Arquivo da tag: Prefeito

Prefeito de Uiraúna flagrado com dinheiro na cueca paga fiança de R$ 522,5 mil, mas continua preso aguardando alvará de soltura

O prefeito afastado de Uiraúna, João Bosco Nonato Fernandes, pagou fiança de R$ 522,5 mil estipulada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello, no último dia sábado (4). No dia, chegou-se a anunciar que Bosco Fernandes seria recebido com festa em Uiraúna, mas a verdade é que ele continua preso, pois o STF ainda não emitiu o alvará de soltura.

O advogado de Bosco, Fernando Erick de Carvalho, informou ao ClickPB que já peticionou a soltura do cliente ao STF, mas devido a pandemia, o supremo está funcionando em regime de plantão e é necessário aguardar a liberação do alvará.

Bosco Fernandes está preso desde 21 de dezembro do ano passado, quando foi deflagrada a Operação Pés de Barro, que apura pagamentos de propina decorrentes do superfaturamento das obras de construção da “Adutora Capivara”, um sistema adutor que deve se estender do município de São José do Rio do Peixe ao município de Uiraúna, no Sertão da Paraíba.

Na época da prisão o prefeito ficou conhecido nacionalmente após a exibição de um vídeo em que aparece escondendo dinheiro na cueca. A história chegou a ser matéria do Fantástico, programa dominical da Rede Globo.

 

clickpb

 

 

Prefeito paraibano preso após colocar propina na cueca é posto em liberdade

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, concedeu liberdade ao prefeito afastado de Uiraúna, João Bosco Fernandes, preso na Operação Pés de Barro. Foi determinado o pagamento de fiança de R$ 522 mil.

Bosco foi filmado pela Polícia Federal recebendo propina em dinheiro e colocando na cueca. Segundo a PF, esse dinheiro seria entregue em um esquema de propinas.

Ainda de acordo com as investigações, as propinas foram entregues e registradas pelo empresário George Ramalho.

Operação

A Polícia Federal deflagrou a Operação “Pés de Barro” no dia 21 de dezembro de 2019, que investigou desvios de recursos para obras de uma adutora no sertão da Paraíba.

 

Portal WSCOM

 

 

TCE reprovará contas de prefeito que cair no ‘golpe do zap’ com dinheiro público

O presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, Arnóbio Viana, anunciou nesta segunda-feira (29) que a Corte reprovará as contas de todos os prefeitos que caírem no ‘golpe do whatsapp’ usando o dinheiro público para bancar o crime. Segundo ele, ainda não há casos dessa natureza registrados na Paraíba, no entanto, o golpe é de conhecimento de todos, não sendo compreensível alegar ter sido enganado para justificar eventuais gastos com o erário.

“Esse fato já aconteceu no Rio Grande do Norte e o Tribunal de Contas da Paraíba já fez ampla divulgação desses fatos e passados três meses, novamente houve casos de depósitos. Então, o que estamos querendo agora é que os prefeitos fiquem atentos. Dinheiro de prefeitura tem que ser corretamente aplicado. Não pode ser pago dinheiro público de qualquer maneira. Tem que ser obedecendo o que a legislação manda”, disse.

De acordo com o presidente, caso alguma prestação de contas encaminhada pelos prefeitos chegue à Corte com a alegação de que teve origem em um
“O que eu quero dizer que o prefeito não pode dizer de maneira nenhuma usar dinheiro público como tendo caído no golpe. Daqui para frente ninguém é mais inocente para aceitar cair nesse golpe. A Paraíba já sabe que existem esses falsários. Estou dizendo como uma forma de ter mais cuidado para que daqui para frente não ocorra novamente”, emendou.

As declarações repercutiram no programa Arapuan Verdade.

PB Agora

 

 

 

Ramom oficializa pré-candidatura a prefeito de Bananeiras e busca unidade do grupo da situação

O Vereador Ramom Moreira, do Democratas, oficializou sua pré candidatura a prefeito para as eleições 2020 em Bananeiras, durante entrevista concedida ao radialista Fabio Dutra, na rádio Talismã FM.

Ramom afirmou, durante a entrevista, que trabalha pela unidade do grupo político da situação, que é liderado pelo prefeito Douglas Lucena e ex-deputado Ramalho Leite, e informou que estaria dialogando com todas as lideranças políticas visando consolidar seu nome para a próxima eleição. “Estamos dialogando com o Vice Prefeito Guga, que também é pré candidato a prefeito, os vereadores, lideranças comunitárias e pessoas do povo, para construir uma candidatura forte, que represente os anseios dos bananeirenses e seja vitoriosa, visando a manutenção do projeto de desenvolvimento do nosso município”, destacou.

A informação divulgada através da radio Talismã FM é de que o grupo situacionista deverá realizar uma pesquisa de opinião pública, para homologar a escolha popular e definir o nome do candidato a prefeito do grupo.

Ramom está exercendo o segundo mandato de vereador e sempre recebeu expressivas votações nas eleições que disputou, sendo inclusive o vereador mais votado da história do município.

