Arquivo da tag: positivo

Estudo revela que amamentação no primeiro ano de vida é primordial por causar efeito positivo no cérebro

Considerado um ato fundamental para o desenvolvimento saudável de uma criança, o aleitamento materno tem ganhado cada vez mais atenção no Brasil. É o que revela o Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani) do Ministério da Saúde. De acordo com o balanço, 14.505 crianças menores de cinco anos foram avaliadas no período entre fevereiro de 2019 e março de 2020. Desse total, 53% continua sendo amamentada no primeiro ano de vida.

Em relação às crianças menores de seis meses, o índice de amamentação exclusiva é de 45,7%. Quanto às menores de quatro meses, a taxa chega a 60%. Esses resultados, segundo o secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Câmara Medeiros, representa um avanço importante, pois uma amamentação feita da maneira correta contribui, de maneira significativa, para uma vida saudável, tanto no momento atual, quanto no futuro.

“A amamentação é importante porque reduz em até 13% a mortalidade infantil, diminui as chances da criança ter alergia, infecções, diarreia, doenças respiratórias, obesidade e diabetes tipo 2. Além disso, causa um efeito positivo na inteligência, reduz as chances da mulher vir a ter câncer de mama e de ovário, não causa poluição ambiente por não ter embalagens e diminui os custos com tratamentos e para o sistema de saúde”, pontua Medeiros.

Os dados foram apresentados durante o lançamento da campanha de incentivo à amamentação, do Ministério da Saúde. A iniciativa marca o início do Agosto Dourado e da Semana Mundial do Aleitamento Materno 2020 (SMAM), que ocorre em mais de 150 países.

Na ocasião, foram apresentadas informações sobre o último dado de 2006 da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher (PNDS). Quando comparados ao Enani, esses dados apontam para um aumento de 15 vezes na prevalência de aleitamento materno exclusivo entre as crianças menores de 4 meses, e de 8,6 vezes entre crianças menores de 6 meses.

Por outro lado, em relação aos últimos 34 anos, percebe-se um salto de aproximadamente 13 vezes no índice de amamentação exclusiva em crianças menores de 4 meses e de cerca de 16 vezes entre crianças menores de 6 meses.

“Esses resultados mostram que o Brasil avançou nesses indicadores, revelando a importância das políticas públicas nessa área e a importância de continuar investindo em políticas públicas para promover e apoiar a amamentação. A nossa recomendação é que as crianças mamem por dois anos ou mais, sendo exclusivo nos seis primeiros meses, priorizando a amamentação na primeira hora de vida”, destaca a coordenadora Geral de Alimentação e Nutrição (CGAN) do Ministério da Saúde, Gisele Bertolini.

Amamentação na pandemia

Apesar das recomendações sobre os cuidados para evitar contágio da Covid-19 serem mantidas, o Ministério da Saúde orienta que a amamentação seja contínua mesmo durante a pandemia. Nesse caso, são levados em conta alguns pontos como benefícios para a saúde da criança e da mulher e a ausência de constatações científicas significativas sobre a transmissão do coronavírus por meio do leite materno.

A diretora substituta do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (DAPES), Maria Dilma Teodoro afirma que ainda é considerado o fato de não haver recomendação para a suspensão do aleitamento materno na transmissão de outros vírus respiratórios.

“A mulher deve procurar um profissional de saúde para obter orientações sobre os cuidados necessários para manter a amamentação no período da infecção por vírus. Caso ela tenha alguma dúvida ou se sinta insegura, a recomendação é procurar esclarecimentos com alguém da área e que tente não interromper a amamentação se não houver uma indicação em outro sentido”, explica Maria Dilma.

Nessa situação específica, a amamentação deve ocorrer apenas se a mãe desejar e estiver em condições clínicas adequadas para realizá-la. No caso das mães que tenham confirmação ou estejam com suspeita da Covid-19 que não puderem ou não quiserem amamentar, devem ser orientadas por profissionais de saúde a realizarem a extração do leite materno manualmente ou por bomba.

