Arquivo da tag: Prefeito

Tião Gomes e prefeito de Cacimba de Dentro requerem água de Canafístula II para a cidade

O deputado estadual Tião Gomes (PSL) e o prefeito de Cacimba de Dentro, Nelinho, se reuniram com o presidente da Cagepa, Hélio Cunha Lima, para requerer que a cidade seja novamente abastecida com a água da barragem de Canafístula II, que atualmente abastece Bananeiras e Solânea é que, atualmente, se encontra com menos de 20% de sua capacidade total.

O prefeito Nelinho acredita que o acúmulo de água já registrado no reservatório possibilita esse abastecimento. “Encaminhei o pleito de abastecimento de água de nossa cidade através da Barragem de Canafístula II, tendo em vista que com as chuvas o volume de água que alcançou possibilita que nossa cidade volte a ser abastecida”, argumentou o gestor em sua rede social.

Nelinho contou que tem lutado persistentemente, com a ajuda de Tião Gomes, para amenizar a falta de água no município. “Essa semana estive na luta em João Pessoa para conseguir amenizar o sofrimento do nosso povo por água. Entreguei ofício para o presidente da Cagepa e, além do documento, me empenhei em ir pessoalmente dialogar com o presidente para que se solucione essa questão. Ainda melhor que abastecimento por carros-pipa e em caixas de água, é água nas torneiras”, falou o prefeito.

Segundo ele, o presidente da Cagepa garantiu que vai iniciar estudos para verificar a possibilidade da liberação do abastecimento pela barragem em questão. “Já recebi a garantia do presidente da Cagepa de que a partir de segunda-feira começarão os estudos de viabilidade, com a verificação da tubulação que liga a nossa cidade à barragem para se verificar as condições dos canos e, em sequência, a água será liberada para as torneiras dos Cacimbasses. É o que esperamos para que nosso povo não sofra, pois quando Deus manda é para todos, sem diferenciações”, concluiu.

 

Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

STJ nega liminar para soltar prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima

(Foto: Walla Santos)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) não acatou o pedido de liminar no habeas corpus feito pela defesa do prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, preso no dia 5 de julho, suspeito de cobrar o pagamento de propina a um empresário da cidade. A decisão do STJ foi proferida nesta sexta-feira (4).

Em contato com o Portal Correio, o advogado de defesa, Sheyner Asfora, não se trata de uma decisão definitiva. Ele explicou que o pedido só foi apreciado agora porque à época o STJ estava em recesso.

Segundo Sheyner, a defesa de Berg aguarda com expectativa o julgamento do agravo interno, previsto para acontecer na próxima quarta-feira (9), pelo Tribunal Pleno. Ele disse não há mais motivos para perdurar a prisão do gestor. “Essa decisão não vai interferir em nada no andamento do agravo. Estamos confiantes, até porque o prefeito Berg preenche todos os requisitos para aguardar a instrução processual em liberdade”, comentou.

Enquanto aguarda o julgamento do agravo, Berg Lima continua preso no 5º Batalhão de Polícia Militar, no Valentina Figueiredo, em João Pessoa.

Por Alexandre Freire do Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Prefeito nomeia irmãos, tio e esposa para secretarias municipais em cidade do Agreste da PB

Quatro irmãos, um tio e a esposa do prefeito da cidade de Montadas, no Agreste da Paraíba, foram nomeados para ocupar seis secretarias na cidade. Além deles, pelo menos mais oito parentes de Jonas de Souza (PSD) assumiram cargos de chefia na gestão municipal. A promotoria do patrimônio público de Esperança, região de Montadas, determinou abertura de procedimento para apurar a legalidade destas nomeações.

O tio do prefeito ocupa a secretaria de Administração da cidade. Os irmãos dele, as pastas de Saúde, Educação, Infraestrutura e Cultura. E a esposa responde pela secretaria de Finanças. Os demais parentes já identificados foram nomeados como Chefe de Gabinete e de Recursos Humanos.

O advogado especialista em direito político Murilo Duarte explica que as nomeações não são ilegais para o secretariado, mas não podem ser efetuadas para cargos de chefia municipal. “A vinculante 13 do STF permite que parentes sejam indicados para cargos políticos, mas não cargos de confiança. O tios, os sobrinhos esses não podem. Nesse caso, em tese, a nomeação dessas pessoas, caso estejam como servidoras é ilegal”, alerta.

Em nota, o prefeito disse que as nomeações são legais e passaram pelo crivo do Tribuna de Contas do Estado (TCE). “A nomeação de parentes para cargos públicos é de natureza política e não diz respeito ao conteúdo normaitvo da súmula vinculante do STF”, rebate em alusão ao argumento apresentado pelo advogado especialista. Segundo ele, todos os nomeados têm capacitação adequada para os cargos que estão ocupando.

