Arquivo da tag: Preso

Preso o primeiro suspeito de participar de estupro coletivo

Um homem de 23 anos foi preso suspeito de participar do estupro coletivo estupro coletivo registrado no último domingo (13) na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa.

Ele foi reconhecido pela vítima como sendo um dos homens que praticaram o estupro.

Segundo a delegada Paula Monalisa Cabral, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de Santa Rita, existem provas que demonstram a participação do preso na violência sexual.

Os outros dois homens que também participaram do crime já foram identificados pela Polícia e estão sendo procurados. Inicialmente, cinco eram investigados pelo estupro coletivo, mas agora o número de envolvidos caiu para três.

A vítima, de 21 anos, se encontra internada em um hospital sob a proteção da Polícia Civil. Ela ficou muito debilitada após a violência. O companheiro dela também foi brutalmente violentado.

Segundo as investigações, o homem foi espancado por oito pessoas, sendo cinco adolescentes e três adultos. Todos foram identificados e conduzidos à delegacia nessa segunda-feira (14).

Durante uma entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (15), a delegada explicou que o casal estava ingerindo bebida alcoólica, em frente à residência onde moram, na companhia dos homens suspeitos de atuar no espancamento.

Ainda de acordo com a delegada, houve um desentendimento, que resultou na violência.

“O homem foi espancado por oito pessoas e ficou muito ferido. A mulher achava que seu companheiro estava morto. Ela saiu para pedir ajuda, quando foi vítima de estupro”, explicou Paula Monalisa.

Em depoimento prestado à delegada, a vítima reconheceu o grupo como o responsável pelo espancamento, mas não pelo estupro.

“A jovem que sofreu abusos sexuais não reconheceu nenhum desses suspeitos como autores dos estupros. As investigações irão continuar até localizarmos os outros dois envolvidos no crime”, explicou a delegada.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

portalcorreio

 

Homem é preso suspeito de invadir casa e tentar estuprar menina de 11 anos, em Picuí, PB

Um homem foi preso após invadir casa e tentar estuprar menina de 11 anos que estava sozinha na residência, na tarde deste domingo (13), na cidade de Picuí, na Paraíba. Segundo o relato da criança, o suspeito, de 29 anos, abriu o portão, pegou ela pela cintura e a levou para o quarto da mãe. Segundo a Polícia Civil, a vítima conseguiu chutar o suspeito, que saiu correndo. A criança foi levada para o hospital, e exames confirmaram que não houve penetração.

Segundo o agente de investigação da Polícia Civil, Gilvan Fernandes, o homem é conhecido da vítima, mas não tem nenhum vínculo de amizade com ela. Ainda de acordo com Gilvan, o suspeito sofre de transtornos mentais.

O suspeito é pernambucano e estava morando em uma casa que foi arrombada por ele. A residência pertence à viúva de um tio dele e, atualmente, o homem não tem nenhum parente em Picuí. O suspeito foi encaminhado para a cadeia pública da cidade, onde aguarda a audiência de custódia.

G1

 

Homem é preso suspeito de matar companheira com barra de ferro, em Queimadas, PB

Um homem de 30 anos foi preso em flagrante na noite da sexta-feira (11), suspeito de matar a companheira dele, de 37 anos, com golpes de barra de ferro, em Queimadas, no Agreste da Paraíba. Segundo o delegado Kelsen Vasconcelos, o suspeito teria coberto o corpo da vítima e dito que ela havia sido atropelada.

Ainda de acordo com o delegado, testemunhas viram quando o casal discutia em um bar, localizado no Sítio Caixa D’água, por volta das 23h. Eles continuaram a discussão em um ponto de ônibus próximo ao estabelecimento. O suspeito estava armado com uma barra de ferro.

Alguns minutos depois, o homem que teria sumido do local, voltou e cobriu o corpo da vítima. À Polícia Militar, ele disse que a companheira havia sido atropelada.

O delegado disse que a versão apresentada pelo suspeito não condizia com a cena do crime. “A perícia constatou que não havia indício de atropelamento. Ela foi atingida na cabeça, no braço e estava com várias lesões. Indica-se que foi [a barra de ferro] pela gravidade das lesões”, explicou o delegado. Ele também cogita a hipótese de que um pedaço de madeira ou uma pedra tenham sido utilizados.

A barra de ferro que teria sido utilizada ainda não foi encontrada pela polícia. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Queimadas, onde foi autuado pelo crime de feminicídio. Ele negou que tenha cometido o crime e permanece no local à disposição da Justiça.