Fonte: Brasil 61

 

Mais de 3,8 mil profissionais de saúde testaram positivo para Covid-19 na Paraíba

Desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou o novo coronavírus como uma pandemia, mais de 3,8 mil profissionais de saúde testaram positivo para Covid-19 na Paraíba. Mesmo com o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), esses profissionais que atuam na linha de frente, estão expostos e correm o risco de serem contaminados pelo vírus.

Os dados, publicados no boletim epidemiológico apontam que 3.815 profissionais da saúde pegaram Covid-19 e outros 3.454 estão sob investigação.

Ainda de acordo com o documento, o número de profissionais contaminados pelo coronavírus corresponde a cerca de 8% do total de casos confirmados na Paraíba. Do total de profissionais infectados pelo coronavírus, quase a metade, 47% foram de enfermeiros ou de técnicos e auxiliares de enfermagem.

Para tentar aumentar a segurança dos profissionais de saúde em seus locais de trabalho, o CRM-PB tem visitado hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) na Paraíba para verificar a quantidade de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), respiradores, leitos e profissionais de saúde, como está sendo feito o fluxo de pacientes e alertando aos médicos sobre a necessidade de notificação de todos os casos de síndrome respiratória, mesmo as leves e moderadas.

 

pbagora

 

 

Mais de 3,8 mil profissionais de saúde testaram positivo para Covid-19 na Paraíba, diz boletim

A Paraíba já notificou mais de 3,8 mil profissionais de saúde infectados pelo novo coronavírus desde o início da pandemia no estado, em meados de março de 2020. A informação, publicada no boletim epidemiológico 31 na segunda-feira (6), aponta que 3.815 profissionais da saúde pegaram Covid-19 e outros 3.454 estão sob investigação.

Ainda de acordo com o documento, o número de profissionais contaminados pelo coronavírus corresponde a cerca de 8% do total de casos confirmados na Paraíba. Do total de profissionais infectados pelo coronavírus, quase a metade, 47% foram de enfermeiros ou de técnicos e auxiliares de enfermagem.

Dados publicados no boletim epidemiológico mostram cenário do coronavírus entre profissionais que atuam diretamente no combate do vírus — Foto: Reprodução

Dados publicados no boletim epidemiológico mostram cenário do coronavírus entre profissionais que atuam diretamente no combate do vírus — Foto: Reprodução

A divisão por categoria ainda aponta 13% de médicos, 7% de agentes comunitários de saúde e outros 3% de fisioterapeutas que pegaram a Covid-19. A lista é completada por agentes de saúde ou sanitário (2%), nutricionistas (2%), condutores de ambulância (2%), cirurgião dentista e demais profissionais (22%).

A Paraíba tem 53.151 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta segunda-feira (6). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 1.118 no estado desde o início da pandemia. Já são 218 cidades da Paraíba com casos registrados da doença.

g1

 

Covid-19: PB já fez mais de 144 mil testes; 50.765 pessoas já testaram positivo

Com base em novo boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (3), a Paraíba já realizou nas últimas 24h, 144.872 testes para diagnóstico da Covid-19. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), 50.765 pessoas testaram positivo para a covid-19.

De acordo com a SES, nas últimas 24h, 18 mortes decorrentes da contaminação pelo novo coronavírus foram registradas. No mesmo período, 1.229 novos casos de Covid-19 foram contabilizados.

Entre os pacientes que contraíram a doença, ainda com base em informações repassadas pela SES, 16.971 já se recuperaram e 1.062 faleceram.

Os últimos óbitos contabilizados como resultantes da infecção pelo novo coronavírus aconteceram nas seguintes cidades:

Alagoa Grande (1), Campina Grande (7), Capim (2), João Pessoa (3), Lagoa Seca (1), Mamanguape (3) e Santa Luzia (1).

