Arquivo da tag: presa

Dupla é presa acusada de homicídio em Araruna, na Paraíba

Dois homens foram presos nesta quarta-feira (9) no município de Barra de Santa Rosa, acusados de um homicídio praticado na cidade de Araruna, no Brejo da Paraíba. Contra eles, haviam mandados de prisão em aberto.

Iremar Fonseca do Nascimento, de 48 anos e Severino Moreira do Nascimento, de 84 anos, foram localizados em uma ação conjunta das polícias militar e civil de Araruna, sob o comando do Tenente Aluísio e da Delegada Simone.

De acordo com a polícia, ao serem indagados sobre a arma utilizada no crime, acabaram confessando que estava escondida no guarda roupa. Os policiais realizaram uma busca e encontraram o Revólver Taurus, calibre .38, cano médio, oxidável, n° 1470670.

A polícia não informou detalhes sobre o homicídio. Os acusados e a arma apreendida foram conduzidos a Delegacia de Polícia de Barra de Santa Rosa (PB) para as providências cabíveis.

Blog do Pedro Júnior

 

 

Idosa de 63 anos é presa tentando aplicar novo golpe em comércio de Guarabira

Uma mulher de 63 anos terminou sendo presa na tarde da quarta-feira (04), ao tentar comprar produtos eletrônicos com documentos falsos em uma loja no centro comercial de Guarabira, no Agreste da Paraíba.

De acordo com as informações repassadas ao Blog, a idosa foi detida em flagrante no interior do comércio, durante ação conjunta dos policiais militares e civis.

A estelionatária se preparava para comprar uma televisão.

A investigação também apontou que a golpista, em julho deste ano, aplicou o mesmo golpe em dois estabelecimentos comerciais e que em seguida teria vendido as Tvs por preços bem abaixo do mercado.

A presa residente em Campina Grande (PB) confessou ao delegado do caso que vinha ao brejo paraibano aplicar os golpes. Ela se encontra presa e será encaminhada para audiência de custódia, ficando a disposição da justiça.

A prisão da mulher foi realizada por policiais civis do GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª DSPC e militares do NI (Núcleo de Inteligência) da Guarnição do Comando do 4º BPM.

 

ROTA DA NOTÍCIA, COM PEDRO JÚNIOR.

 

 

Depois de praticar dois roubos, dupla é presa por policiais do 4º BPM em Guarabira e motos são recuperadas

Depois de praticarem dois roubos de motos na região, uma dupla de suspeitos foi perseguida e presa por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) na tarde desta segunda-feira (26), na cidade de Guarabira. Os dois já tinham sido presos anteriormente e um deles foi condenado por roubo e cumpre pena no regime semiaberto em um dos presídios da cidade.

Na primeira ocorrência, os dois homens roubaram uma moto no Sítio Jacaré, zona rural do município de Alagoinha e, na fuga, se depararam com viaturas que realizavam diligências, sob o comando do capitão Jones. Durante a perseguição, eles caíram da moto e conseguiram fugir a pé, se embrenhando por dentro do matagal e deixando a moto abandonada no local.

Depois de roubarem outra moto na zona rural de Cuitegi e fugirem na direção de Guarabira, onde residem, eles foram presos por um cerco policial que envolveu as guarnições do Comando do 4º BPM, do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Danilo, e do Destacamento de Pilões, comandada pelo cabo Wellington.

A arma usada por eles para praticar o primeiro roubo teria caído no matagal durante a fuga e não foi localizada pelos policiais. Os dois homens e a moto roubada encontrada com eles foram conduzidos à delegacia.

Assessoria 4º BPM

 

 

Mulher mata o marido a golpes de machado, esconde a arma, mas acaba presa

Mais uma briga familiar acabou em tragédia no interior do estado da Paraíba. Desta vez, uma mulher foi presa acusada de assassinar seu próprio companheiro. O crime aconteceu na noite da última quinta-feira (22), mas só foi descoberto pela polícia na manhã de ontem, na zona rural do município de Massaranduba, distante cerca de 15km de Campina Grande, região Agreste do estado.

Segundo a polícia, o crime ocorreu no sítio Chupadouro, distante cerca de 8km da zona urbana da cidade. O aposentado Nelson Clarindo da Silva, que tinha 79 anos, foi encontrado morto, com vários golpes de machado na cabeça.

Reprodução

A principal acusada do crime é a sua própria mulher, Maria das Dores da Conceição (foto).
Ao fazer buscas na casa do casal, os policiais encontraram a arma possivelmente usada no homicídio, escondida embaixo da cama do casal.

Após os golpes, que teriam sido dados ainda na noite anterior, Nelson perdeu muito sangue, e como não recebeu atendimento, veio a falecer.  O corpo da vítima foi encontrado a poucos metros da sua residência. De acordo com vizinhos, o casal sempre vivia discutindo. A acusada foi detida e encaminhada para delegacia.

Márcio Rangel

 

 

Mulher que matou marido e arrancou pênis dele tem alta e é presa

A mulher suspeita de matar o companheiro a facadas e decepar pênis e testículos dele, na noite da quinta-feira (15), em Areial (PB), recebeu alta do Hospital de Trauma de Campina Grande na segunda-feira (19). Ela passou pela audiência de custódia no mesmo dia e teve a prisão preventiva decretada.

Segundo a delegada que assumiu o caso, Socorro Silva, a suspeita, Merivânia Gabriel, foi levada para o Presídio do Serrotão, em Campina Grande, onde permanecerá até a elucidação do caso. “Nós temos dez dias para concluir o inquérito a partir do dia da audiência. Depois disso, ela fica à disposição da Justiça para ter a pena definida,” disse a delegada.