Os vereadores de oposição do município vão pedir a intervenção do Ministério Público no caso. O promotor patrimônio público de Esperança, Leonardo Cunha Lima já determinou que um procedimento seja aberto para verificar a legalidade das nomeações feitas pelo prefeito.

g1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Novo prefeito de Bayeux diz que vai abrir prefeitura para fiscalização, cortar gastos e revisar contratos

(Foto: Aline Lins)

O novo prefeito de Bayeux, Luiz Antônio de Miranda Alvino (PSDB), anunciou na tarde desta quinta-feira (05), em seu discurso de posse, que vai abrir as portas da prefeitura para o Tribunal de Contas, Polícia Civil e Ministério Público. Além disso, o tucano disse que vai promover cortes da administração e diminuir a folha, começando pelo aumento dado no ano passado no salário de prefeito e dos secretários municipais.

Com o cancelamento do reajuste dos salários do prefeito e secretários, ele disse que a economia anual vai ser de R$ 1 milhão, segundo ele, para ser investido em saúde e educação.

Ele ainda anunciou outras medidas administrativas, como a devolução de todos os carros locados de representação. A partir de agora, secretários e até o prefeito vão usar os próprios carros para ir trabalhar, assegurou.

Além disso, adiantou que o pagamento de fornecedores estão suspensos e os contratos serão revisados.

O gestor fez um discurso rápido e sem nenhuma efusividade. “Posse é momento de festa, de alegria, mas Nesse momento a decepção e a frustração toma conta de toda a cidade”, disse, declarando-se decepcionado, referindo-se ao fato do prefeito Berg Lima ter sido preso por envolvimento em corrupção.

Ele pediu a ajuda da Câmara Municipal, defendendo a harmonia entre os poderes, afirmando que não se governa uma cidade sozinho.

Luiz Antônio foi empossado no cargo de prefeito em decorrência do afastamento de Berg Lima, depois que foi preso por suspeita de extorquir fornecedor da prefeitura.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Assessoria de Berg Lima informa que prefeito foi vítima de “armação política”

A assessoria do prefeito Berg Lima, preso ao ser flagrado rebendo dinheiro proveniente de extorsão, na tarde desta quarta-feira (05), emitiu nota onde informa que o gestor foi vítima de uma “armação política” realizada com o intuito de destruir o seu mandato.

Ainda de acordo com a nota, o prefeito irá esclarecer os fatos e provar que não que não praticou nenhum ato ilegal.

Veja:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Nesta quarta-feira (5), o prefeito de Bayeux, Berg Lima, foi vítima de uma armação política que se utilizou de um empresário inescrupuloso para tentar destruir um mandato obtido por meio da maior votação da história do município. 

O prefeito confia na Justiça e irá esclarecer os fatos, provando que não praticou qualquer ato ilegal contra o povo e a cidade.

 

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Empresário que filmou propina a prefeito de Bayeux foi colaborador premiado

O empresário que filmou o pagamento de uma suposta propina ao prefeito de Bayeux, Berg Lima, foi um colaborador premiado e era “vítima” das “condutas” do gestor, segundo afirmou o delegado de Defraudações e Falsificações de João Pessoa (DDF), Lucas Sá. Berg Lima foi preso em flagrante nesta quarta-feira (5) durante uma operação do Ministério Público da Paraíba (MPPB) em conjunto com a Polícia Civil.

“O fornecedor, ele não pagou uma simples propina. Na verdade, ele deveria receber esses valores porque foi o vencedor de uma licitação. Então são valores que são devidos a ele, até pela prestação do serviço”, afirmou o delegado.

De acordo com Lucas Sá, o empresário não receberia os valores devidos a ele se não pagasse a suposta propina solicitada pelo prefeito. “Então não existia outra conduta pra ele. Ou pagava a propina ou ficava sem receber e fechada suas empresas. Ele preferiu pagar, mas comunicar os fatos à polícia e possibilitar, então, a prisão do prefeito”, disse.

A assessoria de imprensa de Berg Lima enviou uma nota à imprensa, na qual ele diz estar sendo “vítima de uma armação política”. A Prefeitura de Bayeux ainda não se manifestou sobre o caso.

Prefeito de Bayeux, Berg Lima, é conduzido à Central de Polícia Civil, na Paraíba (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Prefeito de Bayeux, Berg Lima, é conduzido à Central de Polícia Civil, na Paraíba (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Prefeito Berg Lima foi preso em flagrante

O flagrante foi realizado durante uma ação realizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB). O recebimento do dinheiro foi filmado, e o vídeo mostra um empresário fornecedor da prefeitura de Bayeux contando o dinheiro, que soma R$ 4 mil, e entregando ao prefeito.

As informações são do promotor de Justiça e coordenador do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba, Octávio Paulo Neto.