Os casos confirmados estão distribuídos por 218 dos 223 municípios paraibanos:

Água Branca (33); Aguiar (16); Alagoa Grande (435); Alagoa Nova (167); Alagoinha (476); Alcantil (21); Algodão de Jandaíra (3); Alhandra (358); Amparo (12); Aparecida (30); Araçagi (299); Arara (92); Araruna (95); Areia (169); Areia de Baraúnas (1); Areial (30); Aroeiras (95); Assunção (26); Baia da Traição (200); Bananeiras (80); Baraúna (113); Barra de Santa Rosa (18); Barra de Santana (59); Barra de São Miguel (7); Bayeux (919); Belém (328); Belém do Brejo do Cruz (9); Bernardino Batista (3); Boa Ventura (2); Boa Vista (51); Bom Jesus (6); Bom Sucesso (7); Bonito de Santa Fé (2); Boqueirão (144); Borborema (7); Brejo do Cruz (113); Brejo dos Santos (7); Caaporã (763); Cabaceiras (11); Cabedelo (1914); Cachoeira dos Índios (44); Cacimba de Areia (7); Cacimba de Dentro (50); Cacimbas (40); Caiçara (238); Cajazeiras (601); Cajazeirinhas (1); Caldas Brandão (96); Camalaú (1); Campina Grande (6900); Capim (103); Caraúbas (23); Carrapateira (19); Casserengue (125); Catingueira (14), Catolé do Rocha (166); Caturité (60); Conceição (34); Condado (79); Conde (407); Congo (36); Coremas (37); Coxixola (12); Cruz do Espírito Santo (183); Cubati (44); Cuité (109); Cuité de Mamanguape (57); Cuitegí (140); Curral de Cima (16); Curral Velho (1), Damião (3); Desterro (34); Diamante (3); Dona Inês (24); Duas Estradas (42); Emas (3); Esperança (266); Fagundes (47); Frei Martinho (3); Gado Bravo (69); Guarabira (2374); Gurinhém (202); Gurjão (19); Ibiara (11); Igaracy (4); Imaculada (14); Ingá (380); Itabaiana (661); Itaporanga (45); Itapororoca (212); Itatuba (149); Jacaraú (133); Jericó (5); João Pessoa (14208); Joca Claudino (2); Juarez Távora (161); Juazeirinho (107); Junco do Seridó (26); Juripiranga (320); Juru (11); Lagoa (3); Lagoa de Dentro (44); Lagoa Seca (429); Lastro (13); Livramento (43); Logradouro (59); Lucena (191); Mãe d’Água (12); Malta (19); Mamanguape (1354); Manaíra (7); Marcação (48); Mari (421); Marizópolis (7); Massaranduba (159); Mataraca (87); Matinhas (44); Mato Grosso (7); Matureia (24); Mogeiro (76); Montadas (32); Monteiro (104); Mulungu (187); Natuba (43); Nazarezinho (7); Nova Floresta (17), Nova Olinda (6); Nova Palmeira (35); Olho D´Água (30); Olivedos (36);Parari (4); Passagem (29); Patos (1509); Paulista (64); Pedra Lavrada (22); Pedras de Fogo (988); Pedro Régis (26); Piancó (61); Picuí (88); Pilar (153); Pilões (37); Pilõezinhos (162); Pirpirituba (98); Pitimbu (491); Pocinhos (61);Poço Dantas (3); Pombal (161); Prata (3); Princesa Isabel (40); Puxinanã (187);Queimadas (550); Quixaba (26); Remígio (160); Riachão (25); Riachão do Bacamarte (188);Riachão do Poço (33); Riacho de Santo Antônio (16); Riacho dos Cavalos (4); Rio Tinto (529); Salgadinho (10); Salgado de São Felix (103); Santa Cecília (20); Santa Cruz (13); Santa Helena (10); Santa Inês (12);Santa Luzia (171); Santa Rita (1292); Santa Terezinha (30); Santana de Mangueira (1); Santana dos Garrotes (6); Santo André (5); São Bentinho (20); São Bento (588); São Domingos do Cariri (14);São Francisco (7);São João do Cariri (28); São João do Rio do Peixe (49); São João do Tigre (4); São José da Lagoa Tapada (19); São José de Caiana (28); São José de Espinharas (7); São José de Piranhas (71); São José de Princesa (1); São José do Bonfim (50); São José do Brejo do Cruz (4); São José do Sabugi (163); São José dos Cordeiros (4); São José dos Ramos (93); São Mamede (31); São Miguel de Taipu (70); São Sebastião de Lagoa de Roça (124); São Sebastião do Umbuzeiro (4); São Vicente do Seridó (23); Sapé (548); Serra Branca (55); Serra da Raíz (12); Serra Grande (6); Serra Redonda (142); Serraria (28); Sertãozinho (39); Sobrado (74); Solânea (174); Soledade (89); Sossego (5), Sousa (575); Sumé (67); Tacima (67); Taperoá (51); Tavares (26); Teixeira (75); Tenório (11); Triunfo (8); Uiraúna (26); Umbuzeiro (34); Várzea (7); Vieirópolis (4); Vista Serrana (2), Zabelê (1).

