Arquivo da tag: presídio

Secretaria suspende visita de crianças em presídio após caso de estupro no Ceará

A Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus) suspendeu as visitas de crianças a parentes detidos por crimes contra a dignidade sexual no Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (Cepis), conhecido como CPPL V, em Itaitinga. A decisão foi tomada após uma menina de 11 anos ser estuprada na unidade neste sábado (13).

A criança de 11 anos foi estuprada por um preso durante o horário de visitas. Ela estava com a mãe e visitava o pai, que está recolhido na unidade prisional. Durante a visita, porém, um detento levou a menina para dentro de um compartimento do presídio e a estuprou. Após ser encontrada por agentes penitenciários, a vítima passou por exames médicos e periciais que comprovaram o abuso.

De acordo com a Sejus, foi registrado um procedimento de estupro de vulnerável na Delegacia Metropolitana do Eusébio. “Contudo o caso está em segredo de Justiça. A Delegacia Metropolitana de Itaitinga dará continuidade às investigações”, informou, em nota.

A Sejus informa ainda que a visita de filhos e netos de internos é garantia pela Lei de Execução Penal e sempre transcorreu normalmente, desde que as crianças estejam acompanhados pelas responsáveis legais e que estejam cadastradas no Núcleo de Cadastro de Visitantes para tal fim.

‘Apuração rigorosa’

A Ordem dos Advogados do Ceará informou que vai cobrar uma “apuração rigorosa” sobre o caso. O presidente da Comissão de Direito Penitenciário da OAB-CE, Márcio Vitor Albuquerque, afirmou que os órgãos do estado responsáveis vão ser oficiados.

“Nós vamos exigir, já estamos oficiando a Secretaria da Segurança Pública, o Ministério Público e a própria Secretaria da Justiça para que seja apurado de forma rigorosa esse caso. Sabemos que uma pessoa já foi presa, mas queremos que esse episódio não se repita”, reforçou.

O suspeito foi capturado em flagrante. Conforme a polícia, ele já estava preso por estupro de vulnerável. Após o caso, ele foi transferido para evitar conflitos com outros detentos.

Segundo Albuquerque, a unidade em que ocorreu o crime, a CPPL V, está superlotada, e o efetivo de agentes penitenciários é suficiente para resguardar a segurança somente na área externa, em dias de visitas.

O presidente da Comissão de Direito Penitenciário esclarece também que não há impedimento legal para a entrada de crianças que vão visitar parentes, no Sistema Penitenciário. “Nós temos que respeitar esse dispositivo da lei de execução penal. No entanto, o Estado tem que resguardar a segurança das visitas, o que não foi feito neste caso, até em virtude da superlotação do sistema. No caso de um menor de idade, isso tinha que ser reforçado.”

G1 

Em Guarabira, albergado sofre tentativa de homicídio na saída do presídio

Por voltas das 5hs30min desta terça-feira (03/04) na saída dos albergados do presídio velho em Guarabira, um dos presos sofreu uma tentativa de homicídio.

As informações dão conta que o albergado, Dersom que é morador do bairro do cordeiro e cumpre pena por homicídio e tráfico de drogas, estaria saindo do presidio, quando dois meliantes estariam esperando o albergado do lado de fora na rua Solon de Lucena.

Vários disparos foram efetuados contra o Dersom, mas nenhum dos disparos atingiram o mesmo. Os bandidos que efetuaram os disparos fugiram do local.

Com Rodrigo Sousa

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem que matou esposa com mais de 20 facadas é achado morto em presídio

Ivanildo postou ameaça à companheira em rede social (Foto: Reprodução)

O detento Ivanildo Júnior foi encontrado morto, na manhã desta sexta-feira (9), na Penitenciária Padrão de Santa Rita, na Grande João Pessoa. Ele era o assassino confesso da esposa, Joseane França de Lima. A mulher foi morta com mais de 20 facadas, no dia 18 de fevereiro.

Segundo o diretor da penitenciária, Cícero Gonçalves, uma corda foi encontrada junto ao corpo de Ivanildo, o que aponta para a hipótese de suicídio. Ainda assim, uma perícia será realizada para confirmar a causa da morte. Ivanildo dividia cela com outros presos – todos enquadrados na Lei Maria da Penha – e estes devem prestar depoimento à polícia.

