Arquivo da tag: português

O início da Era Jesus no Flamengo: português chega para assinar e encontrar torcida no Fla-Flu

Está dado o pontapé inicial para a história de Jorge Jesus no futebol brasileiro. O treinador do Flamengo desembarcou no início da manhã deste sábado no Rio de Janeiro para as primeiras atividades oficiais no novo emprego: acompanhar do estádio as partidas contra Fluminense e CSA.

O português chegou ao Brasil acompanhado de um auxiliar e do advogado Luís Miguel Henriques, e aproveitará a estadia para assinar o contrato de um ano com o Rubro-Negro. O retorno a Portugal está previsto para quinta-feira. Cercado por um batalhão de repórteres, o técnico foi perguntado logo de cara qual a principal motivação para vir ao Brasil e assinar com o Flamengo.

– Motivação passa essencialmente porque tenho consciência de que vim para um país que adora futebol, um dos maiores clubes do Brasil, se não o maior, que é o Flamengo. Durante minha infância ouvi falar muito do Flamengo. É isso que me atrai e por isso que tomei esta decisão.

Alguns torcedores, entre eles o folclórico Anjinho, deram boas-vindas a Jorge Jesus no aeroporto. Uma comitiva do Flamengo, com a presença de Marcos Braz representando a diretoria, também esteve no local para recepcioná-lo. O técnico recebeu uma camisa do Rubro-Negro com seu nome e o número 01 nas costas.

View image on Twitter

Cahê Mota@cahemota

Marcos Braz recebe Jorge Jesus no aeroporto. É a primeira vez que o treinador exibe a camisa do Flamengo. Foto do Twitter oficial do clube

A estreia no banco de reservas, porém, ficará para depois da Copa América, dia 10, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O adversário será definido em sorteio, segunda-feira, na CBF. Segundo o treinador, as exigências que encontrará no Rio de Janeiro serão as mesmas que tinha quando comandou equipes em Portugal.

– Treinar o Benfica e o Sporting é o mesmo (que treinar o Flamengo). Nessa comparação, é igual. E as exigências são iguais: ganhar, ganhar e ganhar.

Jorge Jesus resolverá questões burocráticas pela manhã de seu vínculo com o Flamengo e visitará as instalações do Ninho do Urubu na parte da tarde. Português não terá interferência no trabalho de Marcelo Salles para o clássico com o Fluminense. Elenco treina pela manhã.

Jorge Jesus na chegada ao Rio de Janeiro e o batalhão de repórteres à espera — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Jorge Jesus na chegada ao Rio de Janeiro e o batalhão de repórteres à espera — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

O primeiro contato do português com o torcedor rubro-negro será domingo, às 19h (de Brasília), no Fla-Flu no Maracanã, pela oitava rodada do Brasileirão. O treinador será a principal atração fora de campo, uma vez que Rafinha, convidado pela diretoria para acompanhar o clássico, dará prioridade à família nestes primeiros dias de férias e só chegará ao Rio no fim do mês.

Jorge Jesus, que trabalhará com outros sete profissionais em sua comissão técnica particular, inicia as atividades de campo no dia 20, no Ninho do Urubu. Entre o duelo com o CSA, dia 12, em Brasília, e esta data o elenco ganhará folga na primeira semana de pausa do Brasileirão para Copa América.

Globo Esporte

 

 

 

Google lança concorrente do WhatsApp em português

appO Google lançou nesta segunda-feira, 5, a versão em português do Allo, um híbrido de aplicativo de mensagens e assistente pessoal anunciado pela empresa nos EUA em setembro deste ano.

O português é a terceira linguagem na qual o Allo está disponível. O aplicativo é gratuito e similar a de concorrentes como Whatsapp e Telegram, mas tem alguns recursos de inteligência artificial que automatizam tarefas e permitem realizar buscas no Google dentro das janelas de conversa.

“Você pode enviar um “sim” rápido como resposta para um amigo que perguntou “Você está chegando”? As respostas Inteligentes também sugerem comentários para fotos. Se o seu amigo enviar uma foto do bichinho de estimação dele, você verá sugestões como “Ahhh, que fofo!”, diz comunicado da empresa.

Clique aqui para baixar o Allo para dispositivos móveis.

Brasil 247

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Desempenho do ensino médio em matemática é o pior desde 2005; Português subiu

escolaO nível de aprendizado dos brasileiros no ensino médio piorou em matemática e chegou no ano passado ao pior resultado desde 2005, início da série histórica do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica), informa o jornal Folha de São Paulo.

A nota de português subiu, mas ficou abaixo do nível registrado em 2011. Por outro lado, o desempenho subiu nessas duas disciplinas nos dois ciclos do ensino fundamental.