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 62%. Fazendo umrecorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 70%. Em Campina Grande, estão ocupados 64% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 54% dos leitos de UTI para adultos. 

O índice de Isolamento Social foi de apenas 40%, considerado baixo em relação à meta de 70% e à mínima de 50%.

 

PB Agora

 

 

Deputado Raniery Paulino comunica que testou positivo para Covid-19

O deputado estadual Raniery Paulino (MDB), informou por meio de suas redes sociais na noite desta terça-feira (16), que contraiu o novo coronavírus. O parlamentar se disse surpreso com o resultado do exame, mas relatou que chegou a sentir indisposição, um dos sintomas da Covid-19.

“Fiz o exame para o Covid19, para minha surpresa testei positivo. Não sei precisar ao certo quando fui. Me recordo de uma forte indisposição em meados de março e ainda nem havia os decretos de isolamentos, mas a ALPB suspendeu os trabalhos na semana seguinte,” disse.

Ele destacou que já esta curado da doença e não tem o risco de transmitir o vírus para outras pessoas, “o sentimento é de gratidão a Deus, mas também para ficarmos ainda mais vigilantes quanto as precauções mesmo sem sintomas aparentes.”

Raniery Paulino comentou sobre a importância da implantação das bandeiras do plano ‘Novo Normal Paraíba’, implantado pelo governador João Azevedo, que estabelecem a matriz de orientação para a retomada gradual das atividades em todo o Estado.

portal25horas

 

 

Campina Grande já registra 16 bancários com teste positivo para o novo coronavírus, afirma sindicalista

Mais dois bancários de Campina Grande testaram positivo para Covid-19, no final da semana passada. Os casos ocorreram na Caixa Econômica e no Santander. Com estes sobe para 16 o número de casos confirmados entre a categoria na base do Sindicato.

O caso da Caixa foi na agência da Rua Epitácio Pessoa, Centro. Em contato com a superintendência do banco, o Sindicato foi informado que a funcionária já estava afastada desde o dia 27/05. A unidade já havia sido sanitizada, mas, a pedido nosso, o processo foi repetido nesta segunda-feira (8).

O outro caso foi no Santander da Avenida Canal. A funcionária estava de férias e após apresentar sintomas de covid fez o teste por conta própria, e hoje quando retornou ao trabalho, recebeu o resultado que deu positivo. A bancária seguirá afastada das suas funções, em quarentena. O Sindicato entrou em contato com o banco cobrando as medidas sanitárias necessárias para minimizar o risco de contágio dos demais funcionários da unidade. A unidade foi fechada por 10 dias, inclusive o auto atendimento e passará pelo processo de sanitização.

O Sindicato segue reivindicando dos bancos a testagem para os funcionários nos locais que apresentarem casos suspeitos e confirmados. “Com o aumento do número de casos não só na nossa base, mas em todo o país, os bancos devem se responsabilizar e atender urgentemente a reivindicação do movimento sindical para resguardar a saúde dos seus funcionários, clientes e usuários”, frisou Esdras Luciano, presidente do Sindicato. Na base do nosso Sindicato já são 16 casos confirmados até agora. Sendo 5 no BB, 5 na Caixa, 2 no BNB, 2 no Itaú, 1 no Bradesco e 1 no Santander.

Nossa orientação é que os bancários não esperem pelos bancos, e que em casos de sintomas suspeitos realizem os testes preventivamente. Para facilitar a vida dos seus associados, o Sindicato fechou convênio com dois laboratórios em Campina, o Bioanálise e o F. Diniz. Em ambos, sócios têm descontos especiais para a testagem rápida.