À TV Correio, o diretor da penitenciária informou ainda que Ivanildo não recebeu visitas de familiares durante o tempo em que esteve sob regime carcerário. Uma filha do suspeito havia concluído recentemente o cadastro para ter direito a encontros com ele.

Homem que matou esposa tinha feito ameaças pelo Facebook

Poucos dias antes do crime, Ivanildo havia postado ameaças a esposa no Facebook. Ao ser preso em flagrante, Ivanildo disse que decidiu assassinar Joseane após descobrir uma traição. Ele foi preso em flagrante, ainda dentro da casa onde aconteceu o crime, em Santa Rita, e com o corpo sujo do sangue da companheira.

O corpo de Ivanildo Júnior foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Campina Grande.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Estado exonera servidores e muda comandos em presídio e na Polícia

O governador Ricardo Coutinho realizou mais mudanças no comando de batalhões da Polícia Militar e no sistema penitenciário do estado. As exonerações e nomeações foram publicadas na edição desse sábado (16) do Diário Oficial do Estado, a partir da página 1.

O tenente coronel Sérgio Linhares deixa o comando da Companhia APMCB e, em seu lugar, assume o major Daniel Limeira dos Santos. A partir de agora, Linhares fica responsável pelo subcomando do Policiamento Regional da Polícia Militar.

Outra mudança é a saída do major Nicolau Franca Leite Terceiro do comando da Companhia – 3º EPMont para assumir 11º Batalhão de Polícia Militar, que fica sediado na cidade de Monteiro, no Cariri do estado.

O Diário Oficial também trouxe a nomeação de Max Oliveira para o cargo de diretor adjunto da Penitenciária de Segurança Máxima Criminalística Geraldo Beltrão, em João Pessoa.

Além da ‘mexida’ na segurança, o governador Ricardo Coutinho também fez outras alterações em postos da estrutura administrativa.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Mulher é morta a tiros depois de sair do presídio Serrotão, em Campina Grande

(Foto: Reprodução/TV Paraíba)

Uma mulher foi morta a tiros depois de sair da penitenciária Raymundo Asfora (Serrotão), em Campina Grande, no bairro do Mutirão, em Campina Grande. A Polícia Civil está investigado o caso e suspeita que o crime tenha relação com presidiários do Serrotão.

O crime ocorreu durante a tarde desta sexta-feira (1º), quando passava de moto por um terreno as margens da Alça Sudoeste da BR-230, no bairro Mutirão. O crime foi praticado por dois homens que estavam em uma moto.

A vítima foi atingida por quatro tiros, sendo três deles na cabeça, e morreu na hora. Os homens estavam em uma moto de cor preta.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Governador desapropria área para construir presídio em Gurinhém, PB

Diário Oficial do Estado da Paraíba trouxe desapropriação da área em Gurinhém (Foto: Reprodução/Diário Oficial do Estado da Paraíba)

Uma área de 90 mil metros quadrados na cidade de Gurinhém, no Agreste paraibano, foi desapropriada pelo governador Ricardo Coutinho para construção de um presídio estadual na cidade. O decreto da área como de utilidade pública para fins de desapropriação consta no Diário Oficial do Estado (DOE) da Paraíba desta terça-feira (17).

Ainda de acordo com o decreto assinado pelo governador, a área fica “situada à margem direita da Rodovia PB-063, no sentido que liga à Rodovia BR-230, no Município de Gurinhém, distante 5km (cinco quilômetros) da sede do Município”.

O trecho vai ser desmembrado da propriedade rural denominada Pau Ferro dos Nunes, que possui aproximadamente 40 (quarenta) hectares, segundo o decreto. As despesas decorrentes da presente desapropriação serão de responsabilidade da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan).

A desapropriação da área é considerada como natureza urgente para efeito de imediata imissão na posse da área descrita. O decreto 37.719 foi assinado na segunda-feira (16) e entrou em vigor na data da sua publicação. O valor pago pela área desapropriada não consta no decreto.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Professor guarabirense condenado a mais de oito anos de prisão por pedofilia se entrega no presídio novo em Guarabira, afirma diretor

O professor Antônio da Silva Gomes, de 53 anos, se entregou no início de outubro, no Presídio João Bosco Carneiro (JBC) em Guarabira, na Paraíba. Toinho como é conhecido, foi condenado a 8 anos e 6 meses de prisão por pedofilia contra um adolescente de 13 anos, à época, em Guarabira (PB).