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

G1

 

Homem é preso suspeito de espancar mulher com pedaço de madeira, na PB

Um homem de 38 anos foi preso suspeito de agredir a companheira, na tarde desta quinta-feira (10), em João Pessoa. A vítima teria gravado parte das agressões. Segundo a Polícia Civil, o suspeito aparece nas imagens espancando a mulher com um pedaço de madeira, fio de um ferro de passa e uma cadeira.

A jovem, de 28 anos, informou que conviveu com o companheiro durante um ano e meio. Ela decidiu interromper o relacionamento após ser agredida, mas resolveu reatar com o suspeito.

No final da manhã desta quinta-feira (10), a mulher questionou o motivo que teria levado o companheiro a ter passado a noite fora de casa. Insatisfeito com a pergunta, ele teria agredido a vítima com socos no rosto e pancadas com um pedaço de madeira.

A mulher também foi ameaçada de morte. Ela conseguiu se esconder no banheiro da casa onde mora, até sair em segurança e pedir ajuda à polícia.

Segundo a delegada Amindonzele Carneiro, titular da Delegacia de Atendimento a Mulher da Zona Sul de João Pessoa, o homem foi autuado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria, previstos no Código Penal e na Lei Maria da Penha.

“Esta já é a segunda vez que o mesmo homem é denunciado por agredir a vítima. Na outra ocasião, ela havia até solicitado medidas protetivas contra o agressor, mas ela própria resolveu reatar a relação”, observou a delegada.

O suspeito foi encaminhado para a carceragem da Central de Polícia de João Pessoa e apresentado à Justiça na sexta-feira (11).

G1

 

Secretário de turismo da PB é preso na quinta fase da Operação Calvário

O secretário executivo de turismo da Paraíba, Ivan Burity, foi preso na manhã desta quarta-feira (9) em uma nova fase da Operação Calvário, que investiga desvios de recurso públicos da saúde. O objetivo desta fase, a quinta, é cumprir 28 mandados, sendo três de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão, em cinco estados. O diretor administrativo do Hospital Geral de Mamanguape (HGM), Eduardo Simões Coutinho, também é alvo de mandado de prisão, mas até as 7h, o MPPB não havia confirmado a prisão dele.

O G1 tenta entrar em contato com os advogados dos investigados, mas as ligações não foram atendidas até as 7h30.

A Operação Calvário visa desarticular uma organização criminosa suspeita de corrupção, lavagem de dinheiro e desvio de recursos em contratos firmados com unidades de saúde e educação da Paraíba cujos valores passam de R$ 1 bilhão.

Na Paraíba, os mandados de prisão emitidos pelo desembargador-relator Ricardo Vital de Almeida foram contra Ivan Burity de Almeida, secretário de turismo da Paraíba; e Eduardo Simões Coutinho, diretor administrativo do Hospital Geral de Mamanguape.

Ao todo, são cumpridos 28 mandados judiciais em cinco estados: três de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão.

  • Na Paraíba: Dois de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão
  • No Rio de Janeiro: quatro de prisão preventiva
  • Em São Paulo: três de busca e apreensão
  • No Paraná: cinco de busca e apreensão
  • Em Alagoas: um de prisão e um de busca e apreensão

A quinta fase da Operação Calvário na Paraíba é realizada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), pelo Ministério Público Federal (MPF), pela Polícia Federal (PF) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Na Paraíba, a operação acontece simultaneamente em João Pessoa, Santa Rita e Mataraca.

G1

 

Servidor da Cadeia de Solânea é preso por facilitação de fuga

A prisão foi resultado de uma ação integrada da Polícia Civil com o SISPEN, onde no início desta manhã (08) Adjair Pinheiro do Nascimento, prestador de serviços do SISPEN, exonerado recentemente após evidências no envolvimento na fuga do estelionatário Allan Junior Fernandes, da Cadeia Pública de Solânea, fato ocorrido em Maio/19.

As investigações foram desenvolvidas pela Polícia Civil, através da Delegacia de Solânea (21 DSPC), que representou pelo mandado de prisão cumprido na data de hoje, expedido pela Comarca local.  Paralelamente o SISPEN instaurou processo administrativo que resultou no cancelamento do contrato de prestação de serviços.

A investigação concluiu que houve a facilitação da entrada de aparelhos celulares e também da fuga de preso sob o recebimento de vantagem indevida.

Além do servidor preso, que responderá pelos crimes de corrupção passiva e facilitação dolosa de fuga, o diretor da época, Fernando Diogo, responderá pelo crime de prevaricação.