Bananeiras possui aproximadamente 14 mil eleitores, que decidirão o futuro do município na próxima eleição.

 

Com assessoria

 

 

Deputado Eduardo Carneiro anuncia apoio e reforça pré-candidatura a prefeito de Walter Júnior em Solânea

Em visita ao município de Solânea neste fim de semana e atendendo todos os requisitos do isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus, o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB), anunciou ontem (20), apoio à pré-candidatura do presidente municipal do MDB da cidade, Walter Júnior a prefeitura da cidade nestas eleições de 2020.

Segundo Walter, o gesto surge num momento de fortalecimento de sua pré-candidatura que aparece como o nome mais aglutinador das oposições na cidade e representa a possibilidade de mais um partido se somar a essa causa que é da volta do desenvolvimento a cidade que  está parada a mais de uma década por um grupo político que se reversa no comando da cidade.

“Eu recebo com muita alegria mais esse apoio de Eduardo Carneiro a esse projeto que não é meu e sim de todos que querem ver uma mudança nos rumos administrativos de nossa Solânea. Vamos juntos e venha você também que quer ver a cidade sair desse marasmo administrativo”, disse o pré-candidato emedebista ao receber o apoio de Eduardo em sua residência no brejo paraibano.

 

Assessoria de comunicação

 

 

Filha do prefeito de Serraria devolve R$ 600 do auxílio emergencial e registra boletim de ocorrência por ter sido cadastrada sem saber

A secretária de Ação Social de Serraria, Pamella Gabrielly Ribeiro de Freitas Silva, que também é filha do prefeito do município, Petrônio Caboclo, registrou boletim de ocorrência por ter sido registrada no auxílio emergencial do Governo Federal. O prefeito também enviou ao ClickPB documentos que apontam que ela devolveu os R$ 600 do auxílio.

”O fato é que a mesma nunca fez tal solicitação e nem tinha conhecimento que alguém o realizou em seu nome. Ao tomar conhecimento da situação, fizemos a devida verificação e confirmamos que de vera há liberação do Auxílio em seu nome, mas não existe registro de saque e nem movimentação bancária do valor, o que comprova que fomos vítimas da má intenção de outrem cujo intuito exclusivo é o de nos prejudicar”, diz trecho da nota enviada pelo prefeito.

Junto com a nota, ele enviou o registro do boletim de ocorrência realizado para que a fraude seja apurada e o comprovante de pagamento de uma Guia de Recolhimento da União (GRU) no valor de R$ 600.

 

clickpb

 

 

Marcus Diôgo toma posse como Prefeito de Guarabira, PB

O vice-prefeito Marcus Diôgo de Lima, tomou posse na tarde desta segunda-feira, 15 de junho, no cargo de Prefeito do Município de Guarabira.

Cumprindo a determinação estabelecida pela Lei Orgânica, a solenidade foi realizada através de uma sessão extraordinária da Câmara Municipal ocorrida no Casarão da Cultura, tendo em vista que o prédio da Casa Osório de Aquino, sede do Legislativo Municipal, passa por reformas.

A cerimônia de posse foi restrita aos vereadores, alguns secretários e colaboradores da administração municipal, obedecendo os critérios de segurança estabelecidos pelos órgãos de saúde devido ao enfrentamento da pandemia causada pelo novo coronavírus.

“Buscarei com todas as minhas forças honrar e dar continuidade ao legado de trabalho do Dr. Zenóbio Toscano em nossa cidade. Sei que lá no céu, junto com minha mãe, Detinha Diogo, estarás me iluminando nas decisões, meu amigo. Não é um ato qualquer que assino, mas sim, a sucessão de um homem que dedicou mais de 40 anos de sua vida por esta cidade. Deus nos abençoe!”, falou o prefeito recém-empossado, Marcus Diôgo.

Durante a solenidade, Marcus prestou o compromisso formal estabelecido na Lei e após a cerimônia, em seu primeiro ato como prefeito, decretou o luto oficial de oito dias em homenagem a Zenóbio Toscano.

Assessoria

 

 

Prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano sofre novo AVC e está em estado grave

O prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB), sofreu um novo Acidente Vascular Cerebral (AVC) está internado em estado grave em um hospital de João Pessoa. A informação foi confirmada por pessoas próximas da filha de Zenóbio, a deputada estadual Camila Toscano (PSDB).

Zenóbio está afastado da prefeitura desde maio de 2019, quando pediu licença para tratamento de saúde após sofrer um Acidente Vascular Isquêmico. Com isso, a prefeitura vem sendo comandada pelo vice-prefeito, Marcus Diogo (PSDB).

 

fonte83

 

 

Prefeito de Alagoa Grande diz que esposa recebeu auxílio emergencial ‘por engano’

Após a repercussão negativa de que a primeira dama de Alagoa Grande, Adriana Karla de Melo Lima teria recebido auxílio emergencial disponibilizado pelo Governo Federal para pessoas de baixa renda e embolsado R$ 1,2 mil, o prefeito da cidade, Antônio da Silva Sobrinho (PSD) confirmou a informação, mas assegurou que tudo se tratou de um engano. Ele afirma ainda que ela não ficou com o dinheiro

O prefeito disse que a esposa é voluntária  na Secretaria de Ação Social e se inscreveu no benefício para aprender como funciona e ensinar as pessoas necessitadas que procuram a secretaria.

