paraíba são presos

Foram presos na tarde desta quinta-feira (30), os pais da criança de 9 meses  que morreu após ser estuprada, em Soledade, no Cariri paraibano. Eles foram presos no município de São José do Sabugi.

Segundo informações policiais, eles foram  levados para a delegacia de Polícia Civil de Soledade para que o delegado responsável tome as providências cabíveis.

A criança morreu após ter convulsões e ser levada para o Hospital de Soledade. Exames cadavéricos apontaram que ela foi estuprada antes de morrer.

 

Portal WSCOM