Prefeito de Bayeux, Berg Lima, é preso suspeito de extorquir empresário, na Paraíba

Prefeito de Bayeux, Berg Lima, é preso suspeito de extorquir empresário, na Paraíba

O gestor foi preso e levado para a sede do Gaeco e, em seguida, para a Central de Polícia, em João Pessoa. Segundo o delegado Lucas Sá, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa (DDF), o prefeito preferiu ficar em silêncio durante o depoimento. Ele deve passar por uma audiência de custódia ainda nesta quarta-feira.

Ele deve ser investigado pelos crimes de corrupção passiva e peculato. Pelos crimes, Berg Lima pode ser condenado a até 24 anos de prisão.

Prefeito de Bayeux, Berg Lima, foi levado à Central de Polícia Civil, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Prefeito de Bayeux, Berg Lima, foi levado à Central de Polícia Civil, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)

O dinheiro seria uma contrapartida para que o empenho do empresário fosse liberado. Nas imagens, após a contagem do dinheiro, o prefeito faz uma ligação para um secretário, solicitando a liberação do empenho.

No diálogo, o fornecedor pede a liberação do empenho. “Me dê uma ‘brechinha’ para eu trabalhar, homem, eu estou precisando de um fôlego”, diz o empresário.

“Coloque num envelope, por favor”, pede o prefeito Berg Lima antes de receber o valor da suposta propina.

Segundo o delegado Lucas Sá, não há suspeita de envolvimento de outras pessoas no esquema. Pelos crimes, Berg Lima pode ser condenado a até 24 anos de prisão.

“Todas as negociações tratativas, todos os valores eram pagos diretamente ao prefeito, em espécie e em mãos”, explicou o delegado.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Sem pagar salários atrasados, prefeito de Stª Rita aumentou em 29% o número de servidores

Apesar de servidores públicos de Santa Rita terem salários atrasados ainda de 2016 e a economia do município estar em frangalhos na 3ª maior cidade da Paraíba, isso não impediu o atual prefeito, Emerson Panta (PSDB), de aumentar em 29% o número de contratados da cidade.

Com o novo número na somatória dos cinco primeiros meses do ano (janeiro a maio), o número de servidores subiu de 2.201 para 2.836. O dinheiro gasto para pagar a inchada folha de pessoal aumentou de R$ 5,57 milhões para R$ 7,3 milhões, o que representa um aumento de 31% nas despesas do município.

Se até junho os números seguirem na mesma tendência do resto do ano, o número de servidores terá aumentado ainda mais, uma vez que, mês a mês, o número de contratados subiu: em janeiro, eram 2.201; em fevereiro, 2.312; em março, 2.348; em abril, 2.402. O maior pulo do gato foi de abril para maio, quando nada menos que 434 pessoas foram contratadas pela gestão municipal, fazendo o número subir para 2.836 servidores.

Fazendo uma simples projeção, ignorando a tendência de o número de contratados e de valor gasto com folha de pessoal ter aumentado, avaliando apenas o acréscimo total em maio com relação a janeiro, quando Panta pegou o município, que é de R$ 1.730.431,02 milhão, isso representaria, em doze meses, ou seja, em maio do ano que vem, um total de mais de R$ 20 milhões a mais gastos apenas com servidores.

Ao final da gestão, com o número atual de servidores, será pelo menos R$ 74 milhões a mais gastos com a folha, do que seria se o número de funcionários públicos tivesse se mantido o mesmo de janeiro de 2017.


Blog do Diego Lima

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Prefeito Kaiser participa da abertura da Rota Cultural Caminhos do Frio em Areia

A Rota Cultural Caminhos do Frio 2017 teve início na noite desta segunda-feira, 3, no município de Areia. O roteiro vai passar por nove cidades do Brejo paraibano até 3 de setembro, já o prefeito Kaiser participou da abertura da Rota Cultural ao lado do vice-prefeito Edvanildo Júnior, e do diretor de Cultura, Tiago Salvador.

A solenidade de abertura aconteceu no tradicional e histórico Colégio Santa Rita e o espaço ficou pequeno para tanta gente. Ao som do grupo musical AMUSIPAR (Associação dos Músicos Profissionais e Amadores do Município de Areia), vários moradores, visitantes e autoridades apreciaram o início do festival.

A cerimônia se iniciou com Rejane Ribeiro tocando violão e cantando o Hino Nacional. Logo em seguida, os alunos do Colégio Santa Rita cantaram em coral o Hino de Areia. Depois foi a vez da Orquestra Rural Vó Maria encantar os presentes com músicas da cultura nordestina, do Sexteto Potiguar tocando grandes clássicos de compositores nordestinos e do Show do músico Gustavo Ribeiro.