As notas na prova, junto com indicadores de reprovação e evasão, compõem o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

O índice é calculado a cada dois anos, com as médias do Brasil, Estados, municípios e por escola. Os dados mais recentes se referem à avaliação realizada em 2015.

De acordo com a escala de proficiência do Saeb, os resultados de matemática indicam que os estudantes não seriam capazes, por exemplo, de fazer cálculos simples de probabilidade.

UOL

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Procurado pela Interpol, português acusado de tráfico e lavagem de dinheiro é preso

presoA Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na tarde de hoje (12), um estrangeiro procurado pela Interpol pelo crime de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Com o homem foram encontrados mais R$ 90 mil em espécie. A prisão ocorreu no posto da PRF de Mamanguape, na BR 101.

O português Rui Jorge Pimentel Rodrigues Pereira, 42 anos de idade, foi preso pela PRF em uma fiscalização de rotina. Ele dirigia um veículo importado de luxo, um Infiniti FX 35. Na abordagem ele se apresentou como brasileiro, inclusive, ele apresentou documentos, no caso, uma carteira de habilitação (CNH) e carteira de identidade (RG), expedidos entre 2011 e 2013, na Bahia. Entretanto, os PRFs descobriram que não havia indícios da presença dele no Brasil em datas anteriores a 2011. Os policiais encontraram R$ 92 mil e 200 reais em espécie sem, no entanto, justificar a origem. Ainda foi encontrado um boleto bancário em nome de um estabelecimento comercial, localizado em Parnamirim (RN), com o nome do proprietário de origem portuguesa. Quando os agentes pesquisaram descobriram que tratava-se dele próprio. Para conseguir a identidade brasileira o português confessou que pagou mil reais. E a partir deste documento ele conseguir obter a CNH e um passaporte brasileiro.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Rui Jorge era procurado pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal), que havia sido preso em 2005, quando foi condenado pela Justiça portuguesa por tráfico e lavagem de dinheiro e considerado foragido pouco tempo depois. O preso declarou que mora em Parnamirim, no Rio Grande do Norte, e que é dono de um restaurante localizado na mesma cidade. Rui vivia como brasileiro, usando documentos falsos com o nome de Rui da Silva Pereira.

A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal, em Cabedelo.


WSCOM Online

Alunos da rede pública da Paraíba apresentam baixo desempenho em português e matemática

Foto: Walla Santos
Foto: Walla Santos

A organização não-governamental ‘Todos pela educação’ apontou que os índices de aprendizagem de português e matemática, ensinados no 5º e 9º ano do ensino fundamental na rede pública estadual, está abaixo da média.

De acordo com o levantamento , dos 218 municípios da Paraíba que foram avaliados, apenas 32 atingiram a média em matemática, em 2013. Já na disciplina de português, 79 municípios atingiram a média.

O estudo revela também que no 5º ano, existiu maior aprendizado em matemática do que em português. Em 2013, apenas 37% dos municípios atingiram a meta da língua portuguesa, enquanto em matemática, o percentual foi de 46,4%. Já no 9º ano, 54,1% apresentaram melhor desempenho em português e apenas 14,7% foram bem avaliados em matemática.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo o TPE, para atingir a meta de aprendizado, o aluno precisa atingir ou superar os índices estabelecidos a cada ano avaliado. No 5º ano, a meta é de 225 em língua portuguesa e 200 em matemática. No 9º ano, precisam alcançar uma média igual a 300 em matemática e 275 em português.

 

BlogdoGordinho

Preso casal português que estaria vendendo produtos falsos a advogados na PB

algemasUm casal de portugueses foi preso na tarde desta sexta-feira (5), em Santa Rita, na Grande João Pessoa, suspeito de fraude no comércio, após denúncias de que estaria vendendo produtos falsificados na Paraíba.

De acordo com a delegada Mari Soledade, três advogados registraram denúncia de que teriam sido enganados após comprar produtos falsos, provenientes de negócios com os portugueses.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A polícia iniciou as investigações e prendeu o casal no momento em que eles trocavam um cheque, em uma agência bancária do Centro de Santa Rita.

Segundo a delegada, os dois estavam hospedados em Recife (PB), mas estariam fazendo os negócios fraudulentos na Paraíba.

Eles foram levados para a 6ª Delegacia Distrital, mas devem responder em liberdade e se condenados, podem ficar de seis a dois anos presos, conforme o artigo 175 do Código Penal, que trata da fraude em comércio.

A delegada Mari Soledade informou ainda que as investigações continuam para saber se há mais pessoas envolvidas no crime identificado por meio da prática dos portugueses, bem como se outras vítimas teriam sido alvo da dupla.

