Arquivo da tag: portão

Jovem derruba portão de escola com carro após discussão com namorada, em João Pessoa

Um jovem derrubou o portão de uma escola pública com um carro, na manhã desta quarta-feira (9), no bairro de Tambiá, em João Pessoa. O caso aconteceu depois de uma discussão com a namorada dele, que é aluna da Escola Estadual Maria Geny.

De acordo com as informações da Polícia Militar, após a aluna entrar na escola, o namorado bateu o carro no portão, chegando a derrubá-lo. Depois ele foi embora ameaçando as pessoas da escola. Uma funcionária da escola contou que a aluna teve uma discussão com o namorado ainda no carro, antes de entrar na escola.

A Secretaria de Estado da Educação informou que o caso foi um incidente isolado e que a escola tomou as providências cabíveis no momento do ocorrido. “A polícia vai garantir a segurança na escola, inclusive nas imediações”, informou a assessoria de comunicação da Secretaria.

O portão foi colocado no lugar, mas quando a Polícia Militar chegou ao local o jovem já havia ido embora e a aluna dele não estava mais na escola. Os alunos foram liberados e as aulas foram suspensas. O jovem ainda não foi encontrado pela polícia até as 14h10.

G1

 

Vídeo mostra estudantes destruindo portão do CAM; PMJP diz que foi “incidente”

videoUma comissão de estudantes foi recebida no fim da manhã desta quarta-feira (22) por representantes da Prefeitura de João Pessoa, que considerou como “incidente” o empurra-empurra que provocou a destruição do portão do Centro Administrativo Municipal como um incidente. Um vídeo mostra os estudantes chutando o portão do prédio público até ele ser destruído;
De acordo com a Secretaria de Comunicação do Município, não haverá represálias e a Prefeitura irá consertar os danos causados por cerca de 400 estudantes que entraram nas dependências do Centro Administrativo Municipal, numa manifestação contra o aumento da tarifa de transportes urbanos da Capital que passou de R$ 2,45 para R$ 2,70 desde o dia 13 deste mês.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Houve um encontro entre estudantes e o chefe de Gabinete da Prefeitura de João Pessoa, Elan Ferreira de Miranda; o secretário de Segurança Pública e Cidadania, Geraldo Amorim; e o superintendente de Mobilidade Urbana, Roberto Pinto. Ficou acordado o agendamento de uma audiência dos manifestantes com o prefeito Luciano Cartaxo para discutir as reivindicações da classe estudantil.

‘Portões foram fechados’

O diretor da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), André Alves, disse que, no momento em que os estudantes iriam entrar no prédio num ato pacífico, os portões foram fechados. Com a pressão dos estudantes e o empurra-empurra acabou acontecendo a destruição. Veja o vídeo registrado por cinegrafista amador.

Ele disse ainda que a chefia de Gabinete da Prefeitura ficou de contatá-lo na próxima quarta-feira (29) para informar qual a data em que eles serão recebidos pelo prefeito Luciano Cartaxo (PT).

Os estudantes reivindicam a revogação do preço da tarifa de ônibus, ou seja, que volte a ser cobrado R$ 2,45; que seja implantada a tarifa social nos fins de semana, sem a cobrança de passagem para trabalhadores e estudantes; a volta da catraca para a porta traseira dos ônibus e a recontratação dos cobradores, para que eles voltem a operar nos ônibus em que os usuários são atendidos somente pelo motorista.

“Nossa principal reivindicação é a questão da revogação da tarifa, mas destacamos também a questão da tarifa social que dá gratuidade aos estudantes e trabalhadores nos sábados e domingos, como já acontece no município de Recife (PE)”, enfatizou.

 

 

portalcorreio

TAM deixa criança, que viajaria para JP, sozinha em portão de embarque de Guarulhos

meninoUma menina de 7 anos que viajaria pela primeira vez desacompanhada dos pais com destino à João Pessoa, onde passaria férias com os avós, foi esquecida por um funcionário terceirizado da TAM, ficou sozinha no portão de embarque errado e perdeu o voo. A mãe só descobriu o erro após mandar uma mensagem para o celular da filha.