Ao final da cerimônia, foram feitas homenagens às cidades da Rota Cultural Caminhos do Frio. Os representantes de cada município ganharam a Comenda Pedro Américo, do artista Tito Lobo, que foi inspirada na obra “O Galo”, de Pedro Américo. A noite fria de 17º terminou ao som da orquestra areense Voo Livre no Palco Central, no centro da cidade de Areia.

Acidade de Solânea terá início da Rota nos dias 24/07 a 30/07 com TEMA: “Memorial de Fé, Arte e Cultura”. Para o diretor de Cultura Tiago Salvador, o evento Caminhos do Frio já está consolidado no calendário de eventos da região e a cada dia atrai mais os olhares para a região do Brejo paraibano fortalecendo os municípios, o turismo e a cultura local.

Fonte: Clemilson Fotografia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Prefeito de Boqueirão cobra de Luan Estilizado em rede social R$ 40 mil de reembolso

Após cancelamento do show de Luan Estilizado no domingo (25 de junho) em Boqueirão, região da Borborema da Paraíba, o prefeito da cidade pede o reembolso do cachê de R$ 40 mil. De acordo com o prefeito de Boqueirão, o show estava marcado para às 23h50 do dia 25 de junho e o artista não cumpriu e o empresário de Luan informou que ele não conseguiria chegar antes das 3h do dia 26. O empresário de Luan nega.

O prefeito de Boqueirão João Paulo Segundo (PSD) publicou no Facebook uma foto do contrato do show de Luan Estilizado junto a uma nota onde diz também que o artista subiu ao palco na madrugada da segunda-feira, 26 de junho, e anunciou que o show foi remarcado para o dia 13 de julho. Entretanto, João Paulo afirma que não houve negociação entre a equipe de Luan e a prefeitura para a nova data.

“Eu jamais concordei quando fiquei ciente na segunda-feira, Boqueirão merece respeito, uma festa numa quinta-feira onde todos são trabalhadores não seria viável. Quem escolhe o dia de fazer festa na nossa cidade não é o cantor que está sendo PAGO e sim o povo que em sua maioria não achou certo numa quinta (sic)”, disse o prefeito em sua página no Facebook.

No mesmo posto o reembolso dos R$ 40 mil é cobrado porque o prefeito João Paulo não vê “necessidade de fazer festa fora de época” e diz que “outros eventos virão e festas também”.

Luan Estilizado e seu empresário apresentaram versão diferente da versão do prefeito de Boqueirão (Foto: Kamylla Lima/G1/Arquivo)

Luan Estilizado e seu empresário apresentaram versão diferente da versão do prefeito de Boqueirão (Foto: Kamylla Lima/G1/Arquivo)

Dinheiro devolvido

O empresário de Luan Estilizado, Fábio Almeida, apresenta uma versão diferente da versão do prefeito de Boqueirão. Ele diz que o horário acertado desde o início foi às 3h: “eu fui claro com eles, disse que Luan não chegava antes das 3h e ficamos nesse impasse”, conta.

Além disso, Fábio Almeida lembra que tinha uma restrição de horários de shows em praça pública na cidade, de até 2h, que eles só ficaram sabendo poucos dias antes do show. Esta mesma versão foi apresentada pelo cantor, no seu Instagram, no dia seguinte ao show.

“Acertamos de dar um show em outra data. Lançamos opções de datas, porque em julho temos 26 shows. Passamos as datas livres e acertamos o dia 13 de julho. Ficou tudo certo”, diz o empresário de Luan Estilizado sobre a afirmação do prefeito de que não concordou com a data acertada entre a banda e a prefeitura.

Fábio ainda diz que ficou surpreso com o pedido de reembolso do prefeito João Paulo Segundo: “Fomos surpreendidos com ele pedindo o dinheiro de volta e a gente tem que aceitar. O dinheiro inclusive já foi devolvido. Eu mesmo falei com ele e disse que está tudo bem”, concluiu.

Sendo assim, não vai haver show de Luan Estilizado em Boqueirão numa nova data.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Prefeito de Alagoinha anuncia atrações do São João e pagamento de junho com metade do décimo terceiro

O prefeito de Alagoinha, Jeová José, anunciou nesta terça-feira (30), durante entrevista na Rádio Constelação FM, parte das atrações do São João e confirmou o pagamento do mês de junho, inclusive com metade do décimo terceiro salário para o servidor público municipal.
Para o dia 23 de junho, as atrações anunciadas pelo prefeito foram Forró do Auge e o cantor e compositor Jorge de Altinho. Na próxima semana, Jeová divulgará o restante de programação referente aos festejos juninos de Alagoinha.
A abertura da festa começa no dia 22 com apresentação de quadrilhas juninas.
Programa de rádio – Durante a entrevista, concedida aos radialistas Cid Cordeiro e Zé Roberto, o prefeito Jeová José confirmou que estreará, pela Constelação FM, programa de rádio com a finalidade de divulgar as ações da Prefeitura de Alagoinha.
portalindependente

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br