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu depois de uma discussão entre suspeita e vítima, na residência em que moravam. Durante a briga, a vítima partiu para cima da mulher e a teria esfaqueado no braço. Nesse momento, segundo o filho dela, um adolescente de 13 anos que estava na local, ela jogou ácido muriático no homem para afastá-lo e a partir de então passou a esfaqueá-lo.

O filho dela ainda contou à polícia que, depois que o homem estava morto, a mulher arrancou os órgãos sexuais dele e os jogou no terreno da casa de uma suposta amante da vítima. Em seguida, a suspeita tentou suicídio por uso de veneno e foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

O casal tem um filho de apenas 11 meses, que também estava no local. Conforme a polícia, os filhos dela estão sob os cuidados de parentes.

 

portalcorreio

 

 

Mãe é presa após agredir a filha de nove anos, na Grande JP

A mãe de uma menina de 9 anos foi presa nesta quinta-feira (25) suspeita de agredir com tapas a filha, uma menina de nove anos. As agressões aconteceram no domingo (21), na casa onde elas moram, no município de Cruz do Espírito Santo, na Grande João Pessoa.

Segundo o major Sidney, comandante da 3ª Companhia de Polícia Militar em Sapé,  a avó da menina, que é a responsável legal por ela, foi quem denunciou o crime após filmar a suspeita batendo na criança.

Ainda segundo o major, a suspeita estava sendo procurada desde segunda-feira (22) e só foi localizada nessa quarta. Ela foi encaminhada à Delegacia, onde prestou depoimento. Ainda não se sabe se a mulher foi presa ou responderá ao inquérito em liberdade, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta matéria.

 

clickpb

 

 

Mulher é presa em Guarabira acusada de maus-tratos contra filhos de 2 e 4 anos

Uma mulher suspeita de maus-tratos contra os filhos foi presa em flagrante por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) na noite dessa quinta-feira (18), no Bairro Juá, em Guarabira. A mulher chegou na residência da ex-sogra com os dois filhos, um menino de 4 anos e uma menina de 2, e passou a agredir o menino. A ex-cunhada e tia da criança interviu para que ele não fosse espancado pela mãe, que foi embora levando a outra criança.

O Conselho Tutelar foi acionado e, com o apoio da guarnição comandada pelo subtenente Wamberto, encontrou a mulher com a filha e o ex-companheiro, ambos apresentando sinais visíveis de embriaguez alcoólica. Os dois foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil. As crianças, com a autorização do Conselho Tutelar, ficaram aos cuidados da tia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Mulher é presa suspeita de esconder droga dentro da bolsa do filho de 1 ano, na PB

Uma mulher foi presa neste domingo (9)m suspeita de esconder cocaína dentro da bolsa do filho, de um ano e seis meses, em Mamanguape, Litoral Norte da Paraíba. A mulher foi presa durante a abordagem, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), a um carro que seguia de Natal para João Pessoa.

Dentro da mochila da criança, a polícia encontrou 715 gramas de cocaína. A droga pertencia a mulher de 24 anos, que já respondia em liberdade por tráfico de drogas.

No sábado (8), uma outra mulher também foi presa fazendo tráfico de cocaína de Natal Para João Pessoa. A abordagem foi feito a um carro com cinco pessoas. A polícia verificou os pertences dos passageiros e encontrou dois tabletes de cocaína, com dois quilos da droga, na bolsa de uma das passageiras.

A mulher tem 21 anos e está grávido de cinco meses. No momento da prisão, ela estava com o filho de quatro anos. Ela já responde, em liberdade, por tráfico de drogas.

Nas duas prisões, as mulheres foram detidas e encaminhadas à Polícia Civil de Mamanguape. As crianças foram levadas para o Conselho Tutelar.

G1

 

Dupla é presa por praticar roubo na Praça Central de Araruna

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (05), uma dupla acusada de ter praticado roubo na Praça Central do município de Araruna. Jackson Nascimento e Dayane Barbosa da Silva estão à disposição da Justiça e agora aguardam a audiência de custódia que vai determinar para qual prisão eles devem ser encaminhados.

As prisões foram feitas pela Seccional de Solânea, por meio da Delegacia de Araruna, em ação conjunta com o NI e as Polícias Civil e Militar da cidade de Brejinho, no Rio Grande do Norte.

A polícia cumpriu mandados de prisão expedidos pela Justiça.

 

Redação FN

 

 

Mulher é presa suspeita de prostituir a filha de dez anos por R$ 20

Uma mulher foi presa neste domingo (19) suspeita de prostituir a filha de 10 anos por R$ 20, no bairro Costa e Silva, em João Pessoa. A Polícia Militar foi chamada por uma moradora, que foi procurada pela criança

Conforme informações da PM, a mãe, de 28 anos, teria entregue a própria filha para que ela tivesse relações sexuais com um homem em troca do dinheiro, que seria usado para comprar drogas.

O fato aconteceu na noite do sábado (18) e, segundo a criança, a mãe teria a obrigado a manter relações sexuais com o homem, por R$ 20, dentro de um carro. Depois disso, a criança fugiu e pediu ajuda a uma moradora, que chamou a polícia e prendeu a mulher. Ela foi levada para a Central de Flagrantes e, em seguida, foi levada para a Delegacia da Mulher. Ela está presa na carceragem da Central de Polícia.

O Conselho Tutelar procurou a família da criança e ela foi entregue ao pai, na cidade de Alhandra. A mulher tem outros três filhos e a polícia investiga se ela também aliciava os outros filhos.

G1