A informação foi confirmada no programa Giro de Notícia das 17h às 19h (Fabiano Lima e Pedro Júnior) da Rádio Rural AM 850 pelo diretor da unidade prisional, Henrique Elias.

O crime ocorreu em abril de 2013. Ele foi preso em flagrante no interior de um carro na companhia de um menor, num esquema montado pela mãe da vítima e policiais. A defesa teriaconseguido a liberdade. Após ser condenado, ele ficou foragido e teriaresolvido se apresentar.

– “Ele se encontra numa cela isolada até o prazo permitido. É um preso de bom comportamento. Ele vai cumprir a pena em regime fechado”, disse o diretor.

ENTENDA O CASO

Em entrevista à imprensa, o professor Toinho negou as acusações e disse que tudo não passa de uma relação de amizade e que nunca teve qualquer tipo de relacionamento amoro com menor

O detalhe é que no celular do professor foram encontradas mensagens enviadas para o celular do menor com conteúdo relacionado às acusações.O flagrante aconteceu depois que a mãe do menor teve acesso ao computador do mesmo e viu as conversas entre eles pela internet, inclusive marcando o encontro desta terça.Diante disso, a mãe da vítima entrou em contato com a polícia, que preparou o flagrante.

O juiz substituto do Tribunal de Justiça, José Guedes Cavalcante Neto, concedeu nesta quinta-feira (13) Habeas Corpus ao professor Antônio da Silva Gomes, acusado de prática de estupro de vulnerável e pedofilia.

O professor foi detido no dia 23 de abril após ser pego em flagrante dentro de um carro acompanhado de um menor de 13 anos nas imediações do Restaurante Atualle, em Guarabira.
No momento do flagrante o menor teria dito quem houve anteriormente outros encontros como o acusado, e que nas ocasiões os dois teriam trocados carícias. Já o professor negou as acusações alegando que os encontros seriam para tratar de questões escolares e familiares.
Com o remédio judicial o professor responderá pela acusação em liberdade.

Polícia encontra pacotes com sete celulares em presídio de Guarabira, PB

(Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

Dois pacotes contendo sete celulares e sete carregadores foram encontrados na madrugada desta sexta-feira (6), no interior da Penitenciária João Bosco Carneiro, no município de Guarabira, Agreste da Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Militar de Guarabira, os pacotes foram arremessados do lado de fora por cima da murada da unidade prisional. Uma equipe de vigilância do presídio percebeu a movimentação e consegiu pegar o material.

Apesar de realizar rondas na área, até as 16h30 desta sexta-feira nenhum suspeito foi localizado pela polícia.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Suspeito de estupro é encontrado morto dentro de cela com nove detentos, na Paraíba

Reprodução
Imagem ilustrativa

Um detento da Cadeia Pública da cidade de Araruna, que fica a 170 quilômetros de João Pessoa, foi encontrado morto no banheiro da cela na manhã desta quinta-feira (10). De acordo com a Polícia Civil, José Cândido Ribeiro, de 35 anos, respondia por estupro de vulnerável.

Segundo o delegado Diógenes Fernandes, o preso havia sido detido no mês de fevereiro, suspeito de estuprar a filha e uma enteada. De acordo com o delegado, ele foi encontrado com um pano enrolado no pescoço e a primeira hipótese é de suicídio, embora o detento dividisse a cela com mais nove presos e todos alegaram que não perceberam a ação.

Equipes da Polícia Civil fizeram perícia no local da morte do preso e prometeram investigar o caso.

Por Luís Eduardo Andrade

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Operação apreende drogas e celulares no Presídio do Serrotão em Campina Grande

(Foto: Delmiro Nóbrega/Arquivo Pessoal)

Uma operação pente fino recolheu vários objetos ilícitos na segunda-feira (17) na Penitenciária do Serrotão, em Campina Grande. Ao todo foram encontrados no presídio doze celulares, vinte baterias, três chips, dez carregadores, doze fones de ouvido; três cartões de memória; um facão artesanal; seis espetos; 31 facas artesanais e aproximadamente 35 gramas de substância semelhante a maconha.

A ação contou com a participação dos agentes penitenciários e de equipes do Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE).

Os materiais apreendidos permanecem no presídio, onde vão passar por uma avaliação para saber a quais presos pertenciam. Os produtos que forem identificados vão para a delegacia da Polícia Civil e os que não tiverem identificação vão ser encaminhados para a Gerência da Administração Penitenciária.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br