 

portalcorreio

Jogadores brasileiros buscam sucesso no futebol português, mas correm risco de exploração

campoCom o inverno mais ameno da Europa e o mesmo idioma, Portugal é visto pelo senso comum como a melhor porta de entrada para jogadores brasileiros de futebol do continente. Mas o sonho de participar das principais competições internacionais pode se tornar um pesadelo. Jogadores e outros profissionais do ramo alertam para diferentes riscos de exploração, desde a captação irregular de talentos na origem até o atraso recorrente de salários no futebol português – onde os brasileiros são os estrangeiros mais frequentes nos gramados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No recrutamento de novos atletas no Brasil, alguns agentes (empresários) se aproveitam do alto interesse dos jogadores, convencem os pais, e se apropriam do dinheiro da família creditado antecipadamente para tentar uma suposta oportunidade em Portugal. Como na maioria dos casos, a vinda dos jogadores sai a custo zero para os clubes portugueses, são os próprios atletas e pais que pagam passagens, bancam a alimentação, hospedagem e taxa de inscrição, além de remunerar o agente.

Ao chegarem em Portugal, geralmente meses antes das janelas de transferência (janeiro, julho e agosto, habitualmente), os atletas ficam em casas e dormitórios dos clubes (geralmente pequenos, de base) onde se apresentarão. Esses jogadores, segundo dezenas de relatos, reinam nos clubes com a expectativa de serem aproveitados ali ou convidados por times adversários.

Os meninos põem em causa a sua vida e a dos seus pais para vir para Europa. [Aqui] são colocados em condições sub-humanas com 20 a 30 [pessoas hospedadas] numa casa. [Nos clubes] fazem jogos de treino com equipes portuguesas para ver se algum jogador interessa”, conta o presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol de Portugal (SJPF), Joaquim Evangelista.

Passado algum tempo, e sem conseguir contatar mais o empresário, muitos jogadores descobrem que não serão aproveitados e que o dinheiro da transferência, alimentação, hospedagem e remuneração foi desviado pelo agente, e que o clube (que não irá contratá-lo) precisará da sua vaga no dormitório ou na casa para abrigar outro atleta.Sem dinheiro, sem perspectiva de contratação e sem destino, o atleta deverá sair brevemente. “Se tiver uma oportunidade tudo bem, mas se não tiver, depois fica aí abandonado”, descreve Evangelista ao acrescentar, que já denunciou “o tráfico de jovens” iniciado no Brasil. Segundo ele, “quando o jogador deixa de ser opção, retiram da casa e proíbem que os jogadores comam nos restaurantes que são do clube”.

De acordo com o agente brasileiro registrado na Federação Portuguesa de Futebol, Marcelo Silva, há em Portugal (como em outros países) um “mercado paralelo” de empresários que não são cadastrados oficialmente e por isso há mais dificuldade para serem punidos. Também são mais difíceis de localizar para apurar o desvio de dinheiro ou quebra de acordo. “É um mercado onde há muito agente não licenciado e não está apto a exercer a profissão” alerta Silva.

Sem conseguir a sonhada vaga em um time português, os brasileiros acabam por procurar trabalho fora das quatro linhas. Foi o que ocorreu há três anos com o goleiro brasileiro Rodrigo Gomes Pacheco, conhecido como Rodrigão, de 27 anos), e hoje está no Académico Viseu Futebol Clube.

Eu tive que ficar parado sem jogar. Fiquei parado por volta de cinco meses sem clube e sem nada”, contou o jogador – único que concordou em dar o depoimento gravado para a reportagem. Nessa situação, o atleta trabalhou em serviços de mudança, limpeza e em restaurante. “Tudo informal”, para se manter enquanto esperava uma chance.

Após conseguir um clube, Rodrigão teve que viabilizar sua transferência e esperar a “papelada” correr entre o Brasil e Portugal, desde o clube de formação (começou em uma categoria de base em Minas Gerais) até o primeiro clube português, passando pela federação estadual de futebol, pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) e, finalmente, pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Percorrida a trajetória, Rodrigão alerta que os riscos de exploração não cessam aí. Quando os jogadores não têm dinheiro para pagar sua transferência e nem meios de levantar, e ainda assim interessam ao clube, os dirigentes propõem informalmente um adiantamento para custear a despesa que será descontado mensalmente no salário. O valor da transferência varia conforme a divisão que pertence o clube. A fraude é confirmada pelo presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol de Portugal que avalia que há atletas que “quase pagam para jogar”.