 

Polícia Civil

 

 

Suspeito de tentar assassinar dois homens em Caiçara é preso em Belém, na Paraíba

Um homem suspeito de uma dupla tentativa de assassinato foi preso nesta segunda-feira (7), em Belém, Agreste da Paraíba. Crime ocorreu no dia 8 de agosto deste ano.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito e um outro homem haviam tentando assassinar outros dois homens em Caiçara, no Brejo do estado. A dupla tentativa de assassinato ocorreu devido a conflitos de tráfico de drogas na região.

Josivaldo de Oliveira, conhecido como ‘Mago de Gilma’, de 25 anos, foi identificado e teve a prisão preventiva decretada e foi preso nesta segunda-feira (7), em Belém, a 31 quilômetros de Caiçara, pela Polícia Civil de Guarabira. O outro suspeito envolvido no crime segue foragido.

G1

 

Idoso é preso suspeito de fazer sexo com cadela, em Patos, PB

Um idoso, de 68 anos, foi preso em flagrante suspeito de fazer sexo com uma cadela, em Patos, no Sertão da Paraíba. A prisão aconteceu na tarde desta sexta-feira (4).

Segundo o delegado Manoel Martins, a Polícia Militar recebeu uma denúncia da companheira do suspeito. De acordo com a mulher, de 46 anos, o homem a ameaçou quando ela flagrou o momento em que ele abusava do animal.

A mulher também contou à polícia que ele possuía uma arma. Após buscas na casa onde o casal morava, a PM encontrou um revólver calibre .38.

O suspeito foi autuado por crime ambiental, violência doméstica e posse ilegal de arma. Ele foi encaminhado para Penitenciária Padrão Romero Nóbrega, em Patos, ainda na tarde da sexta-feira.

G1

 

Estelionatário foragido da Cadeia de Solânea é preso na Bahia

O estelionatário Allan Júnior Fernandes, foragido da Cadeia de Solânea/PB em maio deste ano, foi preso em uma blitz de rotina na cidade de Eunápolis, Estado da Bahia, quando trafegava em um veículo com placas adulteradas na BR 101 e foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal na tarde desta quarta-feira 02.10.2019.

De acordo com o delegado Seccional de Solânea/PB, Diógenes Fernandes, a informação da prisão foi confirmada com a Polícia Civil do Estado da Bahia, onde o foragido apresentou documento falso, identificando-se como Alisson Carlos Fernandes, 32 anos, e encontra-se custodiado na delegacia de Eunápolis/BA. No momento da  abordagem, Allan Júnior estava acompanhado de sua mulher Ana Cristina de Oliveira e sua enteada de 14 anos, oriundas da cidade de Soledade/PB.

Ainda de acordo com o delegado, o investigado Allan Júnior é um estelionatário que responde processos em mais de dez Estados e foi preso por Polícias Civis da 21 Seccional em Solânea no dia 17 agosto de 2018. Allan foragiu da Cadeia local de forma inusitada em 19 de maio de 2019, quando foi liberado pelos funcionários da Cadeia para ir a um motel e não mais retornou, ainda subtraindo a arma de fogo funcional de responsabilidade do diretor da Cadeia.

Na época a Polícia Civil indiciou os Agentes Penitenciários pelos crimes de facilitação dolosa de fuga e prevaricação, sendo o foragido também indiciado pelo furto da pistola, onde o inquérito Policial foi enviado à Justiça.

 

 Informações da Delegacia Seccional em Solânea

 

 

Homem é preso suspeito de estuprar menina de cinco anos em Juazeirinho, na PB

Um homem, de 41 anos, foi preso em flagrante suspeito de estuprar uma menina, de 5 anos, em Juazeirinho, no Seridó paraibano. A prisão aconteceu na terça-feira (1º) e o estupro teria acontecido na última segunda-feira (30).

De acordo o delegado Danilo Orengo, titular da 12ª Delegacia Seccional de Esperança, a Polícia Civil foi acionada pelo Conselho Tutelar, que recebeu uma denúncia feita pela mãe da vítima.

Segundo os conselheiros, a criança estava perto da casa onde mora, quando foi abordada pelo suspeito. Ele teria usado um bombom para atrair a vítima para um local escuro, onde o estupro aconteceu.

“Ela foi levada ao hospital e, ao ser examinada, foi constatada a prática do abuso sexual O suspeito é conhecido da mãe da criança e já responde processo anterior, por ter praticado estupro contra sua própria filha”, acrescentou o delegado.

O homem foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável. Ele permanece na cadeia de Juazeirinho, aguardando ser apresentado à Justiça durante uma audiência de custódia.

G1