Ele assegurou que a esposa fez questão de não finalizar a inscrição, mas houve um engano, e o cadastro acabou sendo finalizado e ela recebeu uma mensagem depois avisando que havia sido contemplada com o auxílio.

“Ela não fez para receber dinheiro, fez para a ensinar ao pessoal como receber o dinheiro”, disse o prefeito. Ele também informou que orientou a esposa a procurar um advogado, que já entrou em contato com a Caixa Econômica Federal, para saber como devolver o dinheiro.

 

pbagora

 

 

Prefeito de Tamandaré contratou a mãe de Miguel, que caiu de prédio, como servidora

A pernambucana Mirtes Renata de Souza, mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, que morreu após cair do nono andar de um prédio no Recife, era contratada como servidora pública da Prefeitura de Tamandaré. O patrão da empregada doméstica é o prefeito da cidade, Sérgio Hacker Corte Real (PSB), que no dia 1º de fevereiro de 2017 inseriu a sua funcionária pessoal no quadro dos servidores do município. A informação é da jornalista Ciara Carvalho, do Jornal do Commercio de Pernambuco, e foi confirmada pelo EXTRA.

Mirtes, que trabalhava para Sarí Corte Real, primeira-dama de Tamandaré e que foi presa em flagrante logo após a morte do pequeno Miguel e liberada após pagar fiança de R$ 20 mil, está cadastrada como Gerente de Divisão CC6, com lotação em Manutenção das Atividades de Administração. É um Cargo Comissionado e que, até o momento, não consta qualquer desligamento.

As informações estão no Portal da Transparência de Tamandaré. Na folha de pagamento da prefeitura, consta que a empregada recebia um salário de R$ 1.517,57 até março de 2020. No entanto, nos dois últimos meses, abril e maio, o pagamento baixou para R$ 1.093,62, que é o valor atual do salário mínimo, deixando a remuneração R$500 a menos do que as anteriores.

A empregada Mirtes Renata de Souza consta como funcionária da prefeitura de Tamandaré
A empregada Mirtes Renata de Souza consta como funcionária da prefeitura de Tamandaré Foto: Reprodução / Portal da Transparência de Tamandaré

Na descrição do contrato, fica claro que não foi exigido qualquer comprovante de escolaridade, enquanto a carga horária aparece com um total de zero horas semanais, o que pode ser entendido como “funcionária fantasma”. Procurada pelo EXTRA, a prefeitura de Tamandaré ainda não se manifestou.

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) confirmou, nesta sexta-feira, que deu início as investigações na Prefeitura de Tamandaré para apurar o fato.

A empregada Mirtes Renata de Souza consta como funcionária da prefeitura de Tamandaré
A empregada Mirtes Renata de Souza consta como funcionária da prefeitura de Tamandaré

Caso Miguel

Miguel era filho único de Mirtes Renata Souza e morreu nesta terça-feira, dia 2, ao cair do nono andar de um prédio no bairro São José, no Centro do Recife. Ela que trabalhava no apartamento da patroa, no quinto andar, desceu ao térreo para passear com o cachorro e deixou o filho aos cuidados dela. A empregadora permitiu que o menino, de apenas 5 anos, entrasse no elevador sozinho para procurar a mãe, e ele acabou se perdendo no prédio: desceu no nono andar, onde fica uma área comum com os aparelhos de ar-condicionado, escalou a grade que protegia os equipamentos e caiu de uma altura de 35 metros.

Miguel Otávio, de 5 anos, caiu de nono andar de prédio no Recife
Miguel Otávio, de 5 anos, caiu de nono andar de prédio no Recife Foto: Reprodução/Facebook

Na quinta-feira, um dia após enterra o filho, a empregada doméstica desabafou sobre sua perda e sobre a responsabilidade de sua patroa na tragédia.

“Ela confiava os filhos dela a mim e à minha mãe. No momento em que confiei meu filho a ela, infelizmente ela não teve paciência para cuidar, para tirar (do elevador). Eu sei, eu não nego para ninguém: meu filho era uma criança um pouco teimosa, queria ser dono de si e tudo mais. Mas assim, é criança. Era criança”, afirmou, em entrevista à TV Globo.

As autoridades, que atuaram a patroa por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, não revelaram a identidade dela. Mirtes que trouxe o nome de Sari Corte Real à tona e desabafou:

“Se fosse eu, meu rosto estaria estampado, como já vi vários casos na televisão. Meu nome estaria estampado e meu rosto estaria em todas as mídias. Mas o dela não pode estar na mídia, não pode ser divulgado. Se fosse eu, a essa hora, já estava lá no Bom Pastor (Colônia Penal Feminina), apanhando das presas por ter sido irresponsável com uma criança”.

 

Extra