Agência Brasil

Português é quinto idioma mais usado na internet

InternetA língua portuguesa é o quinto idioma mais usado na internet, ficando atrás do inglês, do chinês, do espanhol e do japonês, segundo dados divulgados pela União Internacional de Telecomunicações (UIT). A pesquisa traz informações referentes ao ano de 2011. De acordo a UIT, mais de 82,5 milhões de pessoas utilizam a língua portuguesa para se comunicar e navegar pela web.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O português ficou à frente do alemão, do árabe, do francês, do russo e do coreano e perde para o japonês, que está em quarto lugar, por cerca de 16,59 milhões de usuários. Segundo a UIT, o crescimento do português se deve à expansão da internet no Brasil nos últimos dez anos.

Segundo os dados da UIT, o crescimento do português na internet no período entre 2000 e 2011 foi 990,1%, o quarto maior crescimento entre as dez línguas mais utilizadas na web. O árabe teve o maior crescimento (2.501%) seguido pelo russo (1.825%) e pelo chinês (1.478%). O menor crescimento foi registrado pelo inglês, que teve um aumento de 1,4% entre os usuários que falam o idioma. Em geral, a internet cresceu 481,7% no período e é acessada por 2,099 bilhões de pessoas.

Apesar do baixo crescimento, o inglês permanece em primeiro lugar como a língua mais usada na internet há mais de dez anos, com 565 milhões de usuários (26,8% do total), mas o seu domínio está ameaçado pela língua chinesa, utilizada por 510 milhões (24,2%). Em terceiro lugar está o espanhol, com 165 milhões (7,8%).

Dentre as dez línguas mais usadas na web, as populações que falam alemão e japonês são as mais conectadas do mundo, respectivamente, com 79,5% e 78,4% dos usuários com acesso à internet. Em terceiro lugar estão os que falam coreano, com 55,2% de sua população conectada, e os que falam inglês com 43,4% de acesso à internet. Os falantes de português estão em sétimo, com 32,5% das pessoas com acesso à web.

* Com informações da Agência Lusa

Erros de português serão punidos com maior rigor no Enem 2013

aluizioO Ministério da Educação fez alterações no edital deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tornando-o mais rigoroso. Uma das medidas é que as redações com inserções indevidas serão zeradas. Outra mudança prevê que serão aceitos apenas desvios gramaticais excepcionais e que não caracterizem reincidência. Antes, eram permitidos “escassos” desvios.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A correção das redações será mais rígida. A expectativa é que uma a cada três redações irá para um terceiro corretor, antes o índice era de aproximadamente 21%. Isso ocorrerá quando houver uma discrepância de mais de 100 pontos entre os dois primeiros corretores. No ano passado, a discrepância tinha que ser de mais de 200 pontos para que fosse encaminhado a um terceiro avaliador.

O edital também prevê maior rigor para os corretores, que terão mais horas de capacitação e serão acompanhados e avaliados. Eles poderão ser dispensados inclusive durante a correção.

Segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, as mudanças foram implantadas porque as regras aplicadas anteriormente não mostraram resultado satisfatório. Apesar do maior rigor, sobre as questões gramaticais, Mercadante diz que caberá à banca considerar o erro uma exceção ou não. “A regra é clara, mas a interpretação do juiz nem sempre é um consenso. Tem um grau que compete à banca, não tem como prever o grau que será aceito ou não. O que podemos dizer é que será mais rigoroso”, diz.

Ele explicou também que tanto para a nota máxima na redação, que é mil, quanto para erros gramaticais considerados exceção será preciso uma justificativa dos avaliadores.

Outra novidade é que será divulgado no cartão de inscrição um telefone pelo qual candidatos com alguma condição especial (gestantes, pessoas com deficiência) serão orientados. Essa edição trará também dois modelos de prova com letra maior – uma com fonte tamanho 18 e outra 24.

Os candidatos com renda mensal per capita de até 1,5 salário mínimo estão isentos da taxa de inscrição. Antes, eram isentos apenas aqueles com renda de até um salário minimo per capita. Os estudantes de escolas públicas continuam sem ter de pagar pela inscrição.

Mercadante desmente a intenção de cobrar a taxa daqueles que faltarem à prova, mas ressalta que o gasto é calculado pelo número de inscrições. “Apelo para aqueles que se inscreverem para que realmente façam o Enem. Os custos levam em conta os inscritos e temos tido uma diferença importante”. No ano passado, foram 5,8 milhões de inscritos. Desses, 4,3 milhões fizeram a prova.

As inscrições começam na próxima seguna-feira (13) até o dia 27 de maio. Os candidatos podem pagar a taxa de inscrição até o dia 29 de maio. As provas serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro. Os portões serão abertos às 12h (horário de Brasília).

 

Agência Brasil