Carolina Petter e Felipe Capelli chegaram a Cumbica por volta das 9 horas. No balcão do check-in, pagaram uma taxa extra de 100 reais para que a menina, que viajaria sozinha, tivesse assistência da companhia. Meia-hora antes do voo, programado para as 11h55, os pais entregaram nas mãos de um funcionário da TAM, que cuidaria também do embarque de uma idosa e de um cadeirante.

Carolina conta que um ficou preocupada quando o rapaz perguntou se a menina seguiria para Salvador. “Respondi que ela iria para João Pessoa e comecei a ficar nervosa. Ele nem olhou na cara da minha filha e saiu andando na frente dela”, diz a mãe.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O grupo entrou na área restrita para passageiros, a garota se despediu e os pais, já desconfortáveis com o atendimento, foram até o check-in fazer uma reclamação. Também decidiram que aguardariam até a decolagem do voo para se certificar de que a criança havia viajado.

“Pode ficar tranquila, senhora. Vi aqui no sistema, sua filha está dentro da aeronave”, informou uma atendente. Aliviados, mas nem tanto, os pais decidiram enviar uma mensagem de WhatsApp para a garota. “Mandei só por desencargo, sabia que ela não ia escrever de volta, pois estava dentro do avião. Mas ela respondeu falando que estava esperando o moço.” Carolina e Felipe, então, ligaram para o celular da filha, que estava sozinha, no portão de embarque errado.

Àquela altura, a garota já tinha perdido o voo para a capital paraibana e não sabia o que fazer. Já em desespero, os pais questionaram a equipe da TAM e pediram para trazer a garota de volta. “Eles só faziam cara de paisagem e me perguntavam: ‘A senhora lembra como era o rapaz que levou sua filha para o embarque?’”.

Enquanto isso, Felipe falava por telefone com a menina, que chorava muito. Instruiu a garota que pedisse ajuda para levá-la de volta ao check-in da companhia. Ele ainda ouviu de uma funcionária: “Trazer de volta? Imagina, podemos colocá-la em um outro voo para João Pessoa, com conexão no Rio de Janeiro!”. Os pais descartaram a opção.

Quarenta minutos depois, a menina reapareceu – Carolina estava tão nervosa que nem viu com quem a garota chegou. “Só sei que ninguém falou comigo, me pediu desculpas, assumiu o erro, nada”. Os pais registraram boletim de ocorrência na Polícia Civil, prestaram queixa na Anac e cogitam processar a TAM.

Ao todo, foram mais de oito horas no aeroporto. Exausta e assustada, a menina não conseguiu dormir da noite do domingo (19) para segunda (20). Ela deve embarcar para a capital paraibana ainda hoje, mas não vai sozinha: o avô pegou um avião em João Pessoa e vem até São Paulo buscar a neta. Tudo pago do próprio bolso.

Por meio de nota, a TAM informou que está apurando o caso.

PB Agora com informações de VejaSP

Acidentes com caixa d’ água e portão deixam quatro crianças feridas e uma morta e duas cidades da Paraíba

acidenteQuatro ficaram feridas e uma morreu durante dois acidentes registrados na tarde desta quinta-feira (3) em dois municípios da Paraíba.

Um dos acidentes aconteceu no município de Baía da Traição. Segundo informações crianças estavam debaixo de uma caixa d´agua de uma escola quando o tanque caiu e deixou duas crianças feridas. Os casos mais graves estão sendo trazidos para João Pessoa enquanto que os outros estão sendo atendidos em hospitais da região.

O segundo acidente aconteceu no município de Pedras de Fogo, na Zona da Mata Paraibana. As informações são de que um portão caiu sobre três crianças.

Uma delas foi atingida por uma coluna de tijolos e morreu no local, enquanto que as duas foram socorridas para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

Paulo Cosme

Criança de 3 anos morre após ser atingida por portão de ferro no Agreste

sireneUma criança de 3 anos morreu neste domingo (19), após ser atingida por uma forte pancada na cabeça provocada pela queda de um portão. A fatalidade ocorreu na zona rural da cidade de Puxinanã, no Agreste paraibano.

Segundo informações do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, o menino brincava na casa de um vizinho quando o portão caiu por cima dele.

Ainda de acordo com a unidade hospitalar, a criança foi socorrida às pressas para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O corpo foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande. O sepultamento da criança deverá ocorrer nesta segunda-feira (20).

 

 

Hyldo Pereira