 

pbagora

 

 

Ex-vereador de Guarabira testa positivo para Covid-19 e está internado no Metropolitano

Ex-vereador da cidade de Guarabira, Aedson Guedes Cunha testou positivo para Covid-19 e encontra-se internado no Hospital Metropolitano de Santa Rita desde o último domingo, em tratamento contra os sintomas da doença.

De acordo com o vereador Renato Toscano, sobrinho de Aedson, o quadro clínico dele é estável, mas está firme para vencer o vírus.

“Está no metropolitano desde domingo, quadro estável, pouco depressivo, mas firme buscando a cura”, revelou o parlamentar em contato com a reportagem do Portal25horas.

Sempre polêmico em sua atuação política quando esteve na Câmara, Aedson (63 anos) é funcionário aposentado do Banco do Nordeste do Brasil. Na gestão do prefeito Jáder Pimentel (que governou de 1993 a 1996), Aedson exercia forte influéncia por ter uma grande amizade com Jáder. Na gestão da ex-prefeita Léa Toscano, foi secretário de Esportes e Lazer, com destacada atuação. Também foi presidente da agremiação Guarabira Esporte Clube.

 

portal25horas

 

 

Funcionários e mais de 30 idosos testam positivo para Covid-19 em abrigo na cidade de Remígio

Cinco funcionários e 31 idosos de instituição de longa permanência localizada na cidade de Remígio, no Brejo da Paraíba,testaram positivo para o novo coronavírus (Covid-19). A informação foi confirmada pela prefeitura do município.

Tanto os pacientes quanto os funcionários foram testados nesta sexta-feira (5), após dois idosos da mesma instituição terem sido diagnosticados com a doença na última quarta-feira (3). Já são 38 pessoas diagnosticadas na mesma instituição, que abriga atualmente 57 idosos.

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, nenhuma das pessoas contaminadas apresentou sintomas graves da doença, mesmo nos casos dos portadores de comorbidades como hipertensão e diabetes.

Os pacientes e funcionários do abrigo estão sendo acompanhados por uma unidade básica de saúde da família.

Além de separar os pacientes diagnosticados dos demais, os responsáveis pelo abrigo já haviam suspendido a visitação muito antes dos diagnósticos. A Prefeitura de Remígio garante que a instituição passará por uma desinfecção.

 

PB Agora

 

 

Zenóbio Toscano testa positivo para Covid-19 e está no Hospital da Unimed

O prefeito afastado de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB), testou positivo para Covid-19. A informação foi confirmada por sua filha, a deputada estadual Camila Toscano (PSDB).

Segundo a parlamentar, Zenóbio sentiu um cansaço e resolveu realizar o teste, que deu positivo, para surpresa da família. Ele segue em observação num apartamento no Hospital da Unimed, em João Pessoa.

A deputada tranquilizou os amigos do político, afirmando que o estado de saúde dele estável, a pesar de estar usando oxigênio para ajudar na processo de respiração.

Camila lamentou que “notícias falsas” tenham se espalhado em grupos de WhatsApp, dando conta que Zenóbio estaria entubado numa UTI, o que foi desmentido pela deputada.

Zenóbio está afastado de suas funções na prefeitura de Guarabira desde o final de maio de 2019, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), e se recupera das sequelas da doença. Desde então o comando administrativo está sob a responsabilidade do vice-prefeito Marcus Diogo (PSDB).

Fonte: Blog do Galdino

 

 

Prefeita de Belém,PB, entra em quarentena após contato com secretária que testou positivo para Covid-19

A prefeita do município de Belém, Renata Cristinne, entrou em quarentena domiciliar após ter contato com sua secretária que testou positivo para o Covid-19. A confirmação aconteceu através de sua rede social no Facebook.

Na publicação, a prefeita disse que estará seguindo o protocolo da Secretaria Municipal de Saúde de Belém. Na mensagem, Renata ainda disse que não sentiu nenhum sintoma e que na próxima semana estará fazendo os testes necessários.

Confira a publicação:

Foto: Reprodução/Facebook Renata Cris

Atualmente o município tem 63 casos confirmados, 215 casos descartados, 23 casos recuperados, 40 pessoas em isolamento domiciliar e 176 casos em investigação.

 

portaldobrejo